História Sad Girl - Kise x Mary - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Kise Ryouta
Visualizações 79
Palavras 806
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente

Capítulo 4 - Ela se corta


Fanfic / Fanfiction Sad Girl - Kise x Mary - Capítulo 4 - Ela se corta

Kise: ~ Ao olhar para sua manga percebo algo, suspendendo a mesma mas ela me impediu de ver ~

Mari: Não tem nada aqui Kise ~ não, não, ele não pode saber ~

Kise: Eu não falei nada, me deixa ver isso Mari ~ pego sua manga mas ao ela ir para o lado a manga rasga revelando vários cortes na pele ~ Mari

Mari: Satisfeito? Eu me corto ok? Sou uma sad girl, sei que vai me zuar por isso ~ sem ao menos esperar ele me abraça fundo ~

Kise: Só me promete que nunca mais vai fazer isso, faço todo só para que não volte a fazer isso ~ entendo que o fato dela ter sofrido muito fez ela querer se cortar ~

Mari: Não vai contar a ninguém ? ~ ele nega com a cabeça ~ Obrigada Kise

Kise: Eu fiz isso porque me preocupo com você então acho bom não me dar esse susto de novo ou vou dar um infarto ~ nos dois tomos juntos, finalmente a fiz rir ~

Mari: Já entendi, posso ir embora? ~ ele nega com a cabeça e começa a beijar meu pulso ~

Kise: O que acha de irmos para um parque de diversões? ~ sim, estou querendo faltar a aula ( Mds, eu pensando que ele era quieto ) ~

Mari: Sim mas temos que ir bem rápido ~ pegando em minha mão conseguimos passar pelo corredor mas agora viria a parte do muro ~

Kise: Vem ~ pulo o muro esperando ela chegar ~

Mari: ~ Pulo o muro sem maior dificuldade, Kise e Eu fomos andando conversando sobre algo ~

Kise: Uma flor para outra flor ~ dou uma rosa que estava na grama ~

Mari: Isso é clichê mas obrigada pela rosa ~ ele me puxa pela mão e logo chegamos ao parque, era lindo, cheio de atrações, eu queria a montanha russa ~ Vamos na Montanha Russa Kise

Kise: Eu vou em lugares seguros, não saio daqui, amo a terra

Mari: Com medo Kise? ~ puxo ele para dentro do brinquedo percebendo ele tremer então seguro sua mão ~

Kise: ~ Mesmo com medo me senti melhor quando ela segurou minha mão mas entrei em desespero quando o brinquedo começa ~

Depois que todo esse sofrimento acaba vejo que ela esta olhando para um ursinho de pandinha.

Kise: Você quer? ~ ela assente então compro um ursinho para ela ~

Como já estava escurecendo levei ela para ver os fogos de artifício. Mas sem querer começo a olhar para a boca dela sem parar.

Mari: O que foi? ~ olho para ele qua estava me olhando ~

Kise: Nada, só estava vendo o quanto é linda, sei que tem medo de garotos mas posso fazer uma coisa?

Mari: O que? ~ sem nem me responder sinto os lábios dele tocarem no meu em um beijo carinhoso ~

Kise: Espero não ter sido muito atrevido ~ ao tocar seus lábios me senti no céu ~

 Mari: Não foi ~ digo muito corada e beijo ele que puxa minha cintura, me afasto ~

Kise: Desculpe, eu não devia ~ que idiota eu fui ~

Mari: Não se desculpe ~ seguro sua mão e assistimos juntos os fogos ~ Tenho que ir para casa, já esta tarde

Kise: Sim ~ nos vamos caminhando de mãos dadas, queria pedir ela em namoro mas prefiro dar um tempo para ela ~

Depois de 30 minutos chego na casa dela vendo o Aomine.

Aomine: Esta atrasada baixinha, o que faz aqui Kise?

Kise: Te pergunto a mesma coisa ~ sinto uma ponta de ciúmes ~

Aomine: Sou o namorado dela, brincadeira, sou o irmão dela ~ por um momento vi o Kise triste, ao que parece ele gosta dela ~

Kise: Nunca me disse que tinha uma irmã

Aomine: Ate parece que minha vida fora da escola te importava

Mari: Eu vou deixar vocês conversando, ate mais Kise ~ entro em casa ~

Aomine: É impressão minha ou você gosta dela? Se for ela só atrai embustre, escute bem, se magoar a minha irmã vou te fazer sofrer de todas as formas possíveis

Kise: Eu gosto dela Aomine, se acalma, ela é diferente de todas as garotas que fiquei

Aomine: Acho bom, espera, você beijou ela? ~ olho mortalmente para ele ~

Kise: Sim mas não me mata

Aomine: Começa a correr ~ ele começa a correr de mim e eu corro atrás dele ~

🎓 Autora🎓

Enquanto isso a Mari assistia eles pela janela.

Mari: Que idiotas, não sei quem é pior ~ começo a rir ~ Dois idiotas que amo


Palavras da autora


E foi  assim que terminou o dia de Mari

Queria eu um boy lindo como esse para mim, ai ai viu.Além de ter um irmão gato, gente não vai ter incesto mas o Aomine é maravilhoso, oh homem lindo, se fosse eu casava mas ele nem existe, ai nos faz fanfic para pegar imaginaria mente alguém.

Planodiabólicos que dão certo, me imagino sendo a personagem.


Notas Finais


Para ou continua?
Fiz com amor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...