História Baby Gilinsky - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Jack & Jack, Madison Beer, Magcon, Nate Maloley, Sam "Wilk" Wilkinson
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Dillon Rupp, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Kian Lawley, Madison Beer, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Drama Familiar, Família, Filho, Jack, Madison Beer, Scarlet, Tommy
Visualizações 187
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooiii meu xuxuzinhos,
bom capitulo novo para vocês e leiam as notas finais.
Boaa Leituraa

Capítulo 15 - First Day of School


• Scarlet •

"Mamãe, eu não acho que minha gravata pode ficar mais certa do que isso", Tommy gemeu quando eu consertei sua gravata pela centésima vez.

 "Você tem certeza? Talvez eu devesse refazê-la -" Eu comecei a dizer, mas meu filho me cortou.

"Mãe, parece bem", disse ele.

 "Okaay", gritei, totalmente desconhecida.

 Hoje é o quinto dia de setembro, e isso significa que o Tommy começa oficialmente a escola primária. Ele está participando da Horizon View Academy.

 "Você parece tão bonito", eu disse, beijando sua testa.

"Bem, com minhas boas aparências e tudo, não fico surpreso", ele deu de ombros com um sorriso atrevido.

"O que você obteve claramente de mim", eu ri.

 "Papai diz que eu puxei a beleza dele", disse ele.

 Eu zombava.

"Bom, seu pai está muito incorreto".

 A Horizon View é uma academia privada e, portanto, exige que os alunos usem o uniforme oficial da escola, que consiste em uma camisa branca com botão, um par de calças da escola cinza, meias cinza, sapatos de renda preta e um blazer vermelho e gravata.


Depois de tirar um bilhão de fotos para enviar aos meus pais e dizer adeus a Lottie - que ainda não foi para o trabalho, Tommy e eu finalmente fomos para a escola. Quando chegamos lá, descobrimos que Jack já estava lá esperando por nós.

 "Woah, campeão. Olhe para você", ele sorriu para o nosso filho. "Eu não ficaria surpreso se todas as garotas da sua classe estivessem caidinhas por você".

 "Nada disso, você não tem permissão para namorar até você ter cinquenta e nove anos", eu disse, completamente mortificado com a idéia de que meu filho tivesse uma namorada.

 Depois de ter uma orientação rápida com o resto dos alunos da primeira série e da classe, as crianças foram divididas em suas diferentes classes.

 "Ok, lembre-se de que todos os números dos meus e do seu pai estão no seu diário de lição de casa e lembre-se de dar a essa carta que escrevi para sua professora, ok?" Eu disse a Tommy.

 "Sim, eu vou lembrar", ele sorriu.

"Ok, hum, então tenha um bom dia e eu vou pegar você mais tarde", eu disse.

 Depois de Jack ter despedido, assisti-lo ficar encarando com uma garotinha loira como seu amigo antes de se despedir de nós e depois dirigiu-se a sua nova sala de aula.

Quando Jack e eu caminhamos até nossos carros, não pude deixar de me lembrar de continuar a respirar normalmente e não irromper em lágrimas. Tommy esta oficialmente na primeira série e, em breve, ele estará no segundo, depois no terceiro, e depois na próxima coisa que sei, é o final da sétima série e ele está pronto para ir ao Ensino Médio e - meu Deus.

 "Scarlet? Você está bem?" Jack me perguntou.

 Olhando para ele através de meus olhos vidrados, a visão de seu olhar gentil me fez começar a chorar.

"Ei venha aqui", disse ele, me puxando para um abraço e me soltando no peito dele. Graças a Deus, eu escolhi usar apenas rímel aprova d’água hoje.


"Ele está crescendo tão rápido e a próxima coisa que sabemos que ele terá uma namorada e então ele vai se casar e ter filhos dele e então ele vai se afastar de casa e não vi mais lembrar de mim", gritei.

"Ei, não se preocupe com isso", disse ele, acariciando minhas costas, "ele ainda ficará sob nossos cuidados por outros doze anos, espero que seja mais. E não pense em ele crescer rápido. Ele sempre está vai ser seu bebê, ok?”

 "Jack, ele está começando a primeira série já. Isso vai acontecer tão rápido e, em breve, ele estará completamente desinteressado -"

"Scarlet, não pense em tudo isso. Nós só precisamos aproveitar todo o tempo que temos", disse ele.

Olhando para ele, não pude deixar de suspirar.

"Sim, acho que você está certo".

 "Você é uma mãe realmente boa", disse ele, e então, inconscientemente, beijou minha testa, algo que ele costumava fazer quando estava chateado.

"Oh, hum, desculpe. Não quis dizer..."

 "Não, um, está - está tudo bem", eu disse, agora olhando para baixo.

 "Então, eu vejo você amanhã então", disse ele.

 "Sim", eu acenei com a cabeça antes de entrar nos nossos carros.

 No meu caminho para o trabalho, não pude deixar de pensar no que acabava de acontecer entre Jack e eu. Quero dizer, um beijo na testa realmente não significa nada além de... Sacudindo o pensamento da minha cabeça, fui ao trabalho e continuei com o meu dia, como de costume.


*

À uma hora, eu coloquei Tommy na escola e voltei para casa, ele falou sobre o professor e os amigos que ele fez, incluindo a garota loira que é sua amiga, Kara.

"E, eu nem tenho dever de casa", ele disse enquanto entramos.

"Bem, alguém teve sorte hoje", Nate riu enquanto entrava na sala de estar.

"Tio Nate!" Tommy animou enquanto Nate o abraçava.

 E então, Johnson e Sam apareceram do nada.

"Tudo bem, você não tem o lançamento dos álbuns em breve? Por que você está em minha casa? Você deveria estar no estúdio ou algo assim", eu me zombava de todos eles.

 "O que? E perder o nosso sobrinho nos falando sobre o primeiro dia da escola? Não penso assim", disse Sam, zombando de mim.

 "Eu assei um bolo!" A voz de Lottie gritou da cozinha.

 Claro que sim.

"E é só para o filho da minha irmã favorita!"

"Você só tem uma  irmã!" Liguei de volta.

 Poucos momentos depois, Lottie entrou, carregando um bolo gelado com chocolate numa bandeja. Depois de ter pegado uma fatia, eu precisava voltar para o escritório.

"Não estraguem minha casa ou vocês estão mortos!" Falei enquanto caminhava até a porta.

"Exceto eu!" A voz de Sam cantou.

"Não, especialmente você, Wilkinson!"

 


Notas Finais


Então, o que acharam do capitulo??
Bom eu vou começar a postar capitulos dessa fic toda quarta-feira, o horário eu não tenho certeza mais que é toda quarta sim, caso eu não poste numa quarta eu irei postar na sexta.
Espero que tenham gostado,
Bjoosss!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...