História Bad brother, sweet daddy - Imagine BTS: Kim Namjoon - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Lu Han
Personagens Cl, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Bts, Incesto, Kim Namjoon, Namjoon, Namjoonie, Rap Monster, Threesome
Visualizações 1.118
Palavras 1.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


QUERIA MUITO AGRADECER AOS 100 FAVS ! Muito obrigada mesmo, eu tô muito feliz. Realmente tem um olho na minha lágrima.
É muito satisfatório ver que pessoas gostam do que escrevo.

Eu queria pedir pra darem uma olhadinha na minha fanfic nova. Ela é mais cute, mas vai ter muito mistério, romance, lutas, shipps legais e uma PANCADA de personagens.

Link da Fanfic:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/um-anjo-no-meu-quintal--imagine-bts-jeon-jungkook-12056164

Capítulo 14 - Favorite Girl


Fanfic / Fanfiction Bad brother, sweet daddy - Imagine BTS: Kim Namjoon - Capítulo 14 - Favorite Girl

Naquele mesmo dia

P.O.V Kim Namjoon

Eu passei a tarde da casa do Jin, jogando videogame com ele. Mas eu ainda estava com raiva, na verdade, ciúme do que a Min falou dele ontem. Ela chamou ele de gostoso !

Do nada, o Jin riu. Pausei o jogo e o encarei.

- O que foi ?

J: Melhora essa cara, ontem foi ótimo, e melhor, gozamos muito, sua irma é muito boa no que faz.

- Tem como parar de me lembrar de ontem ? E a propósito, apagou a foto ?

J: Que foto ?

- A foto da minha irmã pelada.-ele riu. Fiquei sem entender.

J: Você acreditou mesmo ? Cara, eu nunca tive aquela foto, eu falei aquilo só pra poder comer sua irmã.-ele deu de ombros. O encarei incrédulo.

- Que ?

J: Foi isso mesmo que ouviu, eu apaguei aquela conversa do meu celular antes de salvar a foto, a Jisoo estava do meu lado, eu vi bem rápido e apaguei. Fim.

- Você é um mala.

J: Eu salvei a sua pele, isso sim. A Jisoo está a dois dias falando em como foi bom perder a virgindade contigo e blá blá blá, ficou chato.-revirei os olhos.

- Problema dela, foi só pra .. Matar a vontade de transar, só isso. Não significou nada pra mim, ela nem foi tão boa assim e ..-o Jin encarava alguma coisa atrás de mim.- O que foi ? Viu um fantasma ?-me virei, era a Jisoo.- Fodeu.

Js: E-então .. É isso que significo pra você ?-ela deu um riso soprado, sem ânimo.- Você é um ridículo !-ela pegou a escultura do Mario do Jin e jogou em mim, doeu um pouco, mas deve ter machucado mais o Jin do que eu.

J: MEU MARIO ! PORRA, O QUE EU TENHO A VER COM ISSO ? CUZONA !

Js: CALA A BOCA JIN ! Você sabia disso e não me disse nada ! Vocês são dois babacas.-ela se virou pra ir embora, levantei e fui atrás dela. Quando a alcancei, peguei seu braço e a virei pra mim.

- O que veio fazer aqui ?-ela estava chorando. Me aproximei e limpei suas lágrimas.- Não chore, você já sabia como eu sou.

Js: E-eu sei .. Mas eu amo você.-ela disse olhando em meus olhos.- Por que não pode me amar também ?-as lágrimas não paravam de cair dos olhos dela.

- É que .. Eu amo outra garota .. Me desculpe.-suspirei.- Mas eu sou seu amigo, eu vou estar aqui se precisar de mim, e vamos combinar, eu não sou bom pra você.-sorri de lado.

Js: Quem é essa garota ? Diga como ela é, eu posso ser como ela, eu só quero ser sua namorada, por favor Nam, me de uma chance.-ela me abraçou. Retribuí seu abraço.

- Não faz assim, por favor.-deitei meu queixo em seu ombro e acariciei seu cabelo.- Eu não quero te magoar mais.

Js: Então .. Passa mais uma noite comigo. Se fizer isso, eu prometo que esqueço esse assunto.-me afastei dela.

- Não. Se eu fizer isso, vou te dar espectativas, não posso.-desta vez, ela me olhou com raiva e se desfez dos meus braços.

Js: Você .. Você vai se arrepender de ter me rejeitado !-ela deu as costas e saiu pisando forte, indo até seu carro.

- Aish .. É cada uma.-bati em minha testa e passei as mãos no meu cabelo.- Merda.

(...)

Voltei pra casa quando estava anoitecendo, entrei ouvindo alguém chorar. Será que é minha irmã ? Ela se machucou ?

- Min ?-fui em passos rápidos até o quarto dela, chegando lá, vi o Jungkook no colo dela, chorando igual um condenado.- O que está acontecendo aqui ? O que isso Kim Min-Cha ? Olha aqui, se ..

Mc: Cala a boca, Namjoon. Saí daqui, o Jungkook está mal e preciso cuidar dele.-ela estava fazendo carinho no cabelo dele. Ainda com um ciúme explosivo, me aproximei dos dois.

- O que aconteceu, Jeon ?-me sentei ao lado dela e encarei o rosto vermelho do garoto.

Jk: O-o Yoongi .. M-me traiu ..-revirei os olhos.

- E isso é novidade desde quando ? Aposto que foi com o Taehyung, não foi ?-minha irmã me deu um tapa.- Ai, o que ?

Mc: Não é hora disso.

Jk: Era tão óbvio assim ? Diga !-ele sentou e eu me senti mais aliviado, era uma distância boa entre ele e minha irmã.

- Era notável o jeito que eles de olhavam, é o mesmo jeito que eu olho pras garotas quando quero .. Você sabe.-dei de ombros.

Jk: O que eu faço, hyung ? Como posso esquecer ele ?-minha irmã levantou e saiu batendo os pés. Esperei ela dair e suspirei.

- Eu não sei .. Eu amo uma garota a muito tempo, e não importa o que eu faça, quantas meninas mais eu me relacione, ela é a única que eu quero de verdade.-dei um sorriso bobo me lembrando da minha irmã.- Mas é um amor impossível, meus pais nunca aceitariam, e eu sempre dou uma de idiota perto dela, pra .. Fingir que não sinto nada.

Jk: Então .. Eu nunca vou esquecer o Yoongi ?-coloquei uma mão no ombro dele.

- Claro que vai, você é jovem e um menino muito talentoso pra tudo, logo logo, você acha a pessoa certa, uma pessoa que você vai amar de verdade.-sorri, ele sorriu fraco.

Jk: Obrigada, hyung.

(...)

Jungkook tinha ido embora, agora eu e minha irmã estávamos na sala, vendo TV com nossos pais.

Fiquei um bom tempo pensando no que eu disse. Eu amo minha irmã ? Eu nunca pensei nisso mas, na hora, acabou saindo. Eu sei que sinto um ciúme enorme de todos que chegam perto dela, se falam dela ou se sei que estão pensando nela. Eu queria ela só pra mim, que só eu podesse ver, tocar, sentir, beijar.

Por que ela tem que ser minha irmã ? Como isso que sinto pode ter um futuro ? Eu queria muito poder ser normal com ela, seria bom.

 Namorar, sair em público e todas essas coisas clichês que comecei a desejar no mesmo instante que eu admiti que a amava a um garoto de 17 anos. Mas vai ter que ser sempre assim, um sentimento proibido, reprimido, escondido.

E eu não quero mais isso. Quero gritar pro mundo todo que sou um louco apaixonado por minha irmã mais nova, e um babaca que pra esconder isso, a fiz infeliz por muito tempo, e agora, pouco a pouco, estou a perdendo.

O que posso fazer ?

Eu só queria que isso não fosse tão complicado.





Notas Finais


PESSOAL, A PARTE DA FIC QUE TANTO ESPEREI FINALMENTE ESTÁ CHEGANDO EM !
Alguém chuta alguma coisa ?
Cap pequeno ? Sim, claro ou com certeza ?
Obrigado por ler 0/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...