1. Spirit Fanfics >
  2. BAD GUY - Min Yoongi (18) >
  3. Capítulo XXIV

História BAD GUY - Min Yoongi (18) - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


então, podem surtar rs

Capítulo 25 - Capítulo XXIV


Não é engraçado como apenas uma simples frase pode fazer você perceber que a sua vida não é sua?

Eu fiz tudo para ser a filha perfeita, eu machuquei pessoas ao meu redor e as fiz passar por dificuldades por querer ser a filha dos sonhos de uma mulher que nem minha mãe é. Chega até ser irônico, e um pouco triste.

Acreditei durante toda a minha vida que eu deveria ficar em casa estudando para ter um futuro brilhante, enquanto todos da minha idade se divertiam.

Descobri o por quê de SeokJin me obrigar a mudar minha aparência. Eu pareço com ela... Pareço com a mulher que me deu a luz.

Tae me disse que cada detalhe meu é igual ao dela. Desde os cabelos loiros, o tom de pele um pouco mais escuro do que o padrão, os pontinhos escuros na minha pele E os meus olhos...

Eu sempre achei que foi por causa do trauma do acidente que me fez ter heterocromia... Mas não, são olhos iguais aos dela.

Um olho azul e o outro em um tom de verde acinzentado. Pelo o que eu ouvia, achei que meu pai os achavam repugnantes, até eu descobrir por taehyung, que foi os olhos dela que fez meu pai se apaixonar.

Por quê papai? - era o que eu desejava perguntar. Por que ele sempre me fez odiar cada pedacinho do meu ser? Por que ele me obrigava a sentir a tinta de cabelo escura queimando o meu coro cabeludo? Porque?  Droga, por que? São tantas perguntas e eu preciso de respostas.

Eu realmente agradeço ao Tae por ter me dito, ou então eu morreria sem saber disso.

Tae me protegeu durante todo esse tempo, então não é justo que eu fique brava com ele.

Nós alugamos algumas bicicletas e saimos dali.

Não lembro a última vez que sai com meu irmão para fazer algo do tipo, sabe? Se divertir.

Taehyung me levou para uma praça alí perto, pois segundo ele, eu preciso tomar um pouco de ar fresco.

Nos sentamos em um banco embaixo de uma árvore e ele sorriu, saindo e indo comprar sorvete para nós.

-eu realmente queria tomar sorvete em um lugar assim, sabe? - ditei sorrindo e meu irmão me olhou sério.

-voce... Você nunca fez nada disso, não é?  Eu sempre via o quanto você prendia o fôlego para tentar ser perfeita e agradar a ouur. Era frustrante, sabe? Eu pouco me importava comigo, por que Jin e ouur sempre foram focados em você. - ele disse e me abraçou de lado.

- a vida é uma merda taehyung. Eu sou sua irmã mais velha, eu deveria proteger você, mas olha, durante todo esse tempo foi você que me protegeu. Por que a gente nunca fez nada disso? Por que nunca eu nunca coisas legais até agora?

- por que você estudou Jinna. - Tae ditou simplista.

- yoongi me pediu várias vezes para viemos aqui, mas eu sempre negava e ia estudar. Eu deveria ter vindo e me divertido quando tive a chance.

- você pode começar a vir agora jinna

- não é tão simples assim, mas obrigada. - eu disse e ele me olhou confuso, mas sorriu em seguida. - Eu também peço desculpas, Tae. Durante Todos esses anos eu te tratei mal e diz coisas que te magoaram.

- você não costuma se desculpar anjo.

- eu era muito má, mas não é tão difícil quanto eu imaginei, então me desculpa Kim.

-nao peça mais desculpas, nós dois apenas nascemos na família errada - ele disse e eu sorri, sentindo meus olhos marejar. Eu o abracei, sentindo o gesto ser retribuído.

-taehyung, eu estou realmente grata por hoje. Graças a você, por algumas horas eu me senti como uma adolescente.

-ji, para onde você vai? Não vai para o dormitório?

-vou passar em um lugar antes, vá na frente - eu ditei e ele acentiu

Meu irmão me abraçou novamente e sussurrou que me amava, palavras que eu disse de volta.

- eu estou indo. Obrigada por me falar a verdade. Mas agora eu preciso de tempo para substituir tudo o que eu dei.

E eu, deixada a ilusão de algo ainda daria certo em minha vida, saí de lá sem rumo,mas pronta para acabar com tudo.

Jinna OFF

Yoongi ON

Tae estava demorando mesmo, eu liguei algumas vezes mais cedo, mas o garoto não atendeu.

Então eu saí do quarto de hospital que estava cheio de adolescentes, mas no momento em que eu abri a porta, um envelope caiu, então eu me abaixei para o pegar e imediatamente reconheci a letra impecável de jinna.

"Para min yoongi"

Eu abri o envelope e obviamente encontrei uma carta.

Me levantei e me encostei na porta para ler o conteúdo.

Droga jinna

Naquele momento, levado a angústia, meu coração se apertou e minha respiração pareceu inalcançável.

-pessoal... Pessoal! - exclamei vendo todos me olharem assustados - Kim oh Jinna está estranha. - ditei andando rapidamente na direção deles.

Coloquei o papel na mesa e os garotos o leram

-ela... Não é possível,certo? - Kim Namjoon me perguntou preocupado.

-Acredite, vindo de jinna qualquer coisa é possível. - Akya disse.

Eu ja retrucar a fala estúpida da garota, mas meu celular tocou,e no ecrã estava anunciado o nome de Taehyung

- Sua irmã está estranha, se não acharmos ela logo, eu acho que algo muito ruim pode acontecer - ditei e ele respirou fundo

-Yoongi, do que você tá falando, doido? Minha irmã estava comigo até agora.

- Tae, Kim oh Jinna, deixou uma carta de suicídio, agora me diz aonde você está. - eu pedi e ele me questionou assustado, logo dizendo que estava em uma avenida, próxima a ponte do rio Han.

Eu desliguei o celular ouvindo ele dizer que iria ligar para o Kim SeokJin.

MIN YOONGI OFF

autora on

Jinna mandou mensagem para seu pai:

-Sinto muito por sempre ter sido uma péssima filha. Embora não tenha sido das minhas próprias habilidades, fico feliz que eu tenha permanecido como uma filha do primeiro lugar. Eu apenas queria realizar o desejo seu, e o daquela que o senhor colocou na nossa casa e me obrigou a chamar de mamãe.

.

.

Yoongi segurava aquela carta em suas mãos como se fosse o objeto mais precioso de sua vida.

Os garotos se separaram e foram em busca de jinna, preocupados e fingindo como se no dia anterior, alguns deles haviam desejado que a pobre garota morrece

"Me desculpe Yoon. Quando nos conhecemos eu não era eu. Achei que se eu negasse tudo o que acontecia a minha volta, todos os abusos e negligências, e estudasse como uma louca eu seria feliz de verdade. Acreditava que mesmo que hoje eu estivesse extremamente infeliz, eu acreditava que no futuro seria feliz"

Jinna se perguntava aonde tudo tinha dado errado. Ela caminhava em passos lentos a caminho de sua morte.

"Mas... yoongi, por que eu ficava cada vez mais infeliz? Por que ficava cada vez mais difícil respirar? Eu desejo que tudo volte ao normal imediatamente. Por que eu me tornei um monstro?"

Talvez esse seja o destino de Jinna. Talvez a caminhada sem sentido em busca de um final feliz tenha que chegar ao fim. Até por que, qualquer outra pessoa ama mais jinna do que ela mesma, e isso é triste.

"Queria nunca ter mentido para ninguém, e se eu pudesse voltar no tempo eu te deixaria em paz. Eu não vou mais mentir para você yoongi... Até por que eu ja fiz isso antes"

Jinna odiava tanto a si mesma que não tinha mais chance para continuar aguentando. Sua vida foi uma mentira, e agora depois de saber a verdade, jinna se sentiu pronta para dar um fim nisso tudo

Não é como se yoongi não soubesse pelo o que ela estava passando, mas naquele momento ele apenas a repuguinou tanto...

"Yoongi, não seja como eu... Não acredite nas mentiras dos adultos sobre sacrificar sua felicidade para ser feliz no futuro. Não se esqueça da verdade que temos que ser feliz hoje para sermos felizes amanhã."

Jinna se aproximava cada vez mais da ponte . Ela passou pela barra de segurança e continuou ali, se segurando e tomando coragem para pular.

"Sinto muito. Para você e Akya. Para meu irmão tae e meus amigos. Eu realmente espero que vocês me perdoem. Eu estou em paz por que te conheci, estou em paz por que amei você e estou em paz por que mesmo durante pouco tempo, nós fomos felizes juntos. Eu te amo, e vou continuar te amando até depois do meu último suspiro.

De sua eterna Jinna"

Autora off

Pov Jinna on

Todo esse dinheiro não pode comprar uma máquina do tempo. Eu deveria ter o dito o quanto ele significava para mim, e agora eu pago o preço.

Meu corpo está tremendo, minha cabeça está doendo. Parece que estou desmoronando. Eu realmente não consigo resolver essa bagunça que estou fazendo.

Por que eu me sinto assim? Por que estou me sentindo uma merda? Por que estou em pedaços? Por que estou prestes a pular de uma ponte?

Eu estou sentada na barra de segurança. A adrenalina corre nas minhas veias e é agora ou nunca.

-Kim Oh Jinna - e a voz irreconhecível me fez virar para traz e o ver alí. - não se mexa.

Ele estava sozinho

- yoongi, Eu sei que a vida não é fácil, mas eu não achei que seria tudo tão difícil assim. Chega até a ser irônico tudo o que eu fiz para ter um final feliz e acabar aqui. - ditei soltando uma risada no meio das lágrimas.

- Jinna, saia daí. Eu sei onde você esteve, onde você está e aonde você vai. E eu sei que você é a razão de eu continuar acreditando na minha vida. - o garoto ditou se aproximando de mim, nas eu fiz sinal para ele parar

- yoongi, como eu sou a razão de você acreditar em sua vida se ontem a noite você me mandou a morte?

- Jinna, ontem eu esqueci meu celular no hospital, eu o peguei hoje de manhã com a Akya - ele disse e então eu dei risada de tamanha falsidade daquela garota. - anjo, fala comigo. Me desculpa por te chamar de nomes horríveis, me desculpa por isso. Eu deveria ter te ouvido. - e disse e eu percebi que ele estava chorando.

- nós não temos a menor chance, amor.- ditei simples, nas por dentro eu estava morrendo.

Meu ar escapava pelos meus pulmões, eu não conseguia enxergar mais nada por causa das lágrimas.

-Jinna, agora eu realmente sei do que eu tenho medo. Eu tenho medo de perder você. Eu nunca tive um lugar para chamar de meu, eu nunca tive um lar. Mas quando você apareceu eu senti que estava de volta a vida. - ele disse e se aproximou mais de mim.

-Eu não quero mais te prejudicar, não quero fazer mais ninguém passar por dificuldades, mas eu sinto falta de estar em seus braços. -eu disse e ele sorriu para mim

-anjo, nós podemos ficar juntos. Me diga o que eu tenho que fazer e eu faço, eu faço qualquer coisapor você. - ele disse esperançoso e eu neguei

-Yoongi, você é bom por inteiro. Eu amo você por inteiro. Eu tinha medo, mas agora eu posso te dizer que você é a melhor coisa que aconteceu na minha vida, e que por culpa minha isso aconteceu. Eu sei que disse que te amava, e em seguida ferrei com tudo. Eu menti pra você, dormi com você e eu não sei mais como arrumar tudo isso.

-  você é o amor que eu quero na minha vida, e isso já basta. Você me cativou desde a primeira vez que nos vimos, você é maravilhosa e apaixonante. Mas eu nunca disse isso por que eu sou um idiota. Nós podemos concertar tudo isso juntos. Eu amo você garota.

- eu amo você.

E então ao tentar sair dali, eu escorreguei e perdi o chão, ficando pendurada por uma barra de ferro

-Jinna! Droga, me dê sua mão. - o garoto ditou, passando pela parra de segurança e entregando sua mão para eu puxar. Eu segurei e ele me puxou, me fazendo ficar segura e ele cair da ponte


Notas Finais


Eu chorei escrevendo isso aqui cara
Sinto muito por fazer vocês terem que presenciar minha crise existencial kkj

Vocês gostaram? Eu tô com medo
Então....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...