História Baby Girl o K7 - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hentay, Vampiros, Violencia
Visualizações 32
Palavras 446
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi Bebês eu voltei!!!

Sei que demorei, mas voltei.
Eu tive que rever a fanfic por completa e mudei muitas coisas, mas continua com o mesmo enredo de antes.

Tomara que vocês gostem de como ela esta agora.
Eu vou tentar postar os capítulos semanalmente então não vai ter mais que ficar desesperado por meses esperando capitulo KKKKKKK

Boa leitura bebês!

Capítulo 1 - Oi! Eu sou Sn e vou conta um pouco sobre mim!


Fanfic / Fanfiction Baby Girl o K7 - Capítulo 1 - Oi! Eu sou Sn e vou conta um pouco sobre mim!

“(S/N) Pov On”

Meu nome e (S/N), tenho 17 anos e irei contar um pouco sobre minha vida. Minha mãe era uma Anja e meu pai um Demônio, assim que descobriram que minha mãe, uma Anja, estava se relacionando com um Demônio, o rei do inferno, foi chamada de traidora e logo em seguida foi expulsa dos céus sendo liberta para poder finalmente ficar com meu pai para sempre. Eles se casaram e logo depois minha mãe acabou engravidando.

Quando já tinha oito meses ela foi fazer o um exame, o medico falou que a gravidez era de risco, que era melhor me aborta, se não ela morreria tentando me dar à luz ou me mataria antes que eu pudesse nascer. Meu pai foi totalmente a favor do aborto, mas minha mãe não, ela falou que preferiria morre me dando a luz ou ate mesmo me matar tentando me fazer nascer do que tira minha vida antes mesmo deu ter a chance de nascer. Meu pai dali pra frente começou a me odiar antes mesmo deu nasce e ele estava torcendo para eu morre na barriga da minha mãe.

Chegando no dia do parto meu pai não quis acompanhar o parto, deixando minha mãe sozinha e como o medico falou que iria acontecer minha mãe morreu logo depois que eu nasci, meu pai sempre me culpou pela morte dela, sempre falou que minha mãe era teimosa e foi isso que a levou a falecer, ele sempre me batia e também se aproveitava do meu corpo, me espancava me estuprava e ainda por cima me deixava jogada pelos cantos da casa.

Como meu pai nunca gostou de mim, quando eu completei os meus seis anos de idade meu pai me entregou para um moço chamado Lacamy, ele era dono de um local onde tinha mulheres de programa tipo um bordel. O Lacamy era muito bondoso comigo, mas ele sempre me lembrava de que quando eu tivesse idade eu também teria que trabalhar como todas as outras, como vadia em outras palavras, uma coisa que eu detestava.

As meninas não podiam sair de seus quartos e o Lacamy que levava as refeições para elas, elas só saiam quando elas tinham que ser apresentadas, depois disso nunca mais saiam de seus quartos. Mais tinha uma exceção para mim, eu podia sair quando eu quisesse menos de noite, pois eu era a filha adotiva do Lacamy.

Nessa mansão tinha dois andares, o primeiro era onde ficava os quartos das meninas e o segundo eu não faço a mínima ideia do que pode ter lá, pois o Lacamy não deixava ir ao segundo andar, pois o dono da mansão morava lá.

 

 

 


Notas Finais


Iae gostaram da historia de vida dela?

Tomara que sim, pois foi o que mais demorou para reescrever KKKKK

Ate o próximo capitulo BB


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...