História Bailarina de Porcelana (JeongMo) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Visualizações 99
Palavras 686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Yuri (Lésbica)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, demorei um pouquinho, mas tá aí. Spoiler nas notas finais.
2bj xau

Capítulo 8 - Quem é Jungkook? !


Estava claro. Muito claro. Meus olhos ardiam. Eu estava somente de blusa e calcinha. Nayeon não estava na cama. Nossa...nunca havia tido prazer com uma garota. E a primeira vez foi horrível.

Levantei e saí do quarto. Chaeyoung e Dahyun por algum motivo dormiram na minha cama. Estavam jogadas uma em cima da outra no colchão.  Fui até a sala e vi Jeongyeon no sofá.

  -Jeong? -a sacudo.

  -Hum...

  -Levanta.

  -Ainda não...

  -Te dou um beijo.

  -Acordei! -ela levanta em um pulo me fazendo rir.

  -Besta. Me ajuda a fazer o café.

  -Tá bom...Mas você prometeu,hein! -sorri com isso- cadê as outras? -ela coça os olhos enquanto eu faço um coque alto.

  -Chae e Dah estão dormindo e Nayeon não está em ligar nenhum. Você a viu?-começo a fazer o café enquanto ela arruma a mesa.

  -Não...aliás, você foi pra onde depois de deixar a Nayeon no quarto? -droga.

  -Eu...acabei dormindo com ela. Deu sono e a coberta tava quentinha.

  -Ah...Fiquei esperando você aqui...As meninas desligaram a TV e foram dormir. Você me deixou dormir sozinha...

  -Durmo com você hoje- falei e coloquei o café na mesa.

  -Promete?

  -Prometo.

  -Me deixa beijar você antes de dormir?

  -Não. -sento na mesa.

  -Você disse que ia me dar um beijo.

  -E eu vou dar.

  -Quando?

  -Agora- a puxei para meu colo e beijei sua bochecha- pronto, sai.

  -Tem que ser um beijo de verdade.

  -Enquanto houver lábios, é um beijo. E eu usei os meus pra beijar seu rosto. -ela fica de frente pra mim.

  -Então os use para beijar os meus agora- dito isso, só o que pude ver foi ela sentando de frente pra mim em meu colo e me beijando.

Passamos algum tempo apenas trocando carícias sem separar os lábios, somente aproveitando a boca uma da outra. Mas como tudo que é bom acaba, o som da porta se abrindo foi ouvido. Nos separamos e olhamos para a porta, na qual havia a figura de uma Nayeon surpresa com suas sacolas.

  -Desculpem atrapalhar... eu trouxe o café- seu olhar era calmo mas sua voz entregava a decepção.

  -Uh! Ótimo! Beijar a Momo dá fome- Jeong morde o lábio me deixando sem graça e abre as sacolas tirando de lá pães, doces, bolinhos e geléias.

  -Vou pôr um short. Nayeon, você chama as meninas?

Ela assente e começamos a andar. Ao estarmos afastadas o suficiente, parei de andar e a olhei.

  -Ninguém pode saber,ouviu?

  -Tudo bem...Você disse que não gostava dela. Por que estavam se beijando?

  -Não é preciso gostar de uma pessoa para beijá-la.

  -Entendo.- ia voltar a andar, mas sua mão em meu braço me parou.

  -O quê?

  -Só uma pergunta...Você gostou?-sua face carregava uma expressão esperançosa.

  -Não quero mentir pra você...bem...foi bom e tals, mas...uma coisa tão íntima assim só é boa o bastante quando as pessoas se gostam. Me desculpe -não menti, mas também não acho que essa minha teoria esteja completamente correta.

  -Tudo bem...mas podemos ser amigas?- agora sua expressão era de súplica.

  -Claro! Só...espero que aquilo não se repita.

  -Não vai.

  -Ok.

Depois disso, fui logo para o quarto e tomei um banho. Vesti um macaquinho azul e desci com as meninas.

  -Momo, vem cá. -Jeong me puxou para o canto com um olhar furioso e eu olhei diretamente para Nayeon. Ela estava tranquila,acho que nem chegou a falar com Jeongyeon depois que desceu.

  -O que?- senti meu corpo gelar.

  -Quem é Jungkook? -ela me fuzilava com o olhar.

  -Jungkook? Aaaaaah... É o meu vizinho, por que?

  -Ele tava te procurando e tava com uma cara muito idiota de bobo apaixonado.- ela cruzou os braços e fez uma cara emburrada. A olhei mais atentamente e comecei a rir.

  -Por que tu tá rindo?! Olha, isso não tem graça nenhuma! - o rosto dela começava a ficar vermelho.

  -Ele é gay!

  -O que?

  -Ele é gay, Jeong. Ele gosta do meu primo - finalmente consegui parar de rir.

  -Meu Deus...fiquei com ciúme de um gay...

 -Algo contra?

 -Não! Nada disso...até porque eu sou lésbica por você..-ela corou e eu sorri.

  -Que fofa...-Beijo a pontinha do nariz dela.

   -Hum...tá. E quem é Sana?

  -S-Sana...?


Notas Finais


Meio pequeno pq escrevi no caderno. Normalmente escrevo nas notas. Uma página e meia daquela (até atingir o máximo de caracteres disponíveis)

Spoiler: Jeong vai descobrir sobre o NaMo no próximo cap.

TRETAAAAAA ZOU LOUCA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...