1. Spirit Fanfics >
  2. Bad Guys >
  3. Providências

História Bad Guys - Capítulo 1


Escrita por: keiko_inuzuka

Capítulo 1 - Providências


Na vasta cidade do Japão, dentro no alojamento da escola para super heróis, havia dois jovens, ambos bons amigos e que sonhavam em serem os melhores heróis.

Um deles era extremamente explosivo, ele sonhava em ser o número um, não ligava muito para as opiniões dos outros e era bastante orgulhoso.

O outro era extremamente companheiro e carinhoso, ele queria ser igual ao seu herói favorito, ele sempre quer proteger as pessoas que ama e faz isso mesmo que sua vida esteja em jogo.

Ambos de personalidades diferentes, porém se complementam como café e leite, os dois vivam grudados na metade do dia.

Os amigos, Katsuki Bakugou e Eijiro Kirishima, sempre tiveram uma relação duvidosa para os seus outros colegas, eles negavam sempre qualquer sentimento que um mantinha ao outros. Katsuki era o que mais negava, ele dizia que o ruivo apenas o seguia e demonstrava um certo sentimento de aconchego sem ele sua permissão. Já Eijiro dizia que eles tinham uma relação máscula de amizade, ele sempre enxergava o loiro como uma pessoa mau compreendida, por isso o ajudava e demonstrava amor de amigo para o próximo.

Um certo dia, numa belíssima tarde, os amigos estavam jogando um video-game no quarto do loiro, era uma tarde quente então os outros colegas foram para a piscina da escola se refrescar. Só havia os dois no alojamento naquele tarde, pra eles era apenas mais uma tarde  normal na qual Bakugou ganharia do ruivo e ordenaria para ele fazer algo para lhe satisfazer.

O ruivo ficava sempre triste quando perdia a partida, uma vez Bakugou o obrigou a comer dois pratos cheios de pimenta malagueta, ele não suportava o fato de sempre se dar mau nesses desafios lhe ordenados.

Mais naquela tarde, naquela belíssima tarde, tudo poderia mudar.

— Desista seu idiota eu irei ganhar, como sempre! - diz o loiro se vangloriando

— Não enche Katsuki! - disse o ruivo tentando reverter o placar do jogo - Deixa eu me concertar!

Ambos estavam já sientes do que iria acontecer, Kirishima já estava imaginando qual seria a ordem que o loiro lhe faria, ele mexia os botões no controle do video-game freneticamente na intenção de ganhar.

Ambos já sabendo de seus destinos.

— Desiste cabelo de merda anda log.. - disse do loiro observando o placar, naquele momento seu semblante que antes era de puro vanglorismo agora estava confuso

Vencendor, o ruivo havia vencido o jogo pela primeira vez, ele pulou de alegria fazendo seus gritos de vitória se espalharem pelo alojamentos, ainda bem que eles estavam sozinhos. O loiro já decepcionado pois saberia que seu amigo lhe ordenaria algo terrível e que ele não ficaria nem um pouco feliz em fazer.

— Tá legal seu babaca, o que eu devo fazer? - perguntou o loiro se jogando na cama bufando

— Bem... deixe-me ver - diz coçando a cabeça confuso

O ruivo não teve nenhuma ideia terrível para se vingar de seu amigo, ele apenas ficou ali parado tentando pensar em algo enquanto olhava o loiro deitado na cama com uma camisa de malha fina cobrindo seu enorme peitoral sarado, Kirishima havia esquecido o quão músculo o loiro era. Seus pensamentos ficaram meio turvos e nublados, não conseguia pensar em nada, apenas se aproximou levemente de seu amigo.

— Tira a bermuda... - sussura o ruivo, que se sentou a frente de seu amigo

— O que disse cabelo de merda? - diz o loiro confuso pois não havia conseguido ouvir as palavras de seu amigo, se levanta e senta na beira da cama para escuta-ló melhor

— Eu mandei você tirar a bermuda - ordenou

— Que merda você está falando? - rosnou o loiro com raiva da ordem de seu amigo - Eu não vou fazer isso!

— Não estou mandando, estou ordenando - disse o ruivo encarando os olhos vermelhos do loiro de forma séria, mostrando o quão séria aquela ordem era

— Mas... - o loiro já sem argumentos segura o cinto da bermuda pronto para tirar-lá

Bakugou já estava sem entender o porquê do ruivo llhe ordenar isso, já com os dedos desabotoando a bermuda o loiro observou bem a expressão de seu amigo. Ele olhou atentamente os olhos vermelhos sangue do ruivo, sua boca semi aberta mostrando seus dentes pontiagudos era extremamente sexy naquela posição, ele havia se lembrado da vez em que quase encostou naquela boca.

— Pronto... e agora o que vai fazer? - diz o loiro já vermelho a situação embaraçosa

— Algo que eu sei que não será torturante para nós dois - disse o ruivo se apoiando entre as pernas do loiro

— Que droga você vai...

— Apenas fique quieto e aproveite - diz o ruivo abaixando a cueca cinza de seu amigo, fazendo o enorme membro do loiro saltar para fora

Bakugou não se lembrava quando havia ficado alterado, eles estavam apenas jogando não era pra ser algo que o fizesse ficar naquela situação, o loiro respirou pesado após sentir a língua de seu amigo passar pela sua glande, a cada movimento circular do ruivo só deixava seu membro mais duro. A visão de seu amigo ruivo ajoelhado na sua frente e chupando seu membro lhe dava muita excitação, os olhos vermelhos manhosos do ruivo que estava  olhando a reação de seu amigo após o ato de provocação.

O ruivo já não aguetando mais, e claro, querendo satisfazer seu amigo, colocou o imenso membro do loiro na sua boca, ele fazia movimentos devagar e sempre dando uma pausa para lamber a cabeça do membro do loiro. Kirishima sentia as pulsações e o pré gozo de seu amigo, aquilo era de verdade o que sempre sonhou. O loiro por sua vez estava ofegante e gemendo baixo na intenção de não chamar a atenção no caso de alguém já estar em casa, seus olhos reviravam a cada lambida que o ruivo dava no seu membro que pulsava de excitação na garganta de seu amigo.

Não demorou muito para o loiro chegar ao ápice e deixar seu líquido sair, o ruivo não tirou a boca do membro assim deixando o líquido cair dentro de sua garganta. Os dois estavam ofegantes e parcialmente corados com a situação, o loiro olhou fixamente o rosto de seu amigo com uma expressão confusa ainda, não entendi o porquê dele fazer isso, mesmo assim não admite para se mesmo que havia gostado muito do doce boquete do ruivo.

— Você... gostou? - pergunta o ruivo levantando e se sentando do lado do amigo

— Eu.... gostei - diz  seco o loiro

— Que bom! - o ruivo sorrir após à aprovação do amigo

— E agora o que fazemos? - diz o loiro guardando seu membro e vestindo a bermuda de volta

— Acho que eu vou tomar um banho talvez - disse o ruivo se levantando e tirando a camisa, ele estava exausto da partida e da recompensa feita no loiro

— No meu quarto não cabelo de merda! - rosna o loiro ainda recuperando o fôlego

— Calma ae bro, só vou tomar uma ducha rápida - argumenta o ruivo que em questão de segundos entra no banheiro do amigo para se banhar

O loiro se questiona um pouco em relação a seu amigo, ambos sempre eram próximos porém esse ato de hoje o deixou mexido, será que os sentimentos pelo amigo estão finalmente querendo sair?.

_______________________

Autora-chan; então gente, esse capítulo foi curto eu sei! apenas quero saber a opinião de vocês a respeito! se gostarem por favor digam/votem isso me anima para escrever mais.

Creio que essa fic vai ser bem curta, no máximo uns cinco capítulos longos ou médios.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...