História Baby! (Yaoi) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 158
Palavras 1.035
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Saga, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem, esse na capa é o Dragon

Capítulo 4 - Monstro?


Fanfic / Fanfiction Baby! (Yaoi) - Capítulo 4 - Monstro?

Povs Yuri

Acordei com o barulho de coisas caindo, vejo que Hansol não estava mais na cama, procuro o mesmo pelo quarto, mas não o acho, o que me dá uma angústia, me levanto e vou a sua procura

Me deparo com Dragon no meio do caminho

- Garotão cadê o Hansol? - perguntei ao cão, sem esperanças do mesmo me responder, até que o Husky sai andando em direção a biblioteca, segui o mesmo

Assim que entrei na biblioteca me senti estranho, como se algo fosse acontecer, Dragon começa a me cutucar com a pata, olho para o mesmo que aponta para o andar de cima, do cômodo, por algum motivo, subo correndo até o segundo andar, onde vejo o ômega em uma escada tentando pegar um livro. O mesmo se desequilibra, assim que percebi que o mais novo ia cair, fui correndo até o ômega, o pegando antes que caísse

Hansol- Y-Yuri - O menor disse assustado, coloquei o mesmo no chão

- O que faz aqui? Como descobriu a biblioteca? - perguntei meio firme

Hansol- E-eu precisava de uma livros para estudar, aí a Liza disse que tinha uma biblioteca aqui, aí eu vim para cá, como já terminei de estudar fui procurar um livro para ler, esse livro me chamou a atenção - O menor me entrega o livro

- O segundo andar está proibido para você, nunca suba aqui novamente, sem eu estar junto - falei após ler o título do livro "Anjos e Demônios" mais conhecido como livro do "Céu e Inferno". Esse livro conta sobre as duas famílias "demoníacas" e sobre a família angelical

Autora on

As duas famílias demoníacas são: a família Kim e Wang

Essas duas famílias são as mais antigas que existem, junto com a família angelical, essas duas famílias tem o propósito de proteger a família angelical, assim matando qualquer um que ameace os angelicais

Mas com o passar do tempo, os "demônios" comecaram a proteger todas as pessoas puras e inocentes, e a matar qualquer um que representasse perigo aos inocentes, os angelicais não gostaram disso e resultou em uma guerra entre as famílias

Como os demoníacos estavam em maior número, eles ganharam a guerra, fazendo o juramento, de que sempre iriam proteger os inocentes, dos demônios

- O que é meio contraditório, afinal eles são demônios não É? Aiai -

Os angelicais sumiram depois da derrota, alguns dizem que eles estão vendo os demônios corromperem a Terra, outros, que todos morrerram. Mas ninguém sabe a verdade

- Hehehe só eu sei^-^ -

Os "demônios" começaram a pegar gosto por matar as pessoas, e isso acabou virando um hábito, acabando se tornando mercenários, mas as novas gerações estão se desligando disso, só matando se for necessário

Autora of

Yuri on

Se Hansol ler esse livro, ele vai descobrir sobre o meu passado, não posso permitir isso, não posso

- Esse livro é proibido a você - falei olhando para o ômega

Hansol- Mas por que? O que tem de mais nesse livro? - O menor perguntava sem entender

- Tem algo que não é para você ler e ponto final, sem discução, desça - falei autoritário

Hansol- Mas eu quero ler esse livro

- EU FALEI QUE NÃO HANSOL MAS QUE PORRA - acabei usando minha voz de alfa, fazendo o ômega se encolher, o menor começa a chorar - H-Hansol, desculpa...eu - tentei me aproximar do ômega, mas o mesmo se afasta de mim

Hansol- NÃO CHEGA PERTO DE MIM - O ômega fala correndo para fora da biblioteca

- O que foi que eu fiz? Eu sou um monstro - sai da biblioteca, fui até o quarto do ômega, bati na porta, nada, bati novamente, nada - Hansol, por favor abre a porta, me desculpa, eu não queria ter gritado com você

Hansol- ME DEIXA EM PAZ - sua voz estava embriagada de choro

- Me desculpe baby - falei indo até meu quarto, me joguei na cama, senti algo molhado em minha bochecha - mas o que? Porque eu estou chorando? - algo estava estranho, por que eu estaria chorando?

Adormeço com esses pensamentos

~1 dia depois~

Povs Yuri

Já era segunda feira, ontem Hansol não saiu de seu quarto, Liza teve que levar a comida para o ômega, o mesmo nunca abria a porta para mim

Como hoje é segunda, temos que ir para a escola, nesse momento eu estou esperando, no carro, Hansol vir para irmos, logo o mesmo aparece, Hannie entra no carro, o ômega não me olha, o mesmo coloca o sinto

- Hansol eu- Sou cortado pelo ômega

Hansol- Vamos, não quero chegar atrasado - disse sem me olhar

- Sim - logo saímos de casa, não demora para chegarmos na escola - Hansol - O ômega sai me ignorando - merda - falei saindo do carro, logo Tao vem até mim junto com Noam, seu ômega, Scott e Niel, ômega de Scott

Tao- O que houve? - O mais novo fala abraçado ao seu ômega

- Conto depois - vejo Hansol vindo até nós

Hansol- Hyung? - Noam se vira para o mais novo

Noam- Sim meu bebê? - Noam se solta do alfa e vai até o ômega - Hansol fala algo que, por incrível que pareça, eu não consegui escutar - Ah sim Sim, aqui está - O ômega mais velho entrega um moletom, que está com cheiro do Tao, o menor vestiu, o que me deixou nada feliz

Tao- Estão te incomodando novamente? - O menor assente - Eu já volto, vou quebrar a cara de uns alfas e betas aí

Noam- Tu vai nada, eu vou ficar com o Hannie até bater o sinal, tchau amor - O ômega da um abraço no alfa e sai

Scott- Não sabia que você conhecia Ele, pensei que ninguém sabia da existência dele

Tao- Ele é melhor amigo do Noam, quando eu conheci o Noam os dois já se conheciam, e com o passar do tempo o mais novo se tornou um irmão para mim, e se você falar dele novamente assim, eu vou te quebrar a cara

- Tao, por que não me disse que conhecia Ele? - perguntei entrando na escola

Tao- Você nunca perguntou

- Hansol é o ômega que eu falei sábado - Tao me olha surpreendido

Tao- Cê' tá de zoa não é? - neguei - Porra cara, cara eu preciso te contar uma coisa depois - bem na hora o sinal toca, dando início as aulas


















Continuo?


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Se tiver qualquer erro, peço desculpas
Bom OBRIGADA A TODOS OS FAVORITOS, AMO TODOS VOCÊS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...