História Bad - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 17
Palavras 2.497
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Bad day


Fanfic / Fanfiction Bad - Capítulo 2 - Bad day


Assim que cheguei do lado de fora, apertei mais o passo e quando cheguei perto dele meti o soco nele.


- seu filho da puta oque você fez com ela?- eu disse entre dentes 


- ela quem? - ele disse fazendo de desentendido 


- com a Alexia caralho 


- não fiz nada porque ela não quis, se fosse por mim eu arrombaria aquela vadia gostosa - ele disse e eu dei outro soco na cara dele e a boca dele começou a sangrar.


- se encostar um dedo nela de novo, eu mato você.


- olha Bieber seu eu não encostar nela, outros vão, até porque ela não tem dono - ele disse sorrindo 


-se você tem amor a sua vida, você vai ficar longe dela - eu disse agarrando na camisa dele 


- vai ficar na ameaça Bieber


- não é uma ameaça, é um aviso - eu disse soltando ele no chão e voltei pra casa.


(...)
P.O.V "Alexia Fox"


acordei pela manhã com dificuldade, porque havia dormido tarde, mas infelizmente aquele maldito despertador não parava de tocar, levantei e fui até o banheiro e tomei um banho demorado, quando sai ouvi alguém bater na porta.


- quem é? - perguntei

- leka é a Amy, nós já estamos atrasadas 


- Amy eu vou demorar um pouco pega a BMW 


- ta bom tchau 


-tchau - eu disse entrando no closet coloquei um conjunto da Adidas preto e um sapato também da Adidas branco com listras pretas, passei uma maquiagem basíca peguei minhas coisas e sai de casa com o carro cantando pneu, assim que parei no farou uma ferrari cinza parou do meu lado e a janela se abriu.


- ta atrasada amor - adivinha era o idiota do Bieber


- não enche Bieber


- tá de mal humor?


- eu não estava até você aparecer - eu disse o sinal abriu e eu voltei a correr até chegar na escola, quando cheguei as portas estavam fechadas - droga - eu disse batendo a porta do carro com força.


- nossa desse jeito vai quebrar - Justin disse fechando a porta do carro dele


- e se quebrar, o corro é meu


- calma, eu conheço um jeito de entrar na escola


- conhece?


- sim vem - ele disse segurando minha mão mas eu puxei o fazendo soltar 


- eu sei andar sozinha- eu disse começando a andar 


- ei, é por aqui - ele disse indo na direção oposta da minha


- eu já sabia - disse seguindo ele 


- sei - ele disse e parou em frente a uma janelinha, depois se abaixou e a abriu jogou a mochila dele e depois pegou a minha e jogou também.


- na onde dá essa janela?


 - no porão - ele disse entrando pela janela - vem eu te seguro - me sentei na janela e só então pude perceber a distancia da janela pro chão 


- Justin pelo amor de Deus me segura, não me deixa cair


- você tem medo de altura?


- desdo dia em que a vagabunda da Jennifer me jogou de cima do palco 


- vem - ele disse rindo eu pulei ficando com uma perna de cada lado de seu corpo enquanto ele me segurava pela bunda.


- Justin já pode me soltar - eu disse enquanto nos olha vamos, olho no olho, Justin me colocou no chão e eu peguei minha bolça e assim que olhei em volta tava tudo escuro, segurei no braço do Justin e ele sorriu.


- vem amor - ele disse me abraçando de lado ele foi me guiando no meio da escuridão 


- olha agora nós vamos subir as escadas, toma cuidado vai na frente - ele disse, eu comecei a subir até achar a porta, a abri com cuidado e olhei em volta como já era de se esperar não havia ninguém assim que saímos - então tchau.


- não, espera onde você vai? - perguntei segurando o braço dele 


- pra minha sala 


- vamos comigo até meu armário, eu tenho que pegar meu livro 


- vamos rápido - ele disse começamos a correr de repente escutamos uma voz dizendo


- e por aqui é onde fica os armários dos alunos e algumas das nossas salas de aula.- paramos de correr


- quem é? - peguntei sussurando


- não sei deve ser a diretora - ele respondeu no mesmo tom que eu

 
- e agora?, a gente corre?


- não, não vai dar tempo 


- então oque vamos fazer?


- vem - ele disse me colocando contra o armário


- oque você tá fazendo?


-é o único jeito 


- é só fingimento Alexia 


- eu não vou fingir porra nenhuma ok


- ninguém vai saber


- jura


- juro 


olhei pros lados e fechei os olhos e fui com meus lábios até os dele


-isso - ele sussurou


- droga - eu disse recuando assim que aquela tentação se rosou na minha boca 


- vai logo porra - ele disse bravo segurando meu pulso


- sem pressão - eu disse e ele soltou meu pulso, colocou uma mão na minha cintura e a  outra na minha nuca e me beijou bem devagar 


eu poderia empurrar,chutar o amiguinho ou morder sua língua. mas o fato era que eu não queria eu estava gostando de beijar ele e não estava nem ai pro depois. ele começou a beijar meu pescoço e me pegou no colo, comecei a abrir os botões da camisa dele enquanto ele apertava minha bunda.assim que a diretora viu a nossa cena, ela tentou se explicar para a mãe que estava do lado dela.


- bom senhora isso não costuma acontecer por aqui


- espero que não - a mãe disse - bom vamos conhecer o resto da escola 


- vamos - a diretora disse, e eu não ouvi mais nada eu já estava sentindo o membro do Justin rosar no meio das minhas pernas e pra ser sincera eu não queria parar mas...


- Justin - eu disse em meio aos beijos 


- hum- ele resmungou


- elas já foram 


- já - Justin disse me colocando no chão e se afastando de mim, nós dois esta vamos ofegantes - vamos - nós voltamos a correr chegamos ou meu armário e eu peguei meu livro de literatura - você também tem literatura agora


- não Justin eu só peguei o livro pra deixar de enfeite 


- vamos pra sala então - Justin disse nós fomos pra sala e antes de entrar comecei a me arrumar.


- Justin  vem cá arruma essa roupa - eu disse o puxando pela camisa e abotoando ela do mesmo jeito que tava antes, e não pude deixar de reparar no seu corpo como estava  bonito e nas suas muitas tatuagens, e arrumei seu topete.


- pronto?- ele perguntou sorrindo


- pronto 


- faltou uma coisa 


- oque? - perguntei e ele me beijou 


- vamos entrar - eu disse sem graça 


- vamos - ele bateu na porta e de lá de dentro veio uma voz mandando a gente entra - licença - eu disse entrando na sala e todos nos olharam com malicia 


- estão atrasados, ainda bem que eu não expliquei o trabalho ainda, vocês podem se sentar juntos ali atras - a professora disse apontando pras únicas mesas vazias.


- não tem como me colocar com outra pessoa? - perguntei


- não - ela disse bem curta e grossa, eu bufei e fui pro meu lugar Justin sentou do meu lado e juntou nossas mesas e a professora começou a explicar o trabalho


- bom pessoal o trabalho será o seguinte,vocês terão que incluir, ação, romance, traição, brigas, sexo, violência, intrigas e tudo oque quiserem colocar o objetivo desse trabalho é saber como anda a cabecinha de vocês, bom eu quero o trabalho impresso, e eu acho que vocês  já sabem fazer uma produção de texto, eu não vou aceitar menos de 50 folhas, e espero que de vocês saiam histórias exelentes a entrega sera 7 de setembro vocês terão tempo o suficiente lembrando que é em dupla, vou dar o restante da aula para conversarem - a professora disse se sentando em seu lugar 


peguei meu celular e coloquei os fones, não ia falar com Justin se dependesse de mim faria o trabalho sozinha, fiquei quieta até o Justin começar a me cutucar.


- oque é Justin?- perguntei irritada tirando os fones.


- não vamos conversar sobre o trabalho? 


- não, eu posso fazer sozinha


- mas eu quero te ajudar!, posse te dar espiração


-como? - perguntei guardando o celular 


-assim - ele disse puxando meu rosto para que eu olhasse pra ele me beijando, eu o afastei e dei um tapa estalado na cara dele, a sala toda que antes conversava ficou quita enquanto olhavam pra gente

 

 acho que se Justin pudesse me bateria ali mesmo, me levantei e pedi pra professora deixar eu ir ao banheiro, assim que sai da sala me deu uma vontade louca de chorar corri pro banheiro e assim que cheguei comecei a chorar, beijar ele na frente da sala toda, não sei beijar ele na frente da sala toda tinha mexido de certa forma, me lembrou do dia em que eu tinha passado a maior humilhação da minha vida, como eu não podia  ficar ali chorando a vida toda, limpei minhas lagrimas e voltei para sala e sentei no meu lugar, Justin ficou me olhando mas não disse nada, a sala tava um completo silêncio, quando bateu o sinal eu fui direto ao meu armário e guardei as coisas que eu não ia mais usar, Justin chegou abrindo o armário dele e eu fichei o meu e sai andando.


- ALEXIA - ouvi a voz da Amy me chamando e me virei - que historia é essa de você esta ficando com Justin?


- eu não to ficando com Justin 


- eu escutei por ai que vocês tavão se pegando 


- quem disse isso?


- ta todo mundo falando sobre isso 


- eu vou matar o vagabundo do Justin - voltei até o Justin e ele tinha acabado de fechar o armaio o impurrei contra o mesmo


- que foi o louca? - ele peguntou se ajeitando 


- porque você espalhou que a gente tava ficando 


- eu não falei nada pra ninguém 


- a e quem contou a direto? - perguntei irônica 


- pode ter sido


- a é claro que foi ele Justin, até porque a direto de uma escola não tem mais oque fazer


- então eu que não fui sem contar que eu to do seu lado desda hora em que chegamos na escola


- se não foi você, muito menos eu quem foi?- eu disse cruzando os braços o celular do Justin fez barulho e ele pegou 


- é Alexia acho melhor você ver isso - ele disse me entregando o celular 


M.S.N"on"


Parabéns ao novo casal da escola Alexia Fox e Justin Bieber, o casal  mais safado da escola voltou e de novo quem da a noticia beijos da Jenni, a e daqui a pouco pode até sair um novo vídeo de sexo dos dois "Jennifer"


M.S.N" off"


Em baixo da mensagem tinha duas fotos uma comigo no colo do Justin beijando ele e a outra nós esta vamos se beijando na porta da sala.


- Bieber eu acho bom você encontrar sua namorada antes de mim, e manter ela bem longe


-Alexia calma-Justin disse me puxando pela cintura 


- TIRA A MÃO DE MIM - gritei e ele me soltou


- calma 


-´você pede calma porque não é você que vai sair como vadia 


- e da onde você vai sair como vadia porque ficou comigo?


- o Harry falou que...


- o Harry Alexia você escuta oque esse babaca fala, você não é vadia, eu não acho que seja - ele chegou mais perto


- prova - eu disse olhando nos olhos dele


-eu não digo eu te amo pra vadias - ele segurou na minha cintura sem malicia -Alexia, eu te amo 


- Justin um eu te amo é uma coisa muito seria, não brinca isso


- não to brincando - ele disse serio - já faz muito que eu.... - ele foi interrompido pelo sinal


- eu tenho que ir - eu disse e sai andando o mais rápido que pude e fui pra minha sala depois de três aulas chegou o intervalo comprei meu lanche e me sentei na mesa com a Amy e a Emma e as duas ficaram me olhando 


- oque foi?- perguntei


- porque ficou com Justin?, justo com Justin- Emma perguntou 


- eu não fiquei com Justin olha eu vou contar tudo - contei tudo oque aconteceu desda hora que cheguei ma escola até a hora da mensagem da Jennifer - ai depois ele disse qu me amava


- me diz que você não falou que também ama - disse Amy 


- não eu sai andando - eu disse  comendo meu hamburguer


- fez muito bem - Amy disse batendo palmas


- Alexia oi - uma loira parou na nossa frente eu olhei bem pra ela tentando lembrar quem era 


- ai meu Deus Anny você ta loisa - eu disse me levantando e abraçando 


- Alexia você ta perfeita - ela disse me medindo 


- você também esta, virou lider de torcida - perguntei reparando no uniforme de torcida que ela usava.


- na verdade eu virei a maior das vadias de torcida, eu sou a chefe - ela disse jogando o cabelo


- eu nunca imaginei que logo você ia virar líder de torcida


- é as coisas mudam, olha só você quem diria que você ia ficar tão gostosa


- você sumiu sem dar noticias, eu e o Chris ficamos preocupados com você, e o Justin me faz um interrogatório toda vez que me via.


- é eu não queria que viessem atras de mim


- tudo bem eu te intendo


- Anny essas são minhas amigas Amy e Emma.


- oi -Amy e Emma disseram juntas 


- oi - Anny disse acenando - vamos sentar lá na mesa com os meus amigos, vamos meninas- ele pegou minha bandeja e saiu andando as meninas se levantaram e foram atrás dela, até a mesa que parecia ser a maior do refeitório e estava cheio de meninas e meninos e todos olharam pra gente - essas são Alexia, Amy e Emma a partir de hoje elas vão se sentar com a gente - nos sentamos e pelos assuntos eu pude perceber que todos que estavam ali ou era líder de torcida ou jogador.


Eu fiquei lá quieta enquanto a Emma e a Amy não calavam a boca um segundo, quando Justin apareceu com mais alguns garotos, eu fiquei vidrada no sorriso e nos olhos quando chegaram na mesa comprimentaram todos.


- ai meu Deus Alexia- um garoto que estava com Justin disse animado.... 

 




Notas Finais


comentem meus anjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...