História Back To Black - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Bellatrix Lestrange, Harry Potter, Hermione Granger, Lílian Evans, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Mundungo Fletcher, Nymphadora Tonks, Regulus Black, Remo Lupin, Severo Snape, Sirius Black
Tags Drama, Harry Potter, Sirius Black
Visualizações 221
Palavras 1.303
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi cupcakes 🌞🌞🌞🌞,como vocês estão? Espero que bemmm,então é Dezembrooo e com ele vem o Natal,férias...Talvez férias,desejem-me sorte nas provas!!!Vamos para o que interessa,que hoje tem capítulo novo.

Capítulo 19 - Transporte de cabeça


Fanfic / Fanfiction Back To Black - Capítulo 19 - Transporte de cabeça


Abigail.

Janeiro passou rapidamente,as aulas de História da Magia haviam ficado mais tediosas,por conta das regras excessivas de Umbridge que retornará mais rigorosa,raramente via Dumbledore e eu precisava urgentemente falar com o mesmo sobre Margo,que não mandará mais notícias.

Harry falava pouco comigo sobre suas aulas de Oclumancia,apenas conversava sobre a Armada de Dumbledore,nada além disso,agradecia mentalmente sobre ele nunca ter perguntado mais sobre minha relação e de seu pai desde o dia do Corujal.

Após algumas semanas ao chegar na sala dos professores pûde perceber certo alvoroço,Snape olhava-me com desprezo e Minerva observava tudo com desconfiança.

- Dia?O que está acontecendo? - indaguei aproximando-me das professoras Sprout e Caridade.

- Fuga em Azkaban - pronunciou lentamente a professora de estudo dos trouxas enquanto passava-me O profeta Diário que destacava as letras.

MINISTÉRIO TEME QUE BLACK SEJA "O PONTO DE ENCONTRO " PARA OS ANTIGOS COMENSAIS.

- Quem conseguiu escapar ?

- Dolohov,Rookwood e Lestrange - disse Snape calmamente.

- Fudge está jogando a culpa da fuga em Sirius? - alterei a voz e percebi Minerva mudar de assunto.

- Vamos já está na hora - lembrou Sprout ao inícios das aulas.

A sala começou a esvaziar e permaneceram apenas eu,Snape e McGonagall.

- Tem que aprender a conter-se em relação ao seu cachorro,Givens - começou o bruxo buscando alguns livros.

- Não preciso dos seus conselhos Snape - debochei o encarando.

- Ainda está brava pelo ocorrido naquela noite?

Minerva nos olhava confusa até que deu um basta.

- Parem de brigar e vão para suas salas.

-Estou livre essa manhã Minerva,vou dar uma volta por ai - expliquei e deixei o local.

Caminhei pelos corredores de Hogwarts até a Cabana de Hagrid onde sabia que seria recebida muito bem.

Bati levemente na enorme porta e observei o local aconchegante e humilde.

- Quanto tempo Hagrid - cumprimentei-o feliz.

- Abigail Givens,uma honra recebe-lá na minha casa,o que te traz ?

- Bem,estou sem aula agora e pensei em vê-lo.

- Não tem ninguém aqui então pode usar a rede de flu - disse o meio gigante e me deu um pouco de pó de Flu para que eu fizesse o transporte de cabeça,coloquei-a na lareira e conjurei "Largo Grimmauld,número doze" esperei algum tempo e percebi uma movimentação na sala da biblioteca então Sirius apareceu com seu peitoral tatuado a mostra.

- Que horrível,eu queria você toda e vem só a cabeça - exclamou risonho.

- Eu sei,mas era a única forma de falar com você - expliquei vendo-o mudar de expressão - Viu o Profeta Diário?

- Sim...Estou assustado Abigail.

- Eu sei,também estou e ainda envolveram você novamente nessa fuga.

- Sabia que uma hora ou outra procurariam uma pessoa para colocar a culpa,que latidos são esses?Está me trocando?Onde está?

- Sirius!!! - exclamei envergonhada por Hagrid ali - É apenas o canino,o cão de Hagrid.

- A cabana de Hagrid?O que houve? A cara de sapo ainda está vigiando as chaminés do Castelo?

- Sim e logo terei que voltar,ela vai sentir minha falta.

- Ah claro - disse revirando seus olhos - Quando vamos conversar novamente?

- Não sei,afinal estou acabando com a privacidade de Hagrid.

Uma voz grossa pôde ser ouvida da cozinha.

- Sinta-se a vontade Abigail Givens,sua presença e a de Sirius enche esse local de luz.

- Obrigado pela as palavras Hagrid - disse Sirius - Acho que você nunca me elogiou assim.

Suspirei profundamente.

- Preciso ir,eu te amo Sirius - disse vendo-o sorrir triste.

- Eu também,querida.

Hagrid virou para mim com um grande sorriso no rosto.

- Está me deixando constrangida,Hagrid - disse rindo levemente e sentando na grande poltrona.

- É bonito de ver você e Sirius juntos,todos apoiamos muito vocês.

- Sim...O nosso amor prevaleceu.

Hagrid fez uma lanche com um gosto estranho,aceitei por educação e ficamos conversando enquanto eu afagava as orelhas de canino.

Estava ficando tarde e resolvi voltar ao Castelo,o salão principal estava uma completa bagunça,havia vários alunos do quarto ano por ali e Umbridge parecia estar bastante irritada,seu rosto pareceu quase explodir quando me viu.

- Senhorita Givens,onde estava ? - perguntou com sua voz irritante.

- Estava tomando um ar,algo de errado?!

- Sim,enquanto estava tomando o seu "ar" o quarto ano da Lufa-lufa e da Grifinória tinham História da Magia.

Suspirei profundamente e encarei a bruxa que esperava respostas.

- Desculpe-me realmente perdi a hora - expliquei tentando desviar-me de suas perguntas e partir para meu dormitório.

- Onde ficou todo esse tempo? - perguntou mais uma vez, desconfiada.

-Já disse ,fui tomar um ar.

Ela estreitou os olhos como se a "história" que eu contava não tivesse colando.

- O ministro confia em você,talvez essa seja sua sorte.

- Obrigada senhora subsecretária,é apenas da confiança dele que eu preciso.



O dia amanheceu melancólico,o céu estava nublado e meu corpo doía,queria ficar na cama por toda a semana,mas teria que recuperar as aulas que havia perdido antes.

Ajeitei-me e desci logo para a sala de aula,não estava com fome.Fiquei esperando longos 20 minutos para que os alunos chegassem,porém,havia passado do horário e ainda ninguém tinha ido até a sala.

Caminhei por todo o Castelo e logo alguns gritos puderam ser ouvidos na Entrada Principal,empunhei a varinha e corri até o local,havia um grupo de sonserinos que fazia um roda,firmei meus pés ao lado de McGonagall que assistia a cena com um certo desprezo.

A professora Trelawney estava descabelada,com uma bolsa em seu ombro e na outra mão uma garrafa de vinho vazia,dava pena ao olhar para a bruxa.

- Isso não pode estar acontecendo,eu recuso-me a aceitar - gritou para alguém atrás de nós,virei o rosto e observei a cara de sapo abrir um sorriso.

- Não sabia o que estava por vir? - perguntou com sua voz fina - Não consegue nem prever o amanhã,suas performances durante minhas inspeções foram péssimas e nem uma melhoria sequer você mostrou.

- Você não p-pode Hogwarts é minha casa - disse a professora Trelawney chorando.

- Era sua casa,Agora por favor retire-se do salão você está nos embaraçando.

Todos ficaram quietos enquanto a professora McGonagall caminhava até a professora Trelawney e a envolvia em um abraço.

- Você não precisa deixar Hogwarts.

- É mesmo professora McGonagall?,que autoridade você tem de dizer isso? - disse Umbridge.

- Essa autoridade é minha - disse uma voz grave,era Dumbledore - Tem o direito de demitir professores,agora o de banir,esse poder é apenas do Diretor.

- Por enquanto...

- Minerva poderia acompanhar Sibila até os seus aposentos?

- Sim professor - disse McGonagall guiando Trewlaney,fui até as professoras e ajudei a carrega-la também,ela parecia um pouco tonta enquanto deixava o local,Umbridge encarava-nos com faicas nos olhos.



A sala dos professores estava um caos,todos estavam indignados com a "quase" expulsão da professoraTrewlaney,porém,procuravam falar baixo,pois,Umbridge poderia aparecer a qualquer momento.

- É uma grande pena que essa megera e o ministro estejam no controle de Hogwarts,não nos livraremos deles tão cedo - exclamou a professora Sprout.

- Quem vai ensinar Adivinhação ? - indaguei procurando respostas com McGonagall apenas balançou a cabeça negativamente,ainda estava fervendo de raiva.

- Isso não é assunto seu é,professora Givens? - disse uma voz fina ao entrar na sala,virei o rosto ao ver a cara de sapo.

Snape entortou a boca ao olhar para mim.

- Tudo o que acontece nesse Castelo é assunto para os professores - exclamei vendo-a olhar incrédula para mim.

- Não bata de frente comigo senhorita ou a mandarei de volta ao seu chalé cheio de segredos na Irlanda.

Levantei-me brutalmente da poltrona e a encarei com ódio,por um segundo,pensei em estupora-la ali mesmo,no outro lembrei que o que prendia-me naquele Castelo era meu afilhado,não iria deixa-lo novamente.

- Estou implorando que saía da linha - disse a bruxa entre dentes.

  - Tenha um bom dia - desejei suspirando profundamente.


Notas Finais


Obrigada aos favoritos do último capítulo e aos comentários também,vocês são demaisssss e leitores fantasmas apareçam sinto a presença de vocês,mas também adoraria saber o que estão achando da fanfic...O próximo capítulo (que já está sendo escrito) Está recheado de coisitas,Terça-feira tem cap novo✅✅✅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...