História Bad Hope - Suga ( BTS ) - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fanfic, Imagine, Min, Romace, Shoujo, Shounen, Yoongi
Visualizações 63
Palavras 1.165
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAAAAAAA

Só passando aqui rapidinho que eu postei uma fic jikook, na verdade acho que já avisei vocês disso, mas gostaria que você jikook shipper, pudesse ir lá dar uma olhadinha, vou ficar bem contente ^^

Boa leitura.

Capítulo 34 - Capítulo 33


Involuntariamente minhas pernas se moveram na direção dos presentes que recebi à algum tempo.

Já faziam dois meses que eles haviam ido embora e depois da ligação que tive com Suga, jamais recebi outra notícia de como as coisas estavam indo.

Por algum tempo eu fiquei dividida em acreditar que eles não deveriam ter ido e ficar com raiva disso e em simplesmente aceitar o que aconteceu.

Mesmo Yoongi me prometendo que não soltaria minha mão, ele também tinha avisado que iria ir embora.

Por isso, mesmo havendo motivos, eu não tinha direito de ficar com raiva, eles me explicaram e me falaram que iriam ir. Eu sabia que um dia isso iria acontecer, mas foi tão rápido.

Nesses dois meses que se passaram, eu não me atrevi em chegar perto das cartas, eu estava com medo de que isso me machucasse demais.

Mas hoje, finalmente me sinto com coragem o suficiente para abri-las e lê-las.

Peguei as sete cartas e as li calmamente tentando as compreender, atrás de cada uma havia um número, o que me deixou confusa, o que aquilo significava?

A carta numerada como primeira, era a de Jungkook.

"Você sabe disso tudo
Você é meu melhor amigo"

A carta numerada como segunda era a de Taehyung.

"As manhãs virão novamente
Porque nenhuma escuridão, nenhuma estação
Pode durar para sempre"

A carta numerada como terceira era a de Namjoon.

"As cerejeiras estão florescendo
O inverno está no fim"

A carta numerada como quarta era de Hoseok.

"Eu sinto sua falta
Eu sinto sua falta"

A carta numerada como quinta era a do Yoongi.

"Se eu esperar um pouco mais
Se eu continuar acordado por mais algumas noites
Eu vou te ver
Eu vou te buscar"

A carta numerada como sexta era a do Jimin.

"Passado o fim deste frio inverno
Até que a primavera venha de novo"

E por último, a carta numerada como sétima era a de Seokjin.

"Até que as flores floresçam de novo
Fique aí um pouco mais
Fique aí"

Franzi o cenho ainda confusa, porque elas estavam numeradas e pareciam com...

Arregalei os olhos surpresa e busquei pela caixa onde o caderno de composição de Suga estava.

Ao tê-lo em minhas mãos, vi que uma das páginas estavam marcadas, com um título acima escrito "Spring Day".

Li a letra da música e me senti estranha, eu não conseguia compreender muito bem os sentimentos que ela queria me passar, mas era notável que não foi uma composição apenas do Suga, os meninos participaram.

Ao virar a página, observei espaços vazios, sem escrita alguma, apenas uma contagem de um a sete.

Com os cartões em mãos, uma tesoura e uma cola e comecei a colocar cada um dos versos em seu devido lugar, até que todos estivessem aptos para serem considerados parte daquela canção.

A letra soava como uma promessa de retorno e só de pensar que talvez eu pudesse revê-los em breve, meu coração era aquecido.

Suspirei frustrada ao ouvir meu celular tocar, eu estava tendo um momento tão caloroso e amigável com as lembranças que me restaram.

"Annyeong?" - atendi com uma voz entediada.

"Suk-ssi, surgiu um novo projeto para a senhorita, tenho certeza que irá gostar, esteja aqui na empresa em uma hora." - meu chefe informou-me.

Desliguei me celular bufando, até no dia da minha folga ele sempre dava um jeito de me chamar para trabalhar.

Desde que a Kookmin University ofereceu oportunidades para seus alunos de estudarem fora ou de trabalharem como aprendiz em grandes empresas, eu acabei saindo da cafeteria em que trabalhava.

Minha ajumma preferida, a senhora Yang, entendeu perfeitamente meu lado, sabia que o mais correto era eu não perder essa grande oportunidade.

Desde o começo desse ano, houve muitos prós, mas os contras era o que me deixava muito cansada.

Ser aprendiz de uma grande empresa de moda, estava longe de ser fácil e divertido, confesso que eu amava a profissão que iria seguir, mas meus chefes eram barra pesada.

Por estar aprendendo com eles, muitas vezes, quando os mesmos faltavam, eu acabava sem saber o que fazer e acabava simplesmente sendo dispensada pelas pessoas que trabalhavam na gerência da empresa, acumulando horas não trabalhadas. Tanto que, mesmo em dias de folga, se eles me ligarem eu sou obrigada a comparecer na empresa, para poder pagar meus horários.

Coloquei uma calça e uma camisa de mangas compridas e me dirigi para a empresa.

Quem vai trabalhar em pleno sábado de manhã?

A empresa não era muito longe de onde eu morava, e como ainda me restava bons décimos de minutos para comparecer em meu trabalho, fui caminhando.

"Haruna!" - minha chefe me chamou feliz, assim que ultrapassei a porta da sala que ela dividia com meu outro chefe.

Eles dois eram CEO's da empresa, havia muito preconceito perante a posição que ela exercia, mas tenho certeza que se Taeon não trabalhasse aqui, Wonhyun não seria capaz de dar conta de tudo.

"Bom dia." - murmurei me curvando aos pares de olhos que me observavam.

"Vamos sente-se logo para resolvermos isso rapidamente." - meu chefe, Wonhyun falou contente apontando para os sofás.

"E então qual é o novo projeto?" - cruzei os braços e questionei-os.

Talvez aos olhos de outras pessoas, meu modo de agir e falar com meu chefes poderia soar bem mal educado, mas na verdade, nos acabamos nos tornando amigos, então apesar de agirmos como aprendiz e chefes, a gente se tratava informalmente.

"Você vai fazer sua primeira coleção." - Taeon contou.

"Vai ser para um grupo de trainees que vão debutar, por isso esperamos que você capriche." - Wonhyun completou.

Sorri animada, era minha primeira oportunidade para mostrar meus dons e talentos com minha futura profissão.

"Nós vamos deixar você começar a criar seus modelos e não iremos intervir em nada." - Wonhyun falou.

"Você terá algum tempo para se organizar, depois conhecerá os trainees para trabalhar melhor com eles e também verá o estilo de músicas que será abordado nos conceitos deles. Ou seja, não será apenas uma roupa para o debut deles, mas sim uma coleção para todo o tempo que promoverão sua primeira música e álbum." - Taeon esclareceu.

"Espero não decepcioná-los." - sorri me levantando e me curvando, pronta para ir para casa de volta.

"Segunda-feira, eu gostaria que você viesse mais cedo Suk, queremos lhe mostrar o último andar." - Taeon voltou a falar.

"O último andar? O que tem lá?" - me virei questionando-a curiosa.

"Nossas melhores coleções estão lá, creio que olhá-las e ver um pouco da história de criação delas, irá lhe dar um pouco mais de inspiração." - Taeon explicou.

"Tudo bem unnie, venho o mais cedo que conseguir, já que tenho aula, então..."

"Ficaremos à espera, se preferir pode vir logo que sair da universidade, aí vamos almoçar juntos." - ela falou animada e eu assenti.

Me despedi e voltei para casa, com o desejo de finalmente começar a ler todas as composições que Suga havia me deixado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...