História Bad Girl - Imagine Jay Park - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang, EXO, Got7, GRAY, Jay Park, LOCO
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Jay Park And You
Visualizações 55
Palavras 879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


1 meix depois voltei

Capítulo 18 - Voltar pro país natal...


Dias depois

Hoje na escola foi normal como todos os dias... Chato pra cacete também... Mas enfim, não tenho muito o que dizer...

Assim que eu cheguei em casa vi minha irmã com uma cara de bunda que eu só não ri porque ela me chamou bem séria 

- Oi Jane - ela estava sentada atrás da Kel mexendo no celular

Kel: S/n... Senta 

- O que foi?

Kel: Senta... - Joguei minha mochila no chão e me sentei na poltona - Eu estava arrumando seu quarto hoje

- Eu já te falei pra você não entrar no meu quarto!

Kel: Posso até ter sido injusta com você. Mas de qualquer maneira, peguei seu cesto de roupa-suja pra levar pra lavanderia e eu achei um edredom que não estava me cheirando bem o suficiente 

- Talvez foi o que eu tenha bebido leite em cima 

Kel: É eu sei bem que tipo de leite é esse... S/n, enquanto eu saio, você faz a festa no seu quarto né?

- Festa? Mas eu não f...

Kel: Sem gracinhas! S/n! Você não é mais virgem, que putaria é essa? - Ela disse aumentando a voz

- Você não fala nesse tom comigo!

Kel: Então é verdade? Olha a sua idade, porra - ela da um tapa na minha cabeça 

- Não é verdade! Você sente um cheiro estranho assim e fica tudo errado na sua mente!

Kel: Não mente pra mim! Eu perguntei pra Jane e ela confirmou tudo... Ela me disse que assim que saiu de casa, chegou um guri e que você tava com cara de quem iria aprontar!

- Você fez o que? Jane!

Kel: Então você confessa, né?

- Sim! Confesso e foi maravilhoso! Você deveria experimentar também!

Kel: Cala a boca, garota! Você não pode fazer esse tipo de coisa!

- Eu tenho idade suficiente pra não ficar sendo manipulada por você 

Kel: Você mora na minha casa!

- E daí? Já que é assim, eu vou embora! - Me levantei, peguei minha mochila e comecei a subir as escadas 

Kel: Sim, você vai embora, eu falei com a mamãe e você volta pro Brasil, amanhã a tarde...

- Quê? Eu não vou voltar pro Brasil...

Kel: Sim, você vai. E como eu te conheço bem o suficiente, você não vai fugir, sua janela está trancanda e você não vai pra escola... Eu quero que você me dê as suas chaves...

- O quê? Só por causa disso? Você é idiota ou o quê?

Kel: Talvez eu seja! Anda me dá 

- Não!

Kel: S/n!!

- Eu não vou dar! - ela vem até mim e pega minha mochila a força. Eu até fiquei combatendo com ela mas logo a mesma pega da minha mão e pega minha chave na bolsa.

Kel: Vá já arrumar sua mala. Se quiser, avise seus amiguinhos, você ainda tem seu celular... Qualquer gracinha eu tiro ele de você também!

- Argh!!! Eu odeio você!

Kel: Eu não tô perguntando!

Eu fui para o meu quarto e me joguei na cama. 

Eu não acredito! Mas que porra! Ela não deveria ter entrado no meu quarto! E aquela vagabunda da Jane...

Jane: S/n....

- Sai daqui, sua cobra!

Jane: Me desculpa mesmo... Eu fui...

- Você foi burra! Falsa o suficiente pra me trair como amiga assim...

Jane: Ela me conhece e sabe quando eu tô mentindo...

- Porque você não sabe disfarçar! Afina a voz sempre que vai mentir! 

Jane: Desculpa...

- Sai do meu quarto!!

Pode até ter sido culpa minha, eu deveria ter jogado esse coberto pela janela, assim eu falaria que era de um vizinho qualquer, mas não! Eu fico avoada demais, dá nisso! Mas a Jane também, não sabe mentir! Porra mano! Que raiva!

Logo ouço meu celular apitar, era o Jay dizendo "Oi, amor!!!!" Eu nem respondi por algumas horas, mas ele insistia muito e até me ligo, eu atendi naquela hora...

- Oi, S/n!

- Oi, Jay 

- O que foi?

- Nada...

- Vai fala! Você tá zangada comigo?

- Não...

- Brigou com sua irmã de novo...

- Dessa vez foi pior...

- Por quê? Espera, antes de responder eu quero te mostrar algo amanhã na escola...

- Eu não vou pra escola

- Talvez... Depois de amanhã 

- Também não...

- Por quê, cara?

- Jay, eu vou voltar pro Brasil...

- Quê? Por quê?

- A Kel, descobriu tudo e a Jane confirmou tudo pra ela...

- Sobre...

- Sim... Affs... Eu já tenho idade suficiente pra decidir minhas coisas, mas ela não coloca isso na cabeça...

- Poxa... Mas você não pode ir...

- Ela já falou com minha mãe 

- Foge da casa...

- Eu até seguiria seu conselho se até o teto não estivesse trancado... O sótão...

- Você não inventa! Sua casa é muito alta!

- Mas...

- S/n... Não! Isso pode haver consequências piores... Imagina você cair dali de cima

- Aff!

- Deixa a poeira abaixar... Quando tudo tiver melhor você volta pra cá...

- Eu não sei se eu vou ter essa opção... Minha mãe provavelmente vai me colocar num colégio-interno pra que eu só saia de lá assim que me formar...

- Ela é rígida assim?

- Uhum... Posso nem mais ser feliz!  - Ele solta um risinho - Jay!

- Opa, foi mal... Quando voce vai?

- Amanhã...

- Mas já?

- Sim...

A gente ficou conversando sobre mais um tempo até que a gente deu fim na call...


Notas Finais


Me desculpem os erros e espero que tenham gostado

Xau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...