1. Spirit Fanfics >
  2. BABY BOY (one-shot Kim Taehyung) >
  3. Não me provoque, baby!

História BABY BOY (one-shot Kim Taehyung) - Capítulo 1


Escrita por: Giuliaaahhhh

Notas do Autor


Oii

É meu primeiro one-shot espero que gostem 🌹

Capítulo 1 - Não me provoque, baby!


Fanfic / Fanfiction BABY BOY (one-shot Kim Taehyung) - Capítulo 1 - Não me provoque, baby!

Eu sabia que isso aconteceria, sabia que ele iria fazer isso.Era típico do Taehyung me provocar em lugares públicos ou na frente da minha família.

Era exatamente isso que ele estava fazendo, seu dedão acariciava devagar meu clitóris enquanto dois de seus dedos me penetravam, eu gostava muito disso, mas não era um lugar apropriado para tal ato.

Retirei seus dedos do meu interior quando me senti perto de um orgasmo.Eu não podia gozar ali, não naquele lugar, queria ter um pouco mais de privacidade.

-Você ta muito fudido-Sussurrei bem perto do seu ouvido, para só nós dois ouvirmos.

Olhei de canto de olho e o infeliz estava sorrindo.Ele não apenas gostava, ele amava.Taehyung sempre gostou de ser punido, desde algemas e vendas, até velas BDSM e chicotes.

-Mãe? Eu vou precisar ir pra casa, tenho umas coisas pra fazer-Digamos que Essas coisas eram bem importantes.

(S/M)- Mas já?Fica um pouco mais.-Me falou com um sorriso no rosto.

-Mãe eu realmente preciso ir.Prometo te visitar com mais calma outra vez.

(S/M)-Tudo bem-Falou rendida.

Nos despedimos da minha mãe e depois de prometer a visitar outro dia, fomos embora.

-Você sabe que será punido, não sabe?-Perguntei a ele enquanto entrávamos no carro.

Tae-Eu sei mommy.-E de novo seu sorriso malicioso apareceu.

Esse sorriso me tirava o fôlego.Taehyung sem dúvidas era o cara mais lindo e sexy que já conheci. 

Cada pedacinho do corpo dele era bonito, apenas um toque e eu já estava excitada.

-Eu não irei pegar leve dessa vez.-Declarei com um sorriso ladino.

Dei partida no carro indo até nossa casa.

...

-Quero que vá pro quarto e tire toda a roupa.-Meu olhar era sádico, e minha voz estava rouca, talvez pelo tesão.

Taehyung assentiu com a cabeça e subiu para o cômodo indicado.

Minha intimidade pusou ao imaginar as coisas que podíamos fazer naquele quarto.

-Você foi um garoto muito mal, Taehyung!-Falei assim que adentrei o quarto, encontrando o nu.

Tae-Eu sei, mommy.

-Será punido pelo o que fez. 

Segui em direção ao closet onde guardava os brinquedos, eu usaria dois deles hoje.Retirei de dentro da caixa um anel peniano e um chicote.Taehyung odiava usar o anel, exatamente por isso eu usarei, era muito excitante vê-lo se contorcendo e gemendo de dor e prazer ao mesmo tempo.Era viciante.

-Não poderá gemer hoje, amor!-Falei enquanto colocava o anel em seu membro, aproveitando para o masturbar um pouco-Me diga, porque está sendo punido Taehyung?

Tae-Porque eu provoquei a mommy na frente dos pais dela.

-Sabe que não pode fazer isso, baby-Exclamei enquanto ocupava uma parte exposta de seu pescoço-Mas você ama ser punido, não é?

Tae-Eu adoro ser punido mommy!-Ele se arrepiava com cada chupão que eu dava, e seu membro ficava cada vez mais duro e grosso-Ahn...mommy

Seu gemido manhoso ecoou pelo quarto, esses gemidos sempre foram meu ponto fraco, ele só precisava gemer e eu já estava entregue, mas hoje não seria assim.

-Eu disse que não podia gemer amor.-O som do estalo se fez presente em todo o cômodo assim que dei a primeira chicotada em sua coxa- Tente ficar quietinho, amor.

Comecei uma masturbação lenta, movendo minha mão em um ritmo devagar.Acariciei a glande vermelhinha que já expelia pré gozo.O anel tinha uma função para varias coisas, uma deles é impedir a pessoa de ejacular.

Seu membro estava grosso e com as veias saltadas para fora, eu sabia que ele queria gozar porém eu não deixaria, não agora.

Tae-Mommy...por favor m-me deixa gozar!-Pediu manhoso.

Eu parei de o masturbar e me despi, eu não aguentaria muito tempo.Retirei o anel de seu pênis e me sentei devagar, é incrível a sensação de o sentir por inteiro dentro de mim.

Eu comecei com movimentos calmos descendo devagar sobre seu falo me mexendo para frente e para trás, me provocando e provocando Taehyung.

Quando percebi que nem eu e nem ele aguentaria mais, aumentei a velocidade das sentadas gemendo alto, sentindo seu pau atingir meu ponto G.

Tae-M-mommy... por favor...mais rápido!

Assim como pedido aumentei a velocidade.Eu me sentia perto de um orgasmo, e a forma como Taehyung gemia indicava que também não demoraria para ele gozar.

Quando meu orgasmo veio eu me senti explodindo por dentro.Continuei me movimentando para aumentar a sensação, foi quando senti o líquido de Taehyung em meu interior me causando uma sensação maravilhosa.Retirei seu membro de dentro de mim me deitando ao seu lado.

Tae-Mommy...

-Sim, Tae?

Tae-Eu te amo!

-Eu também te amo, baby!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...