1. Spirit Fanfics >
  2. Baby and daddy - Jikook >
  3. Narrativa

História Baby and daddy - Jikook - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ✨
Desculpa qualquer erro ortográfico ✨

Capítulo 17 - Narrativa


P.O.V Jimin

Eu aqui de novo em... Bom hoje é sexta, o dia da baladinha, eu tô jogado na cama, acabei de chegar da escola e eu vou começar a dar aulas semana que vem, então eu tenho a semana toda de folga, menos mal né? Bom a Mara está de folga hoje então meu quarto tá só o lixão, nem parece que é uma pessoa que vive nele e olha que foi só um dia... 

- Sora? - eu chamo a gatinha e sobe na cama. - você tem comida no potinho? - ela não responde - ah não Jimin, falando com uma gata sério? E ainda esperando ela responder? Eu preciso de um amigo! - eu falo comigo mesmo levantando da cama e indo até a cozinha, onde.fica o potinho de comida dela e vendo que está saúde vazio, então eu coloco mais voltando pro quarto e pegando o celular. 

algumas horas depois. 

- JIMIN EU NÃO TÔ ACREDITANDO! - estava dormindo e acordo com os gritos do Jin, eu fui dormir assistindo série e abraçado com a Sora que acabou tomando um susto e se encolhendo mais em mim. 

- O que? - eu pergunto com a voz rouca tirando a Sora do meu colo e o Tae pega ela. 

- Você não tá pronto! Eu enchi seu celular de mensagens.

- Ó relaxa aí que eu nem sei onde tá meu celular. 

- Claro que não, um lixão igual esse aqui como é que acha alguma coisa? 

- A culpa não é minha! 

- ah não? É de quem então? Quem mora aqui? 

- Eu...

- então! 

- tá tá, mais como Caralhas vocês entraram aqui? - só agora eu fui perceber que estavam todos aqui, mais especificamente dentro do meu quarto. 

- Isso não importa agora! Vai tomar banho que você tem 15 minutos pra tá pronto! - Jin fala me puxando da cama

 - 15 minutos? Até parece! 

Eu vou até o banheiro do quarto, tiro minha roupa e entro no chuveiro, eu poderia demorar mais por pirraça, mais séria injusto com os meninos já que eles achavam que estava pronto. Eu nem sei porque eles acham que eu vou tá pronto na hora marcada, até parece! Eu sempre me atraso eles sabem disso, bom o Jungkook não. 


Termino meu "banho" porque na verdade eu estava debutando dentro do banheiro (quem nunca né?), Saio de lá com um taolha na cintura indo até o closet. 

Qual roupa em? 

Eu reviro tudo procurando uma roupa pra balada e que seja bonita e confortável, porque ninguém merece ficar com roupas desconfortáveis a noite inteira né? 

- Jimin que isso? - Tae pergunta me olhando prado na porta do closet. 

- estou procurando uma roupa Tae, mais tá difícil viu. 

- eu te ajudo! 

- Tenho é medo disso. - eu falo dando um passo pra trás e ele começa a mexer nas minhas roupas. 

- Você só tem roupa fofinha? 

- Não são fofas! 

- São sim... - ele fala voltando a atenção para as roupas. - meus amigos o que é isso? - ele fala quando acaba uma calça de couro de baixo das outras roupas. 

- Uma calça? - falo como se fosse a coisa mais óbvia do mundo. 

- ah jura? Veste ela que eu vou procurar uma blusa. 

- Tae essa calça vai ficar muito apertada, olha o tamanho! 

- Vai nada, anda logo. Eu lembro de você com ela e nem era tão apertada assim! 

- meu corpo mudou Tae. 

- Bastante, e eu diria que você ficou bem mais gostoso assim, pensa em como essa calça vai realçar suas coxas e sua bunda? 

- Tae!

- Mais é verdade! Vai logo. - ele me empurra pra fora do closet e eu começo a vestir a calça. 

Não é como se ficasse tão apertado que eu não conseguisse sentar e nem andar, na verdade ficou até mais confortável do que eu imaginava, até porque eu quando eu comprei essa calça eu era seco, não tinha coxa e nem bunda como hoje, eu realmente acheiue não iria servir, mais não. Ficou bem justa, mais bem justa mesmo. 

- Pronto Princesa! 

- Minie... Com todo respeito, mais tu ficou um gostoso do caralho - ele fala me olhando de cima a baixo. 

- Para gay! Você já escolheu a blusa? 

- Sim, essa 'Brusinha aqui. - ele me entrega uma blusa preta, da cor da calça. 

- Tá - eu visto a Blusa e ele vem com um tênis branco. - Garoto visualiza a cor que tá esse tênis, visualizou? - ele assenti com a cabeça - imagina a cor que meu tênis Branco - eu fiz questão de deixar o "Branco" bem claro. - vai voltar daquela aglomeração de pessoas bêbadas? 

- Calça logo! 

- Você vai lavar! 

- eu não! - eu calço o tênis. - agora a Maquiageeeeem 

- eu vou fazer, não confio em você nesse ponto! 

- Nossa... - ele fala um leve drama colocando a mão no coração, eu reviro os olhos pra ele e vou até minha penteadeira onde fica minhas maquiagens. 

Eu não pretendo passar nada muito exagerado, até porque não quero ficar igual a um palhaço pintado. Eu passo só uma base, depois o pó, um iluminadorzin de leves, um pouco de brilho, um contorno bem biuriful, um rímel top, um gloss bem vermelhinho, mais não muito e finalizo fazendo a sobrancelha. 

- Ficou bom? 

- Ficou lindo, um pouco mais de vermelho na sua boca ficaria melhor. 

- tá bom. - eu faço o que ele disse e passo mais coisa vermelho na boca. 

- Agora sim! Vamos? 

- Claro

Nós saímos do quarto e fomos até a sala onde os meninos estavam todos concentrados nos seus celulares. 

- Meninos gays, eu apresento a vocês o novo Jimin! - Tae fala e todos olham pra mim, eu não sou de sentir vergonha quando as pessoas me olham, mais quando essa pessoa e Jeon Jungkook te olhando de cima a baixo com um olhar indecifrável e profundo, indo do seu rosto até suas pernas, eu duvido um pouco não ficar com uma leve vergonha. - o que vocês acharam gente? 

- tá lindo... - Hobi fala. 

- Tá mesmo - Jin complementa. 

- Tá bonito. - o Nam fala.

- Como sempre né? Lindo! - foi a vez do yoon 

- Jungkook? - Tae chama vendi que o mesmo (jungkook) não tinha parado de me encarar agora com a boca levemente aberta

- An? - ele fala olhando agora apara o Tae. 

- Como tá o Jimin? - ele murmurou alguma coisa que ninguém de lá entendeu - traduza meu anjo? - "meu anjo"? Que apelidinho é esse? Até parece que estão namorando... 

- Ficou lindo - ele fala me olhando no fundo dos olhso, eu queria mais não conseguia desviar o olhos daquelas orbes pretas e grandes, era como se aquilo atraísse totalmente minha atenção e me fizesse esquecer que eu estava em uma sala com mais um monte de pessoas. 

- Gente? Que encarada foi essa? Achei que vocês iam se comer aqui... - Tae pergunta quando depois de, eu acho, alguns segundos jungkook quanta o contato vizual e olho pros meninos vendo que eles olhavam pra nós dois. 

- n, cinco minutos. Achei que em qualquer momento Jimin iria pular no Jungkook. - minutos? Não pareceu tanto tempo assim. 

- tá bom né? Já enrrolados de mais, vamos? - nós concordando e saímos de casa pedindo dois táxis, porque ir com nossos carros estava fora de cogitação e só um não iria caber esse tanto gente.

Como eu disse dividimos as pessoas em dois grupos, no primeiro carro foram Jin, Nam, Yoon e Hobi, no outro foi eu, Tae e Jungkook. O Tae foi na frente, eu e Jungkook ficamos atrás. Não trocamos nenhuma palavra nem com Tae nem com o taxista mais os dois (Tae e o moço) estavam tendo altos papos, eu e Jungkook só nos encaravamos de novo como a alguns minutos atrás. É tão intenso que dá falta de ar, da vontade de realmente pular em cima dele não pra fazer coisas, seus safados, mais sim pra poder admirar melhor aqueles olhos tão lindos do que qualquer olho azul ou verde. Na verdade eu sempre preferi olhos mais escuros, como o castanho ou o preto, não que eu não ache os olhos claros lindos, pelo contrário eu acho eles súber bonitos, porém eu acho mais bonito e atraentes os olhos escuros, só que eu não tinha noção de que era tão bonito e atraente assim até encarar o Jungkook com essa precisão, não é como se eu nunca tivesse visto os olhos dele, mais sabe quando você não dava atenção pra uma coisa até determinado momento e depois disso não querer nunca mais parar de ver? Era assim que eu me sentia encarando ele pela segunda vez no dia, de muitas eu espero! Eles caem tão bem pra ele, com a pele clara mais não ao ponto de ser branca, os cabelos castanhos não muito grandes. Era simplesmente incrível a forma como eu me derretia só um olhar daquele garoto. Bom na verdade eu não sei bem o que acontece mais eu sinto minhas pernas benbearem e o mesmo motivo de elas ficarem assim é o motivo de eu conseguir ficar em pé. Deu pra entender? É aquele tipo de coisa que quanto mais você vê mais você quer. 



A música estava dando pra escutar da esquina onde não paramos e a fila estava gigante.

- Gente olha o tamanho disso... - falo me referindo tamanho da fila.

- relaxa garoto, eu tenho meus contatos

- Jin? - Jungkook fala rindo tão surpreso quanto nós

- Oq? - ele sai de lá indo falar com o segurança da porta da balada.

- Mano... - eu falo rindo. 

- Não sabia que o Jin era assim... 

- Ah hobi, você sabe que quando ele quer algo ele vai até a lua de for preciso. 

- eu sei... Só não esperava isso...

- nem eu... - yoongi se pronuncia pela primeira vez na conversa. 

- Vamos meus Bons? - ele fala assim que para na frente de nós 6 - Vamos gente, acelera! - ele bate palmas uma vez e sai andando e nos seguimos ele. 

Chegamos perto dos seguranças e eles abriram passagem assim que viram o Jin, eu pude escutar as pessoasr que estavam na fila reclamando por termos passado na frente, eu apenas contive o riso e entrei no lugar grande e extremamente barulhento. Nunca fui muito fã de lugares muitos cheios, com músicas muito altas, mas estava ali pelo Jin e vou tentar de alguma forma me divertir, já que eu não vou ficar parado olhando pra todos dançando tomados pelo álcool, na verdade até poderia mais não teria graça né? 

O lugar era mal iluminado, apenas os leds (que não eram poucos) e umas pulseiras brilhantes que algumas pessoas tinham iluminavam aquele lugar. A música estava muito alta, estava tocando uma música que eu não conhecia, mais era até que legalzinha. A pista de dança estava cheia de pessoas, todas dançando loucamente como se fosse o último dia de suas vidas. Do lado da pista de dança tinha um barzinho, onde tinha algumas pessoas sentadas nos bancos bebendo e conversando (o que eu acho bem difícil, já que não estava dando pra e evitar nada com o barulho). Nós pedimos bebidas e sentando nas cadeiras pra esperar as bebidas ficarem prontas. 

- estão aqui - o cara do bar fala assim que deixa uma bandeja com nossas bebidas e vai atende ser outras pessoas. 

Pegamos as mesmas e brindamos (não sei o porquê mais fizemos). 







Notas Finais


Oiiiiiiiii, demorei mais voltei em! 😹❤️😙

Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...