História Bad Reputation - Capítulo 56


Postado
Categorias Dove Cameron, Gossip Girl, Magcon, Magic Mike, Sabrina Carpenter, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Channing Tatum, Daniel Skye, Hayes Grier, Jacob Sartorius, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Sammy Wilkinson, Taylor Caniff
Tags Cameron Dallas, Channing Tatum, Dove Cameron, Hayes Grier, Jacob Sartorius, Lucy Hale, Magcon, Magic Mike, Nash Grier, Sabrina Carpenter, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 121
Palavras 1.113
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi bebês.
desculpem a demora.
Não esqueçam de comentar e darem as suas opiniões.

Capítulo 56 - Hope and patience


Fanfic / Fanfiction Bad Reputation - Capítulo 56 - Hope and patience

Conheço seu interior, você se sente tão vazia

E é uma pílula difícil de engolir

Mas se eu me apaixonar por você

Nunca me recuperarei

Se eu me apaixonar por você

Nunca mais serei o mesmo

Love Somebody - Maroon Five

__________________________

Shawn estava nervoso e apreensivo na sala de espera, Karen rezava baixinho por Clara, e Aaliyah balançava sua perna e roía suas unhas de tanta ansiedade. Shawn falou com Barry naquela manhã assim que saiu do quarto de Clara na troca de turno dos seguranças. Barry havia dito que foi embora de carona com Cole e Betty. Também disse que ele e Veronica iriam ver Clara na próxima visita. Alexya e Lilly também estavam no hospital. Mas estavam na rua pegando um ar. Shawn é quem havia contado tudo a elas quando souberam do acidente. Lilly e Alexya ficaram mal assim como Shawn. 


— Sabe o que me dói mais? É saber que esse acidente foi proposital. – Lilly disse enquanto limpava suas lágrimas que escorriam. 

Alexya abraça Lilly . — Calma, ela vai ficar bem. Clara é forte. – Alexya não tinha certeza de suas palavras, pois ela sabia que a chance de alguém com traumatismo craniano  sobreviver é apenas uma em cem. 

— Eu não entendo! – Lilly bate suas mãos contra a própria cabeça. — Por quê alguém iria querer machucar Clara? 

— Isso a polícia está investigando. Tomara que encontrem o culpado por isso tudo. – Alexya fala cabisbaixa. 

— Vamos voltar lá pra dentro. Já estou um pouco melhor. – Lilly respira fundo e ela e Alexya voltam para a sala de espera. 

A sala de espera estava quase vazia. Um silêncio e uma tensão pairava sobre o ar. Lilly e Alexya se escoram na parede perto das cadeiras daquela sala. Shawn encarava o chão. Ele estava muito mal. Olheiras de tanto chorar, o corpo ainda estava dolorido por causa do acidente, e mais mal ainda no seu psicológico. Shawn sentia seu peito rasgado por dentro. Ele sabia que a chances de Clara sobreviverem eram pouquíssimas. 
Sempre se fazia um milhão de perguntas a si mesmo.

Quem fez isso ? 

Por que queriam machucar a Clara ? 

Quem com tamanha maldade cortaria os freios de um carro só para causar um acidente? 

O que aquele cara de terno, alemão, que aparentava ter uns quarenta anos quer ? 

Por que ele foi atrás de Shawn no hospital?

E por que o defendeu dos garotos que bateram em Shawn ? 

Os pensamentos de Shawn são interrompidos quando Bradley Cooper aparece acompanhado de dois homens de terno. Diretamente vem direção ao Shawn em passos largos. Com dificuldade, Shawn se levanta da cadeira por impulso, Karen e Aaliyah também. 
Alexya e Lilly se olham. 

— Bom dia. – Bradley fala ao chegar na frente de Shawn. 

— Bom dia senhor Cooper. – Shawn o cumprimenta com um aperto de mão. 

— Bom dia. – Aaliyah e Karen. 

— Shawn, eu preciso conversar com você. – Bradley faz sinal para que os seguranças circulem. 

—  Mas pode ser aqui ? Eu não consigo andar muito bem e daqui a pouco a enfermeira vai me trazer uma medição. – Shawn se senta de volta. 

—  Claro. – Bradley se senta na cadeira ao lado. — Eu tenho duas notícias boas. 

Karen sorri fraco. Shawn permanece sem reação. Aaliyah fica mais ansiosa ainda. Lilly e Alexya prestavam a atenção na conversa. 

— Eu consegui mandar para a cadeia os garotos que agrediram você na festa. – Bradley tira seus óculos.  

Shawn apenas prestava atenção. 

— Nossa, que ótimo. – Karen se alegra um pouco. 

— Eles prestaram depoimento e confessaram tudo. Mas disseram que não viram o rosto do homem que defendeu você. E a polícia já está espalhando a foto falado do retrato falado que você deu. – Bradley sorri fraco. 

— Muito obrigada. – Shawn e Karen falam ao mesmo tempo. 

— E se precisarem de mais alguma coisa é só entrar em contato. – Bradley entrega um cartão a Shawn.  Depois se levanta. 

— Espera, senhor Cooper. – Shawn se levanta. — Tenho que te perguntar algo. 

— Pergunte, garoto. – Bradley olha as horas no relógio. 

— Por que vocês não foram atrás da Clara ou da Maddie depois que elas foram embora ? – Shawn pergunta receoso. 

— Sabe, garoto. Maddie já sabe bem as coisas que faz. Ela queria e merecia saber a verdade. Então, a deixamos ir. E Clara saiu de casa por querer liberdade e não aceitava mais as regras da casa. – Bradley mente e Shawn acredita. — E depois do hospital, ela volta pra casa. – Bradley arqueia as sombrancelhas. 

— Mas você sabe que .... – Karen é interrompida. 

— Que ela está com vocês? Sei. Eu não bobo senhora Mendes. Minha filha é muito previsível.  

— Mas não sabia que agora sou namorado dela. – Shawn dá continuidade. 

Bradley o encara sério. Depois tira de seu terno umas chaves. — Deixei uma surpresa pra você no estacionamento dessa espelunca de hospital. Com licença. – Bradley sai andando. 

— Que homem bom, mas ruim. – Karen comenta. 

— Estúpido também. – Aaliyah remunga. 

— Um carro ? – Shawn arqueia as sombrancelhas ao olhar as chaves. — Já volto. 

— Espera filho. Você tem que....

— Eu já volto mãe. – Shawn sai andando. 

Shawn sai da sala de espera e ao dobrar o corredor se esconde atrás da parede ao ver Bradley e o Doctor Mark conversando. 

— Olha aqui, eu pago quanto você quiser. – Bradley fala cochichando e irritado. 

— Mas senhor Cooper, o estado de sua filha é grave. Não temos como transferi-la em coma. Ela pode morrer! – Exclamou o Dr. 

— Tudo bem. Tchau. Doutorzinho de merda. – Bradley sai andando em passos largos. 

O doutor faz uma cara de indignação e vai andando até a sala de espera. Shawn entra de volta na sala e logo o Dr Mark entra também. 

O Dr pega sua prancheta em mãos. — Clara Violet Mallory. 

Todos se aproximam. 

— E então doutor? – Shawn pergunta nervoso. 

— Bem, o estado dela é grave....

— Disso todos já sabemos. Fala algo novo. – Lilly fala apreensiva. 

— Calma Lilly! – Alexya a sacode. 

— Os remédios e medicamentos estão fazendo efeito. Mas Clara é quem não está reagindo.  

Todos arregalam os olhos. 

— E se ela sobreviver, com certeza não irá lembrar de muita coisa, e outras sequelas. Pois foram muitas áreas sensíveis afetadas na cabeça dela. – O Dr suspira longo. — Se ela não melhorar até em dois meses, se preparem para o luto. Pois se ela continuar assim não irá passar deste tempo. 

Todos naquela sala levam um choque com as palavras do doutor. Shawn, Lilly, Alexya e Aaliyah desabam em lágrimas. 

— É quase improvável que ela sobreviva. Eu sinto muito. – O Dr fala por fim e sai da sala de espera. 


Notas Finais


Dêem uma olhadinha na minha biblioteca. Tem fanfic's novas. ❤
Preciso de uma fã louca pela série Riverdale, para ser minha coautora em *New Girl In Riverdale.* — @gigibarcellos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...