1. Spirit Fanfics >
  2. Bad boy- noart >
  3. Feliz aniversário, amor

História Bad boy- noart - Capítulo 13


Escrita por: lady_tomlinsonx

Notas do Autor


Gente, vocês sabiam que a Sam da Samsung não foi criada pela Samsung????????? Minha vida é uma mentira 🤡💃👌🙇‍♀️

Capítulo 13 - Feliz aniversário, amor


Fanfic / Fanfiction Bad boy- noart - Capítulo 13 - Feliz aniversário, amor

Noah Urrea

Sina está feliz. Muito feliz aliás! O pai dela está na cidade, e essa garota deve ter tirado no mínimo 400 fotos com o pai dela.

Eu não quero esconder isso, mas sinto inveja da família dela ser unida. Ela ter um pai presente que se importa com ela.

Meu pai está quase do outro lado do mundo com outra mulher. E o pai da Sina batalhando para dar um futuro melhor e mais seguro pela nação.

Bela comparação não é mesmo? Sina sabe o quanto eu odeio meu pai por ele ter sido um idiota com a minha mãe.

Sina sempre diz que passado é passado e eu deveria deixar isso para trás, que não tenho razões para odiar Mike, ele não pediu para ser filho do meu pai e de uma pura qualquer que ele comia.

O que essa mulher não faz comigo?

Ela pode fazer um cavalo piar se quiser. Enfim, hoje é aniversário dela, e agora é umas cinco da manhã. O que eu estou fazendo acordado à essa hora? Jogando pedrinhas na janela dela.

- o que foi?– aprece na janela toda descabelada e sonolenta–

- venha aniversariante, tenho uma surpresa pra você!

- o que você está aprontando Noah?

- nada, só vem gata!

- tá espera aí!

Ela fechou a janela e alguns minutos se passaram até ela voltar.

- já estou descendo.– assinto e vou até a frente da casa dela–

Ela estava com uma calça de moletom preta e uma blusa verde. Ela sorriu ao me ver e eu também sorri. Como essa mulher pode ser tão perfeita?

- oi gata, feliz aniversário!– puxo sua cintura e a beijo–

- obrigada, gatinho!– ela me beija novamente. A minha loira abriu mais a boca dando passagem para a minha língua, aí Deus que sensação inexplicável–

Após alguns amassos e mãos bobas encostados no meu carro, entramos no mesmo. 

Sina permite que eu aperte e bata na bunda dela. É muito bom, a bunda dela é tão macia. É até pecado pensar demais...

- onde vamos?

- praia.– ela assente. Coloco minhas uma de minhas mãos em sua coxa e vejo ela se arrepiar– Gosto do meu efeito em você!

***

- nascer do Sol na praia?– Sina pergunta com os olhos molhados me olhando–

- sim, você comentou comigo uma vez que amaria ver o nascer do Sol com quem você gosta e eu sei que você me ama muito então...

- idiota!– ela ri– Obrigada Jacob!

Ela pula nos mais braços enroscando suas pernas na minha cintura. Ri da ação da garota e abracei sua cintura.

- feliz aniversário baby.– olho em seus olhos brilhantes–  Desejo que seu dia seja maravilhoso e que você continue sendo essa pessoa maravilhosa por quem eu estou apaixonado...

- oi? Apa-apaixonado?

- isso, eu pensei demais, tipo muito mesmo. Eu me apeguei demais em você, e percebi o quanto você é especial para mim e...– solto ela no chão e pego suas mãos– minha mãe, minha irmã e Josh me deram vários conselhos e isso fez eu quase explodir!

- você está fazendo eu querer explodir. Faça alguma coisa Noah, ou fale!

- calma. Eu venci o desafio de viver sem minha vida de vagabundo, e é mil vezes melhor passar tempo com você do que bebendo e– vejo ela fazer uma careta– enfim, eu prefiro ficar com você!

- Noah...

- não precisa dizer nada, não por enquanto.

- feliz aniversário, amor!– puxo a loira para mim e beijo seus lábios rosados–

Sina Deinert

EU VOU TER UM COLAPSO NERVOSO! Meu pai de volta, Noah se declarando para mim. Os sentimentos que os olhos de Noah transmitiam para mim era tão significante.

Eu estou feliz por ele estar fazendo isso por mim. E eu fiz tudo isso por ele, me dei ao trabalho de entende-lo para que se torne uma pessoa melhor. E eu acabei me apaixonando também.

Sentamos abraçados na areia vendo o nascer do Sol. Esse lugar é mais que mágico.

Após ficar horas conversando com Noah. Decidimos continuar ficando, e eu também me declarei para ele.

Um simples "eu te amo" foi o suficiente para ele. Após um dizer essas palavras Noah pulou em mim me beijando como se não houvesse amanhã.

Já estava quase na hora do almoço então ele me levou para um restaurante. Mas disse que não almoçaria comigo, seria outras pessoas.

Entrei no restaurante e avistei meus pais e Any. Se isso for um sonho, por favor, ninguém me acorde!

- feliz aniversário filha!– meu pai é o primeiro da mesa à se levantar e me dar os parabéns–

- obrigada papai!

Minha mãe fez o mesmo. Então chegou a vez de Gaby, ela me deu os parabéns e deu um tapinha na minha bunda.

- aprontando o boy né gata?– rio e me sento a mesa com eles. Como nos velhos tempos–

- quem era o rapaz bonitão?– papai pergunta–

- é o Noah de quem te falei. Qualquer dia te apresento, pode deixar.– digo antes dele e meu velho (nem tanto) sorri agradecido–

***

- Gaby! O que é isso? Pra que tampar meus olhos?– pergunto sendo guiada pela minha melhor amiga–

- aí sua chata, pode abrir os olhos!– ela tira suas mãos de meu rosto–

- SURPRESA!– todos gritam fazendo eu ficar emocionada. Tinha pessoas que eu nem conheço, e para constar é a casa do Noah–

- está chorando Sina?– Lisa se aproxima–

- o meu amor, são lágrimas de felicidade!– digo pra a loirinha–


Notas Finais


Roupitia da Sina
https://pin.it/2vnnaXp

Essa camisa do Noah é importante, lembrem-se dela 🕊️

Surto número 8262
-🌺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...