História Baby I'm Yours - Abo - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Alfa, Chaesoo, Hopev, Hoseok!bottom, Hoseok!ômega, Jenlisa, Jikook, Kookmin, Markson, Namjin, Ômega, Taehyung!alfa, Taehyung!top, Taeseok, Vhope, Vhope Abo
Visualizações 69
Palavras 2.378
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Foto linda de vhope só pra comemorar os 50 favoritos ❤

Capítulo 10 - Capítulo 10


Fanfic / Fanfiction Baby I'm Yours - Abo - Capítulo 10 - Capítulo 10

-Você tem certeza disso meu amor?-sua mãe perguntou segurando sua mão.

-Tenho sim Omma, e pode ficar tranquila, o Tae já me ajudou com boa parte das coisas, eu só voltei aqui para buscar algumas coisas que ficaram no meu quarto-disse com um sorriso de canto.

-Entendo, fique bem meu filho, e não se esqueça de visitar sua velha mãe-disse beijando o rosto de seu filho, Hoseok abraçou a mãe e beijou sua testa.

-Eu vou vê-la sempre que der Omma, pode deixar. Adeus-disse afastando-se e caminhando até o carro de Jiwoo, que o esperava para dar-lhe uma carona-vamos noona?-perguntou ao entrar no carro.

-Sabe, você era um chorão e sensível, mas não vai ser o mesmo sem você aqui, sabe disso não é?-perguntou olhando para o ruivo, que riu.

-Noona, nós nem chegamos e você já tá fazendo seu discurso de despedida? Não é melhor deixar para quando eu estiver saindo do seu carro?-arqueou uma sobrancelha.

-Ei, me deixa aqui com meus draminhas. Mas vem cá Hobi, vocês dois vão morar juntos?-a mais velha estreitou os olhos-Olha, não é porque vocês estão namorando que...

-Nós não vamos morar juntos, credo! Vocês são tão desesperados, o Tae só tá me ajudando na mudança-fez bico-da pra gente ir logo, ele tá me esperando lá.

-Tá vamos, para de ficar choramingando-disse virando a chave-como você é chato, até parece que o Taehyung vai morrer se você não chegar-fez bico.

-Olha, se tratando do Tae, eu não duvido nada-disse com um sorriso de canto, Jiwoo gargalhou, enquanto dava a ré para sair do estacionamento

...

-Taehyung?-o mais velho abriu a porta do apartamento e começou a procurar pelo namorado-TaeTae, eu cheguei-deixou sua bolsa no chão, e fechou a porta, estranhando o fato de Taehyung não estar o esperando logo na entrada, como achou que o mais novo faria.

-Hobi hyung!-uma voz saiu do quarto do Jung, que estranho o fato de Taehyung estar lá. Logo o mais novo tinha saído dali, com um enorme sorriso nos lábios e com uma blusa de Hoseok em mãos-Você chegou, finalmente!-correu até o mais velho e o abraçou apertado, inalando aquele cheiro delicioso de baunilha que Hoseok exalava.

-Isso tudo é saudades Tae?-perguntou se separando minimamente do loiro, mas sem desfazer o abraço, o Kim confirmou com a cabeça-Mas nós nos vimos ontem meu amor-disse com um pequeno sorriso, era tão bom chamá-lo assim.

-Mas hyung, eu não consigo mais ficar longe de você... Eu morro de saudades toda vez que estamos separados-disse fazendo bico, nossa, como essa criança era dramática.

-É por isso que você tá com a minha blusa?-perguntou arqueando uma sobrancelha, vendo Taehyung corar.

-S-Sim-se afastou e desviou o olhar sem graça.

-Tô começando a repensar sobre deixar a chave extra com você-disse cruzando os braços.

-O que?! Não hyung, não faz isso por favor!-juntou as mãos e lançou a Hoseok um olhar suplicante.

-Eu tô brincando meu bem, não vou fazer isso com você. Anda, me dá essa blusa-estendeu a mão, e Taehyung entregou a blusa, mesmo receoso.

-Ah! Hyung, eu desfiz quase todas as suas caixas-disse animado.

-É... Eu percebi-disse com um sorriso de canto, rindo ao ver uma pilha de caixas vazias em um canto aleatório no apartamento-você sabe que não precisava ter feito isso não é TaeTae?-perguntou com um pequeno sorriso.

-Eu sei, mas eu não me aguentei, você estava demorando tanto e eu precisava fazer alguma coisa para me distrair-disse fazendo bico, Hoseok quis morder aquele bico, que gracinha.

-Ai Tae, você é muito lindo, já te falaram isso hoje?-perguntou se aproximando novamente do mais novo.

-Constantemente-disse fingindo jogar o cabelo, Hoseok riu.

-É mesmo?-arqueou uma sobrancelha, passando seus braços em volta do pescoço do Kim.

-Sim, mas não me interessa, pois não ouvi de você ainda-disse segurando o menor pela cintura.

-Tô falando agora então, você é muito lindo Tae-disse acariciando o rosto do maior.

-São seus olhos meu bem-disse sem graça.

-Talvez, e até que faz sentindo. Afinal, eu só vejo você-disse com um sorriso de canto.

-Hyung... -os rostos de ambos se aproximava lentamente e a respiração de ambos batiam contra a pele do outro, e iriam se beijar, mas Taehyung achou melhor se pronunciar antes-isso foi uma cantada? Porque se foi, foi muito mal-estava com um pequeno sorriso de canto, que só aumentou ou ver Hoseok revirar os olhos insatisfeito.

-Poxa Tae, que merda, você acabou de estragar o clima-disse fazendo bico, então se afastou e virou de costas para o mais novo, cruzando os braços.

-Espera hyung!-puxou o braço de Hoseok, fazendo com que ele se virase novamente, então o segurou pela cintura firmemente, para que não fugisse-desculpa, desculpa, eu não vou mais fazer isso-disse mordendo a ponta do nariz do ruivo.

-Você é um idiota-disse fingindo estar bravo.

-E eu te amo-disse dando um selinho no Jung, que não resistiu, abraçou Taehyung pelo pescoço e tomou os lábios do mais novo para si. Mesmo sendo um breve ósculo trocado apenas para matar a saudade, desfrutaram bem daquele momento, com direito a mordidas nos lábios alheios e tudo-anda, vamos terminar com as caixas para você poder ir para casa.

-Você está me expulsando Hobi?-perguntou em um tom brincalhão.

-É claro que não meu amor, é só que eu sei que você tem deveres de casa para fazer,e eu não quero te atrasar nos estudos.

-Eu imaginei que você fosse dizer algo assim, então eu trouxe minha mochila com meu material para estudar aqui-disse dando um selinho em Hoseok.

-Você tem certeza? Não vai se desconcentrar?-perguntou desconfiado.

-Mas é claro que não, eu sou uma pessoa focada, eu juro-disse erguendo a mão.

-Okay, mas se por algum acaso, eu ver que você se distraiu, nem que seja por causa de uma mosca, eu vou te bater. Não quero um namorado burrinho-disse dando um tapa na testa do mais novo.

-Aigoo hyung!-fez bico, colocando a mão onde Hoseok bateu.

-Aproveitando que você trouxe teu matérial, já pode ir estudar, eu vou terminar de desfazer a mudança-disse dando um beijo na bochecha do Kim-e não enrola, ou vai se ver comigo-ameaçou, porém aquilo só o deixou mais fofo do que já era. Ao ver o mais velho entrar em seu quarto Taehyung suspirou, aquele homem era tão lindo, tão fofo, tão perfeito, o Kim se achava um homem de sorte por ter alguém como Hoseok para si.

...

-Jimin seu desnaturado! Em que porra de buraco tu se enfiou até agora?!-Hoseok perguntou cruzando os braços-Cara, você não me mandou nem uma mísera mensagem para me dizer se estava bem ou não caralho, eu fiquei preocupado.

-Eu sei que ficou Hobi hyung, eu sei, mas... É uma longa historia, você não vai nem acreditar-suspirou-o Taehyung tá aqui?-perguntou olhando em volta.

-Não, eu pedi para ele sair e comprar alguma coisa para comermos, mas por que?-perguntou confuso. Jimin explicou tudo a Hoseok, que ouviu atentamente a cada coisa que o Park falava, e assim que ele terminou, tudo o que o Jung esboçava era neutralidade.

-E foi isso...-disse um pouco sem graça.

-Entendi... Jimin?-chamou o mais velho.

-Sim?

-Você tem algum problema?! Como que você invade o espaço dos outros do nada e transa com a pessoa sem mais nem menos?-perguntou indignado.

-Aí hyung, eu não estava bem, ainda estava mal por conta do meu recente cio, e o cheiro daquele alfa é tão forte, tão fora do comum-fez bico.

-E o pior disso, você transou com aquele cara bem em cima da cama do meu Taehyung, eu nunca mais vou sentar naquele cama sabendo que você e aquele alfa esquisito imacularam ela. Vou mandar o Tae queimar, porque eu também não quero saber dele deitando em um lugar onde dois selvagens transaram-disse pensativo.

-Aigoo Hoseok! Isso não se faz! Eu tô desesperado aqui e você preocupado em queimar a cama do teu namorado-o loiro disse fazendo bico.

-Tá, foi mal. Mas... Jimin, por que não tenta alguma coisa com aquele alfa?

-O que? Como assim?! Não! Eu nem conheço aquele cara, e também... Como eu vou olhar para cara dele, depois das coisas que eu fiz e disse para ele na uma vez?-disse passando a mão no rosto.

-Olha, isso eu não, sei. Mas eu acho que você poderia dizer que não estava com a mente sã, talvez ele entenda, mas eu não sugiro que faça isso meu amigo-suspirou.

-E por que não?-perguntou confuso.

-Eu acho que esse alfa gosta de você Jimin-disse pensativo.

-Como assim?! De onde você tirou essa diria hyung?

-Jimin, vocês transaram duas vezes, eu não acho que ele faria isso mais de uma vez se ele realmente não estivesse interessado em você. Você mesmo me disse que ele parecia não gostar muito de ômegas.

-Sim mas...

-Eu não tenho duvidas, ele não faria isso com você se não estivesse nem um pouco interessado em você-o ruivo disse com um sorriso de canto.

-Pode ser que você tenha razão, mas e se eu...-de repente o Park sentiu um mal estar e se levantou imediatamente, correndo até o banheiro de Hoseok, vomitando no vaso. Logo o Jung já estava na entrada do banheiro, olhando para o amigo, preocupado.

-Jimin, você tá bem?-Hoseok perguntou se aproximando do amigo.

-Hyung, eu não me sinto bem... Eu estou muito tonto-Jimin disse com a mão sobre a testa.

-Será que... -o mais velho parou um pouco para pensar, e só a ideia de estar certo já o deixou assustado-Jimin, preciso te levar ao médico.

-Por que? Está tudo bem hyung, não deve ser nada muito grave-disse com um sorriso fraco, logo voltou a vomitar no vaso.

-Eu não quero saber se você quer ou não. Nós vamos no hospital-Hoseok disse pegando o celular e ligando para Taehyung e avisando que sairia para levar Jimin ao hospital.

...

-Grávido?!-ambos os ômegas perguntaram surpresos, Hoseok não queria acreditar, mas agora que tinha confirmado suas duvidas, sentia-se em pânico pelo amigo.

-M-Mas Jimin, você não usou camisinha?!-o Jung perguntou olhando para o loiro, que estava atônito.

-E-Eu... Q-Quer dizer, de i-início não, mas... Meu parceiro colocou alguns minutos antes de...bem... Você sabe-disse sem graça.

-Esses minutos é que foram cruciais-o médico disse mexendo nos próprios óculos.

-Eu não tô acreditando nisso...-Hoseok suspirou.

-É importante que o senhor não faça muito esforço e se alimente bem, por você e pelo bebê-Jimin não disse nada, ainda estava sem acreditar no que tinha escutado.

-Obrigado doutor, pode deixar que eu vou vigiar a alimentação dele e me certificar de que ele não vai se esforçar muito-o Jung respondeu enquanto pegava um papel que o médico tinha anotado algumas instruções-com licença, vamos Jimin-disse olhando para o mais novo, que se levantou e agradeceu ao doutor, antes de se retirar com Hoseok daquela sala, assim que sairam o ruivo se virou irritado-Jimin, no que você tava pensando?! Quando eu e o Yoongi te dizíamos para tentar algo com alguém não nos referíamos a engravidar-sussurou para que ninguém em volta escutasse.

-Mas hyung, eu não fiz por mal, não achei que iria resultar nisso-disse cabisbaixo.

-Isso foi muito irresponsável da sua parte Jimin, você não é mais uma criança, deveria parar de pensar feito uma-Jimin não conseguiu evitar se sentir irritado, pensou em falar umas coisas para Hoseok que sabia que deixaria quieto, mas não achou que séria justo com o Jung, mas também não podia deixar aquilo daquela forma não é?

-Olha hyung, você não tem que me repreender como se eu fosse uma criança. Eu sei que o que fiz foi extremamente imprudente, não precisa jogar na minha cara-disse sério, Hoseok suspirou.

-Eu sei Jiminie, me desculpa de verdade. Mas... O que pensa em fazer? Você não vai abortar, não é?-perguntou receoso.

-O que? De forma alguma! Eu nunca faria uma coisa dessas, eu posso ser bruto e insensível as vezes mas... Eu me sentiria muito mal se fizesse isso, e esse ser não tem culpa dos pais serem dois irresponsáveis-disse com a mão sobre a barriga.

-Ainda bem... Isso foi uma sabia escolha Jimin, escuta o que eu tô te dizendo, se você fizesse isso iria se arrepender muito depois-disse massageando o ombro do mais novo, que sorriu.

-Eu sei hyung.

-Se precisar de qualquer coisa, não hesite em falar comigo.

-Pode deixar, muito obrigada Hoseok, eu sabia que podia contar com você-disse abraçando o mais velho.

-Vem, vou chamar minha noona para nos dar uma carona-disse estendendo a mão para Jimin, que não pensou duas vezes e aceitou o gesto do melhor amigo, e saíram daquele hospital.

...

Hoseok chegou em seu apartamento sentindo-se exausto, não fizera muita coisa, mas se sentia extremamente cansado, de certa forma seu dia fora agitado. Era tão estranho estar naquele apartamento, e não na sua casa, mas não podia reclamar já que a ideia fôra sua. Hoseok decidiu junto com o namorado que seria muito melhor se o Jung se mudasse para um lugar mais próximo ao seu trabalho, assim não correria tanto risco, não podia voltar atrás agora que já tinha tomado uma decisão.

-Hoseok hyung, e então, como o Jimin está? Ele tá bem?-Taehyung perguntou se aproximando do mais velho e o abraçando. Hoseok pensou em dizer a Taehyung sobre o fato do melhor amigo estar grávido, mas achou melhor não o fazer, já que o Kim conhecia o tal Jungkook, e Jimin não queria que o pai soubesse.

-Ele tá bem sim Tae, só se sentiu um pouco tonto, não foi nada de mais, eu é que me preocupei atoa-disse com um sorriso fraco.

-Entendo, bem, vamos comer? Eu comprei o que você me pediu-disse segurando a mão do Jung.

-Vamos sim, eu tô realmente com muita fome-disse passando a mão na barriga e rindo. Jantaram no chão mesmo pois Hoseok ainda não tinha comprado móveis para colocar em seu apartamento. Após terminarem Taehyung foi para a sua casa, deixando o mais velho sozinho com seus próprios pensamentos.

Pensar em Jimin o grávido o deixava agitado, estava preocupado com o mais novo, e se ele contasse para Jungkook, qual poderia ser a reação do rapaz? Boa ou ruim? Não esperava algo bom, mas também não esperava algo tão ruim...

“Aish, isso é tão complicado, melhor ir dormir Hoseok, antes que comece a pensar besteiras!”

 E com este pensamento, foi para seu quarto dormir.


Notas Finais


É isso gente, eu tava um pouco ansiosa pra esse momento
AAAAAAAAAAAAAAH!!!!
Obrigada pelos 50 favoritos gente, isso me deixa realmente feliz viu?
Vcs querem que eu faça um capítulo extra explicando o que houve entre o Hoseok e o Taemin?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...