História Bagulhetes Coisados - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Ego, Lírico, Poesia, Revelaçoes
Visualizações 20
Palavras 164
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Lírica, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


O exagero da subjetividade em um só texto, perdoem meu eu lírico.
Inspirado em muitas coisas, mas com certeza só tomou forma física ao som de Miki Matsubara - Stay with me.

Capítulo 17 - Ah, o amor! O que é o amor?


Mas o que é o amor, afinal?

Que pergunta tola!

Pergunta boba

essa.

 

Não é aquela coisa?

Contentamento descontente,

que arde sem se ver?

A quem eu quero enganar?

Seu maldito abstrato,

não consigo te entender.

 

Não o bastante,

há outros tipos de amores

que pra mim são um engano,

não nego.

 

Amor à primeira vista,

mas e se eu for cego?

 

Amor carnal?

Desculpe, sou vegetariano!

 

Mas de qualquer modo,

continuando...

Procuro entender

o que tantos tem e

não me convém.

 

Será que é amor essa sensação

de bem-estar?

E estar bem

por viver?

por respirar?

E poder contemplar

essa sensação quente que nasce em meu

pequeno coração valente?

 

Porque se isto

é um amor ardente,

meu amor,

fique comigo.

 

Amor por viver,

e posso morrer de amores.

Em abraços quentinhos

ou dias fresquinhos.

Mesmo estando sozinho.

 

E ainda sobre o amor...

Peço para me ajudar.

Responda essa pergunta

e vai finalmente o decifrar.

 

A lenda dessa paixão

faz sorrir,

ou faz chorar?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...