História Back to Hogwarts - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Lucius Malfoy, Narcissa Black Malfoy, Pansy Parkinson, Personagens Originais, Remo Lupin, Ronald Weasley, Severo Snape, Sirius Black
Tags Drarry, Filhos, Harry Potter, Hermione, Hogwarts, Mistério, Nova Geração, Pansy, Rony, Zabini
Visualizações 46
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigada a todos que estão comentando e favoritando, a Tia Gabi fica muito feliz, amo vcs 💕💕💕

Capítulo 7 - Morte


Hogwarts amanheceu cinzenta e fria, assim como os alunos de lá.

Ninguém conseguiu dormir direito depois dos acontecimentos daquela noite, os buracos no lugar dos olhos daquela enfermaria ainda estavam em suas mentes.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

Aline saiu da Sonserina, esperando ver Agnes lá, mas a garota não estava em lugar nenhum, então a ruiva decidiu ir tomar café da manhã sozinha.

- E aí bonitinha, tudo bem? - Orfeu Riddle estava bloqueando seu caminho.

- Sai da minha frente, antes que eu perca a paciência.

- Calma, só quero conversar, ontem à noite eu e seu irmão tivemos uma conversa... Interessante, quero saber se a irmã dele também é uma Sonserina tão boa. - O moreno foi se aproximando cada vez mais de Aline, deixando apenas alguns centímetros de distância entre eles.

- Se você fez alguma coisa com meu irmão, eu te mato, entendeu? E eu sou Sonserina o bastante para saber que não devo andar com perdedores, assim como você - A ruiva deu um chute no estômago do garoto, que caiu no chão sem ar, liberando a passagem para ela.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Gwen estava no salão comunal da Corvinal esperando sua amiga Brenda, que escrevia para Scorpius, e Cameron; o moreno tinha acordado muito mal humorado hoje.

- Odeio acordar cedo - Disse ele.

- Cala a boca Weasley Zabini! Ninguém se importa.

- Se o James me encher hoje, juro que mato ele.

Gwen revirou os olhos, e viu Brenda fazer o mesmo.

- Caralho, esquece esse garoto Cam, e pelo que me lembro, da última vez ele quebrou seu nariz; se o acha tão idiota, é só manter distância. Agora vamos comer que eu estou morrendo de fome.

- Vão na frente - Pediu o moreno - Alcanço vocês depois.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

Aisha tinha passado a noite discutindo com Madeleine sobre o que o irmão dissera, a loira tinha que admitir, sentia muito a falta de Rose e Lucille, a Grifinória não era mesma sem elas; e também que o Sonserino estava certo, eles precisavam descobrir quem estava por trás disso tudo, a garota sorriu ao lembrar que James a carregou para fora, mesmo o garoto sendo o terceiro filho da família, mais novo que ela e os gêmeos Malfoy-Potter, ele agia como se fosse o mais velho.

Scorpius se aproximou da irmã e gritou perto do seu ouvido, a assustando.

- Mas que droga! Seus pirralhos, parecem até que tem 3 anos.

- Mentalmente nós temos - Orion gargalhava ao ver a cara da irmã.

- Seguinte, além de sermos bonitos, também somos inteligentes, ficamos a noite toda pesquisando, mas descobrimos o feitiço que James fez - Revelou Scorpius.

- E qual foi? - Madeleine se colocou entre os dois gêmeos, os abraçando em seguida.

- Era um feitiço muito antigo e complexo, mas servia para...

- Todos os alunos, favor se dirigirem para o refeitório, o diretor Dumbledore tem um comunicado importante.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Cameron andaca pelos corredores ao lado de Thomas, ambos estavam indo tomar café da manhã, mas se distrairam e viraram em um corredor errado, que dava para as masmorras, foi quando viram Agnes, ou o que sobrou dela.

A morena tinha sido dividida ao meio, a parte de cima do seu tronco estava presa no teto, alguém usou mágia para fazer com que os cabelos da garota ficassem presos lá, a mantendo permanentemente fincada.

A parte de baixo estava caída em um canto escuro, suas unhas foram arrancadas, assim como seus olhos, apenas buracos escuros estavam em seu lugar, mas a pior parte, foi ver que tinham encantado a boca da garota para a deixar sorrindo, na parede alguém escreveu com sangue "O Conde está vindo".

Cameron sentia muito pela morena, mas ele não podia ficar lá, sua mente Corvinal preveu todos os acontecimentos, os monitores iriam chegar lá, e culpariam os dois, principalmente ele, que foi o último a vê-la viva.

Sem pensar duas vezes, empurrou Thomas; o Lufano apoiou as mãos no chão, para diminuir o impacto, mas acabou as manchando de sangue.

- Socorro! Alguém ajuda aqui! - Cameron gritou e saiu correndo pelos corredores - Agnes foi morta.

Thomas estava tão bravo com o Corvinal, que poderia o transformar em uma bola, só para chutá-lo depois, mas o garoto não tinha tempo para isso, ele precisava se limpar do sangue, mas ao ver a irmã naquele estado, começou a chorar, ele nunca mais a veria novamente.

- Isso é tão Lufano - James sentou-se ao seu lado.

O garoto tinha um olho roxo, além de várias marcas de queimaduras pelo corpo, e arranhados, seu uniforme da Sonserina estava sujo e com sangue.

- Sinto muito pela sua irmã, Agnes era uma boa garota.

Thomas o abraçou, afundando seu rosto no pescoço dele - Como alguém tem coragem de fazer isso? Ela era tão nova... V-Você está b-bem?

James acenou - Tive uma noite muito longa e dvertida, me lembre de nunca mais sair com Sonserinos, escuta, eu estava caido aqui perto, quando ouvi o idiota do Cameron gritar, aí vim ver o que tinha acontecido, você está ferrado, quando os professores chegarem, vão te culpar. Então me desculpe por isso, mas é para o seu próprio bem.

O Sonserino gritou "Estupefaça", fazendo com que Thomas caísse no chão, paralisado.

- SeI que isso não é nada inteligente, mas não posso deixar que alguma coisa aconteça com você, prefiro que eles me culpem por ter te atacado e matado a Agnes - James se ajoelhou perto do Lufano, e ajeitou seus cabelos. - Vai ficar tudo bem, eu prometo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Dumbledore olhava para todos os alunos presentes no refeitório - Tenho uma notícia péssima para dar, Agnes Granger Parkinson sumiu na noite passada, os monitores do seu Salão Comunal não conseguiram a localizar, e devido aos acontecimentos recentes, peço que vocês formem grupos de busca para encontrá-la; além do mais, novas medidas serão tomadas a partir de agora, nenhum aluno deve andar sozinho, teremos um toque de recolher, e contagem, para verificar se todos estão presentes. Sinto muito que estejam passando por esses momentos difíceis, mas lembrem-se, até mesmo na mais completa escuridão, podemos ver a luz.

O monitor da Sonserina adentrou no salão - Receio que encontramos Agnes, diretor, mas ela está morta.

Gritos e lamentos foram ouvidos por todo o lugar.

- Mas também achei o culpado.

Dumbledore caminhou para perto do garoto, e fechou as portas do refeitório, para que nenhum aluno espiasse 

- E quem seria?

- James Black Malfoy-Potter. Ele estava no local do crime, cheio de sangue, além de ter estuporado Thomas Granger Parkinson; tenho até uma testemunha, Cameron Weasley Zabini.

O diretor encarou Cam - Isso é verdade?

- Sim senhor.

Dumbledore suspirou.

- O senhor vai expulsá-lo? - Perguntou o Corvinal.

- Vou chamar os pais deles, e também as mães de Agnes Granger. Vamos resolver essa situação. Você tem alguma coisa para me contar James?


Notas Finais


Vocês acham que o James deveria abrir o jogo para o Tio Dumb?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...