História BackTime - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), I.O.I, Red Velvet
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Joy, Jungkook, Kim Chung-ha, Rap Monster, Suga, V, Wendy
Visualizações 4
Palavras 2.825
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Os capítulos serão assim, alternando em cada um deles.

Capítulo 3 - 3 - Her


Fanfic / Fanfiction BackTime - Capítulo 3 - 3 - Her

5 anos atrás – Março de 2012

 

Park Sooyong

 

- ACORDA! ACORDA! ACORDA! – Escuto duas vozes gritando na minha cabeça – SOOYONG! ESTÁ NA HORA DE ACORDAR!

Quando abro os olhos vejo duas pessoas que apesar de amar, queria matar agora. Não consigo entender como eles conseguem ser tão animados assim de manhã. Eu moro com meu primo, Park Jimin, e meu melhor amigo, Jung Hoseok. Nós vivemos juntos desde pequenos, e desde cedo somos um grude só. As pessoas acham estranho uma menina morar sozinha com dois homens. Mas eu não estou nem aí.

- Jimin, ela está com um olhar estranho. – Diz Hoseok, que está com seu corpo inteiro jogado em cima de mim.

- Hoseok, acho que ela vai matar a gente. – Diz Jimin, que está deitado em cima de Hoseok, ou seja, eu estou sendo sufocada por esses dois.

- Se vocês não saírem de cima de mim agora, pode ter certeza que vocês vão morrer. – Eles saem de cima em 2 segundos quando digo isso – Por que eu concordei em morar com vocês mesmo? Devia saber que morar com pessoas que adoram acordar cedo e acordam de bom humor seria o inferno. – Levanto e vou em direção ao banheiro.

 - Você mora com a gente por dois motivos. Primeiro: você ama a gente. Segundo: a gente faz comida para você. –Escuto Jimin do banheiro me lembrando o motivo pelo qual eu concordei morar com eles. Eu não sei nem fritar um ovo sem queimar a frigideira. Saio do banheiro e vou em direção a cozinha.

- Acho que se não fosse pela gente, você ia morrer de fome – Diz Hoseok, pegando um copo de suco, que eu roubo para mim – Ei, isso era meu. – Adoro roubar a comida deles.

- Não é mais. Vocês têm sorte por que ainda estão vivos. – Digo pegando uma maça dentro da geladeira – Ansiosos para o primeiro dia de aula? Depois de 2 anos tentando, conseguimos passar na faculdade. – Sento na mesa que tem na cozinha.

- Estou um pouco ansioso, sabe como eu sou quando se trata de coisas novas. – Jimin também senta na mesa e Hoseok o segue – Mas estou feliz que conseguimos entrar na mesma faculdade.

- Eu não achava que a Sooyong ia passar no colégio, imagine entrar na faculdade. – Hoseok adora jogar na minha cara o fato de eu não ser uma das melhores alunas.

- Vai tomar no cu, Jung Hoseok. – Dou o dedo do meio pro para ele.

 – Mas eu estou feliz, adoro mudanças e estamos juntos, isso que importa. – Diz Hoseok com um sorriso no rosto.

- É Jimin, o Hoseok está certo. Não adianta se preocupar. Que horas vocês vão para a faculdade? Eu só começo no 3º período. – Levanto e coloco o copo na pia.

- A gente tem aula no 2º. Você é muito sortuda – Diz Hoseok. Já que a minha aula começava só no 3º período eu não precisava ir para a faculdade agora.

- Olha, eu vou tomar banho. A Chungha deve aparecer por aí, eu falei para a gente ir junto para a faculdade. Jimin, não precisa ficar nervoso, haja naturalmente. – Digo quando passo ao lado do meu primo.

- Nervoso? Por que eu ficaria nervoso? – E ele já está nervoso.

Hoseok começa a rir e a implicar com ele. Todo mundo que já viu o Jimin e a Chungha juntos, conseguem perceber que ele gosta dela, menos uma pessoa, a própria Chungha, que por mais que eu tenha dado dicas, nunca percebe, ou finge que não percebe. Resolvo tomar logo banho senão vou me atrasar, por que eu sempre demoro para tomar banho fico escutando as minhas músicas e esqueço do tempo.

Quando saio do banheiro, vejo Jimin com uma roupa totalmente diferente e arrumada.

- Jimin, por que você mudou de roupa? – Vou para a varanda e estendo minha toalha.

- Eu sei, eu falei que ele não precisava. – Escuto Hoseok falando da sala.

- Troquei por que eu quis, não posso? – Ele se olhava no espelho e arrumava cada detalhe da roupa.

- Calma, Jimin, claro que pode. Só achei estranho. Nervosinho. – Quando termino minha frase a campainha toca – Deve ser a Chungha, eu atendo.  - Digo e vou em direção a porta.

- Unnie! Ansiosa para o primeiro dia? – Eu adorava isso na Chungha. Ela era sempre muito animada. Ela me dá um abraço e vai falar com os meninos. – Oppas do meu coração, o brilho da vida de vocês chegou, venham me dar um abraço.

Nós conhecemos a Chungha desde o colégio, faz uns 5 anos. Ela é dois anos mais nova que a gente, e passou direto para a faculdade. Ela fazia o mesmo curso de dança que o Jimin e o Hoseok. Eu só ia lá para ver eles, já que não sei nem andar me linha reta direito. Erámos todos muito próximos, somos tão carinhosos um com os outros, que as vezes achavam que erámos casais. Ou eu e o Jimin, ou a Chungha e o Hoseok, ou eu e a Chungha, ou o Jimin e o Hoseok.

- Chungha, meu amor! Nos falamos ontem, mas parece já não te veja a uma eternidade – Hoseok diz e a abraça.

- É normal sentir tanta falta assim de mim – Diz a menina sorrindo e jogando o cabelo para o lado com um patricinha. – Jimin oppa, sua vez – Vai em direção ao menino.

- Oi Chungha. Tudo bem? – O nervosismo do Jimin está saindo pela voz dele.

Eu e Hoseok nos entreolhamos e conversamos com o olhar. Percebo que meu melhor amigo me diz que o meu primo ainda vai se ferrar muito se continuar assim. O Jimin gosta da Chungha desde sempre, e nunca teve a coragem de se declarar. Agora que fica impossível, já que a menina gosta do Jin oppa, mas ela sabe que não tem chance nenhuma, já que ele tem namorado. Eu e o Hoseok sempre tentando dar umas dicas ou deixar os dois sozinhos, mas pelo visto nada acontece.

- Jimin oppa, está nervoso por que hoje é o primeiro dia? Não fica assim não, eu, o Hoseok oppa, Sooyong unnie, o Jin e o Namjoon oppa vamos estar lá com você – Chungha diz tentando acalmar o garoto. Mal sabe ela que a faculdade não é o motivo para tanto nervosismo.

- Eu não estou nervoso, só um pouco ansioso – Jimin olha para ela e sorri. Mas é um idiota mesmo.

- Chungha, em que período você entra hoje? – Tento mudar o foco do meu primo.

- Eu entro no 2º. – Chungha senta no sofá ao lado de Jimin.

- Que droga, vou ter que ir para a faculdade sozinha. Eu só entro no 3º. Por falar nisso, acho melhor vocês irem logo, senão vão se atrasar. – Pego meu celular e sento no sofá.

- É verdade. Vamos logo – Diz Hoseok e os três saem do dormitório.

Resolvo me arrumar logo e ficar pronta por que senão vou me atrasar. Coloco tudo que preciso dentro da mochila e ligo para a Wendy.

- Alô? Sooyong? – Diz minha melhor amiga. Escuto o sino da loja que indica quando alguém sai e entra.

- Oi, estou te atrapalhando? – Ela está sempre trabalhando para juntar dinheiro para a faculdade. Conheci a Wendy em um curso de inglês, fiquei surpresa por saber que ela era a namorada do Jungkook, que eu conheci a través do Jimin que fez um trabalho de modelo com ele uma vez, e que ela conhecia o Jin e o Namjoon oppa. Seul pode parecer grande, mas na verdade é muito pequena, já que todos estávamos ligados de alguma forma.

- Não, foi um amigo meu que acabou de sair, ele está voltando para a faculdade hoje. Ele é o amigo que o Jungkook tem ciúmes. – Wendy não costuma falar muito de faculdade. Sabia que o Jungkook estava envolvido. – Ansiosa para hoje?

- Um pouco. O que aconteceu? Está tudo bem? Você não costuma falar sobre a faculdade. – A voz dela parecia estranha – Sabe que não precisa mentir para mim. – Wendy costuma não falar sobre os seus problemas com medo de incomodar as pessoas, mas eu já falei que eu sou amiga dela, e que ela pode me contar tudo, sempre.

- Eu briguei com o Jungkook. De novo. Ele veio com aquele mesmo papo de sempre, que eu não dava atenção para ele, e acabamos brigando de novo. – Ela conta e como sempre é a mesma coisa.

 Jungkook não consegue entender que a Wendy tem outras coisas para se preocupar, e não pode ficar mimando ele o dia todo, e a Wendy não entende que o Jungkook gosta de ficar perto dela e receber a atenção dela, apesar dela achar que ele não gosta dela de verdade, e como eles nunca conversam sobre isso acabam brigando, mas sei que eles se amam. Eu tento não me meter, mas as vezes o Jungkook é muito insensível, já a Wendy é muito sensível, e eu tenho que defender a minha amiga.

- Eu vou falar com ele, Wendy. – Tento tranquilizar a minha amiga.

- Não precisa, ele disse que ia passar aqui depois da sessão de fotos – Jungkook era modelo, então muitas vezes eles não conseguem tempo para se ver, aí se adiciona mais um assunto para brigar.

- Então, eu vou passar aí depois da faculdade para ver vocês dois, ok? - Olho a hora e vejo que se eu não sair agora vou me atrasar. – Wendy-ah, vou desligar, tenho que ir para a faculdade. – Desligo o telefone.

Pego o meu carro e vou para a faculdade, coloco para tocar Ring Ding Dong do Shinee. Desde mais nova eu sempre gostei de k-pop, meus amigos me zoam muito por causa do meu gosto musical, mas tampo meus ouvidos e vou ouvir meu 4minute. Vou cantando até a faculdade. Chegando lá vejo logo de cara o Jin oppa, conversando com alguém que eu não conheço. Eu não tinha avisado quando começava a faculdade por que queria fazer uma surpresa. Vou gritando até eles. Conheço o amigo do Jin oppa, Yoongi é o nome dele. Ele é de peixes. Tinha 22 anos. Tinha cabelo preto e era muito bonito, mas parecia bem tímido. Gostei dele, gostaria de ver ele mais vezes e ficar mais próxima dele. Resolvo deixar os dois sozinhos e ir direto para minha aula. Apesar de fazer a mesma faculdade que o Hoseok, quase não pegamos aulas juntos. O que me deixa triste. Quando é a hora do almoço vejo Jin oppa, Namjoon oppa, Hoseok, Jimin, Chungha e um garoto que eu nunca vi na vida. Parece que hoje é o dia de fazer novas amizades. Pego minha comida e resolvo sentar ao lado de Chungha. Dou oi para todo mundo, mas quando vou falar com o garoto novo, Namjoon oppa me chama.

- Sooyong, achei que não ia conseguir te ver hoje. Jin falou que tua faculdade começava hoje, fiquei surpreso você não tinha falando nada com a gente. – Diz Namjoon oppa.

- Como eu disse para o Jin oppa, eu queria fazer uma surpresa. Por falar nisso, Jin, cadê o menino que conhecemos mais cedo? Yoongi, o nome dele certo? –Nem sei por que perguntei isso, mas sabia que tinha feito merda por que o Jin oppa ia implicar com a minha cara.

Quando comecei a fazer o curso de culinária, não achei que ficaria tão próxima do Jin e do Namjoon oppa. Mas comecei a ficar mais próxima do Jin por sermos parceiro de bancada e por ele sempre me ajudar nas receitas, e por acaso conheci o Namjoon, e quando descobri que os dois namoravam, apesar de ficar surpresa, já que não é uma coisa muito comum aqui na Coréia, fiquei impressionada pela coragem que eles tinham de não esconder isso, e isso me ajudou a me abrir também. Eu sou bissexual, porém somente os meus amigos mais próximos sabem disso, e com o Namjoon e o Jin eu pude aprender que você não precisa esconder, mas também não precisa espalhar, quem gosta de você irá te amar de qualquer jeito.

- Por que? Gostou dele? Quer que eu dê um jeito de juntar vocês? – Sabia que ele ia começar.

- Não Jin oppa, é por que eu gosto de conhecer pessoas novas. Por falar nisso, você sentado do lado do Jimin quem é? – Pergunto apontando para o garoto.

- Para de apontar, sabe que eu odeio isso. Esse é o Taehyung, ele está fazendo um trabalho comigo. – Diz Jimin. Ele é cheio de manias e eu adoro implicar com ele. Levanto e sento do lado do menino.

- Oi, eu sou a Park Sooyong, sou prima do Jimin, tenho 20 anos, faço faculdade de astronomia e sou leonina e você? – Digo animada, eu sempre me apresento assim, acho fácil e divertido, tem algumas pessoas que ficam sem saber o que fazer, mas parece que esse Taehyung é o meu tipo de pessoa.

- Oi, eu Kim Taehyung, tenho 20 anos, faço fotografia e sou capricorniano e acabei de voltar do Serviço militar – Ele responde animado, adoro pessoas assim. Que interessante, ele foi logo fazer o serviço militar, normalmente as pessoas esperam um pouco.

- Você é animado. Gostei de você, eu me dou bem com capricornianos, apesar do que dizem do signo. – Digo estendendo minha mão para ele – Vamos nos dar bem.  

- Claro, gostei de você também, também me dou bem com leoninos, mesmo com o que dizem do signo – Diz ele sorrindo. Que sorriso lindo.

- Você tem um sorriso lindo. Adoro pessoas que tem sorriso lindo – Eu sempre falo o que penso. Não consigo esconder.

- Você é sempre tão direta assim? – Ele parecia envergonhado.

- Sim. – Digo sorrindo. – Espera, se você faz faculdade de fotografia, por que está fazendo um trabalho com o Jimin que faz publicidade?

- É um trabalho em conjunto, com o pessoal do 1º ano de fotografia e do 1º ano de publicidade – Diz Jimin que não para de encarar a Chungha, que não para de encarar o Jin.

- Entendi. Foi bom te conhecer Taehyung.  – Volto ao lado da Chungha. – Para de encarar que está feio.

- Que? – Diz confusa. Mal percebia que está quase comendo o Jin oppa vivo.

- Eu disse para parar de encarar. – O Jin oppa nem olha para ela.

- Deu muito na cara? – Concordo com a cabeça. – Merda. Eu vou logo para a sala. – Diz ela. Digo para irmos juntas nos despedimos de todos e vamos em direção as nossas salas, Chungha faz artes cênicas já que ela sempre foi apaixonada por esse tipo de coisa. Tanto que ela fazia dança no colégio.

- Vamos passar na Wendy depois? – Pergunto para a menina ao meu lado.

- Não dá, eu tenho outro compromisso – Pergunto qual compromisso era esse. – Nada muito importante. Vou para minha sala.

Vou caminhando até a minha sala. Como eu amo astronomia, sou apaixonada pelas estrelas e pelos segredos do universo. Eu sou apaixonada por astrologia também, o que me faz apaixonar ainda mais nos céus. Quando a aula acaba, como prometido resolvo passar na Wendy.

- WENDY, SEU AMOR CHEGOU – Digo entrando na loja, e já percebo um clima meio ruim. Lá dentro estavam a Wendy, Jungkook, que pareciam que já tinham se resolvido, e o menino que eu conheci mais cedo. – Kookie, tudo bem? – Vou e abraço ele, para tentar mudar o clima, olho para Wendy e vejo que ela parece nervosa. Viro para o menino de mais cedo – Não foi você que eu conheci mais cedo com o Jin oppa? – Pergunto só para confirmar.

Wendy pergunta se nos conhecemos, e me fala que ele é o amigo que ela me falou mais cedo, o qual o Jungkook tem ciúmes. Por isso o clima quando cheguei. Só consigo pensar em como o mundo é pequeno.

- Nos conhecemos hoje na faculdade. Oi, Sooyong – Ele era muito fofo sorrindo.

- Oi oppa, não achei que te veria de novo. Wendy e Kookie, só passei para ver vocês mesmo, como sabem o meu dormitório é aqui perto – Digo. Olho para Wendy, e pelo olhar dela, ela quer uma ajuda para sair daquela situação. Chego mais perto do Yoongi oppa e falo no ouvido dele para deixarmos o casal em paz.

- Consegui ouvir tudo, Sooyong. Yoongi hyung, por que você não leva a Sooyong em casa? Afinal, vocês moram um do lado do outro praticamente – Parece que o Jungkook não gosta do Yoongi mesmo, ele normalmente não é assim.

- Sim, parece uma boa ideia. É perigoso por esses lados de noite e já está escuro – Parece que minha amiga só quer acabar com esse clima de uma vez. E como eu sei que ela não vai conseguir, resolvo dar uma ajudinha.

- Gostei da ideia. – Viro pro menino de cabelos pretos ao meu lado, e olho nos olhos dele e digo – Oppa, quer ir embora comigo?

 

 

 

 

 


Notas Finais


Até o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...