1. Spirit Fanfics >
  2. Bad Girl - Imagine Jay Park >
  3. Desculpa da toalha

História Bad Girl - Imagine Jay Park - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


+18 amadinhxs

Capítulo 23 - Desculpa da toalha


Eu ainda estava lá com Jay mas fingi que eu esqueci e não dei muita atenção. Fiquei mexendo no celular, só pra ver as fofocas das gurias

Jay se levantou e subiu pro andar de cima. Naturalmente, eu já sabia o que ele ia fazer então, fiquei sentada no sofá, ainda visualizando as minhas redes sociais e conversando

Minutos se passaram e eu escuto Jaebeom me gritar

Subi e gritei de volta um "O que é?" Aí o mesmo responde:

Jay: Amor, esqueci minha toalha em cima da cama, tem como você buscar pra mim?

- Ok... Já trago

Fui lá ainda de olho no celular, peguei a toalha e voltei pra lá batendo na porta, ainda no celular...

Como eu estava distraída, com as mãos esticadas não percebi ele abrindo a porta e me puxando pra dentro do banheiro. Fazendo isso, Park abraça minha cintura deixando nossos corpos juntos

- Aah! Ai Jaebum! Tu tá todo molhado....

Jay: Amor, vamos uma rapidinha? - ele diz beijando meu pescoço

- A-ah... Agora?

Jay: Sim, agora...

- Mas...

Jay: Por favor... - Ele faz um bico fofo

- Hm... - Por que não? Pensei comigo mesma. Não consigo resistir aos encantos do Park... - Tá - Ele sorri também fazendo uma cara fofa mas ao mesmo tempo não. O que me deixou confusa

Ele me levou pra dentro do box me beijando e descendo o beijo pro meu pescoço, tira minha blusa, continua os beijos no ombro, clávicula, ao chegar nos meu seios ele tira meu sutiã e começa a chupar um e massagear o outro...

- A-ah... - Inclino a cabeça pro lado

Ele continua e pouco depois, sobe de novo pro meu rosto encostando nossas testas e examinando meu rosto enquanto sorri e eu dou um sorriso junto a ele

O mesmo pega no meu queixo e da início a outro beijo encostando minhas costas na parede onde estava os registros/torneiras do chuveiro, que por sinal, estava muito gelado e isso me fez arquear a parte do tronco pra frente...

(...)

Depois daquele "trelelê" todo, a gente ainda estava no box do banheiro, eu estava totalmente despida e as vezes dava uns arrepios ao sentir o pau do Jay roçando no colo da minha barriga.

Ele me vira de costas pra ele e me inclina pra baixo, segura meus braços pra trás e mete na minha bocetinha em uma intensidade tão alta que eu só vi a hora que eu gritei alto o bastante pra vizinhança inteira ouvir... Posso até estar exagerando? Não sei, mas foi alto e isso é fato

Ele vai fazendo movimentos de vai e vem no começo devagar, depois foi acelerando mais e colocando mais fundo. Enquanto ele fazia isso, as vezes segurava meus braços com uma mão só e com a outra batia na minha bunda, apertava minha cintura e eu revirava os olhos por prazer e mordiscava minha boca.

E eu quando a coisa já tinha aumentado muito mesmo eu não consiguia evitar meus gemidos e nem ao menos recuperar o fôlego a tempo de ele chegar colocar tudo de volta...

- Own, Jaebeom!!... - Mordi o lábio os maltrando

Meu cabelo estava todo no meu rosto, alguns colados pelo calor que eu estava sentindo naquele momento e os outros só não ficava atrás quando eu os jogava pra trás, a final, eu também não conseguia olhar apenas para frente. Eu abaixava a cabeça pra pegar fôlego e meu cabelo voltava pro meu rosto e quando erguia meu rosto de volta, ele pesava e eu abaixava mais uma vez.

Tirando isso, estava ocorrendo tudo normal. Jay continuava me estocando e nesse meio tempo, ele descia o rosto até minhas costas e dava curtos selares... E as vezes dava outros tapas na minha raba também... E apertava minha cintura de um jeito que me fazia dar "delay" que minha cintura meio que caía, não sei como explicar porque era esquisito...

Meu corpo ia e voltava, quase nos mesmos movimentos do Park. Meu braço já estava adormecendo por ficar daquele jeito e era mais um motivo pra eu gemer pra caralho...

E logo eu acabei gozando ali e Park fez o mesmo pouco depois...

Ele se encostou no canto da parede e eu me encostei nele deixando-o me segurar...

E ele cansou? Sim! E 1 minuto depois continuava cansado? Não! Ele me pediu pra me abaixar de novo... Haja coluna pra mim... Mas dessa vez foi uma rapidinha mesmo, dessa vez ele meteu na minha entrada traseira e novamente, segurando meus braços, apertando minha cintura, batendo na minha bunda tão forte que chegava a arder. 

Uma hora ele soltou minhas mãos e eu quase caí. Não estava prepara para aquilo. Mas ele segurou minha cintura forte me impedindo de ir a frente. Continuou indo rápido e indo mais fundo. 

Passando um tempo em que ele já estava entrando em estado de extâse ele parou e me mandou ficar de joelhos

Pensei comigo "Tá... Boquete, beleza", porém, não... Eu me ajoelhei e me sentei em cima da minha panturrilha, abri a boca e ele começou a se masturbar rápido e eu lá, olhando. E quando ele finalmente gozou, me sujou toda, cabelo, rosto e os meus seios principalmente...

Eu me olhei e olhei pra ele em seguida. E o mesmo começa a rir da minha cara que pra ele "estava engrançada". Revivei os olhos e ri junto 

Depois disso, a gente tomou banho. Mas dessa vez não rolou nada além de beijos e carícias. Me lqvei toda, inclusive meu cabelo e o Jay também.

Depois que saí eu coloquei um pijama confortável e me deitei exausta na cama. Eu estava toda dolorida e sentindo como se minha cintura estivesse fora do lugar. Na verdade, sentia como se meu corpo estivesse fora de ordem. Totalmente...

Depois de um tempinho, apaguei. Não vi mais nada, nem escutei, aoenas estava na minha cabeça "Quem me acordar vai levar um soco na fuça" e em questão de alguns minutos senti como se alguém estivessem me feito de urso. Mas não hesitei em continuar dormindo. Segui a vida tranquila com meus amigos olhos fechados


Notas Finais


Demorei mas voltei

Tá aí

Amanhã eu vou postar outro capitúlo. Espero que tenham gostado

Sorry

2bjus e bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...