1. Spirit Fanfics >
  2. Bangtan Boys - BTS >
  3. None Years Later - 13

História Bangtan Boys - BTS - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Hummmm

Capítulo 13 - None Years Later - 13


None Years Later

Já  tem nove anos que moramos no Brasil, e oito  anos que quebramos o contrato com a BigHit, perdemos dinheiro mas pagamos a multa. Ninguém aceitou bem que o BTS acabou, de vez em quanto vejo um army ou outro na rua, agora sou um adulto normal, tirando o fato de eu ter dois filhos que estão para fazer seu aniversário de Nove anos - Eles vão fazer daqui a um dia -. Esta tudo bem comigo e Park, temos visto permanente para morar aqui bo Brasil, com certeza a melhor coisa são as pessoas e o carnaval. Aqui tem pessoas de todos os tipos e gêneros,  é legal saber que aqui tem pessoas boas, tem as ruims também mas sem citar eles.

- Papai, diz pro Bailey devolver meu carrinho de fórmula 1! -Diz Sarah correndo atrás do irmão com uma vassoura nas mãos.

Eles são tão fofos que chega a doer. - mas também são umas pestinhas.

- Sarah! - Corro até ela. - Larga essa vadsoura já!  - Ela solta e eu olho para o Bailey que sorri sapeca. - E você devolve o brinquedo agora pra ela, se não vai ficar de castigo. - Ele corre e devolve para ela o carrinho Rosa.

- Titia Chegou e trouxe sorvete! - Diz Nyong entrando na sala cheia de sacolas.

- Ebaa!! -Gritam os gêmeos seguindo a tia até a cozinha assim como eu.

- Vai acostumar meus filhos mal deste jeito garota! - Digo e rimos.

- Tarde de mais! - Chris diz entrando na cozinha.

- Me leva pra brincar titia? - Bailey pergunta se jogando no colo de Chris.

- Calma amor, se não eu não consigo mais te carregar. - Chris disse  colocando Bailey em uma posição confortável. .

- Eles cresceram rápido, nove anos amanhã... - Digo me referindo ao acidente de Pietro a alguns anos atrás.

- Xii, vamos sair daqui antes que sobre pra gente Bailey. - Sarah puxa o irmão e depois volta para sequestrar o pote de sorvete.

- Você vai apara a Coréia? - Nyong pergunta para Chris.

- Dói ir até lá,  prefiro ficar para comemorar o aniversário dos meus filhos! - Chris responde e faz um mini coração com os dedos.

Elas duas ficam na cozinha batendo um papo e eu vou até a janela da sala que vai do chão ao teto para ver o entardecer. Era lindo ver o por do sol daqui, ainda mais coma vista para praia, é tudo maravilhoso. Esses nove anos fizeram a gente amadurecer, fisicamente e mentalmente, todos somos adultos...

Vou até o quarto de Sarah e ela não está lá com o Bailey, se não estão no quarto dela, estão no dele. Vou até lá e eles estavam jogados no chão conversando e rindo. Parei um pouco para escutar a conversa deles.

- Como você acha que era o Tio Pietro? - Bailey pergunta se sentando na cama.

- Ah, pelo jeito que o papai Kookie fala dele... acho que ele era legal. - Sarah disse. - Será que o papai Jimin tinha ciúmes? - Sarah pergunta .

- Acho que sim, também com um pai iguais aos nossos que  não teria! -Diz Bailey. - Acho que você puxou o Papai Jeon enquanto eu puxei o papai Jimin. - Ele finaliza.

- E por que? - Sarah pergunta e eu solto um sorriso com a conversa dos dois.

- Eu sou inteligente, forte! - Ele diz beijando um dos bisepis sem musculos.

- Tiarando a parte do inteligente e forte.  - Diz Sarah e Baiely lhe mostra a língua.

- Você puxou o Papai Jeon, porque é chata e também é muito séria. - Diz Bailey e eu faço uma caretinha.

Entro no quarto e os dois ficam desconfiado e eu puxo Bailey da cama, encho ele de cócegas e em seguida faço a mesma coisa com Sarah, faço os dois rirem muito fazendo cócegas nas costelas e axilas.

- Que cena fofa... - Diz Jimin escorado na porta vendo eu e as crianças rirem. - Que sorte eu tive com essa família .- Park diz e deixa a pasta de documentos no chão.

- PAPAI!! - os gêmeos correm para abraçar Jimin que se abaixa para pega-los.

- Daqui um tempo vocês é que vão me carregar. - Diz Park levantando os meus bebês, um de cada lado. -Oi amor!.

- Oi Vida! - Vou até ele e o abraço com os meninos ainda no seu colo. Ele põe as criaturas no chão e me dá um beijo.

- Eca! - Eles dosi dizem ao mesmo tempo pelo beijo.

-" Eca?" - Disse e estreitei os olhos para Park que entendeu o recado.

Pegamos os dois pelos pese colocamos em cima da cama, fizemos cócegas nos dois e eles riam, já estava de noite e logo e para jantarmos.

- Amo vocês, vocês são as coisas mais importantes da minha vida. - Digo e abraço os três.

- Amamos vocês papais! - Os gêmeos abraçam eu e Park.

- Vão tomar um banho para jantarmos. - Park diz e saímos do quarto de Bailey.

Entrei no quarto com Park e ele fecha a porta, me joga na cama e me enche de beijos, ficamos assim um tempo, ele deixou vários chupões pelo meu e corpo, pescoço, peito, coxa e braços.  Abaixei suas calças e o membro dele pulou no meu rosto.

Comecei masturbar Park devagar e depois comecei chupa-lo ele gemeu alto e depois de meia hora gozou dentro da minha boca eu engoli tudo. Fui até o banheiro e tomei um banho acompanhando de Jimin. Saímos e descemos para a mesa de jantar, agora falamos além do Coreano e Inglês, aprendemos português,  e esses nove anos no Brasil deixaram agente aprimora-lo mais.

- Cheiro bom... - Jimin disse se sentando .

- Lontra dos infernos! - Chris resmunga ao se queimar com a panela.

- Olha a boca Titia! - Sarah diz se sentando no colo do Pai.

- É feio dizer isso! Não é papai Jeon? - Bailey Pergunta para mim.

- É sim amor, sua tia está precisando levar umas boas palmadas! - Digo em duplo sentindo esperando que só os adultos entendessem.

Todos me olharam menos os gêmeos que faziam alguma coisa no celular do Jimin.

- Ela precisa é de um namorado! - Sarah solta e todos olharam para ela surpresos. Ela não tira os olhos do que fazia.

- Ou namorada! - Bailey complementa sem tirar os olhos do celular

- E vocês precisam se menos intrometidos!  - Chris faz um falso drama se jogando na mesa e rolando.

Rimos e ela levanta, o celular de Park toca e Sarah devolve ao pai, ele atende ali mesmo, fica falando sobre uma reunião amanhã, ele trabalha em uma empresa agora e eu? Bom... trabalho com Internet,  sou digital influencer. Tentamos manter as coisas equilibradas o máximo que da, para não perdermos tempo com coias de trabalho em vez de ficar com nossos filhos.

- Amanhã não dá, já disse... sim... é aniversário de nove anos, dos meus dois filhos!... não... eu não vou e pronto. .. - Park desligou o celular e devolveu aos meninos.

- O que foi vida? - Pergunto dando uma massagem em seus ombros largos.

- Queriam marcar uma reunião amanhã que duraria o dia todo praticamente... mas eu vou ficar com meus bebês.  - Disse e os meninos ganham um brilho especial no olhar.

- Tudo bem... hora de guardar os celulares que está na hora de comer. - Bailey me dá o celular de Jimin e eu guardo no armário em cim da pia.

Começamos a jantar como uma família normal. Sem celulares e sem nada para atrapalhar.

Acabamos o jantar e estava na hora de todos irmos deitar.

- Vamos, hora de escovar os dentes para dormir. - Jimin disse e os gêmeos fazem uma competirão para ver quem chega primeiro.

Soltamos uma risada/gargalhada.

- Esses dois... - Diz Chris.

- Eles já estão bem grandes... - Nyong diz olhando eles sumirem na escadaria.

- Amanhã é a vez de quem levar eles na escola? - Jimin pergunta olhando para todos.

- Amanhã é minha vez, mas eu tenho uma entrevista de emprego. - Chris fala e todos olhamos surpresos. - Que foi? Sempre disse que queria ajudar vocês.

- Mas somos bilionário! - Jimin exclama.

- Mas você, o Jeon e a Kim trabalham. - Paro e repenso.

É verdade, ela passa o dia todo com nossos filhos de vez em quando .

- Amanhã eu levo eles. - Digo e retiro os pratos da mesa para lavar.

Conversamos mais um pouco enquanto eu lavava os pratos. Terminei e todos foram para seus quartos. Enquanto Jimin foi até o banheiro eu fui até o quarto de Bailey e ele estava dormindo, entrei e dei um beijo na testa dele e sussurrei um "boa noite". Fui até o quarto de Sarah, ela estava vendo alguma coisa no iPad, ela ria e prestava atenção.

- Está na hora de dormir... -Digo e ela resmunga.

- Tá... - Diz emburrada, coloco o iPad dentro da gaveta e cubro ela. - Te amo papai, boa noite! - Ela diz e me dá um abraço de urso.

- Amo você também, boa noite. - Digo e desligo a luz.

Vou para me quarto e me deito na cama, Jimin sai do banheiro com uma toalha na cintura, sorrio vendo ele tirar. Jimin vem e se deita por cima de mim, dou beijo desesperado em seus lábios, ele morde meu lábio inferior. Se deita ao meu lado e eu coloco minha cabeça sobre seu peito.

- Eu amo tanto vocês... - Jimin diz e eu sorrio.

- A gente também te ama. - Digo e dou um selinho em Jimin.

💛×💛×💛×💛

Tô chorando rios que a fanfic já vai acabar. Provavelmente a próxima atualização vai ser a penúltima. Queria agradecer de coração você que me acompanhou até aqui💛 obrigado por ter lido minha fancfic e pela paciência de ter esperado eu escrever e atualizar amo você de todo o coração 💛

Beijos de lua com biscoito recheado de baunilha com chiclete e a incrível corbetura de Queijo Catupiri.💛💛



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...