História Bad Hope - Suga ( BTS ) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fanfic, Imagine, Min, Romace, Shoujo, Shounen, Yoongi
Visualizações 109
Palavras 1.182
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu espero que vocês sejam forte para as revelações de com a Suk era, e o que irá acontecer no final.
Boa leitura, anjos.

Capítulo 12 - Capítulo 11


"Me desculpe, eu prometi que nunca mais trataria ninguém mal. Mas eu quebrei minha promessa, desculpa Yoongi, eu sinto muito." – limpei as lágrima que teimavam cair em meu rosto. Olhei para o céu em busca das estrelas, mas Seul era tão bem iluminada, que o céu se tornará vazio, escuro e triste.

...

"Oh, olha por onde anda quatro olhos. Ou vai me dizer que nem usando esses óculos fundo de garrafa, não consegue me ver?" – debochei irritada empurrando o garoto que parecia ser novo no colégio.

"Cho-choe-choesonghamnida." - se curvou trêmulo.

"Kim Seokjin, você está bem?" - Min Yoongi se aproximou preocupado.

"Você é amigo dele Min?" - perguntei.

"Seokjin respire fundo, está tudo bem, tenho certeza que Suk não quis ser malvada." - me lançou um olhar reprovador. Ele tinha ficado triste pela minha atitude?

"Eu não queria causar problemas para ninguém, só quero ser um menino normal." - fungou passando as mãos pelo rosto. Aigoo! Eu fiz ele chorar?

"Você é normal, assim como eu sou, como a Haru é." - afagou as costas do amigo.

"Não sou, droga! Eu nem consigo olhar no rosto de alguém enquanto converso, quer dizer, nem ao menos consigo falar algo sem gaguejar." - chorou.

"Yoongi?" - o chamei.

"Suk agora não." - revirei os olhos e me aproximei do menino.

"Você não deveria chorar. Só os fracos choram."

"SUK!" - Min gritou me assustando.

"O que foi? Só estou falando a verdade."

"Você não pode ser assim com as pessoas. Principalmente se você não sabe o que elas passam. Está vendo esse menino? Você por acaso sabe algo sobre a vida dele, para estar o insultando dessa forma? E se eu chegasse na sua frente sem te conhecer e dissesse que você é uma menina ridícula porque usa o cabelo solto, enquanto a maioria das outras garotas usam o cabelo preso em chuquinhas e tranças, você iria gostar?"

"Aniyo." - neguei com lágrimas nos olhos. Min Yoongi me achava ridícula por usar o cabelo solto?

"Eu sei que não iria gostar, sabe por quê?"

"Aniyo."

"Porque você é linda como é. Porque você não precisa de trança ou chuquinhas para ser fofa. Porque você é incrível e muito mais inteligente que elas."

"Choesonghamnida, eu fui muito ruim para Seokjin." - limpei meus olhos marejados.

"Vocês podem me prometer uma coisa?" - pediu.

"Ye." - respondemos juntos.

"Vocês nunca mais vão deixar ninguém magoar vocês, e em momento algum da vida de vocês serão rudes, malvados, insensíveis ou julgarão alguém que não conhecem. Me prometem?"

"Ye." - respondi.

"De dedinho?"

"De dedinho." - Seokjin respondeu com a voz trêmula, e nos cruzamos nossos dedinhos.

"Kim Seokjin, certo?" - perguntei.

"Sim." - respondeu olhando para seus pés.

"Choesonghamnida." - me curvei.

...

Abri a porta de casa e tentei me acalmar, eu esperava que Seokjin já estivesse dormindo, mas assim que entrei no apartamento ele apareceu na minha frente. Abaixei a cabeça para que ele não notasse meu rosto choroso.

"SUK! Onde estava? Eu fiquei extremamente preocupado, você não atendeu minhas ligações, eu pensei que sei lá, na verdade, eu nem pensei, só fiquei com medo que algo ruim tivesse acontecido com você." - falou desesperado.

"E aconteceu." - o empurrei pedindo licença, mas ele agarrou meu braço com uma de suas mãos e a outra foi até meu queixo, levantando minha cabeça, ao ver o estado em que eu me encontrava ele apenas me puxou mais para perto de si e me abraçou.

"Eu vou cuidar de você, mas terá que me contar o que aconteceu." - afagou meus cabelos.

"Eu sou uma pessoa horrível Kim, quebrei a promessa que fizemos à Min Yoongi. E descobri que sou muito fraca, porque só chora quem é fraco."

"O que houve Suk?" - nos direcionou até o sofá.

"Eu deixei Hoseok me magoar. Fui rude, malvada e insensível com Suga, julguei-o sem saber tudo o que ele passa."

"Ele... te contou?" - assenti.

"Me sinto tão mal por ele, por isso, quero me redimir. Trazer cores à vida dele, quero me sentir feliz por faze-lo feliz." - Seokjin me olhou surpreso.

"Você quer fazer Suga feliz?"

"Sim."

"Você gosta dele?" - me perguntou.

"C-como assim?"

"Você entendeu..." - revirou os olhos.

"Aigoo, de onde você tira essas coisas?" - dei um peteleco em seu pescoço.

"Não fuja do assunto." - me encarou, fiz o aegyo mais fofo que consegui pedindo silenciosamente para não ter que responde-lo. - "Você quer fazer por ele o que Yoongi fez por nós?"

"E-eu não sei, só sinto que preciso fazer isso entende?"

"Ye. Quando eu descobri o que estava acontecendo com ele, me senti na obrigação de ajuda-lo, assim como um dia fui ajudado."

"Eu tenho medo Seokjin." - suspirei passando as mãos pelo meu cabelo.

"Medo do quê?"

"De me apaixonar. Ele me lembra o Yoongi fisicamente, por causa da cor da pele e do cabelo. E eu tenho medo de conhece-lo melhor, sinto que o verdadeiro Suga, o que está escondido, é alguém legal."

"Não estou entendendo." - fez uma careta confusa.

"Às vezes, quando estou perto dele, me sinto tímida, nervosa, meu coração acelera, minhas pernas ficam bambas e trêmulas. Isso não é normal, ou é?" - perguntei.

"Aish, eu realmente não sei, mas talvez isso é a resposta minha pergunta."

"Que pergunta?"

"Se você gosta do Suga." - acariciou meus cabelos sorrindo.

[...]

"Será que ele vai aceitar?" – perguntei nervosa à Seokjin.

"Suk, ficar nervosa não vai colaborar." - apertou minha mão, tentando me acalmar.

Encarei novamente a porta que separava-me dele, esperando que o moreno de pele clara saísse logo. Encostei minha cabeça no ombro de Seokjin e voltei a encarar as paredes brancas. Escutei o ranger da porta, suspirei pesadamente, torcendo para que fosse o menino que eu tanto desejava ver.

"Como foi?" - Kim perguntou, sorri abertamente e me levantei, era ele.

"Acho que me saí bem." - passou a mão pelos cabelos.

"Annyeong Suga." - me curvei.

"Annyeonghaseyo." - se curvou também.

"Eu preciso ir no banheiro, já volto." - o mais velho avisou, se levantando e caminhando para longe.

"Como você está?" - perguntei.

"Bem. E você?"

"Bem. Suga, posso te perguntar uma coisa?" - brinquei com meus dedos, sentindo meu coração ficar mais acelerado, minhas mãos estavam trêmulas e suadas.

"Ye."

"Você gostaria de sair passear comigo?" - perguntei sentindo minhas bochechas esquentarem.

"Claro que sim." - abaixou a cabeça e começou a brincar com seus dedos também.

Encarei meus pés, um silêncio constrangedor pairava sobre nós, eu não esperava que ele aceitasse, mas estou feliz por ele ter dito "claro que sim".

"Você... quer ir agora?" - levantei a cabeça e encolhi os ombros.

"Eu achei que você não iria aceitar, então eu..." - fui interrompida.

"Por que achou isso?"

"Não sei, eu só..." - balancei a cabeça não conseguindo terminar a frase.

"Onde quer ir?" - esticou seu braço e pegou em minha mão, entrelaçando nossos dedos, guiando-nos para fora do prédio.

Um sorriso bobo estava posto em meus lábios, o que você está fazendo comigo Suga?


Notas Finais


Tudo bem, eu estou super passando bem, minha estruturas estão em pé.

Mentira não estão não, eu to muito abalada, Monsta X não tinha o direito de abalar os muros do meu coração.

Você, se por acaso for monbebe,viu o comeback? Eu estou chorando e não é pouco, não tava preparada para ver Minhyuk (meu lindo bias) alpino outra vez, também não espera ver Jooheon alpino e muito menos ver I.M. de cabelo cor... avelã?(seja lá qual cor for aquela).

Só quero pedir pra que sejam fortes, porque eu não estou sendo, acho que só estou um pouco melhor do que o dia do comeback do BTS, que veio com You Never Walk Alone para me foder inteira.

Talvez eu ainda poste mais uma ou duas vezes essa semana, só para vir reclamar de como estou maravilhosamente fodida, porque também vai ter comeback da Blackpink dia 22 (ou 21 para nós).

Beijos meus anjos (querem que eu chame vocês assim?)

Espero que tenham gostado do capítulo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...