1. Spirit Fanfics >
  2. Bad Boy >
  3. Cinco

História Bad Boy - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Olha aí o meu bom dia pra vocês!!~

( ᵕ̳ з ᵕ̳ )و [♡]~

Eu ainda não sei como minha cabeça tá fazendo tanta coisa... Isso não é normal!!

Capítulo 5 - Cinco


Pov. Autor


Os dias haviam se passado de maneira lenta, mas logo era ano novo. SeokJin ainda não sabia o que acontecia com Jungkook, mas sabia que o mesmo estava sendo fisicamente abusado em casa, o garoto chegava para si casa vez pior, sempre tinha um novo roxo ou um novo corte em si, e apesar de sempre cuidar de suas queimaduras, novas não demoravam a aparecer.

Havia se apegado ao garoto da mesma forma que era com seus saengs, e acabou o convidando para passar o ano novo em sua casa, iria estar fazendo um pequena festa com Taehyung e Namjoon, apenas por que era próximos. Sabia que Taehyung não gostava disse e não ia interagir com o garoto, mas Namjoon sendo bem sociável compensava isso.

Seu tio havia saído para trabalhar tinha dois dias, passaria uma semana na China, a trabalho, Jeon não entendia bem com o que o mais velho trabalhava, mas agradecia de que as vezes o mesmo precisava passar alguns dias fora.

Jungkook estava na sala de SeokJin, rindo de como ele conversava com Taehyung, apesar de ser forte com álcool precisava apenas de um pouco para se soltar e tornasse um tagalera.


— Ei! Não fique aí rindo do meu namorado!


Jungkook ergueu a cabeça, vendo que era Namjoon, acabou por rir mais quando se lembrou do tanto que SeokJin já havia xingado o mais velho.


— E agora tá rindo de mim, vê se pode.


Se sentou ao lado do garoto, para poder continuar conversando com ele e também ficar rindo de SeokJin, fazia questão de gravar certas cenas.


— Me desculpe... Você... É namorado do seokJin-hyung..?


Perguntou baixinho, como se fosse um segredo, e Namjoon viu graça nisso, o respondendo no mesmo tom.


— Sou.


Acabou por rir da cara que Jeon vez, diferente do o que imaginava o garoto não parecia nada enojada ou pronto para falar mal de si e seu relacionamento.


— Tá curioso é?

— É só que... SeokJin-hyung fala muito se você...

— Ele deve me xingar isso sim!


Jeon o olhou rápido, balançando a cabeça concordância ao notar que Namjoon realmente conhecia bem o namorado que tinha. Ficaram algum tempo calados, Jungkook parecia estar tento uma pequena luta interna e Namjoon iria esperar até o garoto se arrumar mentalmente.


— Você não tem medo? Digo… Você sabe que eu batia no Jimin e até no Taehyung né..? Não tem medo de lá fora..?


Namjoon o encarou, começava a entender por que SeokJin começou a cuidar dele, Jeon era apenas um garoto assustado que não tinha ninguém para conversar.


— De lá fora tudo mundo aqui tem medo… Mas olha! Aqui dentro não precisamos ter esse medo não é? Estamos sempre juntos então tudo bem… Você também, hn? Se Jin-hyung considera você, eu também!


Passou o braço pela ombro do garoto o puxando para perto, batendo seu copo no dele e o virando em seguida.

Taehyung e SeokJin já haviam se acalmado, estavam na varando tento uma pequena briga sobre o por que de Jungkook está ali. Taehyung até admitia que havia notado que Jeon não parecia nada com o que era antes, na anão conseguia acreditar naquilo e muito menos o aceitar.


— Taehyung… Por favor, vocês tem quase a mesma idade, Jungkook não pode continuar sem amigos, você não pode fazer isso por mim?


Taehyung bufou, não acreditava que estava prestes a aceitar aquilo. Se SeokJin estava o pedindo tanto, devia ter um bom motivo por trás, e não seria muito difícil ao menos fingir ser colega o outro garoto.


— Tá! Tanto faz!


Enquanto aquela conversa ainda acontecia, Jungkook arregalou os olhou ao vê Jimin entrando pela porta. Namjoon gritou por SeokJin e Taehyung enquanto ia abraçar o Park. Era ano novo, e o tempo de Jimin no Canadá era apenas de seis meses, fazia sentido ele ter voltado, mas Jungkook não estava pronto para vê-lo. Aproveitou em quando os quatro se abraçavam, conversando de maneira alto por conta da música que havia sido colocada e seguiu para o banheiro.

Fechou a porta atrás de si, se agachando no chão. Estava tento uma crise de ansiedade, raspou as unhas em sua coxa com força, chegando a marcar o tecido grosso da calça. Se lembrava de todas as brigas que tiveram com Jimin, e de todos os insultos que saíram de sua boca, em seguida vinha as vezes que apanhou de seu tio, o tanto que se escondeu em seu quarto, ouvindo o outro xinga-lo durante toda a noite. Tudo que acontecia era sua culpa, e ele sabia disso. Ele acreditava fielmente nisso.

Estava sozinho novamente, não teria SeokJin e muito menos Namjoon, agora entendia. Estava ali apenas sendo substituto de Jimin enquanto não voltava, e agora que o mesmo estava ali, ninguém precisava mais de si.


— Jungkook? Garoto se for você ai, dá pra sair? Eu preciso usar o banheiro!


A música ainda era alta mesmo naquele cômodo, e podia ouvir a música do vizinho chato de SeokJin, mas aquilo não o impediu de reconhecer a voz de Jimin.

Se levantou devagar, enxugando o rosto com cuidado para não tirar a maquiagem que usava. Respirou fundo três vezes antes de abrir a porta, a intenção era apenas passar reto por Jimin, mas o mesmo estava na porta o impedindo.


— Quer dizer que Jeon Jungkook caiu do trono não é? Não é mais o rei da escola! Me diga… Como é estar no chão?


Deu um passo para a frente, fazendo Jeon ir mais para trás. Estava se divertindo com aquilo, normalmente não faria tal coisa infantil, mas já havia reprimido toda a raiva que tinha por Jeon, e a álcool no sangue o ajudou a por tudo pra fora.


— Jimin... Me deixa passar.


Pediu baixinho, mantinha o rosto baixo, de repente sentia que Jimin havia crescido durante esses seis meses, enquanto sua altura diminuía, a verdade era que com a falta de apetite e o corpo lutando para se curar, Jeon havia ficado mais magro do que de ia para sua altura, já Jimin havia cuidado de sua saúde no Canadá, frequentava uma academia lá, o que lhe deu mais massa.


— Passar? Eu devia empurrar sua cara privada a baixo Jeon!


Fez menção de ergue o punho de uma vez, causando um susto em Jungkook, este que logo estava caído no chão, se ajoelhando com dificuldade próximo ao vaso, preferiria aquilo a apanhar mais.


— O que tá fazendo? Eu perguntei o que você tá fazendo Jungkook!


Gritou irritado ao não ter resposta de primeira, se aproximou de uma vez, segurando na nuca de Jeon, empurrando o rosto do garoto para dentro do vaso. Jungkook se debateu várias vezes antes de finalmente ser puxado novamente, puxou o ar com força, tossindo em seguida, torcia para que aquela água não tivesse entrado em seus pulmões, e torcia para que Jimin estivesse satisfeito coma quilo.


— Jungkook!


Se sentiu aliviado ao ouvir a voz de SeokJin, todos pensamentos de que era apenas um substituto sumiram quando o rapaz mais velho se agachou do seu lado, procurava por machucados, mas não viu nenhum. Jimin havia sido levado para a sala por Namjoon e Taehyung, estavam assustados com o modo que o mesmo agiu.

SeokJin levantou Jungkook, o ajudando a lavrar seu rosto e cabelos, levando pra seu quarto em seguida. Suspirou baixinho quando viu o rostinho jovem cheio de manchas amareladas, ao menos significava que estavam ficando melhores.


— Vai me explicar o que aconteceu?


Perguntou enquanto retirava a camisa de Jeon para vesti-lo com uma sua, já que a mesma havia sido molhada. Com todo esse tempo, SeokJin havia notado com Jungkook era fácil de conversar, apenas era preciso tempo até o garoto receber a pergunta e ter certeza de que poderia responde-la sem medo.

Explicou calmamente tudo que aconteceu, deste o momento que viu Jimin até o momento em que SeokJin apareceu. Já não se importava muito em esconder suas crises de SeokJin, não quanto passava noites em uma ligação por que estava tento pesadelos ou crises de choro, embora evitasse fazer aquilo para não incomodar o mais velho.


— Dorme um pouco, hn? Vou tentar conversar com Jimin também, quando for meia noite eu acordo você.


SeokJin estava com raiva de Jimin, mas quando chegou na sala este estava com uma garrafa de alguma bebida, gritando junto de Taehyung. Namjoon parou do seu lado, o abraçando pela cintura.


— O que aconteceu?

— Jimin enfiou a cara dele na privada... Nam… Você acha que eu consigo cuidar dos três?


Se virou para o namorado, o abraçando com força, sentindo as lágrimas quentes molharem suas bochechas. Estava ficando esgotado com os problemas de Jeon, não de um modo ruim, apenas queria saber o por que do garoto estar sempre machucado, e o por que de sua personalidade ter mudado tanto, ainda se lembrava do primeiro dia de trabalho do rapaz, onde este comprava briga com Jimin, e agora estava assim, magro, mentalmente e fisicamente fraco, além das crises que tinha.

Queria que Taehyung e Jimin entendessem o que estava acontecendo, mas até mesmo Namjoon sabia apenas de metade da história, havia lhe falado sobre o que aconteceu quando Jungkook dormiu em sua casa pela primeira vez, apenas por que não sabia o que fazer.


Notas Finais


Não era bem isso que eu imaginava para quando o Jimin voltasse... .as aconteceu, fazer o que?~ 😗

E sim! Pulei um monte de mês aí! 4 meses inteirinhos! Só pra não fazer vocês sofrerem com o sofrimento do Jun!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...