História Baby Don't Cry - Byun BaekHyun - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baek, Baekhyun, Byun Baekhyun, Exo
Visualizações 27
Palavras 1.993
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Baseado na novela coreana "My Runaway"
Espero que gostem.

Capítulo 1 - What is wrong?


Fanfic / Fanfiction Baby Don't Cry - Byun BaekHyun - Capítulo 1 - What is wrong?

22:37

Sexta-Feira

Seoul, South Korea

Estava eu novamente, bêbada e humilhada, num karaokê com minha irmã mais nova, "Como você sabe que está bêbada?", sinceramente, estou sem conciência de nada, eu apenas bebi um tanto quanto muito álcool e esta é minha conclusão.

"Por que se sente humilhada?"

Hoje, às 20:58, eu cheguei em casa e meu namorado JungHyun estava na cama com uma das minhas "amigas" do colégio, mas nada que me abalasse tanto, só estou chorando e bebendo soju num Karaokê porque eu quero.

Soph ficou ao meu lado tentando me consolar, mas ela sabia que não conseguiria, nós cantávamos, ou melhor, berravamos as letras de músicas do EXO, esta noite eu chorei, mas também me diverti e ninguém vai poder dizer o contrário!

Vocês devem ter notado que eu não sou de Seoul, bem, eu morava no Brasil, mas desde pequena eu sempre quis vir para a Coréia, é uma paixão inexplicável, então juntei minhas economias e trouxe Soph para cá junto, meus pais não aceitaram no início, chegaram a ficar um ano sem falar conosco, mas depois voltamos a manter contato.

Bem, chega de falar de mim, passado é passado e devemos esquecer correto?

Peguei minha garrafa de soju, e no meu nível de sóbria, eu fui até a enorme tela que aparecia a imagem de BaekHyun, beijando a imagem, logo tudo ficou escuro e quando eu acordei...

Byun BaekHyun

22:51

Seoul, South Korea

Não faço a mínima ideia do que aconteceu, mas a única coisa que eu posso dizer em minha defesa é que eu apenas fui dormir, não fiz nada além disso, mas porque minha cabeça dói tanto e eu estou no chão e não no sofá do Karaokê? 

"Byun BaekHyun algo de errado obviamente não está certo!"

E definitivamente não estava, uma garota com aparentemente 14 estava sacudindo meu corpo e gritando em um idioma que se parecia com espanhol.

-O que? Quem é você? - falei em coreano com um certo receio de não ser compreendido.

-Sou sua irmã sua ridícula, fale em português! Eu sabia que não devia ter deixado beber tanto! - neste momento a porta foi aberta fazendo um barulho irritante e... Aquele sou eu? -B-BaekHyun?

- BaekHyun? Você me chamou de BaekHyun? O que está acontecendo? Eu não estou... - a garota que me sacudia rapidamente se afastou e corou.

- Oh meu Deus...


[...]

S/N

23:50

Eu não sabia se deveria chorar, gritar ou fugir, eu estava no corpo de Byun BaekHyun e ele no meu... Isso não faz o menor sentido!

Eu andava de um lado para o outro tentando aderir as palavras que Soph falou para nós, BaekHyun, ou melhor, eu estava corado e eu andava de um lado para o outro, como vão funcionar as coisas agora? Eu terei que viver como idol? Isto é tão confuso, que merda!

- Eu terei que fingir ser K-Idol agora?

- Definitivamente não, eu aposto que você não sabe cantar, vai ter que tirar umas férias da SM, quanto a mim... - falou esperando eu continuar com o plano.

- Que absurdo eu canto as músicas do EXO maravilhosamente bem! - pude jurar que vi Soph rir levemente, mas deixei passar. - Faltam meses de aula para acabar, eu acho melhor não ser pego pela polícia, sou menor de idade e me embebedei de soju.

- Oh meu Deus eu sou um completo pedófilo que está no corpo de uma criança, o que eu faço? Terei que ser lésbica para o resto da minha vida?

- Eu tenho 17 anos... E você nem ouse abusar do meu corpinho!

- Pra que eu abusaria de algo assim? Medo eu tenho de uma EXO-L com dominio total sobre meu corpo!

- Melhor ter mesmo... - falou Soph e eu a encarei mortalmente.

- Isso não pode ser real, eu estou discutindo com o BaekHyun e estou no corpo dele, eu bebi muito, é isso!

- Eu não bebi hoje e estou tendo alucinações também.

Soph estava tão nervosa quanto eu, ela sempre teve um bom gosto para homens e isso inclui eu e ela sendo completamente apaixonadas por BaekHyun.

- Soph, eu não deixei de ser sua irmã um momento se quer, se tentar algo comigo eu te mando para o Brasil!

- Eu nunca faria algo assim! - Falou irritada, minha criança nunca cresce.

- Eu tenho que morar com o EXO?

- Logicamente falando sim...

- Eu vou enlouquecer, você não pode deixar uma mera sofredora como eu, nas mãos do EXO, seria tentação demais!

- Chega de drama, temos que ir logo! Amanhã você vai começar suas férias, acho bom não tentar nada com os meninos, não quero mais boatos sobre mim do que já existem, me entendeu?

- Sim senhor! - Falamos em uníssono.

(...)

- Claro que não Byun, vocês irão lançar um novo álbum esse mês, nem sonhe com férias! - gritava o dono da empresa SM, ou SooMan caso prefiram.

- Mas senhor... - fui interrompida com um estrondo na mesa.

- Não BaekHyun! Ande logo, tem uma seção de fotos lhe esperando!

Sai rapidamente de lá, com a cabeça baixa e logo liguei para BaekHyun.

- Ele não permitiu... - falei receosa.

- Que merda você falou S/N?

- Apenas o que me pediu BaekHyun.- gritei, recebendo um olhar confuso das pessoas, e isso incluia TaeYeon, que se aproximava cada vez mais. - Oh meu Deus, TaeYeon está se aproximando. - ouvi um grito do outro lado da linha e logo desliguei.

- Com quem estava falando, BaekHyunnie?

- Com uma pessoa. - não é por ela ter sido namorada do BaekHyun ou ainda ser, eu apenas nunca fui com a cara dela, ela me deixava com uma sensação estranha, nunca gostei dela.

- O que é isso Baek? Desde quando me trata assim, sempre fomos muito próximos.

- Desde hoje, tenho coisas a fazer, com licença. - sai dali e fui até o estacionamento para em seguida ir para o local que ocorreria a seção de fotos. - ai meu Deus... - era o EXO, ali, na minha frente, eu podia tocá-los, se não é hoje, nunca será.

Pulei em cima de SeHun e os meninos me encararam.

- O que está fazendo BaekHyun? - falou ChanYeol

- Apenas abraçando meu querido amigo Oh Sehun!

- Que deselegante! - exclamou Chen, logo me separei e fiquei com o rosto corado, mas também, que EXO-L não ficaria?

- Baek, está tudo bem mesmo? Você parece vermelho... - desta vez foi Suho quem falava, ele estava com uma feição preocupada.

- Estou sim, eu acho... - falei a última parte num sussuro que apenas SeHun ouviu pela proximidade, mas antes que ele falasse qualquer coisa o automóvel parou e as portas abriram para sairmos.

- Venham meninos, hoje o dia vai ser longo. - falou uma Staff que estava nos acompanhando.

(...)

ChanYeol me chamou para conversar com ele em particular, meu nervosismo cresceu.

- BaekHyun, o que está acontecendo com você? Abraçou SeHun, ficou corado o dia inteiro e agora estava agindo estranho na sessão de fotos. - vamos para meu plano infalível.

"Se alguém perguntar por que eu estou agindo estranho, responda que pegou uma gripe e não está conseguindo cantar e dançar, se insistir diga que está se sentindo mal e quer ir embora!"

Okay Baek, acho que está na hora.

- É-É que eu es-tou muito gripado, nem cantar estou conseguindo e minha bochecha está vermelha por causa disso, minha febre aumenta a cada segundo, eu realmente acho que preciso tirar umas férias, mas ManSoo não permite.

-Você está agindo estranho BaekHyun...- antes que terminasse, BaekHyun ou melhor eu, entrou correndo dos seguranças.

- ME SOLTEM, JÁ FALEI QUE CONHEÇO BAEKHYUN!

- Nós entendemos que... - interrompi SuHo.

- Deixem ela. - os meninos arregalaram os olhos e ela veio até mim, desferindo tapa, realmente, eu nunca tentei dar um tapa em mim, mas doeu, os seguranças se aproximaram, mas eu fiz um sinal para que parassem. 

- Sua imbecil, eu mandei fazer as coisas direito! Agora vão surgir boatos por todo lugar!

- Você está se metendo em problemas BaekHyun, era para estar no trabalho, fale baixo, se não os meninos vão questionar... - falei num sussurro quase inaudível perto do seu ouvido.

- Você está ferrado, eu vou ficar aqui até ir embora.

- Não vai ser necessário, já estamos saindo. - peguei no seu pulso, saindo do local e entrando no carro que estava vazio, deixando todos curiosos. - Você enlouqueceu? Se ficassemos um segundo há mais lá enquanto você falava asneiras os meninos mandariam-nós ao manicômio!

- Você é tão inocente, todos seus amigos são homens, nunca notou os olhares deles sobre você?

- Não é como se eu fosse me entregar para eles, mas sim, notei. Não mude de assunto BaekHyun! - ele literalmente começou a rir, ele começou a rir de mim. - De que está rindo seu crianção?

- Eu nunca me imaginei brigando comigo.

- Deve ser porque você está brigando comigo e não com você, vou pedir para Chany me ajudar a conseguir um tempo da empresa.

- Você não é louca de fazer isso! Tem que promover o álbum, se não eu fico pobre.

- Você quer me ver cantando?

- Nem nos seus sonhos, usa playback por esses dias e...

- Vão notar meu comportamento, vai dar problema se suspeitarem de algo, ou pior ainda, se surgissem boatos sobre relacionamento!

- Que horror, eu sou uma ótima pessoa para namorar.

- Meu amor, eu nunca falei o contrário disso, mas não quero dores de cabeça.

- Está dizendo que sou gostoso?

- O que? Não mude de assunto! - senti minhas bochechar ficarem com uma coloração rubra. - Não aja que nem um idiota!

- Ei, não me xingue, eu tenho que conversar algo mais sério contigo! Sobre nós tomarmos banho e essas coisas, como que eu vou me despir? Eu sou maior de idade, seria pedofilia!

- Credo BaekHyun, eu vou fazer 18 anos daqui três meses, não exagere, eu sou muito bela e maravilhosa! E qual é o problema de eu me ver nu? Sou um menino independente de 26 anos!

- Que horror, não abuse de meu corpo, caso contrário eu te denunciarei por estupro!

- Era para ter medo?

Nesse momento, eu e BaekHyun perdemos a cor de nossas faces, ficamos pálidos. ChanYeol entrou com os olhos arregalados, encarando tanto a mim, quanto a BaekHyun.

- O que foi que eu ouvi?

- Depende do que você ouviu. - falou BaekHyun debochando do amigo.

- Tudo...

- Ai meu Deus... - agora sim eu entrei em desespero.

(...)

ChanYeol estava com uma expressão de pânico depois de contar a verdade para ele.

- E agora? O que vão fazer?

- Se soubessemos teriamos falado, nem sabemos o que aconteceu direito! - falou BaekHyun se jogando dentro do automóvel.

- Senta direito seu folgado!

- Parem de brigar, BaekHyun, ou S/N, você vêm para nossa casa! Baekhyunnie siga sua vida normalmente.

- Seria meu sonho? Eu vou na casa do EXO, estou gritando internamente. - falei alto e e quando percebi, eles estavam me encarando, o que me fez corar e me encolher, arrancando uma risada deles.

(...)

- BaekHyunnie, já tomou banho? - perguntou SuHo, me fazendo corar ao imaginar a cena e ChanYeol rir.

- E-Eu já estou indo. - sai correndo até o banheiro e neste mesmo momento BaekHyun me ligou.

"Vou tomar banho, faça suas orações!"

"Meu Deus que vergonha! Mas vou ter que dizer o mesmo, estou indo tomar banho também."

Desliguei antes que o mesmo falasse algo, é agora, tirei peça por peça, até chegar na peça intima, o que estou fazendo?

(...)

- BaekHyun, o que faz no meu quarto? 

- Eu estou me...

- Minha box, era só pedir, não fique pegando minhas roupas assim! - SeHun falou em tom bravo.

- D-Desculpe. - podem rir de mim, mas eu estava vermelha, em excesso.

(...)

- Baek, que vergonha! - ele falava coisas pervertidas por causa do que ocorreu com SeHun, foi chocante. 

- Ninguém mandou passar vergonha no meu corpo e com meu amigos, daqui a pouco vão achar que sou gay!

- As EXO-Ls não tem dúvida disto. 

- Vai à merda!

- Já estou na merda!

- Estamos! - ouvi um estrondo. - Tenho que ir...

- Espere... - gritei, mas logo vi ChanYeol e nada mudou. - Que merda BaekHyun!

- Fiquei sabendo do SeHun, meus pêsames... - ChanYeol disse de modo dramático.

- Que horror!

Se pode piorar ou melhorar? Claro que pode!







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...