1. Spirit Fanfics >
  2. Baby Girl Daddy's (BTS - Incesto) Jungkook - Yoongi >
  3. Brincando com água!

História Baby Girl Daddy's (BTS - Incesto) Jungkook - Yoongi - Capítulo 4


Escrita por: e Jungguk-x


Notas do Autor


Primeira mente muitíssimo obrigado por todos favoritos e comentários! Amo muito<33
Desculpem por não responder os comentários do capítulo anterior, mas logo vou responder.

Entãao e lá vamos nos;
؛boa leitura

Capítulo 4 - Brincando com água!


Fanfic / Fanfiction Baby Girl Daddy's (BTS - Incesto) Jungkook - Yoongi - Capítulo 4 - Brincando com água!

      Seu/nome pov. 

Acordei morrendo de falta de coragem, olhei as horas já ia dar uma hora da tarde.

Me levantei sem vontade nenhuma e fui para o banheiro, tomei um banho para acordar.

Assim que acabei fui pegar uma camisa grande que eu peguei do meu pai. Quando ia sair do quarto me lembro que eu precisava de anticoncepcionais.

Eu e jimin transamos sem camisinha, não posso engravidar por agora... Mais como vou conseguir isso?

Não posso nem sonhar em pedir meu pai.

Me sentei na cama e logo meu celular começou a tocar.

Peguei rápido e vi que era um número privado.

Ligação. 

 — Olá baby, tudo bem?

 — Quem fala?  

— Já se esqueceu? Aluna exemplar?

 — A jimin! Como conseguiu meu número?

 — Peguei no celular do seu pai... Já que ele não quis me passar.

 Já sei como vou conseguir meu remédio, modo trama ligado.

  — Sabe jimin, eu acordei muito mal com enjôos, dor de cabeça e tonteira...

 — Sabe (s/n) eu sou professor substituto de ciências não médico.

Idiota! Lindo mas idiota.

  — Sabe senhor Park, isso significa sintomas de gravidez!

 — O QUE? NEM PENSA! SEU PAI TE MATA!

 — E MATA VOCÊ TAMBÉM!

 — Ok, vamos pensar um pouco...

  — Agh! É só comprar um remédio!Se eu levar esse papo pra frente vai demorar muito.

  — Que remédio eu compro agora?

 — anticoncepcional, talvez?

 — Onde compra isso? 

 — MEU DEUS! PARK JIMIN EM UMA FARMÁCIA! OU VOCÊ  TAMBÉM NÃO  SABE O QUE É UMA F-A-R-M-Á-C-I-A!

 — Está estressada?! Mulher é complicado. Eu sei o que é uma farmácia! Eu vou lá direto comprar camisinha.

  — Só vai compra logo! E me poupe  de saber sua vida pessoal.

 — E como eu vou te entregar o remédio? seu pai está em casa hoje!

 — Que? Meu pai está em casa!?

  — Garota, já é de tarde, como assim não sabe se seu pai está em casa!

 — Porque eu estou mal! Não sai do quarto. E como sabe que ele está em casa?

  — Ele me falou ontem. Mas agora como eu vou de dar o remédio?

 — Fácil, você vem visitar meu pai e me dá!

  — E ai, eu vou chegar e falar com ele que vim trazer um remédio pra sua filha se previnir, sabe como e né você não vai querer ser vovô cedo!

  — Aish, idiota! Só falar que veio me dar aulas particulares, diz que estou muito ruim em ciências!

  — Adoraria de dar aulas sobre o corpo humano...

 — Ahh eu adoraria aprender mais sobre meu corpo.

 — Vou chegar ai daqui a pouco! Tchau baby.

  — Tchau daddy!  

    Ligação. 

Tão lindo mais burro! Como um professor de ciências não vai saber que gravidez não da sinal no primeiro dia?

Só acho que ele não deveria ser professor. Bom agora já conseguí o remédio.

Já que meu papai está em casa vou conversa um pouco com ele.

Coloquei meias até no joelho para completar.E desci as escadas indo para cozinha.

Vendo meu querido papai de costas vestindo apenas com uma calça molentom mechendo na pia. Fui correndo o abraçar.

  — Calma bebê! Que felicidade é essa?

  — O senhor quase não fica em casa papai, quero aproveitar o dia com você!

 — Ok, meu bem vamos assistir um filme?

  — Vamos claro! Vou fazer pipoca e você vai escolher o filme.

Fiz pipoca e outras coisas para comermos. Cheguei na sala e vi meu appa e meu tio no sofá perto da mesinha.

Tinha um lugar entre eles, sem pensar duas vezes sentei entre os dois e coloquei as coisas na mesinha. Nem esperei o filme começa e deitei minha cabeça na perna do meu pai e minhas pernas no colo do meu tio.

Deixei meu bumbum quieto no sofá dessa vez.

(...)

Já estáva no meio do filme era uma comédia romântica, até que era legalzinho mas estou com sono e meia cochilando.

Senti uma mão em meu bumbum apertando levemente, qual dos dois é? Só pode ser tio yoongi meu pai dormiu e sua mão esta no meu peito. E isso está me encomodando um pouco, já que estou sem sutiã...

Meu pai pode até está durmindo mas estou sentindo algo meio duro em minha cabeça.

Mexo minha cabeça levemente e ouço ele arfa bem baixinho. Já que meu papai está assim como será que está meu titio?

Mexo meus pés sentindo o volume formado ali. Meu tio também arfou e apertou mais forte meu bumbum.

Acho melhor eu subir ou vou ter que ajudar esse dois. Só em pensar nisso começo senti um calor no meu corpo, como seria papai e o tio me fudendo nesse sofá?

Aish! Esses pensamentos meus estão me deixando molhada só em pensar em ter meu papai e mei titio me fudendo me faz delirar.

AAH! O que estou pensando!

De repente a campainha começou a toca, por sorte dessa vez ela me salvo de fazer uma loucura.

  — Desculpe gente, mas vou pro meu quarto... Estou com sono e não me sinto muito bem!

 — Ok filha pode ir, Yoongi você pode atender a porta? Só vou tirar esse filme.

   Yoongi pov. 

 — Tá eu vou.Me levantei e fui olha a porta e vejo que era Jimin.

Não estava nem um pouco surpreso por ver ele, ja sabia que ele vinha hoje.

 — Entre! O que trás aqui sem avisar antes?

Já sei o motivo também, mas quero ver como ele e um bom ator.

— Vim visitar meu amigos maninhos! Por que não posso?

  — A, oi Jimin, entre vamos conversar na sala.

 — Eu irei subir um pouco já volto.Subi para o quarto de (s/n).

Eu escutei sua conversa mais cedo. E aquela marca foi realmente o Jimin que fez...

A seu pai não vai gostar nada quando saber.

Quando percebi já estava em frente a porta de (s/n). Não bati queria assustá-la, mas quando abro a porta vejo a cena mais linda.

Ela estava se tocando e nem trancou a porta, ela estava de olhos fechados.

Oh ela não conseguirá chegar no fim assim como um bom tio vou ajudá-la.

Tranquei a porta e fui calmamente perto de sua cama, a garotinha estava tão louca por tesão que nem me percebeu eu ali.

Eu poderia fica o dia todo vendo ela assim mais eu tenho que ajudar minha sobrinha.

  — Precisa de ajuda bebê?  Ela se assustou, tão fofa.

  — T-tio!Ela tentou esconder sua intimidade e corou, mas não pensou muito e fez um sim com a cabeça.

Aah, ela estava linda com vergonha.

Me aproximei mais e a beijei, um beijo intenso. Levantei sua blusa tendo a visão de seus seios perfeitos e fartos, sorri e me aproximei deles, comecei massagear forte vendo ela arfa.

Comecei a chupar um e apertar o outro mais forte, minha pequena falava entre arfares que estava se segurando para não gemer.

  — Geme pro seu tio baby, bem alto.

 

  — Meu appa está em casa tio acho melh...

Não deixo ela terminar e enfio minha língua em sua fenda já molhada.

Começei a lamber todo seu sexo, parei de lamber para encará-la seu rosto estava muito vermelho já conseguia ver sangue em seu lábio de tanto que ela mordia.

Raalmente terei que pegar pesado já que a mesma quer colaborar.

  — Não vai deixa eu ouvir seus gemidos?Introduzir dois dedos sem aviso, indo bem fundo.

  — A-ahhh ti-tio porquê não me a-avisou antes!

  — Isso bebê eu quero você gemendo meu nome! Começei estoca meus dedos fundos e apertando seu botãozinho já inchado.

Minha bebê gemia que era uma delícia de se ouvir.

Não era alto mas não eram baixos tinha a altura perfeita.

Coloquei meu mebro pra fora e tirei meu dedos e já enfiando forte na mesma que se assustou mas logo começou a gemer meu nome alto.

Ela me segurou com suas pernas me pedindo pra ir mais rapido

  — Aa-ahh t-ti-io mais rápido! Me fode mais forte! 

  — Claro bebê como você quiser! Aah tão apertadinha!

Começei ir mais rápido e fundo senti suas unhas me arranhando era a melhor sensação.

Nesse momento senti seu interior me aperta e logo ela da um gemido alto denunciando seu orgamos. Depois de algumas estocadas também gozei e me joguei ao seu lado cansado.

  — Gostou pequena?

  — Adorei tio! Mas meu pai? Será que ele ouviu?

  — Acho não, já que ele está conversando com Jimin.

  — O que Jimin está aqui?

Aah essa pequena fazendo essa carinha de quem não sabia de nada, como sabe fingir tão bem.

  — Sim, ele veio aqui para conversa.

   — A tio acabei de me lembrar, que iria sair! Vamos saia do meu quarto!

 — Não posso nem tomar um banho antes?

 — No seu quarto tem banheiro, no quarto do meu pai e mais um lá embaixo.

Quando ia falar mais alguma coisa a pequena criatura me jogou para fora do quarto e trancou a porta.

  — Tcs! Sem educação, acho que vou tomar um banho e aproveitar o Jimin aqui pra conta o pro jungkook. Que aquele professozinho de araque pegou a (s/n) na escola...

A essa discussão vai ser boa.

  Seu/nome pov. 

   Aish! esse idiota do meu tio! foi muito boa essa foda mais meu pai e o Jimin estão em casa espero que eles não tenham ouvido nada.

Vou tomar um banho rápido e vou ir pegar meu remédio vai que eu consiga uma aula particular.

Já de banho tomado coloquei apenas uma blusa branca que tampava até meu bumbum e uma calsinha vermelha não coloquei sutiã não gosto de usar isso.

Cheguei calada na sala e não vi ninguém, escutei conversas vindo da cozinha e era de mim. Então fui lá na ponta do pé pra saber o que eles falavam quando cheguei na porta meu tio perguntava sobre eu e o Jimin.

Nem quis espera pra saber mais subir correndo as escada indo pro meu quarto.

Peguei minha garafinha de água e enchi no banheiro, voltei rápido cozinha entrei jogando água em quem estava lá.

  — Vamos brincar! Assim que terminei de gritar meu pai jogou água em mim também e assim ficamos por alguns minutos um jogando água no outro até.

  — (S/N)! Chega de brincadeira!

 — Por que? Está tão legal!

 — Você nos molhou e molhou toda cozinha porque fez isso?

  — Vocês pareciam sérios de mais era pra descontrair um pouco.

Encarei todos que estavam naquele lugar, vi que a visão de todos estava voltada aos meu peitos que estavam bem visível por causa da blusa molhada. Fiquei olhando eles se entre olharem.

Meu pai falou alguma coisa no ouvido dos dois, e eu so fiquei olhando todos pegar uma cadeira e se sentaram me olhando e logo meu pai cruza as pernas e falando.

 — Vamos mocinha começe a secar as coisas!

  — E vocês vão ficar ai olhando!?

  — Claro! Foi você que quis brincar agora você vai limpar!

 — Mas todos vocês também estavam brincando comi...

  — (S/n), só so limpe a água do chão e seque as outras coisas! tome use esse pano.

  — Sério mesmo? Nem um rodo pra ficar mais fácil?

  — Não, quando mais fazer hora mais vai demorar. E bom eu estou de folga posso ficar até a noite aqui esperando que tudo fique limpo!

 — Chatooo!

Olhei de cara feia pra eles e peguei o pano já que meu papai quer jogar nos vamos jogar. Mas do meu geito.

Assim que peguei o pano levantei minha blusa a amarrando na cintura deixando bem visível minha calsinha vermelha. Aquele inútil pano já era fino mas eu puxei deixando bem mais coloda a minha intimidade, olhei pra os três que não conseguiam esconder o desejo em seus olhos.

Observei a pequena ereção que se formava na calça do meu pai.

Se meu papai acha que vai fazer joguinhos comigo está enganado acho que ele ainda não conhece bem sua filinha.

Me agachei ficando de quatro pra os bobos que estavam atrás de mim. Sempre que me esticava para passar o pano no chão levantava o máximo possível meu bumbum dando a visão perfeita da minha intimidade.Não sei se é pra minha sorte ou azar mais a cozinha é grande acho que vai ser cansativo isso, mas vale a pena provocar meu pai..      


Notas Finais


Bom, bom é isso por hoje. Espero que tenham gostado!

Queria informa a uns desinformados, que essa história não é plágio do wattpad! Eu que posto ela lá e agora aqui novamente.
Se quiserem ler no wattpad já esta no capítulo 20, mas provavelmente por causa das regras do site a história vai ser modificada para continuar aqui no spirit.

Link da história no wattpad:
https://my.w.tt/212zLakHZ4


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...