História Backstage Queen - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Dua Lipa, Zayn Malik
Personagens Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Ansel Elgort, Austin Butler, Avan Jovia, Backstage, Cindy Kimberly, Dua Lipa, Fanfic, Groupie, Halsey, Kendall Jenner, Madelaine Petsch, Romance, Zayn Malik
Visualizações 12
Palavras 4.623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem voltou....

O capítulo de hoje é um dos meus favoritos, adorei escrever de verdade.

Em um momento será recomendado escutar Attention do Charlie Puth, vou deixar o link da música nas notas finais pra quem quiser ouvir.

Boa leitura!

Capítulo 12 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Backstage Queen - Capítulo 12 - Capítulo 11

- ZAYN -

Parece loucura eu ter ido atrás de Kristen depois de todas as ameaças que recebi da própria? Parece! Mas ter recebido um balde de água fria de Liv fez essa idéia não parecer tão errada assim, afinal, a gente se deu bem por longos anos, tínhamos um sexo incrível e sempre nos demos extremamente bem. Todo o desastre que estávamos sofrendo agora tinha nome, Alexia. Então só decidi que poderia consertar tudo da melhor forma possível, tentar não me mataria. Isso passou pela minha cabeça depois da fatídica after em Manchester em que vi Liv e Jesse se beijando, ou melhor, Jesse beijando a Liv, ela não retribuiu, isso ficou claro pra mim nas como tinha comentado com Noah na torre do relógio, tudo parecia estar acontecendo como um sinal, uma groupie estava sendo responsável por destruir a minha vida, não poderia deixar outra fazer a mesma coisa. As coisas se tornaram mais claras durante o vôo pra Liverpool, onde eu via Liv no mesmo ambiente que eu e só a queria mais ou a repelia, igual acontece com óleo e água, se misturam por um curto tempo e depois já estão separados. Na verdade era um misto de ódio e desejo, eu a queria, mas ao mesmo tempo queria dizer boas verdade e fazer ela sumir de minha vida. Achei melhor me isolar num canto do avião até chegar ao destino.

Jesse também estava louco por ela, era bem claro isso pra mim. Então decidi que ela precisava sair da minha cabeça e deixar o caminho livre pra ele, usar Kristen pra isso não me pareceu algo errado. Assim que a banda foi deixada no hotel, conversei com Nolan que me prometeu dar uma desculpa que não me prejudicasse com eles, principalmente com Noah. Se caso eu contasse o que havia programado ele arrumaria um jeito de me impedir, já que ele odiava Kristen com todas as forças existentes no planeta e tinha razão pra isso, mas o momento não era pra pensar nisso. Nolan providenciou o jato da banda para que eu fosse ao Estados Unidos com a condição de que eu voltasse um dia antes ao show.

Foi uma surpresa pra Kristen me ver em frente a sua porta com um buquê de rosas enquanto estou em turnê pelo outro lado do continente. Inicialmente ela imaginou que fosse alguma brincadeira, já dei mil motivos pra ela desconfiar disso. Nossa conversa sobre os meus motivos por estar ali não foi nada fácil, afinal, ela tinha ameaçado me destruir e destruir minha carreira e eu estava rastejando atrás dela como um cachorro. Depois de horas tentando se resolver e demonstrar pra ela que o que queria era real, nos acertamos e decidimos tentar mais uma vez dar certo, esquecer o contrato por um momento e voltar a agir como um casal normal. Pra mídia nós já éramos isso, agora voltaríamos a ser assim pra gente. Convenci ela também a acompanhar a banda por dois shows, em Liverpool e Bristol e depois ela voltará para os Estados Unidos.

Chegamos ontem em Liverpool, a banda já havia feito toda a parte de divulgação. Fiz questão de entrar exibindo ela pro mundo, no aeroporto, no hotel, em todo lugar, inclusive exibir pra pessoa que eu mais estava com vontade de esfregar na cara que eu não precisava dela pra absolutamente nada, Liv. Assim que passei a entrada do hotel lá estava ela sentada no restaurante com Noah, inicialmente ela fez uma cara de surpresa com desdém. Acabei a encarando com um olhar de vitória, eu não precisava dela pra mais nada, Kristen sempre foi a melhor mulher que já tive na cama, garanto que Liv nunca poderia superá-la. Liv ainda assim me lançou um olhar de desafio, mas dessa vez eu não cairia nos seus joguinhos, não mais. Além de Liv, notei a decepção no rosto de Noah, ele começou a me ignorar lindamente depois daquele dia, apenas a interação necessária pro show foi respeitada.

Em falar em show, o de Liverpool já havia acabado, eu não tinha palavras pra descrever o momento ali. Liverpool é a cidade dos Beatles, minha banda favorita em todo o mundo, já nem sei mais em quantos shows do Paul McCartney fui, perdi as contas. Liverpool respira rock. A minha animação foi tanta que acabei chamando Kristen no centro do palco e cantei abraçado a ela, levando - é claro - o público ao delírio. Já que estava fazendo isso dar certo, tinha que fazer da melhor forma possível. Além do público, também notei a cara de incrédula de Liv, dessa vez ela não desceu pra frente do palco, ficou na lateral juntamente com Ellora e Íris e enquanto cantava abraçado a Kristen fiquei olhando pra ela. Estava realmente querendo a cutucar e consegui, era nítido pela cara de nojo que ela fazia.

Depois que o show acabou acabamos voltando pro camarim e decidimos onde seria a after dessa vez. Por sugestão de Ned topamos em ir em uma das baladas de Liverpool, eu só queria encher a cara e toparia qualquer coisa pra isso. Kristen também topou, acho que ela estava se apaixonando de novo depois das minhas atitudes recentes. Por fim todo mundo acabou topando, incluindo Liv.

A balada ficava no centro de Liverpool, era uma das mais caras e que só quem pagasse muito dinheiro conseguia entrar. Como somos uma das bandas mais famosos e que não tem pouco dinheiro, acabamos comprando o camarote inteiro, estavam todos da banda, a equipe técnica, empresários e alguns produtores que tinham contratado o show. O camarote era todo num tom preto e prata com alguns nuances em vermelhos, ali tinham lounges com sofás, mesas e um bar próprio. Ficava exatamente em frente ao palco de atração principal da noite, que seria um dos DJs mais famosos do Reino Unido, que no momento o nome me fugiu da cabeça. Dali você tinha uma visão privilegiada do lugar, eram só pessoas muito bem vestidas e bonitas, estava repleto de modelos, incluindo algumas amigas da Kristen, as quais a mesma convidou para subir e lhe fazer companhia. Elas se encontravam todas aglomeradas em uma das mesas onde o garçom trazia rodadas e rodadas de champanhe. A banda estava em um lounge sendo servidos por vários garçons e diversos tipos de bebidas, eles nunca ficavam restritos a nada. Óbvio que Liv estava ali com Jesse a tiracolo, mas precisava urgentemente falar com Noah, ele ainda é uma das pessoas mais importantes no mundo pra mim, precisava me explicar e pedir desculpas. Segui então em direção a ele, me sentando ao seu lado no sofá.

- Você está bem? - perguntei a ele sendo ignorando lindamente. - Noah, por favor.

- O que você quer, Zayn? - disse ele desviando o olhar de Ellora pra mim.

- Queria pedir desculpas por ter sumido e não ter te contado sobre Kristen.

- Quantas vezes você vai pedir desculpas? - disse ele em um tom de desdém dando um gole em sua bebida depois - Um dia você diz que odeia a Kristen e no outro atravessa o oceano atrás dela, não te entendo.

- Eu pensei muito e se contasse você me barraria.

- Com razão, não acha?

- Eu só quero fazer as coisas dar certo.

- Boa sorte pra você então.

Noah voltou sua atenção para Ellora me ignorando mais uma vez. Preferi permanecer ali no lounge com ele, mesmo sendo ignorado. Por mais que eu estivesse tentando dar certo com Kristen, ainda não suportava o grupo de amizades dela mas preferia ficar na minha do que falar algo. Apenas levantava algumas vezes e ia dar um beijo nela e voltava a me sentar com a banda. Solicitei ao garçom várias doses de whisky enquanto observava tudo o que acontecia ao meu redor.

Após alguns copos a atração da noite finalmente começou a tocar, várias pessoas seguiram em direção a pista do camarote para dançar, incluindo Kristen, suas amigas, Liv, Ellora e Íris. Ali elas ficaram dançando cada uma no seu ritmo. Preciso ser sincero nesse momento e dizer que era difícil não ficar olhando pra Liv. Novamente ela estava num vestido preto que realçava absolutamente todas as suas curvas e um batom vermelho sangue que desviava grande parte da minha atenção para aquela boca carnuda.

- Daqui a pouco você está babando, Zayn - disse Noah tirando a minha atenção de Liv.   

- Resolveu voltar a falar comigo?

- Estou admirando a sua cara de idiota e provando pra mim mesmo o quanto estou certo. Você só foi atrás da Kristen pra afastar a Liv.

- Você me conhece, mas realmente quero dar certo com a Kristen.

- Babando na Liv desse jeito? Conta outra Zayn.

Eu e Noah acabamos rindo, a bebida tinha nos aproximado de novo e quebrado as barreiras. Ele tinha completa razão sobre o porquê de eu “querer” a Kristen mas não daria o braço a torcer pra ele. Permanecemos ali sentados observando a movimentação do pista, eu e Noah éramos péssimos dançarinos, assim como todos da banda.

Liv permanecia ali dançando de forma provocativa com Ellora e Íris, em alguns momentos até senti meu membro querer ganhar vida, era inegável que eu desejava aquela mulher, mas quando isso acontecia eu acabava levantando e ia dar um beijo em Kristen, tudo então se resolvia. Em um momento da noite Liv e Ellora vieram na direção do lounge, já que Íris tinha sumido com Ned, provavelmente para se pegar. Ellora estendeu a mão pra Noah pra que ele fosse até a pista dançar com ela e Liv estendeu sua mão para Jesse, mas deu uma piscadinha pra mim. Ela iria me provocar. Me afundei no sofá bebendo meu whisky  observando ela tentar fazer isso.

- Recomendo colocar Attention do Charlie Puth pra tocar a partir daqui -

A música que começara a tocar era Attention do Charlie Puth, que se encaixava perfeitamente a situação. Ela só queria atenção, mais nada. Liv levou Jesse até o centro da pista onde começaram a dançar colados, ela se encaixava perfeitamente nele. Dizer que eu não sentia ciúmes era mentira, e como sentia. Liv estava de costas para Jesse e empinava a bunda passando nele lentamente enquanto dançava, enquanto fazia isso ela olhava pra mim e ria. Os movimentos dela estavam perfeitamente sincronizados com a música. Eu continuava a assistindo fazer sua performance enquanto bebia, eu ria pra ela e fazia não com a cabeça, mas por dentro eu só queria levantar e estar no lugar do Jesse. Parecia que Liv estava alcançando o objetivo de me provocar.

 

“You just want attention, you don't want my heart/Você só quer atenção, você não quer o meu coração.

Maybe you just hate the thought of me with someone new/Talvez você só odeie pensar em mim com alguém novo.

Yeah, you just want attention, I knew from the start/Sim, você só quer atenção, eu sabia desde o começo

You're just making sure I'm never gettin' over you, oh/Você só está se certificando de que eu nunca te supere, oh”

 

Enquanto eles dançavam juntos Jesse começou a beijar o pescoço dela e Liv acabou se virando e levando as suas mãos até a nuca dele. Me lembrou muito do momento que tivemos no meu quarto alguns dias atrás. Eles começaram a dançar um de frente por outro, mas em determinado momento Liv virou o rosto olhando fixamente nos meus olhos e levantando a sobrancelha, ela então voltou a sua atenção pra Jesse novamente e num movimento inesperado o beijou. Jesse juntou mais os corpos deles e a beijou com desejo, aquilo acabou me desarmando completamente.

 

“I know that dress is karma, perfume regret/Eu sei que aquele vestido é o carma, o perfume do arrependimento

You got me thinking 'bout when you were mine, oh/Você me faz pensar em quando você era minha

And now I'm all up on ya, what you expect?/E agora eu estou totalmente na sua, o que você esperava?

But you're not coming home with me tonight/Mas você não vai para casa comigo hoje à noite”

 

Ela tinha chamado minha atenção, mas não de uma forma positiva. Quando acabaram de se beijar, Liv desviou o seu olhar até mim piscando e dando um sorrisinho com a língua entre os dentes, ela estava me provocando. Fiquei incrédulo e não acreditava no que ela estava fazendo. Mas Liv não tinha ganhado a guerra, disso ela poderia ter certeza. Depois desse momento, Liv disse algo no ouvido de Jesse e eles acabaram se soltando. Jesse voltou a sentar no sofá do lounge e Liv seguiu indo em direção ao banheiro. Me levantei porque queria falar umas verdades pra ela e avisar que aquele joguinho não daria em nada, antes disso fui até Kristen lhe dando um beijo e a avisando que iria até ao banheiro.

Assim que cheguei no hall dos banheiros onde era de acesso a ambos sexos vi Liv de frente a um grande espelho retocando o batom vermelho.

- Me seguindo, Zayn? - disse ela me olhando através do espelho.

- Na verdade sim. Vim te dizer que esse seu joguinho de provocação não vai dar certo.

Ela então acabou de retocar o batom, o guardou na pequena bolsa e se virou vindo em direção a mim.

- É mesmo? Porque eu acho que funcionou muito bem - Liv riu vitoriosa.

- Eu tenho certeza que não.

- Sabe, se não tivesse funcionado você não teria me seguido até aqui - disse ela vindo em minha direção até ficarmos cara a cara.

Acabei engolindo em seco, ela tinha razão.

- Eu estou com a Kristen, você só é mais uma que eu quis levar pra cama mas que não valeu a pena o esforço - disse grosseiramente.

Liv riu se aproximando ainda mais de mim, eu conseguia sentir sua respiração em meu rosto. Meus olhos foram desviados para os seus lábios vermelho sangue, eles estavam tão atrativos. Era só nisso que eu prestava atenção.

- Tem certeza? - ouvi ela dizer e li em seus lábios, não conseguia tirar os olhos dele.

Quando menos esperei Liv acabou juntando nossas bocas em um selinho demorado, trazendo um carga elétrica por todo o meu corpo. Levei então minha mãos para a lateral de seu rosto abrindo a boca para aprofundar o beijo mas ela delicadamente colocou meu lábio inferior sobre os dentes o puxando pra si, os soltando em seguida e se separando de mim. Eu parecia uma estátua, não consegui ter reação nenhuma nesse momento. Toda a carga que aquele beijo proporcionou parecia ter me congelado. Abri os olhos a encarando. Ela se moveu até o minha orelha mordendo o lóbulo com delicadeza e dizendo em seguida.

- Espero que sonhe comigo essa noite. - se distanciando depois.

Liv então voltou novamente a atenção pro espelho verificando o batom, virou pra mim dando uma piscada e saiu do banheiro voltando pro camarote como se nada tivesse acontecido.

Me virei em direção ao espelho incrédulo com o que tinha acontecido, a cena passava na minha cabeça diversas vezes. Que poder é esse que essa mulher tem sobre mim? Eu não sei responder. Quando me encarei no espelho percebi alguns resquícios do batom de Liv em meu lábios e peguei um papel os tirando. Ela não ia brincar comigo desse jeito. Quando ia saindo do banheiro fui surpreendido com a presença de Kristen.

- Está tudo bem, baby? - ela perguntou me olhando - Você estava demorando, vim ver se tudo está bem.

- Sim Kris, só estava um pouco cheio aqui.

Estendi minha mão para ela que entrelaçou nossos dedos. Voltamos em direção ao camarote onde eu não desgrudei mais de Kristen, não me permiti mais olhar pra Liv durante toda a noite, se eu a visse com certeza perderia a noção de tudo e ferraria a minha vida. Eu tinha atravessado o oceano pra acertá-la, precisava continuar com o pensamento que Kristen era a pessoa certa.

 

- LIV -

    O aniversário de Ellora finalmente havia chegado, ela não suspeitou nem por um segundo sequer do que aprontávamos. O itinerário da banda continuou o mesmo depois de Liverpool, depois da balada já seguimos em direção a Bristol onde eles tiveram um dia de descanso e hoje logo pela manhã Ellora, Noah, Ned, Íris e eu embarcamos rumo a Bruxelas. Ellora só descobriu o que estava acontecendo quando chegamos no aeroporto e Noah a contou o que tinha aprontado. Ela chegou a chorar de tanta felicidade. Íris e eu havíamos preparado a mala dela escondida e a roupa que ela usaria no aniversário essa noite seria o meu presente de aniversário.

Durante esses dias Zayn e eu vivemos no impasse de sempre, um dia ele me deseja mais que tudo e nos próximos finge que não existo. Agora ele vive andando com Kristen pra cima e pra baixo exalando amor, isso faz meu estômago embrulhar só de pensar. Isso foi um dos motivos de me deixar absurdamente feliz por ele não vir para essa festa, não queria esse encosto junto. Sobre o Jesse, acabamos conversando e concordando em nos pegar de vez em quando, ficar chupando o dedo é que não vou. Falei sinceramente com ele que não ia ser exclusiva e que não iríamos transar tão cedo, que ele poderia pegar quem ele quisesse e saciar suas vontades. Acho que eu e Jesse estamos virando mais amigos do que qualquer outra coisa.

Assim que chegamos em Bruxelas fomos diretamente pro hotel. Noah providenciou uma van especial que já nos pegou na pista de pouso do aeroporto para ninguém desconfiar que metade da Pathetic Aesthetic tinha dado uma fugida dos seus compromissos, e nos deixou dentro do hotel sem resquício nenhum que havíamos passado por ali.

Ellora foi levada a um quarto especial com Íris, ela tinha dado como presente um dia de spa pra nossa amiga, que a deixaria ainda mais radiante pra noite de hoje. Eu subi ao andar da festa para encontrar Harry e ver se tudo estava do jeito que havíamos combinado e providenciar os últimos detalhes. Quando adentrei o local tudo estava perfeitamente arrumado em preto e dourado, em nenhum momento aquilo parecia um quarto de hotel. Em um canto tinha o bar e do outro a mesa que teria um DJ, próximo a uma grande janela havia uma mesa que se encontrava um enorme bolo branco escrito o nome de Ellora em dourado com grandes vasos pretos e flores douradas enfeitando tudo. Eu tinha acertado em contratar a Zoet.

- Tudo está incrível - ouvi Noah dizer.

- Melhor do que imaginei que ficaria.

Noah e eu engatamos um papo sobre como tudo estava perfeito e que Ellora amaria aquele dia. Ele já sabia das minhas provocações com Zayn e me apoiava com todas as forças. Enquanto ainda conversávamos vi Harry adentrar o lugar juntamente com uma loira alta que tinha uma beleza que não pertencia a esse planeta, ela tinha um olhos azuis piscina que deixaria qualquer um sem palavras. Eles então vieram em nossa direção para se apresentar.

- Olá Liv - Harry estendeu a mão pra mim, onde apertei em seguida e repetiu o mesmo com Noah, que desviou a sua atenção pra ele - Primeiro quero dizer que sou muito seu fã, Noah. A Pathetic Aesthetic é uma das melhores bandas que já ouvi na vida.

- Nossa, muito obrigado cara.

Ouvi a loira dar uma risadinha e cutucar Harry delicadamente.

- Ah claro, gostaria de apresentar a vocês a dona da Zoet, Candy Silverstone.

- Prazer conhecer vocês - disse ela estendendo a mão e nos cumprimentando igual Harry havia feito.

- Vocês fizeram um trabalho incrível aqui, não sei nem como agradecer - disse Noah para eles - Só avisando que vocês estão convidados pra festa.

- Eu que agradeço a vocês por confiar na Zoet - disse Candy - Vamos só dar uns últimos toques e tudo estará pronto.

Noah os agradeceu mais uma vez e enquanto eles ficaram ajustando os últimos detalhes, nós dois descemos para nos arrumar. A noite seria maravilhosa.

 

- ZAYN -

Todo mundo havia sumido exceto Jesse e Nolan, nós precisávamos fazer a divulgação e ninguém ainda tinha descido. Estávamos eu e Kristen no hall do hotel esperando para poder sairmos.

- Você está quieto - ouvi ela dizer.

- Pensando em onde se encontra todo mundo, porque quando eu me atraso é um inferno.

- Calma baby, eles devem estar descendo.

Quando Kristen acabou de dizer isso, Nolan apareceu saindo do elevador juntamente com Jesse e indo em direção a nossa mesa.

- Vamos? - disse ele.

- E o resto?

- Estão em Bruxelas.

- Espera, como assim em Bruxelas? Noah não me disse nada.

Noah nunca me escondeu nada, não me escondia nem quando quase tinha um treco por cheirar cocaína por horas, nunca me escondeu seu problema com Kristen, nem quando ele comia alguém, nada e agora não dizia que tinha viajado pra outro país pra comemorar o aniversário da Ellora.

- De certo não era pra você saber né Zayn, já que ele foi comemorar o aniversário da groupie dele junto com as amigas groupies dela - disse ele com desdém.

- Não precisa falar assim Nolan - ouvi Jesse dizer bravo.

- Eu esqueço que você dá uns amassos numa delas.

Nolan então saiu da mesa seguindo em direção a entrada do hotel onde estava a nossa van. Senti então a mão de Kristen em meu ombro e em seguida um beijo na bochecha.

- Isso foi o melhor meu amor.

Dei um sorriso sem mostrar os dentes me levantando e seguindo também em direção a van. A minha cabeça tinha ficado perturbada, não pelo fato de que Noah não tinha me contado, estava perturbada por Jesse ter ficado, já que Ned que está pegando a Íris foi, porque ele não foi, ele está pegando a Liv, certo?

Depois que sentamos na van e estávamos indo em direção a primeira rádio decidi sancionar a minha dúvida.

- Jess, porque você não foi? - ele me olhou com uma cara de confuso - Pra Bruxelas, cara. Já que está pegando uma delas.

- Eu e a Liv não temos nada, é uns beijos de vez em quando só. Até queria levar ela pra minha cama, mas ela não quer o mesmo, ainda. E Nolan me fez ficar, disse que só dois poderiam ir. Noah decidiu me deixar, nada fora do normal.

- Entendi, mas a Liv poderia ter pedido pra você ir. - quis dar uma cutucada

Por algum motivo eu tinha ficado feliz em ouvir que eles não tinham nada e que nada passou de apenas beijos.

- Mas não pediu, nada demais. Quem sabe não vejo uma fã gostosa na rádio agora e levo ela pro hotel.

- Jesse ataca novamente.

Acabamos rindo daquilo. Liv realmente só estava usando o Jesse como joguinho de provocação, isso me deixava plenamente satisfeito, eu só não sabia porque.

 

- LIV -

A festa já havia começado, todos estavam de preto exceto Ellora que estava num vestido dourado no mesmo modelo do da Paris Hilton pra sua festa de 21 anos. Ela estava a pessoa mais linda que havia visto no mundo, Noah o tempo todo não sabia de perto dela, parecia a querer proteger de tudo e de todos. Ele estava definitivamente apaixonado por ela. Íris e Ned também estavam num canto da festa conversando com alguns amigos e rindo, outro casal estava se formando. Eu estava no bar bebendo algumas taças de champanhe, parece que eu tinha perdido o gosto por festas em que Zayn não estivesse. Provocá-lo tinha se tornado a minha atividade favorita.

Enquanto tomava a décima taça de champanhe no bar, vi Harry se aproximar e se sentar ao meu lado.

- Sozinha? - disse ele solicitando uma taça ao barman.

- Com meus amigos.

O garçom então lhe deu a taça na qual ele deu um gole em seguida.

- Você me entendeu - disse ele.

- Estou sozinha, os meus tiveram que ficar pra fazer a divulgação da banda.

- Os seus?

- Um eu pego e o outro eu provoco porque queria pegar - acabei rindo da cara que Harry fazia.

- Entendi.

Percebi que ele não parava de olhar um segundo sequer para a chefe dele, Candy, que no momento estava conversando com Ellora e Noah. Ele gostava dela.

- Se você não tivesse tão vidrado e talvez apaixonada pela sua chefe, eu poderia me divertir com você essa noite - disse voltando sua atenção pra mim.

Harry me olhou arregalando os olhos e coçou a nuca desconfortável.

- E-E-Eu não estou apaixonado pela Candy.

- Não é isso que parece.

- Ela é minha chefe, somos só grandes amigos.

Quando ia o confrontar mais uma vez escutei Noah chamando a atenção de todos. Sai do bar e segui em direção a Íris e Ned para acompanhar.

- Boa noite gente, gostaria de agradecer a presença de todos nesse dia tão especial pra essa pessoa maravilhosa chamada Ellora. Quero agradecer especificamente a Liv e Íris que pensaram em tudo isso - ele então pra gente - e a Candy, Harry e a equipe da Zoet por terem feito isso acontecer.

Ellora que estava ao lado dele acabou segurando na mão de Noah entrelaçando o dedos deles. Noah então se virou ficando cara a cara com Ellora.

- Agora eu gostaria de agradecer essa pessoa incrível que anda fazendo a minha vida a melhor de todas, que está me ajudando a melhorar e me mostrando quem eu realmente sou. Ela não mede esforços pra me fazer bem.

Vi Ellora sussurrando um “Obrigada a você por tudo” pra ele. Era tão bonito ver os dois juntos. Eles realmente fugiam do estereótipo groupie e ídolo.

- Ellora, você é a pessoa mais incrível que já apareceu em toda a minha vida, esse sorriso doce, seu cabelo vermelho, a boca carnuda, tudo foi perfeitamente desenhado pra me fazer feliz. Eu sei que estamos a poucos dias juntos, mas…

Vi Noah soltar a mão dele e ir até atrás da mesa onde pegou um embrulho de presente e voltou com ele em mãos se colocando em frente a Els e ajoelhando em seguida.

- Você aceita ser minha namorada?

Ellora não acreditava no que estava vendo, minha amiga tremia. Só vi ela acenar um sim com a cabeça e atacar os lábios de Noah sendo seguida por uma salma de palmas de todos os convidados. Quando eles se desgrudaram Noah a entregou o presente, ela então  abriu rapidamente o embrulho onde se encontrava uma caixa de colar dentro. Noah então o pegou em mãos virando a frente pra ela e o abrindo em seguida. Lá dentro se encontrava uma correntinha dourada onde tinha um pingente de uma guitarra delicado. Era lindo. Ellora olhava aquilo encantada, tinha até medo de tocar. Noah então tirou a correntinha da caixa pedindo para que ela se virasse e o colocou nela. Ellora se virou e mais uma vez beijou Noah.

- Você sabia disso? - perguntou Íris com lágrimas nos olhos

- Não, nem acredito que Noah fez isso - eu estava na mesma situação que Íris.

Tudo naquela festa estava correndo melhor do que o esperado, eu não me aguentava de felicidade em vez tudo tão perfeito e sendo melhor do que eu imaginava. Ellora merecia aquilo, a única coisa que me deixaria mais feliz era se Zayn estivesse ali sem Kristen e que eu acabasse a minha noite na cama dele, mas infelizmente não era isso que iria acontecer. Essa era só mais uma noite que eu desejava estar com ele.

 


Notas Finais


Olha quem voltou...

Link da música: https://www.youtube.com/watch?v=nfs8NYg7yQM

E então o que acharam desse capítulo?
Esse foi um dos meus capítulos favoritos, amei escrever ele, de verdade.

O que esperam que aconteça na fic? Me contem, por favor.

Deixem comentários com a opinião de vocês. Logo estarei de volta com mais um capítulo, posso garantir que vocês vão amar....

Venham me contar a opinião de vocês no twitter é @__itsyou

Até a próxima,

Kels.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...