1. Spirit Fanfics >
  2. Bad Kunoichi >
  3. Bad Kunoichi

História Bad Kunoichi - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente, sentiram saudades de mim né? Enfim não me matem, eu vou escrever essa e a outro, mas pretendo ficar nesta no momento.

É isso mores, amos vc ❤

Boa leitura 🌸

Capítulo 1 - Bad Kunoichi


Baixa a bola que a mãe te Sola avisei pra não vir aqui

Não amola que eu to pistola maluco não quero te ouvir

Falo tanto, que acho me adora

Sei que é foda de resistir

Quer zuar vai ganhar Kunai da bad bad kunoichi

Akatsuki Gang - Geek Musik



Rin on-

_Espero que seja algo urgente Rin. Não gosto de deixar Minato sozinho._ Reviro os olhos pela a força do hábito. 

_Relaxa tia pimentinha, o tio relâmpago não vai ver você vestida desse jeito._ Disse a Saky. 

_Temos uma missão, a gente vai precisar da "pimenta sanguinária" em ação._ Falo sendo direta, isso seria impossível sem ela. 

_Que tipo de missão?_ Perguntou Temari, ela vai odiar isso. Olhei para a Kurenai para que ela explicasse. 

_Então, tráfico de crianças e mulheres. Elas estão sendo vendidas, são usadas como... _ Kurenai é interrompida. 

_Prostitutas!_ completa Tentem. 

_Sádicos filha da puta!_ fala a Ino. 

_Bem, o plano vai ser esse... _


Rin off-


Sakura On-line


Rin deu as coordenadas, tenho que adimitir que o plano está perfeito. 

_Ótimo, meninas?_ Todas nós olhamos para a Tia Kushi, ruiva gostosa do caralho! 

_Vistam-se!_ Ela e Rin falaram juntas, em uníssono. 

Fomos nos vestir, e com certeza as nossas roupas eram sexuais. Bota de cano longo preta e uma roupa curta da mesma cor. Meu antigo eu não usaria essa porra nem fudendo. Eu tinha vergonha de mim, do meu corpo, do meu cabelo. Mas Rin me ajudou com minhas inseguranças. Ela me mostrou que meu corpo é perfeito. Ela foi comigo no salão de beleza para mim pintar o cabelo de rosa. Ela sempre está lá para mim, para a gente. Rin é a definição de perfeição. 


Quebra de tempo. 


Chegamos ao lugar desejado, porra! O nome é esse mesmo? Ta de putaria com minha cara?! 

_Puta que pariu! O nome é esse mesmo ou é brincadeira?_ Parece que não foi só eu que fiquei estranha com essa merda. Kushida suspira. 

_Sim Tenzinha, o nome dessa porra é "Red Girls"._ Blé! Repugnante. 

_As outras já chegaram galera._ fala Temari, que não estava nem um pouco animada. Isso é raro, ela é sempre a primeira a se animar nas missões. 

_Certo meninas. Não falhem nessa missão! Vamos tirar essas crianças e mulheres daqui, nem que tivermos que sentar no colo de satanás para isso!_ Dou um sorriso de lado. Tia pimenta sabe motivar as coisas. 

Saímos do carro e entramos no local, que é repugnante aos meus olhos. Havia algumas crianças chorando, aquilo me partiu o coração. Eu fui para o bar da direita. Assim que sento no banco, a garçonete que estava vestida de empregada pergunta o que eu vou querer. 

_W... Vodka._ eu não me sustentaria apenas bebendo wisky. 

A moça trás minha bebida, digo um "obrigada" a ela. Sinto olhares, não! Um olhar, repleto de luxúria sobre mim. Viro meu rosto e encaro o homem de olhos ônix ao meu lado. 

_O que deseja senhor serial killer?_ é inevitável não sorrir. 

_Serial Killer? Talvez eu possa me acostumar com esse apelido rosinha._ Ele dá um sorrisinho de lado. Rosinha? A vontade de rir é grande, mas me controlo. 

_Tenho um melhor. Sedutor serial killer molhador de calcinhas._ deixo uma risada escapar. 

_Molhador de calcinhas Rosinha?_ viro o copo na minha boca. 

_Nem vem. 80% das pessoas estão olhando para você. Olha para a ruivinha atrás de você._ Ele olha olha para trás e volta a olhar para mim. 

_O que tem ela?_ É sério que ela não viu aquilo? O que tem de beleza, tem de leseira. 

_Ela está se masturbando, por sua culpa._ Falo simples. Rápida e direta. 

_Não acho que seja só por mim rosinha, ela é bisexual. Talvez ela esteja imaginando um ménage com nós dois._ Como ele sabe que ela é bi? ELE JÁ COMEU ELA? Espera, por que eu to assim? Me levanto do banco rápida, mas ele me puxa para o corpo dele. 

_Me solta idiota!_ Ele me agarra com mais força, sem me machucar. 

_Ei, relaxa rosinha._ Ele fala calmo, e isso me deixa mais irritada. AAAAAH MALDITO! 


Sakura off-


Sasuke on-


_Essa porra é sério. Para o Kakashi chamar o Tio Minato e o Tio Asuma. Puta que pariu, a porra ta feia!_ falou Gaara depois que eles apareceram. 

_Vocês entenderam o plano?_ Kakashi pergunta novamente. 

_Eu entendir, já preparei a estratégia de matar o filho da puta. Mas por que podemos ter companhia, alguém sabe sobre a gente?_ Shikamaru se pronuncia pela a terceira vez no dia. 

_Quando chegar a hora vocês vão saber._ Kakashi fala sério, aí tem coisa. 

_Meninos? Chegou a hora. Coloquem as roupas._ Tio Minato nos fala sorrindo. 


Quebra de tempo


Assim que chegamos, antes de entrar Kakashi nos chama pelo o ponto pedindo para a gente se separar. Quando entro no local, me sinto um merda por está em um lugar como este. Avistei um bar. 

_Estou indo para o bar da direita, o que fica perto da entrada._ Aviso pelo o ponto e me sento em um banco de frente para a garçonete que estava vestida de maid. Ela parecia infeliz ali. 

_O que o senhor deseja mestre?_ Ela força um sorriso para mim. 

_Uma dose de wisky. E por favor, me chame de moço. Eu não sou seu mestre._ Falo calma, ela apenas assente. Ela traz um copo e garrafa, eu só pedi uma dose. 

_Por conta da casa._ Ela olha para mim e sorrir, de verdade. 

_Obrigada._ falo e ela sai.

Não sei quanto tempo fico ali bebendo, mas sei que não estou bêbado o bastante para sentir cheiro de flores de cerejeira em pleno verão. Olho para o lado e vejo uma mulher, que parece mais uma criança. Ela pediu pediu Vodka, me surpreendo com a sua escolha. Ela fala comigo, a sua voz é perfeita é doce. As coisas entre a gente ta esquentando. 

Estou apertando sua cintura e ela meus braços. Não me seguro mais, avanço em sua boca que está pintada de lip tint. Ela reage ao meu beijo e puta que me pariu! A boca dela é uma delícia. Nossas línguas se movia em perfeita sincronia, o gosto das bebidas se misturando com os nossos é a melhor sensação do mundo, com certeza aquilo era a oitava maravilha do mundo. Nos separamos quando faltou o ar em nosso pulmões. 

_Sasuke Uchiha. Eu me chamo Sasuke Uchiha._ ela encosta a testa na minha e me olha no fundo dos olhos. 

_Prazer Sasuke(sas), eu me chamo Sa..._ Somos interrompidos por uma garota morena, ela não me é estranha. 

_Porra Pink! Você namora depois filha da puta! Vamos logo cacete!_ Eu achava que falava muito palavrão. 

_Preciso ir. Até mais Sasuke-Kun._ Ela vai correndo até a morena. COMO ELA CONSEGUI CORRER COM AQUILO? 

Rodo meu em volta do local, que repugnante. Vejo Kakashi sentado a direita, e Shikamaru a esquerda seda nossa vítima. Talvez quase eu sentir pena do Ricardo Delaney, quase. Tio Minato vai até a mesa e senta ao lado de Shikamaru. Esse sádico filho da puta tá muito fodido. Sou tirado dos meus pensamentos quando uma mulher fala. 

_Boa noite rapazes, aconteceu um pequeno problema com as dançarinas hoje. Mas conseguimos substitutas. Podem vir garotas._ Assim que ela entram eu volto meu olhar para a mesa, Kakashi estava com o maxilar trincado. Olho para a dançarina que ele estava olhando, ele já mostrou fotos dela. Puta que pariu, é a porra da ex-namorada dele. 


Sasuke off-line


Rin on-


_Certo meninas, vamos nos separar, vai ser melhor para a missão._ falo quando passamos dos seguranças. Depois que elas dai em direções diferentes, dou uma olhada no local e vejo uma cabeleira platinada. Puta merda. 

_Puta que me pariu!_ Falo sem ligar com o segurança que passava. 

_Você o viu né?_ Olho para o lado e vejo Kushina me encarando. Uai, ela não tinha saído também?! 

_E tem como não ver? O cabelo dele é chamativo demais. Mais que o da Saky se duvidar._ voltei com a minha postura de sempre. 

_Okay, já vou indo._ fala meio duvidosa. 

_Tia pimenta?_ Chamo quando ela já está indo embora. 

_Rin?_ Ela olha para mim por cima do ombro. 

_Pode vim comigo?_ caminho para o seu lado. 

_Medo Rin?_ Ôh buceta! 

_A única coisa que eu sinto agora é medo, mas não é esse medo. É medo de elas se machucarem. Esse é meu único medo Kushina._ Falo como se fosse nada demais. 

_Okay senhora, para onde vamos?_ sorrio de lado. 

_Eu vou para o palco, e você para o poly dance._ ela arqueia a sobrancelha ruiva. 

_O que tem haver poly dance com essa missão Nohara?_ pergunta quando estávamos caminhando para o palco. 

_O poly vai ajudar na sua tortura Pimenta sanguínaria._ Parece que ela entendeu já deu um sorriso malicioso. 

Estávamos andando em direção ao palco para ajeitar algumas coisas até que um imundo egocêntrico toca na tia Kushina, se fodeu cara. 

_Que gostosa essa ruiva!_ tocou na bunda dela. 

_Não me toque novamente seu imprestável, eu não sou uma vadia como sua esposa, seu filho da puta!_ tia Kushina colocou o cara para mimir com um soco, força do caralho. 

Continuamos a nossa caminha para o palco, quando chegamos eu fui ajeitando o palco para a dança, e... é porra, Dança! Continuando, e depois fui ajeitar o local do poly mas a Tia Kushi. Colocamos o nosso plano em ação, espero que os garotos do Kakashi não atrapalhem. 


Quebra de tempo


_[...]Podem vir garotas._ Quando ouvir isso, pedi para Kurenai colocar a música. Olhei para Ino e o Garoto. 

_Prontos?_ perguntei olhando para os dois. 

_Nascir pronto._ o garoto falou sem receio algum. 

_Vamos botar pra quebrar nessa porra!_ Ino disse motivada, a loira amava chamar atenção. 

_Pode soltar Kurenai._ ele assentiu e eu comecei a cantar e dançar havana com ele e elas. 


Rin off-

Kakashi on-

Meu sangue está fervendo! Ver em cima daquele palco com aquelas garotas e a porra do Gaara, ta me deixando louco. Ela está extremamente sexy e gostosa, todas olhavam para a minha mulher. Pedi para o Neji e Sasuke atirar em todos eles não seria mal ideia. Levanto a cabeça quando vejo que a música parou, começo a escutar passoa de saltos no chão. Ergo minha cabeça rapidamente quando vejo tia Kushina no palco. 

_Puta que me pariu!_ exclamou Minato baixinho, mas ainda pode ouvir. 

_Boa noite rapazes, hoje vou fazer uma noite ser bem diferente para vocês._ ela deu um sorriao malicioso, não conseguir evitar e acabei sorrindo também. Ver a Pimenta Sanguínaria, Rainha da Tortura trabalhando é uma privilégio. 

_Por Favor Saky, escolha a minha presa da noite, você tem bom gosto pra macho gostoso._ Sakura brotou no palco e rodou o olhar pela a sala. Gaara apareceu ao meu lado. 

_O que foi aquilo Sabaku?_ sussurrei para que só ele ouvisse. 

_Quintando a divida com minha irmã Hatake, relaxa._ sussurrou de volta. 

_Essa vai ser sua presa tia Pimenta._ ouvir a voz da Sakura perto de mim, quando me viro ela está sentada na mesa com a mão estendida para Ricardo. 

_Mas que porra!_ Murmurei. 

_A sorte sempre sorrir para mim senhor Hatake!_ Minato deu uma gargalhada. 

_Você está mais fodido com ela do que com a gente Ricardo, Pimenta Sanguínaria não é apenas um apelido. Eu conheço minha esposa._ Ricardo arregalou os olhos. 

_Vamos._ Sakura disse sorrindo, o drama dessa garota é inexplicável. 

Levantei da mesa e fui ao banheiro, não me alimentei direito hoje, isso causou porra louca no meu estômago. Esse lugar não tem banheiro separado, então era homem e mulher juntos. Quando entro no banheiro me deparo com ela chorando. Entrei em silêncio para não assusta-la. 

_Ta tudo bem?_ Pergunto, fechando a porta. Ela me olhou pelo o reflexo do espelho. 

_Não, não estou bem._ sem pensar duas vezes eu me aproximei e puxei seu corpo para ao meu em um abraço. Ela me apertava enquanto afundava seu rosto no meu peito. 

_Crise?_ ela apenas assentiu

_Por que?_ 

_Por que o que Nohara?_ 

_Por que quando eu te vejo feliz sozinho isso acontece? Por que eu não te superei? Por que você foi tão idiota? Por que você não acreditou em mim? Por que eu sinto saudades de nós?_ ela chorava ainda mais. Abracei seu corpo colocando meu rosto na curvatoria do seu pescoço. 

_Respondendo suas perguntas. Primeiro, eu não sou feliz, não sem você por perto. Segundo, você acha mesmo que eu te superei. Terceiro, tinha uma cara sem blusa na nossa cama. Quarto, eu estava sem pensar, a única coisa que aparecia na minha mente era aquele cara. E Quinta, acho que serve para nós dois essa pergunta. Por que eu sinto saudades de nós Nohara?_ falei colocando tudo para fora. Ela riu contra meu ombro. 

_Se está tentando fazer eu para de chora, vou logo avisando que não está funcionando Kakashi._ ela gargalhou baixo. Como eu estava com saudades da risada dela. 

_Girl perfect._ falei me afastando para ver o rosto dela. Limpei suas lágrimas que ainda caíam. Ela me abraçou, e me beijou. Aaah, como eu tava com saudades da minha mulher. Peguei suas pernas, que laçou minha cintura. Nos separamos pela a falta do ar. Fiquei adimirando a sua beleza. 

_Boy Perfect._ ela colocou os braços em volta do meu pescoço, e aproximou nossos rostos. Eu sorrir malicioso quando vi que ela gemeu quando apertei suas nádegas. 





Continua... 



Notas Finais


Oi gente, gostaram? Só para avisar que vai ter hot's no próximo capítulo.

Rin= https://pin.it/1SzKjwQ https://pin.it/5oNSooV
Kushina= https://pin.it/7KqQrOM https://pin.it/3AzWicg
Sakura= https://pin.it/28Wr4TW
Kurenai= https://pin.it/ODahN2b https://pin.it/2Pi5qwJ
Hinata= https://pin.it/7xUGrjf https://pin.it/OGryjgc
Tentem= https://pin.it/3YTPhsE
Temari= https://pin.it/5vF7lFB
Ino= https://pin.it/3DAapQK

Próximo cap, vou mostrar a roupa dos meninos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...