História Bad boys ( taekook-vkook-kookv) - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 321
Palavras 10.701
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


😄voltei meus amores* espero que gostem do capítulo , deixem seus mimos para a tia ketty

• O link da ACC o Twitter deles, estará no final , sigam esses dois malucos e vejam o que eles aprontam


Espero que todos vocês que tenham feito o Enem tenham ido bem, lembrem se , não é uma prova que define a sua inteligência ou a sua capacidade, vocês são muito mais do que uma nota pode provar , jamais desistam dos seus sonhos , obrigado pelo carinho amo vocês , boa sorte amanhã na segunda fase ....

Capítulo 27 - Doce tentação


Fanfic / Fanfiction Bad boys ( taekook-vkook-kookv) - Capítulo 27 - Doce tentação

   

    Jungkook e eu somos oque ninguém consegue ser. Complicados e ao mesmo tempo completos. Em todo final de frase em que eu o deixo sem graça, ele diz “idiota”, e eu, sendo o bom idiota que sou, replico dizendo “mas você bem que gosta”. Ele implica, e faz cara de birra, mas termina concordando. Eu o provoco, e tiro do sério, mas no final dou uma trégua. Porque a gente é assim. A confusão que se arruma. O errado que dá certo. O incompleto completo.

Muitas vezes na vida acabamos tomando decisões erradas,no calor do momento pensamos que talvez aquela escolha, seja a melhor opção, damos um passo maior que a perna, os dias passam, as horas voam , meses depois você está lá se culpando pensando porque eu fiz isso? Porque não fui com calma, não esperei a poeira abaixar , ficamos frustrados com nós mesmos, mais muitas vezes é tarde de mais para concertar certos erros, nesse momento eu me encontro assim, frustrado com da raiva de mim mesmo , raiva das escolhas que eu tomei em um momento de calor

Seria egoísmo da minha parte falar que ele não me fez de feliz, seria mais egoísmo ainda eu mentir para mim mesmo dizendo que não o amo, sim eu amo Jungkook amo tanto que meu coração dói, fui idiota em terminar com ele por nada, eu realmente estava confuso e acabei fazendo escolhas erradas,e isso custou a pessoa que eu amo

Agora iremos adotar uma criança, vamos ter um filho juntos, estou surpreso pelo fato de Jungkook se dispor a me ajudar, achei uma atitude linda da parte do moreno, sei que isso não tem haver comigo, como o mesmo disse, ele está fazendo isso pelo hyun não por mim, de qualquer forma estou surpreso, muito surpreso aliás

[••••••]

Assim que subimos na moto demos partida até a casa de jeon, foram cerca de uns quinze minutos para chegarmos , o trânsito estava calmo naquela tarde nublada, facilitou muito a nossa rápida chegada até a casa, desci da moto com um aperto no coração , terei que explicar para o meu garotinho que ele irá voltar para o orfanato, e o pior de tudo, fazer com que ele confie em mim, confie que eu irei tirá-lo daquele lugar horrível e lhe dar uma família

— estou com um aperto no meu coração, para ele vai ser como se eu estivesse o deixando - olhei para Jungkook que tirou o seu capacete e me encarou — porque está me olhando assim ? Questionei o moreno

— assim ? Perguntei franzindo a minha sobrancelha — taehyung você sabe que ele precisa ir, se ele não for isso irá atrapalhar tudo, não vamos poder adotar ele

— eu sei , mais imagina a cabecinha dele, isso deve ser tão confuso - jeon me olhava com uma cara nada boa — para de me fuzilar com esse olhar merda

— impossível, você não facilita nada - revirei meus olhos — ele precisa ir , ou você quer .continuar escondendo ele aqui? E perder a guarda?

— ok vamos - suspirei — não temos saída

[•••••]

Assim que entramos na casa ao abrir a porta avistei o pequeno deitado no sofá, ele parecia estar em um sono profundo, jin ao nos ver veio correndo em nossa direção, ele parecia bastante animado

--- aí meu deus , como foi ? Deu certo ? O mais velho nos questionou

--- bom -- respondeu jeon--- taehyung e eu teremos que casar, a jany disse que é quase impossível ele adotar o hyun sozinho

--- meu pau que vocês vão casar - jin estava de boca aberta --- é sério ?

--- sim - foi a minha vez de responder ele

--- estou fazendo isso pelo hyun ele merece ter uma família , e bem eu me apeguei a ele esses dias, só podemos adotar se formos casados, assim que a gente se casar no cartório, já entraremos com os papéis da adoção, teremos que esperar uns 5 meses para se divorciar

--- não acredito que você está dispoto ajudar taehyung, você jeon jungkook uau

--- como eu falei não é por ele, e sim pelo Garoto, ele não tem culpa do taehyung fazer escolhas merdas na vida e ser um completo imbecil

--- eiii - coloquei a mão no meu peito ofendido --- pega leve, mais e aí jin como foi?

--- ele é uma graça , no começo me estranhou mais logo depois cedeu, dei um banho nele pois a gente fez bolo e ele acabou se sujando, ele mamou e dormiu -- o mais velho sorriu ao ver a criança dormindo feito um anjinho

--- vão levar ele para o abrigo até dar tudo certo ?

--- infelizmente não temos outra saída jin -- jeon respondeu ele

--- estou de carro, caso queiram eu já deixo vocês lá -- assim que ouvi ele falar isso olhei para jungkook

--- oque acha ?- questionei ele

--- é melhor -- fui até ele e peguei o pequeno no colo ele resmungou --- papai tá aqui meu anjo

---- papai - tae deu um enorme sorriso,mais eu sei que no fundo ele está triste, essa situação toda  não é nada fácil

                          [••••••]

Seokjin nos levou até o orfanato pedimos para ele não contar nada aos meninos , queremos segredo por enquanto não temos certeza se isso realmente dará certo,e não queremos mais ninguém com esperança nesse história ,chegamos no abrigo foi uma luta para taehyung largar o menor, meu coração ficou apertado em ver ele chorando e um certo medo também, menos de não der certo a adoção, talvez isso terminaria de acabar com ele

Hyun chorou horrores,porém eu e jin conversamos com ele e conseguimos o acalmar, eu expliquei que os papais dele que seremos eu e tae, já estávamos lidando com a adoção e que logo logo ele estaria morando conosco, isso o acalmou, na hora de ir embora eu dei um último abraço,ele me fez prometer que voltaríamos , com meus olhos cheio de lágrima eu prometi

Conversamos com os responsáveis pelas crianças do abrigo , os pais de hyun morreram em um acidente de carro quando ele não tinha nem um ano, a família de seus pais não quiseram saber do pequeno e então deixaram ele morando lá desde então, tae e eu não falamos nada sobre que pretendíamos adotar ele ,vamos esperar se casar para vir aqui novamente,depois de um chororó gigantesco fomos embora ,jin nos deixou em casa,jamais esquecerei dessa cena, a gente entrando no carro e ele ascendo com a mãozinha com seus olhos lacrimejando

Uma das responsáveis por ele, disse que hyun já fugiu várias vezes ,e também disse para não pensarmos que lá era um abrigo ruim,ou que elas o maltratavam ,lá era uma boa casa

                    [••••••]

Após levar hyun para o orfanato eu estava completamente devastado, ver ele chorando daquele jeito enquanto estendia os seus bracinhos para mim, acabou comigo, eu sei que vocês podem falar que eu estou ficando maluco por querer adotar uma criança que eu conheço a três dias apenas, mais hyun me despertou algo, quando eu encontrei ele passei a me sentir completo, chegamos em casa , meus olhos estavam inchados, Jungkook colocou a chave da moto encima da mesa, e logo se sentou no sofá , jogando sua cabeça para trás e massageando ela

— estou com uma dor de cabeça terrível - falou ele

— será que eu e você podemos conversar? Me aproximei do moreno — por favor ?

— taehyung conversar sobre oque? Já está tudo decidido, a gente vai casar e dar entrada nos papéis para adotar o hyun, vamos ter nossa vida normal sem cobranças sem ciúmes , não tem oque conversar

— você sabe que nós dois vai muito além disso Jungkook, eu já me desculpei, e estou fazendo isso de volta, me desculpa por ter terminado. Eu agi feito um babaca

— eu vou tomar um banho, estou exausto - o mesmo se levantou, mais eu puxei ele pelo seu braço — vai fugir de mim até quando ?

— não estou fugindo de você, e sim desse assunto infernal, não me sinto bem falando sobre isso, não quero falar disso - bufei

—Jungkook eu preciso conversar, eu preciso disso , por favor - implorei

— o problema é esse, você quer tocar na ferida ficar remoendo o passado , enquanto eu quero esquecer, é sempre do jeito que você quer, e quando quer,eu já falei não quero falar disso - tentei me soltar mais foi em vão

— eu não vou te soltar até falar comigo, por favor Jungkook, eu nunca te pedi nada - segurei o choro, mais pelo visto não vou conseguir por muito tempo

— Tae olha - segurei o rosto do mais novo — eu estou tentando ser o mais compreensível com você, mais entenda eu não quero falar disso, oque você fez realmente me magoou - suspirei ao ver uma lágrima cair dos seus olhos — não chora

— como não chorar - engoli seco — eu fiz uma merda, isso me custou você, eu estava sim indeciso, mais agora eu te enxergo de outra forma, e estou arrependido

— você não me ama taehyung, você acha que me ama , mais a verdade é,isso que você sentindo é culpa? Culpa por ter me feito sofrer

— eu te amo sim, mais pelo visto eu sou um jogo para você jeon, sou só mais um não é mesmo ? -o moreno tirou as mãos que estavam em meu rosto — você não me ama mais não é? Oque eu fiz,fez com que o seu amor por mim acabasse, mais você não está tendo coragem de dizer isso na minha cara, porque sente pena, e sabe que a sua resposta só vai me fazer se sentir mais lixo do que eu já sou

— taehyung- suspirei antes de falar.— Pra mim, nunca existiu “um jogo”, entende? Era simplesmente eu e você. Nada mais. Infelizmente,você nunca conseguiu entender isso. Pra você, tudo era “joguinho”. E foi nesse teu jogo que você acabou me perdendo de vez

— eu nunca usei você, você nunca foi um jogo ou só mais um - coloquei as mãos em meu rosto, fui até o sofá e me sentei — você não me entende Jungkook

— eu te entendo, aliás eu te entendi até de mais, você transou com o Bogum na minha casa, sabendo que eu estava lá, o pior de tudo foi proposital, ok o burro foi lá e entendeu, aí você mudou comigo, eu também te entendi, do nada você me falou um monte de merda, dando a entender que eu não amava meu filho, e que não estava sofrendo com a morte dele, eu também te entendi , e eu estou tentando entender você até agora, mais e eu ? Você nunca me escuta taehyung, eu sempre sou o errado, eu estou farto literalmente - suspirei e me sentei no outro sofá — eu cansei, e eu não quero mais nada, você me decepcionou de mais

— você tem certeza disso ?

— você acabou com tudo, eu também estava sofrendo, aliás eu to sofrendo ele era meu filho também, eu não chorava na sua frente porque você já estava mal o suficiente, e eu queria ser forte ou pelo menos fingir que estava segurando as pontas para não te ver sofrer mais , e na primeira oportunidade você jogou isso na minha cara, e o pior de tudo foi capaz de falar que eu estava livre de você, sendo que a última coisa da qual eu queria na vida era perder você

— jeon eu . - o moreno me interrompeu

— eu não estava com você por conta do bebê , eu estava com você,porque eu te amava pra caralho, e você foi lá e acabou comigo em questão de segundos, então agora você não pode chegar aqui e querer pegar os pedaços do meu coração e achar que vai concertar ele sendo que não vai, você não pode desfazer oque fez, nem me fazer esquecer tudo que você disse

— você pode se arrepender mais tarde - encarei ele com meus olhos cheio de lágrimas

— você não é Deus , você não prevê o futuro então não sabe se algum dia eu poderei me arrepender ou não - passei minhas mãos em meu rosto

— eu te amo - essa pequena palavra saiu da minha boca com tanta facilidade que eu fiquei surpreso , Jungkook estava em silêncio

— vou tomar um banho, pede algo para a gente comer - jeon levantou e saiu

— tudo bem - suspirei

[•••••••]

Jungkook foi tomar um banho, e eu liguei para uma pizzaria que ainda estava aberta, o entregador disse que cerca de vinte minutos ele já chegava , aproveitei e já deixei avisado na portaria, a entrada dele já estava liberada, enquanto jeon tomava o seu banho quente, eu me sentei no sofá, ali eu fiquei chorando por alguns minutos, ao ouvir a porta do banheiro se abrir, passei minhas mãos rapidamente pelo meu rosto, tentando disfarçar

— estava chorando não estava? Perguntou o moreno enquanto secava o seu cabelo , ele veio até a minha direção e se sentou ao meu lado

— não estava, tinha um cisco no meu olho por isso - suspirei — mais por sorte consegui tirar

— essa foi a desculpada mais merda que eu já ouvi em toda minha vida - sorri — não gosto de tocar nesse assunto porque você fica mal, agora entende o porque eu evito ?

— não finja que se importa Jungkook, se você se importasse comigo, não estava fazendo isso

— não vou brigar ok - me levantei

— também não quero mais brigar, viver nesse pé de guerra

— então porque toca nesse assunto? Sabendo que isso te deixa mal ? Parece que você gosta de sofrer taehyung, está sempre procurando a dor

— esquece tudo que eu disse está bem ? Vamos fingir que nada aconteceu - me levantei e fui até ele — já pedi a pizza

— que bom , espero que não demore- sorri — temos que ter uma boa relação pelo hyun

— a gente terá , mais só para te avisar , a sua tentativa de se afastar de mim , não vai diminuir oque eu sinto por você

— se eu fosse você eu desistiria

— desistir não é comigo gatinho- levei meu dedo anelar até sua boca, eu não conseguia parar de admirar aquela pintinha que ele tinha embaixo do seu lábio inferior, era tão linda, sexy e atraente ao mesmo tempo

— Tae - falei entre seus dedo que estavam em meu lábio

— você me mataria caso eu rouba-se um beijo ?

— com certeza, já falei que nada de beijos

— ok - [como vocês sabem eu sou afrontoso, não desisto nunca, me aproximei do moreno e deixei um selinho na boca dele]

— taehyung- falou ele bravo

— isso não foi um beijo , foi um selinho, você não disse nada sobre selinhos

— sem selinho, sem beijos , sem sexo sem nada, apenas amigos , está claro agora ?

— gatinho , você vai implorar para me beijar ainda

— nem fodendo- levei minhas mãos até a cintura de taehyung— você vai implorar muito antes

— não faz isso- me referi as mãos do moreno que estavam na minha cintura, a campainha logo tocou, eu bufei

— olha só a pizza - disse ele antes de tirar a mão da minha cintura

— que merda justo agora - bufei

— o destino não quer a gente juntos

— foda se o destino , oque importa é eu e você querer - jeon sorriu antes de me dar uma patada que doeu até na alma

— mais eu também não quero

---- isso joga na cara jeon Jungkook, quando eu acho que você não pode ser mais filho da puta , você me prova ao contrário

— eu sou um amor - abri a porta- olá

— olá senhor aqui está sua pizza - falou o entregador

— obrigado - dei a ele o dinheiro que estava certo — vamos comer ?

— não sei se consigo

— porque oque foi ?

— meu peito tá doendo - levei minha mão até ele

— ué do nada ? Larguei a pizza sobre a mesa e fui até taehyung que estava com uma expressão de dor em seu rosto

— meu peito está doendo por conta da patada que você me deu - falei rindo da cara que ele fez

— babaca - bufei — não tem graça essas coisas

— Owns o gatinho ficou preocupado comigo?

— não - fui até a mesa e me sentei

— aham sei - sorri antes de me juntar a ele — corta pra mim ?

— claro qual você quer ?

— chocolate - dei a ele um prato

— está bem - peguei o prato

— gatinho, você é tão lindo

— aqui está - entreguei a ele

— ouviu oque eu disse ?

— está frio não está ?

— jeon - sorri — porque está fingindo que não ouviu?

— eu fico sem graça - coloquei refri em meu copo — para de me olhar assim

— parei - eu gostava de encarar ele, o moreno sempre ficava todo corado e sem graça , tão fofo

— vamos assistir algo ? Estou sem sono

— tipo oque Jungkook? Eu e você temos gostos diferentes, sempre que vamos assistir algo acaba dando briga - sorri ao ver ele revirando os olhos — oque foi ??

— você só escolhe coisa lixo, você não tem bom gosto - suspirei — vamos tirar pedra papel, tesoura quem ganhar escolhe ok?

— não nem fodendo - balancei a cabeça — você sempre rouba jeon Jungkook

— eu não - falei rindo — eu sempre uso a tesoura porque você sempre joga o papel, então eu já sei

— eu não jogo sempre o papel - sorri — tá bom eu jogo sim

— vai querer ou não ? Se for para descurtir até chegar em uma conclusão adeus filme e noite agradável - franzi a minha sobrancelha

— ok gatinho, quer dizer gibizinho, ops jeon Jungkook- jeon não gosta que eu o chame por apelidos

— vai - um dois três - taehyung jogou pedra e eu joguei papel — ganhei - disse rindo

— não vale - bufei — só você ganha Jungkook, que macumba é essa ?

— a macumba da inteligência- pisquei — vamos assistir naruto

— não me fode vai- revirei meus olhos — eu já assisti mil vezes isso, todo santo dia você assiste essa merda

— opa, merda é essa sua cara , não ofenda meu anime preferido senhor kim taehyung , ou já já essa faca vai perfurar esses seus lindos olhinhos

— melhor - falei irônico — melhor do que assistir essa droga pela milésima da milésima vez

— foda se , eu ganhei aposta é aposta não sabe perder ?

— escolhe outra coisa, outro anime sla tem tantos por aí - peguei meu prato e me sentei no sofá, cruzando minhas pernas

— vai ser naruto e acabou — fui até o outro sofá e me sentei, peguei o controle e logo coloquei , naruto é meu anime preferido

— que merda - bufei — nunca mais aposto nada com você , ainda mais quando a aposta for escolher oque assistir

— melhor que filmes românticos cheio de melancolia

— uai eu sou um cara romântico, a culpa não é minha se o senhor dono da razão vive em um mundo tão obscuro quanto o seu coração

— para começar , eu sou muito romântico tão romântico que eu ia te pedir em - calei a boca

— você oque ? Fala Jungkook o gato comeu a sua língua foi ?

— não é nada - engoli seco — vamos prestar atenção nessa obra de arte que é esse anime

— fala , você sabe que eu odeio quando você começa algo e não termina - falei chateado — anda jeon

— mais que merda taehyung me deixe comer em paz - virei meu copo de guaraná — tá vendo só a gente não consegue ficar um segundo sem brigar

— meu aniversário está chegando oque vai me dar de presente ?

— um soco na cara , para você aprender a parar de ser insuportável

— é sério - encarei ele — seja um pouco mais amoroso gibizinho

— oque você quer ?

— você - sorri ao ver o sorriso que ele deu, foi um sorriso de segundos mais o suficiente para iludir o troxa que sou eu

— eu tô falando sério babaca, fala logo , ou não irei te dar nada

— eu também estou, já falei eu quero você, de preferência na minha cama sem roupa

— mais que merda - falei bufando

— oque foi ??

— o naruto sempre larga tudo para ir atrás do sasuke, ele é muito troxa uma hora ele vai acabar se ferrando

— eu entendo ele - Jungkook desviou a sua atenção da Tv, e me olhou

— oque está falando ? Como assim?ele tá sendo um burro de correr atrás dele sempre

— se você estivesse no lugar do sasuke eu também largaria tudo para ir atrás de você - sorri

— naruto é um tongo, parece eu que ia te pedir em casamento porque estava apaixonado, e do nada você vêm e termina comigo

— espera é oque ??? Senti meu coração disparar naquele momento, uma adrenalina percorreu todo o meu corpo — você ia me pedir em casamento??

— merda- suspirei, eu não podia ter falado isso — uhum, eu ia

— Jungkook - engoli seco — quando ? Quando ia me pedir em casamento?

— eu estava indo pedir, aí você terminou comigo , mais não quero falar disso, nem era para eu ter falado essa merda

— eu - segurei o choro — você está falando sério?

— é claro taehyung, eu não sou homem só de falar, eu sou homem de atitudes , eu havia comprado até as alianças

— oque fez com elas ?

— joguei na privada- bebi um pouco do meu refri, minha garganta estava seca por conta do nervosismo — esquece isso ok?

—- olha que ironia a gente vai casar agora - sorri , eu estou rindo para não chorar — esse é o nosso destino

—- taehyung, a gente só vai “casar”- fiz aspas com os dedos — por conta do hyun, você sabe disso, mais ambos estarão livres para ficar com quem quiser

— que merda eu estraguei tudo

—- ainda bem que você sabe, mais enfim não vou jogar na sua cara, já deve ser doloroso o suficiente você saber que você mesmo agiu como um babaca e que isso custou a pessoa que você dizia amar

— eu te amo, e você sabe disso

— bom eu já estou satisfeito - me levantei e coloquei o prato na pia

— vai se fazer de surdo até quando? - fui até ele

— não quero ouvir isso , não quero mais falar sobre nós dois

— foi mal, é que isso me pegou de surpresa , não sabia que você me amava a esse ponto

— é, eu realmente te amava

— e não ama mais ?

— como eu falei, você se tornou alguém que eu não reconheço mais

— gibizinho, quer dizer Jungkook, muitas coisas me levaram a isso você sabe

— você veio com essa história de v, quem é v ? Aliás quem e você ? E oque você quer ?

— eu quero você puta merda, eu amo você - empurrei ele

— para de me empurrar caralho

—- então entenda essa merda Jungkook, eu estou arrependido

— problema seu - tentei sair mais taehyung me empurrou novamente

— não adianta revirar esses olhinhos gatinho, eu não tenho medo de você, o único lugar que eu te obedeço é na cama - pisquei — vai parar de fugir de mim ?

— eu fico puto, puto porque eu não quero falar disso e você ainda insiste em falar sobre o passado, e sobre nós dois

—- você ainda vai se apaixonar por mim bonitão , eu vou mostrar que o v e o taehyung são a mesma pessoa, mais com propósitos diferentes

— me solta fazendo o favor? Ou eu terei que usar minha força ?

— que força? Perguntei sarcástico

— essa - dei um joelhada nas bolas de taehyung, ele se contorceu e logo deitou no chão em posição fetal —- eu pedi com educação e você não quis me soltar

— filho de uma mãe , se eu ficar impossibilitado de ter filhos a culpa vai ser sua - gritei

—- boa noite - sorri

—- não vai mais assistir ? - perguntei em meio a dor — colocou essa merda para nada ?

— se você chamar mais uma vez meu anime de merda, eu não irei te deixar desprovido das bolas e sim da língua

— eu te odeio, na verdade eu te amo seu filho da puta corno, mais nesse momento eu te odeio, porém amanhã eu volto a te amar

— que revoltado , desliga a Tv quando conseguir levantar daí bebê

— você me paga - gritei , realmente essa joelhada no Frederico e no tuelvis doeu , ah para quem não sabe tuelvis e Frederico são os nomes que eu dei para as minhas lindas e gostosas bolas

[••••••]

Fiquei cerca de dez muitos deitado na posição fetal tentando me recuperar da pancada que o gatinho havia me dado, minha vontade é de colocar o dedo no cú e sair gritando de tanta dor, após me levantar comecei a andar igual uma idoso de 85 anos, com as penas quase fechadas e com uma mão na escosta, mais no meu caso era nas bolas mesmo,fui até a tv e deleguei ela

Entrei no meu quatro tirei minha roupa, e entrei embaixo da água quente que começou a cair do chuveiro assim que eu liguei o registro, eu vou tomar um banho rapidão , e vou fazer o gatinho passar uma pomada nas minhas bolas enquanto faz massagem, e se ele se negar, esse lindo punho vai acertar um soco naquela carinha linda, seria uma pena deixar ela com uma marca roxa

Vesti uma cueca box preta, é uma calção solto igual esses de jogar bola, ele era branco, meu cabelo ainda estava úmido, mesmo depois de secar ele várias e várias vezes, eu estava sem camisa com meu abdômen exposto, e também com a minha linda e atraente fênix no meu abdômen, essa era a tatuagem preferida do gibizinho

Fui até o quarto de Jungkook, ele estava deitado na cama, lendo um livro, o moreno estava sem camisa, apenas com sua calça do pijama, ele usava um óculos redondinho, muito atraente por sinal, filho da puta de gostoso ficou igual um ator pornô

— uau não sabia que você sabia ler- disse ao entrar no quarto e ver aquela obra de arte

— engraçadinho - respondeu ele sem tirar o foco do seu livro

— oque está lendo ?

— não é da sua conta - pisquei — oque faz aqui?

— digamos que minha bolas está doendo, então vim aqui para você fazer uma massagem nela

— nem nos seus sonhos bonitão, vaza daqui taehyung, costume de invadir meu quatro, e arrumar desculpas para dormir comigo

—- e se for ? Como resistir a você? É uma tarefa impossível

— pois aprenda ué , agora vaza

— me obrigue a sair daqui

— ao menos cala a sua boca então, eu estou lendo não está vendo ?

— deixa eu ver - me aproximei do moreno e peguei o livro dele — uau shakespeare

— sim idai ? Me devolve garoto

— duvido muito gatinho que você saiba qual foi a obra mais famosa dele

— ele tem várias obras, mais a mais famosa foi o clássico conto melancólico de Romeu e Julieta, satisfeito ? Agora me devolve

— uau como você é esperto, pelo visto estudou bem artes

— para a sua informação eu terminei os meus estudos e eu sempre tirei excelente notas, agora para de graça e me devolva o meu livro ?

— fale uma frase dele para mim ? Como sabe o Shakespeare trabalhou com vários conceitos, mais o seu preferido era sobre amor, romance e melancolia, sou fã desse homem, então me fale uma frase romântica dele, aí eu devolvo o seu livro , prometo gibizinho

— Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente - encarei taehyung

—- isso foi uma indireta ? - entreguei a ele o seu livro

— talvez, na verdade não, mais se atingiu o seu subconsciente eu não posso fazer nada - voltei a minha atenção para o meu livro

— hoje você está só me dando patada amorzinho

— talvez porque você está merecendo - dei um sorrisinho

— irei ficar com você , estou sem sono

—- eu te convidei ? Não , então você pode ir saindo do meu quarto

— não seja tão rude gatinho, não vou te atrapalhar só me deixa ficar aqui até pegar no sono ?

— vai falar com as paredes então porque eu estou lendo

—- tudo bem - me deitei ao lado dele e fiquei olhando para o teto

— gosta mesmo de Shakespeare? Ou só mentiu porque eu estou lendo um livre dele ?

— Devolve o meu Romeu,e quando ele morrer ,corte - o em pequenas estrelas, e ele deixará a noite tão bela que o mundo inteiro irá se apaixonar por ela - sorri antes de olhar para o lado e ver jeon me olhando fixamente

— uau, Romeu e Julieta

— eu falei que gosto de filmes melancólicos - deitei de bruço fiquei encarando o moreno que fechou seu livro e tirou o seu óculos

— está doendo ? Bom eu não queria ter batido tão forte - comecei a rir — acho que peguei pesado

— você acha ? Minhas bolsas estão latejando de tanta dor

— menos taehyung, não é para tanto

— lógico que é, você fala isso porque não foi em você filho de uma mãe

— eu também gosto de Shakespeare, ele foi um grande poeta, e um grande ator

— quando eu era menor , eu fiz teatro no meu no meu colégio, a gente fez a peça um sonho de uma noite de verão , conhece ?

— sim - sorri — já assisti umas mil vezes esses filme

— bom eu li o livro e tudo, mais Romeu e Julieta é, e sempre será o meu favorito

— poise , acho que foi a obra que mais alavancou a carreira dele

— vai fazer massagem nas minhas bolas ou não ? Está realmente doendo gibizinho

— é claro , que não - revirei os meus olhos

— qual é jeon ? Poxa isso é culpa sua vai faz, elas estão até inchadas

— taehyung você é muito dramático meu Deus do céu - comecei a rir

— eu estou falando sério troxa, olha só - abaixei meu calção junto com a minha cueca — olha elas estão inchadas

— um pouco - engoli seco, modéstia parte até o pau no taehyung era lindo e atraente — ergue isso

— não - sorri — estou com calor meu pau precisa tomar um ar

— pelo amor de Deus - desviei o meu olhar, aquilo era atentador, ele já estava sem camisa, agora com o calção abaixado , só piorou tudo

— AHWN - gemi — está doendo- fechei meus olhos apertando eles

— para com isso garoto, sai do meu quarto anda

— mais forte gibizinho, eu estou quase - disse em meio aos meus gemidos, vai amor

— chega sai daqui - peguei ele pelo braço e levantei o seu calção junto com sua cueca boxer preta— vai embora

—- qual é, para de estragar a minha brincadeira gatinho

— pelo amor de Deus sai daqui - meu corpo já estava suando, é impressionante como esse garoto consegue me deixar sem controle

— vamos simular uma transa? Já que você disse que jamais vai transar comigo?

—- não - fechei meus olhos, ele estava tão perto , senti os lábios de taehyung junto ao meu

—- por favor - passei minha língua sobre o lábio do moreno, e dei um leve mordida fazendo ele soltar um rangido — eu sei que você quer

— para de me deixar louco droga, vai embora — abri meus olhos

— vamos ? A gente não vai transar somente simular, eu sei que você quer , assim como eu

— não vou mentir que você tem domínio sobre o meu corpo - levei minhas mãos até a cintura dele — veste a camisa e sai daqui

—- eu amo quando você me pega assim - passei meu nariz sobre o rosto do mais velho — porque você é tão gostoso ?

— não sei - engoli seco — você disse que ia colaborar então sai daqui

— gatinho, a gente só vai simular não vai chegar a ter a penetração então não será uma transa, e você não vai estar descumprindo o seu juramento a si mesmo, essa juramento merda que você fez

— você sabe que eu não me controlo, e eu não quero quebrar a promessa que fiz a mim mesmo- apertei a cintura dele — por favor Tae , me ajuda a me ajudar

— não - dei um mordida no queixo dele , fui mais para frente deixando nossos corpos juntos, assim que o meu membro encostou no dele, o moreno gemeu

—- sai daqui anda - disse ele beijando o meu pescoço, eu sorri e foi questão de segundos para as minhas mãos se perdessem em seus fios de cabelos, fazendo ele ir mais afundo com Deus chupões

— você quer que eu saia?- Gemi puxando os fios de cabelo de sua nuca

— não - disse ele — que merda você me deixa louco

—- essa sempre foi a minha intenção , pelo visto não é você o dominador mais - eu suspirava a cada beijo que ele me dava, sua boca me leva a loucura junto com os seus apertos em meu quadril

— garoto você não vale nada sabia - sorri ao grudar os nossos narizes— eu te odeio tanto

— eu te odeio muito mais - sorri

— não vamos transar porque somos bro, vamos apenas simular

— tudo bem - pulei no colo dele, jeon nos conduziu até a cama, lá ele me deitou e veio por cima de mim, minhas mãos foram diretamente para a sua nuca, meus olhos fitavam cada detalhe do moreno

—- amanhã a gente finge que nada aconteceu está bem ?

—- como quiser - puxei o moreno mais para a frente — posso te beijar ? Última vez?

—- sem beijos eu falei- passei meus lábios ao dele

—- filho da puta então não provoque - sorri

— desculpa - levei uma das minhas mãos até o rosto dele e comecei a acariciar, taehyung me olhava profundamente

— que fofo você fazendo carinho em mim - suspirei — eu amo seus carinhos

— para de falar isso - aproximei nossos lábios, e dei uma mordida no canto da boca do mais novo — eu não tenho mais sentimentos por você

— eu nem falei nada , você está se defendendo de acusações que eu nem sequer fiz

— fica quieto - falei assim que abri as pernas do mais novo

— vai logo eu quero te sentir - fechei meus olhos

— deveria ser pecado alguém ser tão gostoso assim- me posicionei entre as perna de taehyung

— gatinho eu sempre te disse que você fica lindo de todos os jeitos, mais sabe um jeito que você fica mais lindo ainda ?

—- qual? Pelado?

— também - sorri — gemendo, você fica muito mais sexy e atraente então por favor para de falar , e só geme pra mim vai

— se eu ver que não vou aguentar, irei pedir para você sair daqui, e você terá que obedecer está bem ?

— ok ok , anda logo vai - mordi meus lábios , eu realmente estava sedento por aquele homem

— está bem - sorri e me posicionei melhor, levei minhas mãos até o quadril dele, e comecei a rebolar, segundos depois taehyung começou a gemer mais intensamente

—- puta merda gostoso do caralho- suspirei —- vai mais rápido vai - supliquei entre os intervalos dos meus gemidos

— assim - aumentei as reboladas, ambos estavam sedentos e gemendo sem a mínima noção que ao lado havia vizinhos, , bom foda se os vizinhos rsrs

— sim amor - segurei o quadril de Jungkook fazendo ele ir mais afundo, a respiração do mais velho estava pesada, e ele suava bastante assim como eu, acho que a visão do paraíso deve ser essa

— merda não me chama de amor - estoquei mais rápido, o pau dele já estava duro, o meu começou a ficar duro agora , uma dor invadiu ele — merda está doendo - gemi

—- o meu também está - engoli seco — quer que eu te chupe ?? Para te aliviar ?

—- mais e você ?

— bom eu prefiro dar prazer do que sentir - sorri mordiscando meu lábio — você é tão atraente quando está suado

—- cala boca me chupe logo então - sai de cima do taehyung, e me deitei na cama

—- como você é mandão gatinho

— vai logo pelo amor de Deus tá doendo - eu estava tentando recuperar a respiração, mais pelo visto a minha tentativa irá fracassar

— calma gatinho oxi- levei meus lábios até o abdômen dele

—- não morde - pedi a ele, taehyung tinha essa mania de ficar me mordendo

— cala a boquinha - comecei a trilhar um caminho de beijos sobre o abdômen do moreno, não demorou muito para que eu desce várias mordidinhas, e deixa-se alguns chupões também

— filho da puta- gritei ao levar uma mordida na minha coxa — tira logo a minha calça porra

— você é bem apressadinho não é?jeon revirou os seus olhos — prontinho -abaixei a cueca junto com a calça dele

— meu pau tá latejando por sua culpa maldito, vai demorar para me chupar ou oque ???

[••••••]

Eu fiz o que jeon pediu rápido, só que meio desajeitadamente.Eu me apoiei com as minhas duas mãos no colchão e fiz força para levantar o seu peso, sentando em cima da cama. O coração de jeon batia rapidamente em seu peito. Ele olhou para baixo, ansioso, à espera do meu próximo movimento

Jungkook era muito ansioso, assim que eu vi o seu desespero eu soltei uma risadinha e coloquei uma mão em cada lado do quadril do moreno ,eu respirei fundo, encarando o pênis dele, Ele estava rígido e um pouco corado. estendi a minha mão primeiramente, com o meu polegar comecei a fazer movimento para cima e para baixo sobre a extensão do membro do gatinho logo ouvi ele gemer e acabei sorrindo um pouco.Me ajoelhei na frente dele, se inclinando um pouco.Minhas mãos correram dos joelhos dele até o topo da coxa e escorregaram para a sua virilha. Jungkook se estremeceu com os meus toques

Cuidadosamente,eu me inclinei um pouco e abri a minha boca

Ao mesmo tempo em que colocava a boca em volta do pênis de jeon, eu senti as mãos dele em minha cabeça. Os dedos dele se enroscaram em seus cabelos e ele olhou para cima.Jungkook estava se apoiando com uma mão no colchão, e ela parecia ser a única coisa que o impedia de deitar completamente na cama.

Eu passei a minha língua em volta da cabeça do membro dele sem tirar os olhos dele. Aquela era uma das visões mais sexys da minha vida. Ele mordeu o lábio e seus dedos apertaram mais os meus cabelos, logo senti um suave puxão atrás da minha cabeça. Aproveitando a deixa,eu coloquei mais do pênis dele em minha boca e segurei com a mão o que não cabia.

Com a minha outra mão vaga,eu acariciei o quadril dele, às vezes arranhando vagarosamente, às vezes com um pouco mais de força. Quando a minha língua alcançou a extremidade de baixo do pênis o gibizinho gemeu tão alto que fiquei surpreso

— Cacete,taehyung ! — ele gritou, fechando os olhos com tudo e respirando bruscamente.

Eu escorreguei a minha mão para as bolas dele

Jungkook parecia estar gostando, porque deu um impulso com o seu quadril para frente e grunhiu,O meu polegar fazia suaves círculos naquela região enquanto a minha língua ainda brincava com a pequena liga. Agora a minha cabeça ia para frente e para trás, intercalando movimentos suaves e rápidos.

—filho da puta ... —jeon gemeu. De repente, eu puxado para cima e jogado contra o colchão enquanto o corpo dele ia para cima do meu, O quadril dele esfregou contra o meu

—- oque foi ? Não estava gostando ?

— merda taehyung, eu não vou aguentar isso,sem querer tirar a sua roupa e foder contigo

— mais eu nem terminei - esbarrei os nossos narizes

— eu falei que se eu não aguentasse falaria para você parar

— porque você tenque aguentar hm? Porque não deixa rolar é tão bom

— você sabe muito bem - suspirei

—- você não sente vontade ?

—- é claro que eu sinto, eu não sou de ferro — mordi o queixo dele — sai daqui

— está bem - revirei os meus olhos — eu só vou sair porque eu prometi que caso você pedisse eu sairia

— obrigado - engoli seco

— mais antes me responde uma coisa??

—- se for sobre nós dois, nem rola

—- não , não é nada haver - passei minhas mãos sobre os ombros largos do mais velho

— ok faz logo- sem querer eu acabei me movimentando encima dele, e nossos membros se roçaram, ele fechou seus olhos antes de abrir e me encarar novamente, acho que ele sentiu tanto tesão quanto eu

—- bom gatinho , Havia dois ursos o Beijaeu e o Mebeija, o Beijaeu morreu quem sobrou?

— me beija ?

— é claro - sorri antes de pular encima dele , mais o mesmo repreendeu a ação

— idiota - sai de cima dele, vesti minha calça enquanto dava risada — você é muito tongo

— você quem me pediu para te beijar - sorri

— babaca, agora sai - fui até a porta e abri ela

— está bem - com muito custo e dor no coração eu me levantei e fui até a porta, mais antes de sair eu puxei o mais velho pela nuca, dando um selinho e uma mordida rápida em seu lábio macio e rosado — até amanhã gatinho

— até amanhã - balancei a cabeça após ele tentar roubar um beijo meu , mais falhar miseravelmente nessa missão — você não vai conseguir me beijar

—- veremos - pisquei e logo sai

— idiota - sorri antes de fechar a porta e me deitar na cama, esse garoto é impossível

[••••••]

O dia logo amanheceu , não demorou muito para uma claridade imensa invadir o meu quarto e quase me deixar cego, vesti uma camisa, e fiz minhas higienes pessoais , escutei uns barulho vindo da cozinha, meu Deus será que o demoniozinho, está tacando fogo na cozinha novamente? Sai correndo , mais por sorte estava tudo sobre controle, o mais novo só estava lavando a louça, o café já estava na mesa

— uau- cocei os meus olhos — estou sonhando , ou kim taehyung está lavando uma louça?

— sem graça você né - falei rindo — o café já está na mesa, pulei da cama hoje, como eu estou de favor uns dias, nada mais justo do que ajudar nas coisas da casa

— está certo - sorri e me sentei na mesa colocando um pouco de café em uma xícara — o casamento já está marcado será amanhã às 9 da manhã

— que rapidez, temos que comprar as alianças hoje

— sim , e temos que deixar a casa organizada o máximo que a gente conseguir, a assistente pode chegar a qualquer hora, assim que assinarmos a certidão de casamento, a jany já irá dar entrada nos papéis da adoção

— eu estou tão ansioso - enxuguei as minhas mãos em um pano seco que estava encima da pia, fui até Jungkook e abracei ele — obrigado

— de nada — Tae logo se afastou e se sentou em minha frente — espero que dê tudo certo , estou com saudades dele já , o yeontan também , ele está quietinho depois que hyun foi embora

— iremos dar um jeito em tudo ok? Agora eu vou comer porque isso parece estar delicioso

— parece não , está uma delícia 

—- uau, pouco convencido você hein

—- apenas realista, eu sou bom em tudo que eu faço vamos combinar

—- pretende ir morar nos Estados Unidos ainda? Bom caso a gente consiga mesmo a guarda dele- fui interrompido

—- caso não - o repreendi — a gente vai conseguir

— oque faremos? Afinal de contas ele também será meu filho

—- não sei jeon, você pode vê-lo aos finais de semana não sei

—- melhor a gente deixar para falar disso outra hora não é mesmo ? Depois que estiver tudo certo

—- também acho - sorri

—- tente não se meter em confusão taehyung por favor, caso você vá realmente morar lá se cuide, se aqui nos já corremos risco imagina lá, temos tantas investigações para desvendar , e bom...você é bem cabeça dura, nunca me escuta,e se expõem de mais

—- não é que eu me exponho de mais, eu apenas não tenho medo

—- é disso que eu tenho medo, você não liga para nada acha que é imortal - bufei — agora você será pai, seria bom um ter um pouco de responsabilidade

—- ok ok - revirei os meus olhos — ligação de moral cedo ninguém merece gatinho, pega leve comigo só hoje

— vou ir treinar , vai ficar ou ir junto?

—- olha olha , ele está querendo a minha companhia?

—- apenas perguntei por educação, aliás tenho medo que fique aqui sozinho, vai que dessa vez você acaba realmente tacando fogo na casa - franzi minha testa

—- vou me trocar ok ?

—- anda logo princesa, se for demorar mais de uma hora você vai ficar — disse rindo

—- vai a merda - ele gritou

[••••••]

Taehyung vestiu mais um daqueles seus calção soltos , igual de jogar bola, ele era preto e marcava bem o seu coleguinha, Deus que me perdoe mais a minha sanidade não existe quando estou perto desse garoto, ele usava também uma regata branca , deixando à mostra seus braços que agora estavam cheio de tatuagens

—- até que foi rápido, só meia hora - levei um tapa na cabeça

—- cala boca , eu demorei dez minutos só - olhei para o relógio— vamos ?

— vamos - peguei a chave da moto e Tae os capacetes

—- gatinho você precisa arrumar aquela lata velha - resmunguei ao ver a moto na garagem — está meio feinha

—- feinha é essa sua cara - pisquei — porque será que ela está assim né senhor V? Talvez porque você quase me matou, e até agora não concertou ela

—- cala a boquinha gatinho porque você jogou meu celular na privada, era um iPhone onze, você sabe quanto custa ?

— não e nem quero - subi na moto

— está quase dez mil anjo, isso era o dinheiro que eu ia gastar arrumando essa lata velha que você chama de moto

—- já que está reclamando vai de apé babaca

— melhor não - sorri e subi na moto

— então cala boca - coloquei meu capacete bufando

—- não vou mais ofender a sua preciosa — coloquei o meu capacete também e abracei jeon por trás , senti o corpo dele estremecer — qual é ? Porque você é tão sensível aos meus toques ?

—- vamos brincar de quem falar antes perde? Só assim para você calar a boca

— nem assim gatinho - enfiei as minhas mãos dentro da camisa dele e comecei a acariciar seu abdômen— porque tão gostoso?

— merda - me contorci — isso me dá arepios para

— anda logo - Jungkook era tão sensível aos meus toques que eu ficava impressionado, então eu parei de provocar ele , e apenas o abracei , assim fomos até chegar na academia aonde treinávamos

[••••••]

— fala gu- um moço alto veio em nossa direção — quem é esse ?

— meu amigo - sorri - Tae esse é o hay, ele treina aqui também

—- eu treino bastante e bem pesado na esperança de um dia conseguir derrotar esse cara no tatame - falou ele — prazer

— eu me chamo kim taehyung, mais pode me chamar de V - estendi a minha mão a ele que deixou um mísero beijo ali

— V ? Ele questionou

— uhum, bom é um longo assunto - jeon disse

— então quer dizer que você luta ?

— olha V eu luto, mais quando eu estou com Jungkook só apanho - sorri

— porque ? Jungkook não é tão forte assim

—- não é questão de força mais de estratégia , com todo respeito mais você é bonito, faz tempo que treina aqui ??

— ele é meu ex namorado - disse jeon

— ah, não sabia que vocês já , bem que vocês já namoraram

—- sim - sorri — taehyung e eu namoramos por um período pequeno

— bom foi um prazer te conhecer - comprimentei ele pela última vez

— o prazer é todo meu - sorri

[••••••]

— seus amigos são bem simpáticos

— se enfia no cú deles então - coloquei minha luva de treinar

— qual é gatinho , está com ciúmes ?

— eu com ciúmes de você ? Jamais - ironizei antes de acertar um chute no saco de pancadas — isso seria a última coisa da qual eu faria na vida

—- Aham sei , então não se importaria se eu tirasse a minha camisa ?

— você oque ? - perguntei encarando ele

— está calor - sorri antes de tirar minha regada e colocar ela em um banco — vamos lutar - mordi meu lábio e fui pegar uma luva , fui até o lado de Jungkook que tinha outro saco de pancadas — está bravo ?

—- porque eu estaria bravo ? Pelo fato de você estar querendo se mostrar para a academia inteira ?

— gatinho eu não preciso me mostrar para ninguém- meti um soco , e logo após um chute

— idiota você tenque chutar com a perna mais cruzada

— entendi - fiz oque ele disse - assim ?

— está quase bom, mais ainda vai demorar para você chegar ao meu nível

— ah claro - ironizei, minha meta de vida é um dia se amar tanto quanto o Jungkook se ama

— porque não treina com camisa? Porque tenque treinar sem ? Está querendo atenção né ?

—- aí aí - revirei meus olhos — eu tirei porque estou com calor, está com ciúmes porque os outros gatinhos estão me olhando ?

— não estou com ciúmes merda que saco, problema é deles se eles estão te olhando

— isso que não está com ciúmes e nem bravo né - dei risada da cara dele

— está rindo do que ?

— da sua cara de bunda - parei de lutar e coloquei as minhas mãos na cintura , meu cabelo já estava molhado e meu corpo suando — muda essa cara gatinho eu só tenho olhos para você

— vai a merda eu não estou com ciúmes

—- ok então gatinho raivoso

— que merda pare de encher o meu saco

— vou vestir minha camisa já que você está puto porque os marombas extremamente gostosos estão me olhando

— não precisa , você não queria ficar sem camisa pois bem fique - tirei minhas luvas e joguei elas no chão

—- aonde você vai ?

— vou para bem longe de você - bufei

—- gatinho raivoso não seja assim

— vai a merda - falei antes de sair

[••••••]

É impressionante como esse garoto consegue me tirar do sério, ele me deixa maluco , me deixa fora de mim, subi as escadas aonde estavam os gatões que observavam taehyung treinando, me sentei lá,logo eu peguei uma garrafinha de água , joguei um pouco na minha cara

— Que bom te ver aqui - disse bogum — Taehyung sumiu da faculdade

— oque você tem haver com isso ?

— nada , uau está treinando ele ?

— porque não para de encher o meu saco ? E vai fazer alguma coisa tipo sla ir para a puta que te pariu talvez ?

—- uau como você é grosso - sorri — tudo isso é porque eu falei que o taetae está um gostosinho ?

—- tudo isso porque eu não tenho paciência para babacas como você

—- é uma pena um homem desses solteiro, quem dera ele ciscar no meu quintal , transemos uma vez só,e cara foi a melhor transa da minha vida, falando nisso já superou o chifre?

—- uau estou muito ofendido nossa - ironizei — para a sua informação babaca , você foi só uma isca para me atingir

— você se acha né Jungkook, taehyung transou comigo porque ele queria , e não para fazer ciúmes pra você

—- pergunta para ele então, ele vai amar te explicar essa história -pisquei e logo soltei um sorriso sínico

— pode deixar,eu vou tirar essa história a limpo - disse ele indo até o tatame treinar

— carne nova no pedaço - falou um dos homens que observavam taehyung treinando

— muito gostoso né , mais ouvi falar que ele namora - respondi o moço

— é sério ? Que pena , ele é um pedaço de mal caminho

— uma pena mesmo, ficar cobiçando oque é do próximo é pecado sabia ? Sem falar que se o namorado dele souber vai amar socar a cara de vocês

—- o namorado dele é bravo ???

— bom ninguém gosta que mexa’ com o seu homem né gatão,se eu fosse vocês eu ficava longe dele, por amor aos meus dentes e a minha vida — pisquei antes de sair

[•••••]

Taehyung estava treinando,o meu querido amigo não parava de secar ele , cheguei perto dos dois que estavam sorrindo

— estou atrapalhando algo ?

— oi gatinho - disse Tae me olhando, o sorriso que estava em seu rosto logo sumiu — não está não , só estamos conversando não houve nada , não aconteceu nada

— não precisa se explicar você não me deve satisfação- pisquei — quer lutar? Eu e você?

— jeon eu e você ? Bom não treinei hoje — disse hay

— não faz mal amiguinho , eu pegarei leve - sorri e peguei no ombro dele


Hay e eu fomos até o tatame eu tirei minha camisa, colocamos as nossas luvas , taehyung parou de treinar e veio nos ver lutar, se eu arrumei essa luta como desculpa para quebrar a cara dele ? Magina longe de mim essas coisas


— está pronto ? Perguntei

— eu sei que vou perder mais vamos lá - ele sorriu

Claus que era o juiz da luta, deu o sinal para darmos início, de início eu .me desviei de seus socos, em questão de alguns segundos eu acertei um soco na cara dele, pelo visto o bonitão tava olhando para o taehyung e perdeu o fogo, assim que eu acertei o soco de esquerda, ele me olhou, sem dó fui para cima dele dando outro soco , mais dessa vez foi de direita

— qual é jeon , pega leve - falou o mais novo

— se você não sabe brincar não desce para o play hay- sorri sarcástico

— você está levando isso para o lado pessoal

— eu ? Jamais , longe de mim isso, vai chorar agora bebê ? Quer uma mamadeira ?

— não - falou ele chateado — oque deu em você ??

— estamos aqui para lutar então cala a boca

O playboy ficou todo chateado, porém dessa vez ele parecia mais focado, eu acho que o mauricinho está louco para acertar um soco no meu rostinho lindo , acho que agora é ele quem está levando para o lado pessoal

Em primeiro lugar eu acertei um chute circular que era considerado dentre todas as artes marciais um dos mais potentes,ele consistia em um chute no qual a perna era jogada de forma curvada em direção ao adversário e era estendida usando todo o seu impacto, com o intuito de flagelar aquele a quem era direcionada

Se não fosse a qualidade do saco de pancadas que absorvia a potência dos golpes,o chute teria rasgado a perna dele, não que isso fosse ser algo ruim para mim rsrs

Hay veio para cima de mim mais eu o acertei um chute frontal,esse chute consistia em afastar ele de mim,manter a distância entre mim que era o executador do golpe e ele que era o adversário, o chute frontal estendia o pé ,deixava ele virado para cima rumo ao meu abdômen,o juiz bateu no tatame para que eu o soltasse

— qual é? Agora que eu estava se divertindo

— Jungkook isso aqui é um hobi, não estamos lutando para valer,então porque tá pegando tão pesado?

— filho se você não quer apanhar não lute meu Thay bonitão , não aguenta nem um soco

—- você tá todo estranho - ele franziu a sua testa

—- pelo amor de Deus , porque você treina então babaca se não suporta um soco - revirei os meus olhos

—- já chega — falou claus — amanhã vocês lutam

— que merda - joguei as minhas luvas no chão e sai bufando

— parabéns você foi bem - taehyung veio atrás de mim

— foda se, eu ia acabar com aquele mauricinho

— você não são amigos ?

— não tem amigo no tatame- comecei a mancar, e logo cai no chão com a mão no meu tornozelo

— oque foi ? Me abaixei — oque houve ?

— eu acho que sofri uma luxação no meu tornozelo por conta dos chutes fortes , eu não fiz exercícios antes de lutar

— idiota você sabe que não pode lutar antes de se exercitar - revirei os meus olhos — alguém ajuda aqui - gritei , o treinador de Jungkook logo veio até a mim

— oque houve ? Perguntou ele

— o babaca do seu aluno treinou sem se exercitar antes, e agora caiu no chão, acho que ele teve uma luxação no tornozelo

— ok vamos levá-lo para a enfermaria - meath me ajudou a levar Jungkook até a enfermaria, realmente era uma luxação, ele colocou uma tala, e precisa ficar de repouso, meath levou ele embora de carro , e eu fui dirigindo a moto dele

[•••••]

Agradeci o treinador de jeon, o moreno foi até o banheiro e tomou um banho gelado, eu apenas o ajudei a vestir a calça, a enfermeira disse que ele pode fazer tudo normal, ourem não pode pegar pesado e ficar se abaixando , precisa de repouso também , ele se vestiu e se deitou no sofá , eu me sentei no outro, levei a ele um pouco de pudim

— obrigado - falou o moreno comm seu pé esticado

— está doendo ??

—- é claro idiota - bufei

— não precisa ser grosso

— foi mal, é porque você fala cada coisa besta, você sabe que eu não tenho paciência para gente idiota

— hm- me levantei do sofá e fui até ele — levanta a cabeça

— porque ?

—- só levanta oxi - jeon fez oque eu pedi, me sentei no sofá e ele deitou sua cabeça em minha perna, comecei a fazer carinho em seus cabelos — você precisa relaxar

—- eu estou puto, não sei porque a pessoa treina se não aguenta um soco e uns chutinhos

— claro o chute seu é tão fraco que você até sofreu luxação no tornozelo, porque pegou pesado com ele ? Parecia que era um luta real , valendo uma vaga no MMA

— ué ? E não era uma luta real ?

— você entendeu gatinho - encarei os olhos dele

—- que merda para de me olhar assim

— assim como ?

— com um olhar de quem quer me comer vivo

— na verdade eu quero beijar essa linda boquinha - mordisquei minha boca

— não tente abusar de mim só porque eu estou machucado, minhas mãos estão boas e minha visão também, posso acertar um belo soco no seu nariz aliás posso quebrá-lo

— você com essa sua pele branca , e essa boca rosada, essa pitinha sexy, está me deixando louco

— estou é ? Mordi meus lábios e passei a língua em meu piercing

— sim - suspirei e aproximei os nossos rostos, meu nariz e o dele estavam se esbarrando

— qual é garoto você não desiste nunca não é mesmo ?

—- desistir não é meu forte — dei um selar na boca dele

— pois deveria - aproveitei o momento e mordi o lábio do demôniozinho , ele sorriu mordendo meu lábio

—- vai arrancar meu piercing?

— talvez - encarei ele— você me deixa louco gatinho- enfiei minha mão dentro da camisa dele

— AHWN - gemi — filho da puta não faz isso

—- isso oque ? Fui beija-ló mais como sempre ele virou o seu rosto

— nada de beijos - sorri ao receber uma mordida em meu queixo

— e selinho pode ?

— não sei porque não tenta ?

— vai que você me rejeita novamente?

— se você não tentar não irá saber

— te odeio - falei antes antes de puxar o cabelo dele

—- é recíproco - disse entre nossos lábios

— aí aí gatinho - dei um selar nele, ele sorriu e então eu não resisti , dei um mordida bem na parte em que ficava o seu pircing

—- lazarento quer arrancar o meu lábio ?essa já é sua segunda tentativa 

— talvez - mordi leve dessa vez — estou duro gatinho sente só - peguei a mão dele e coloquei no meu pau — tudo isso é culpa sua

—- não me fode vai, vêm cá - chamei ele,Tae aproximou mais ainda o seu rosto do meu, peguei em sua nuca e levei o seu belo pescoço exposto até o meu lábio rodado e macio

— oque vai fazer gatinho ?

— vou deixar a minha marca- sorri antes de começar a fazer chupões ali, as marcas deixavam vermelha a sua pele dele, mais amanhã certamente estará  roxa, deixei várias mordidas também , Tae começou a gemer e isso começou a me deixar louco, levei uma de minhas mãos dentro da sua camisa e comecei a arranhar suas costas

— filho de uma mãezinha — meu ponto fraco — supliquei, tentei beija-lo mais como sempre ele desviou — te odeio — sorri

— boa noite - me levantei do sofá e vi taehyung me fuzilar com o seu olhar — oque foi ?

— Caralho eu te odeio muito - bufei

—- não compramos as alianças amanhã é o nosso casamento

— gatinho não mude de assunto seu arrombado

— boa noite , amanhã vemos isso - fui até ele e deixei um beijo em sua bochecha — dorme bem

— me deixa dormir com você ?

— não - levei minha mão até meu pau — estou duro vai que eu não aguento

—- se você não vai me foder ao menos não me provoque

— ok , eu deixo mais só porque estou com dor , e caso precise de algo você pode pegar

— sou seu empregado agora ?

— é isso ou nada - sorri e fui mancando até meu quarto

— você é um corno sabia ? Gritei e jeon respondeu

— somos - falei retrucando ele

[•••••]

Eu fechei toda a casa, fui até o quarto do moreno e me deitei na cama, ele estava com seu pijama e eu com o meu

— aqui está - dei a ele um copo de água e um comprimido, esse era uns dos remédios que a enfermeira receitou

— valeu — coloquei o remédio na boca e virei um gole de água , dei a Tae o copo , e o mais novo colocou encima da cômoda

— dorme bem - me deitei na cama e apaguei a luz do abajur- jeon se levantou um pouco e deitou em meu peito, pegou minha mão e colocou encima do seu cabelo — você está me pedindo cafuné é isso mesmo ??

— cala boca e só faz - fechei os meus olhos

— oque você não me pede que eu não faço gatinho ?? - sorri , jeon Jungkook me pedindo carinho, uau é o cúmulo da carência — boa noite gatinho , gatinho ???

Olhei para ele e vi seus olhinhos fechados, ele dormiu, sorri e revirei os meus olhos ao mesmo tempo

— aí aí gatinho , não brinca comigo assim que eu sou fraco

— cala boca por favor - resmunguei — estou com sono

— desculpa - continue acariciando seus fios macios e cheirosos, deixei um selar em seu cabelo, fiquei por longos e longos muitos fazendo carinho nele até que acabei pegando no sono também



[ me perdoem  isso ficou gigante , mais enfim espero que tenham gostado, deixem seus comentários eu quero saber oque vocês tão achando ]



Notas Finais


ACC do tae no twitter

https://twitter.com/taeetae_hyung

ACC do JK no twitter

https://twitter.com/ddady_jungkook


• usem a #badboystk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...