História Bad Things - Capítulo 55


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Visualizações 609
Palavras 2.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - 55


Fanfic / Fanfiction Bad Things - Capítulo 55 - 55

 

POV'S LAUREN
 

Acordei no meio da noite sentindo o braço da Camila me abraçar firmemente, como se estivesse com medo de que eu fosse embora no meio da noite, com dificuldade sai dos braços dela e sai do quarto logo em seguida, andei a cozinha e comecei a encher o meu copo de água quando ouvi passos atrás de mim, me virei vendo que era Keana, então voltei a olhar para a frente
 

- Eu sei o que você era, sei o que você fazia... -ela começou a falar- Como é dar pra quase o mundo inteiro? -perguntou sarcástica

 

O copo ainda estava em minha mão que foi se fechando em volta dele com força

 

- Qual era o seu preço Lauren? -perguntou atrás de mim
 

Apertava o copo cada vez com mais força, as pontas dos meus dedos já estava brancas
 

- Eu não entendo o que faz alguém como a Camila ficar com uma prostituta -ela falou a última palavra calmamente 
 

Soltei o copo antes que ele se quebrasse e cortasse a minha mão, em seguida girei em meus calcanhares me virei pra ela que estava próxima a mim
 

- Eu acho que você não vale nem cinquenta dólares -falou debochada

- Para, por favor -pedi fechando os olhos e respirando fundo

 

Abri os olhos vendo ela me analisar de cima abaixo 

 

- Você com certeza não vale nem cinquenta dólares -ela riu

 

Apertei minha mão fortemente em punho tentando conter a raiva que crescia dentro de mim

 

- Se eu fosse a Michelle eu teria vergonha de ter uma irmã que era prostituta que dava pra qualquer um... -Keana voltou a falar e eu senti uma lágrima solitária escorrer por minha bochecha

 

Antes que ela pudesse continuar falando ergui a mão deixando um tapa forte no rosto dela, a mesma cambaleou alguns passos para trás, segundos depois ela virou na minha direção novamente e ao tirar a mão do lugar que eu tinha deixado o tapa notei que estava sangrando

 

- Qual o seu problema garota?! -Keana gritou

 

Coloquei a mão sobre a boca sem acreditar no que eu tinha acabado de fazer

 

- Você é louca?! -ela voltou a gritar

- Eu falei pra você parar, eu falei... -sussurrei 

 

Keana ficou me encarando fixamente com a mão no local que eu havia dado o tapa

 

- Você é uma bruta garota! -exclamou- A Michelle vai ficar sabendo disso! -me ameaçou

- Acho que minha irmã não vai ser mais sua amiga depois de descobrir as coisas que você me falou -ameacei de volta

- O que está acontecendo aqui? -ouvimos uma outra voz na cozinha 

 

Olhei vendo que era a minha irmã, logo atrás dela apareceu Camila que sonolenta andou até mim

 

- O que foi meu amor? -perguntou parando de frente pra mim

- Essa louca me bateu! -Keana voltou a esbravejar

- Ei, a minha irmã não é louca! -Michelle me defendeu

 

Sem me conter diante de toda aquela gritaria comecei a chorar

 

- O que aconteceu? -Camila perguntou calmamente

- Foi ela... -respirei fundo- Ela começou a falar do meu passado, começou a jogar na minha cara as coisas eu passei, eu falei pra ela parar mas ela não parou, eu não queria bater nela -sequei as lágrimas

 

Camila se virou pra Keana se pondo na minha frente

 

- Quem você pensa que é pra falar assim da Lauren? -perguntou irritada

- Camila... -Keana começou a falar

- Eu te contei o que a minha irmã passou por que eu confiei em você Keana, porque eu pensava que você não era o lixo igual o resto, que você não iria julga-la -Michelle começou a falar- Se você não respeita a minha irmã, então você também não me respeita -falou firme

- Michelle... -Keana tentou falar e foi cortada outra vez

- Eu não quero mais ouvir sua voz e nem olhar na sua cara -Michelle falou irritada

 

Keana ficou alguns segundos parada nos encarando até que se afastou saindo da cozinha, Michelle e Camila voltaram sua atenção pra mim naquela momento

 

- Eu não queria bater nela, mas é que ela começou a me falar um monte de coisas e eu já estava irritada com ela porque desde que nós chegamos ela ficou dando encima de você Camila, mesmo ela sabendo que nós somos noivas -desabei em falar

- Ei amor, está tudo bem -Camila seguro minha mão

- Eu não sou agressiva, você sabe que eu não sou assim -falei aflita

 

Não queria que Camila pensasse que eu era uma pessoa agressiva e descontrolada

 

- Ei, me escuta -pediu segurando o meu rosto entre as mãos- Ela te tirou do sério, pelas coisas que ela te falou ela com certeza mereceu o tapa que recebeu, pare de se preocupar com isso -Camila pediu, eu assenti com a cabeça

 

Michelle suspirou pesadamente passando as duas mãos no rosto

 

- Me desculpa Lo, eu contei pra ela porque ela e a Vero são minhas melhores amigas, eu nunca pensei que ela fosse fazer isso, me desculpa -pediu

- Tudo bem... -respondi suspirando

 

Michelle me puxou me dando um abraço rápido

 

- É melhor a gente ir dormir, o nosso voo sai cedo amanhã -Camila falou, eu assenti

- É, tenta dormir um pouco -Michelle completou

 

Andei ao lado de Camila até chegarmos no quarto, assim que entramos nos deitamos na cama

 

- Me desculpa, eu deveria ter cortado ela desde o dia que chegamos aqui, eu notei que ela estava dando encima de mim mas não falei na cara dela que eu já estava compromissada, eu deveria ter falado, ter afastado ela, me desculpa -ela pediu

- Está tudo bem Camz, eu vi que você estava tentando fugir dela, mas da próxima vez não dá bola, eu fico com ciumes -confessei

- Eu sei, eu também ficaria se estivesse no seu lugar -ela falou- Vem aqui... -pediu abrindo os braços

 

Me aproximei dela que logo me recebeu em seus braços

 

- Ela machucou você? -Camila perguntou quebrando o silêncio

 

Keana não havia me machucado fisicamente porem as coisas que ela me disse causaram uma grande dor dentro de mim. 

 

- Não, ela não encostou em mim -respondi negando com a cabeça

- Vamos dormir, precisamos descansar pro voo de amanhã -falou, eu assenti

 

Camila deixou um beijo no topo da minha cabeça antes de começar a acariciar os meus cabelos.

 

O tempo foi passando, notei que Camila já dormia enquanto eu ainda estava perturbada com as coisas que Keana tinha me dito.

 

As palavras da Keana doíam dentro de mim.
 

Todos dias eram como se eu deixasse um pouco do meu passado para trás, não como se eu esquecesse porque era impossível me esquecer de tudo que eu passei na vida porem, toda vez que alguém jogava na minha cara tudo que eu passei era como se a pessoa me obrigasse a lembrar de tudo, era como se todos os momentos e coisas ruins que passei viessem pra me atormentar novamente

 

FLASH BACK ON:
 

Usava uma roupa curta e cheia de decotes que deixavam o meu corpo quase todo exposto, a noite estava fria porem nem isso fez com que eles tivessem pena de mim ou das outras garotas que assim como eu, estavam seminuas. Um homem completamente bêbado passou por mim deixando um tapa estralado em minha bunda ele sorriu pra mim antes de ir falar com um dos caras que recebiam o dinheiro, eles conversavam quando ele apontou para mim que não estava tão distante assim
 

- Tudo isso? -ele me olhou- Mas essa vadia não vale nem cinquenta dólares -ele soltou uma risada alta e fria
 

Me encolhei em meu próprio corpo sentindo um constrangimento fora do normal. Eu me sentia uma qualquer, uma ninguém, insignificante e sem valor algum.

FLASH BACK OFF:
 

Fiquei horas no escuro olhando para o nada e chorando com as lembranças do meu passado, já era tarde da madrugada quando eu consegui dormir. 

 

POV'S CAMILA
 

Acordei completamente animada, felizmente era o nosso último dia em Nova York e de tarde estaríamos pegando o voo para a nossa casa em Ohio. Estava morrendo de saudades da minha casa, meu quarto, minha cama...
 

- Amor, acorda -balancei o corpo da Lauren devagar
 

Minha noiva murmurou algumas horas que eu não consegui entender porem não abriu os olhos
 

- Amor... -voltei a chama-la
 

Comecei a acariciar o seu rosto devagar esperando ela acordar, deixei um beijo demorado em sua bochecha, ainda acariciava o seu rosto quando Lauren foi abrindo os seus olhos devagar
 

- Bom dia -sussurrei sorrindo
 

Olhei dentro dos seus olhos verdes e me perdi neles mais uma vez
 

- Bom dia -sua voz saiu ainda mais rouca

- Nós precisamos levar, precisamos tomar café da manhã e arrumar as nossas coisas para não perdermos o nosso voo -falei

- Eu já vou levantar -murmurou

- Ta bom -beijei o seu rosto
 

Me levantei da cama andando até o banheiro onde tomei um banho demorado vestindo uma calça de moletom e uma blusa leve, em seguida andei até a cozinha
 

- Bom dia -Veronica desejou

- Bom dia -eu respondi
 

Michelle ficou calada ainda comendo o seu café da manhã. Keana não apareceu pro café da manhã e eu agradeci por isso, seria muito cara de pau dela aparecer como se nada tivesse acontecido.
 

- A Lauren ainda não acordou? -Michelle me perguntou

- Ela acordou só esta com preguiça de levantar -respondi

- Nem acredito que vocês já vão embora hoje, deveriam ficar mais tempo -Michelle suspirou

- Pra você afastar ainda mais a Lauren de mim? -sussurrei

- Oi? -Michelle franziu o cenho confusa

- O que? Eu não disse nada -menti descaradamente
 

Ela ignorou o assunto voltando a comer igual antes. Após comer andei até o quarto onde arrumei a minha mala aproveitando para arrumar a mala da Lauren também, ela ainda estava tomando café da manhã, iria demorar á arrumar a sua mala e eu queria ir embora o mais rápido possível.
 

As horas pareciam não passar, talvez fosse por conta da minha ansiedade, quando o horário do nosso voo se aproximou eu pude ficar mais feliz
 

- Nós temos que ir -Lauren falou á sua irmã

- Eu amei te conhecer Lauren, volte mais vezes -Verônica a abraçou- E você também Camila -ela me olhou

- Eu também gostei de te conhecer -Lauren falou de volta

- Eu vou levar elas no aeroporto e já volto -Michelle avisou á sua amiga

 

Keana não saiu do quarto por um minuto sequer até  que fomos embora. Levamos nossas malas até o elevador e ao chegarmos no estacionamento colocamos no porta malas do carro da Michelle
 

- Eu fico triste em ter que me separar de você de novo... -Michelle olhou pra Lauren enquanto dirigia

- É, eu também -Lauren concordou
 

Elas ficaram conversando o percurso inteiro até chegarmos no aeroporto, sentadas esperávamos o nosso voo ser anunciado, Michelle e Lauren conversando enquanto eu estava mexendo em meu celular quando o mesmo começou a tocar

 

- Diane? -perguntei confusa

 

Os meus pais sempre me ligavam mas receber ligação da minha irmã era algo muito estranho

 

- Eu preciso te contar uma coisa! -falou 

 

Por seu tom de voz Diane parecia completamente empolgada

 

- O que foi? -perguntei me interessando pelo assunto

- Eu vou te contar pessoalmente -respondeu minha irmã

- Ah não Diane, fala logo! -mandei irritada

 

Odiava quando alguém começava um assunto e não continuava, me deixando curiosa em saber o que era

 

- Vai ter que chegar em casa pra saber.... -cantarolou me provocando

 

Minha irmã sabia muito bem o quanto eu era curiosa.

 

- Já que iria me contar apenas quando eu chegasse em casa então porque me ligou agora? -perguntei irritada

- Por que eu não resisti -respondeu rindo

- Não vai me falar mesmo? -perguntei pela última vez

- Só posso te dizer que tem haver com o Shawn Mendes -falou

- O que? -perguntei aumentando o tom de voz- Diane, fala logo, você sabe que o meu coração é fraco! -resolvi apelar

- Aposto que o seu coraçãozinho vai aguentar algumas horas -provocou

- Diane... -sussurrei suplicando

 

Ouvi a risada da minha antes dela encerrar a ligação me deixando completamente irritada, em poucos minutos o nosso voo foi encerrado, após Lauren e Michelle se despedirem pudemos pegar o nosso voo.

 

Brincava com as minhas mãos ansiosamente, contava os minutos pra chegar em casa logo e descobrir o que minha irmã tinha pra me contar. Na minha cabeça se passavam mil suposições mas ao mesmo tempo não conseguia pensar em nada.

O que poderia ser a tal novidade que envolvia o Shawn Mendes?  


Notas Finais


Até o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...