História Barraca do beijo - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Romance, Sasusaku, Tragedia
Visualizações 238
Palavras 1.669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishounen, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


bom dia, pretendo mudar alguns coisas em relação ao livro, espero que gostem, aceito opiniões também. boa leitura a todos

Capítulo 4 - Ressaca seguinte


Fanfic / Fanfiction Barraca do beijo - Capítulo 4 - Ressaca seguinte

Eu chorei com entusiasmo, e coloquei a mão no meu zip como eu tropecei na borda da mesa, oscilando de repente, meus pés deixaram o chão e todo o mundo virou de cabeça para baixo. Minhas pernas estavam no ar e minha cabeça estava pendurada para baixo olhando para as costas de alguém.

_'Ei!' Eu chorei. _'Coloque-me no chão!'

Alguém estava me levando escada a cima, e eu não vi quem era, mas quem quer que fosse era muito, muito forte, uma vez que eu estava me contorcendo em torno dele como uma coisa selvagem. Eventualmente eu estava em algo macio. Um colchão! Isso é o que era. Sentei-me reta. _'Sasuke Uchiha', eu reclamei

Quando eu o vi me dando um olhar de repreensão. _'Você é um desmancha prazeres! Eu estava me divertindo!'

_'Você estava prestes a tirar', ele argumentou. _'Dar um tempo aqui em cima de vinte minutos.'

_'Não!' Eu chorei, fazendo beicinho. _'Não seja tão chato. Eu queria ir nadar nua!'

Ele balançou a cabeça para mim, sorrindo. _'Por mais tentador que seja, eu acho que você é melhor ficar aqui, pelo menos até você está mais sóbria'

Eu suspirei, afundando de volta nos travesseiros. Então eu sentei novamente. _'Você vai me deixar sozinha aqui?

_'Não. Eu não confio em você para ficar no quarto.'

_'Você não confia em mim? Por que não? Eu sou a melhor amiga do Naruto, e você me conhece desde sempre! Você deve confiar mais em mim.'

Sasuke estava balançando a cabeça para mim, enquanto ele foi fechar a porta e girar a chave na fechadura. Eu levantei uma sobrancelha.

_'Você não está bêbado?' Eu perguntei a ele.

_'Na verdade não.'

_'Ah, por quê?

_'Eu acho que você bebeu o suficiente por nós dois.'

_'Sinto muito', eu disse, fazendo beicinho. _'Eu não queria estragar sua diversão.' Sasuke riu de mim, e subiu para a borda da cama, me encarando, eu senti meu rosto esquentar.

_'Sasuke. . .'

_'Sim.'

_'Você poderia por favor fazer a barraca do beijo para nós?'

_'Não.'

_'Por favor?' Eu implorei. _'Por favor, por favor, muito por favor com uma cereja no topo?

_'Não.'

_'Por que não?' Eu gemia. _'Você é tão cruel!'

_'Eu não quero fazer uma barraca do beijo, simples assim.' '

_Mas porque? '

_'Eu não quero.'

_'Por favor? É - Eu acho que é para o câncer. Ou talvez seja para os golfinhos. Essa é uma palavra engraçada não é, golfinhos? Golfinhos. . .

_'Eu não vou fazer a barraca do beijo, não importa quem ou o que é. Então eu me levantei ficando na frente dele, tão perto que nossos narizes estavam quase se tocando.

_'Nem mesmo para mim?'

Ele balançou sua cabeça. _'Cara, seu hálito fede. Quanta vodka que você tomou, Sakura?

_'Eu não sei. Neji que deu para mim' Ele suspirou.

_'Esses caras . . . Eu juro . . .'

_'O que?'

_'Nada.'

_'Tudo bem, não me diga então. Tentei me levantar da cama, mais tudo estava girando e ficando turvo, então eu disse: _'Acho que vou ficar doente.'

Sasuke já estava empurrando-me para o banheiro, e me empurrou sobre o vaso sanitário a tempo de eu vomitar minhas tripas.

Uma vez que tinha acabado, minha cabeça estava pendendo contra a borda da banheira. Um copo de água fria foi empurrado contra meus lábios, e ele me fez bebe-lo.

_'Eu realmente, realmente sinto muito, Sasuke. Eu soluçava. _'Eu realmente sinto muito. Eu não queria estragar sua festa.'

_'Você não estragou a minha festa, Sakura, disse-me ele.

Eu balancei a cabeça ferozmente. _'Sim eu estraguei, eu realmente sinto muito!'

_'Está tudo bem', ele riu. _'Acalme-se.' Fiz uma careta, e lhe deu um soco no peito. Uau. Essa é uma caixa sólida.

_'Não ria de mim.' Ele riu mais forte, então ele passou um braço em volta da minha cintura para me apoiar. Depois de me ajudar a cambalear de volta para a cama, ele me deixou cair em cima nas cobertas.

_'Eu estarei de volta em dez minutos para ch-' Eu já estava dormindo.

A luz solar entrava através das cortinas, mas era fraco o sol de manhã cedo. Fechei os olhos novamente, tentando aconchegar minha cabeça no travesseiro macio sob minha cabeça, e tudo cheirava. . . era algo entre citrus e bosque. Não importa oque fosse, era realmente um cheiro maravilhoso. E eu tinha certeza que eu cheirava isso em alguém em algum lugar. Engoli em seco, de repente, me sentado. Meu quarto não tinha esse cheiro, e a minha cama não era tão confortável, nem meu quarto tem cortinas azuis, assim . . . onde diabos eu estava? Eu olhei em volta. Tudo era familiar. . . Mas eu definitivamente não tinha estado aqui antes. Eu retirei as cobertas de cima de mim e vi que eu estava vestindo a camisa de um menino que era muito grande em mim, apenas uma camisa cinza simples. Ele cheirava como os travesseiros. Eu ainda tinha minha calcinha graças a Deus, era um bom sinal. Saí da cama com cuidado. O que diabos tinha acontecido na noite passada? Eu busquei em minha memória, então eu vagamente me lembrei de está dançando sobre a mesa de bilhar. Havia um gosto nojento na minha boca para coincidir com a minha dor de cabeça, Eu devo ter vomitado. Lembrei-me de alguém segurando meu cabelo para trás para mim. Deve ter sido Naruto; ele teria cuidado de mim. Mas onde eu estava? Fui na ponta dos pés até a porta do quarto e coloquei a minha cabeça fora. Eu praticamente dei um grito de alívio ao ver que eu estava na casa de Naruto e Sasuke. Deve ser o quarto do Sasuke, nossa em todos esses anos eu nunca tinha estado em seu quarto. Voltei para a cama, minha cabeça doendo tão forte que eu não acho que eu poderia ficar em pé por muito mais tempo, dei uma olhada no despetador já era oito da manhã. Na esperança de dormir novamente, eu me aconcheguei de volta sob as cobertas, respirando o cheiro de Sasuke. Quando eu estava prestes a dormir novamente, a porta se abriu lentamente, fazendo as dobradiças rangerem. Meus olhos se encontraram com o do Sasuke. Ele estava parado na porta vestindo apenas uma toalha em torno de seus quadris, e seu peito estava manchados com gotas de água, e seus cabelos pretos molhados. Minhas sobrancelhas se ergueram. Eu não podia deixar de corar com a forma como ele fez meu coração disparar só de olhar para mim.

_'Desculpe', disse ele calmamente. _'Eu não queria te acordar.'

_'Está tudo bem', eu disse, minha voz um pouco rouca. _'Eu acabei de acordar de qualquer maneira.'

_'Certo. Ressaca?'

Eu fiz uma careta em resposta, fazendo Sasuke dar uma risada.

_'Você não tem ideia. Eu não sabia que eu tinha bebido tanto.'

_'Você se acabou na vodka ontem. Disse ele, sentado no final da cama. Meu coração foi à loucura. Ele poderia ter  vestido uma camisa ou um jeans antes de vir falar comigo?

_'O que você quer dizer?

_'Quando você estava prestes a retirar seu vestido em cima da mesa de sinuca na frente de um monte de caras, e depois inventar de ir nadar nua', disse ele casualmente, olhando de soslaio para mim com aqueles olhos ônix brilhantes.

Eu me perguntava se ele podia ouvir meu coração acelerado. Meu queixo caiu com suas palavras é afundei no travesseiro em.

_'Oh, Deus. Diga-me que eu não fiz isso.'

_'Não, você não fez, eu tive que tira-la da festa.'

Eu fiquei boquiaberta, meu rosto em chamas, então cobri o rosto com as mãos, olhando através de meus dedos para ele.

_'Eu não posso acreditar que fiz isso.' _'Me desculpe por isso. Eu realmente sinto muito, Sasuke.

Ele encolheu os ombros. _'Está tudo bem, eu não me importava, e não foi tão ruim assim', disse ele depois de um momento, e sorriu novamente. Não foi um sorriso. Foi um verdadeiro, genuíno sorriso que mostrava a covinha na bochecha esquerda. Eu tinha que sorrir para ele.

_'Bem, obrigado, Sasuke.' Eu não poderia deixar de dar uma ênfase provocando em seu nome.

_"A qualquer hora, Saky.

Ele estendeu a mão para despentear o meu cabelo, e quando eu fui para afastá-lo de alguma maneira eu acabei caindo da cama e puxando-o comigo. Sasuke era muito pesado. Ele não tinha um pingo de gordura sobre aquele corpo, ele era um monte de músculo. E ele estava me esmagando. Mas eu fui pega pelos seus olhos brilhantes. Ele não se moveu, apenas olhou para mim, eu encontrei finalmente a minha voz.

_'Sasuke. . .' Eu respirei.

_'Sim?' disse ele com a voz baixa e rouca.

_'Você está me esmagando.'

Ele piscou um par de vezes, como se estivesse sacudindo-se de volta à realidade. Então ele disse,

_'Oh, certo. Merda. Desculpa.'

Ele ficou de pé, segurando a toalha em torno dele. Eu não sei o que eu teria feito se tivesse deixado cair a toalha. Não, Sakura! Cale-se! Pare de pensar! Ele me ofereceu uma mão e eu fiquei de pé também.

_'La embaixo Naruto está cozinhando o almoço se você quiser alguma coisa', ele me disse.

Suas palavras saíram, como se ele estivesse tentando mudar de assunto. Meu estômago decidiu rosnar em resposta a ele, fazendo-nos  rir.

_'Impressionante.' Eu desci as escadas, fechando a porta do quarto atrás de mim. Deixei escapar um suspiro que eu não sabia que eu estava segurando.

_'Oh meu Deus,' eu respirei, falando sozinho.Era ridículo. Eu sabia que Sasuke nunca me vi como outra coisa senão a menina chata que era a melhor amiga de seu irmão. Para ele, eu não era nada mais do que isso, eu tinha certeza. Eu desci as escadas para a cozinha.

_'Sakura, Sakura, Sakura,' Naruto suspirou quando eu sentei sobre uma cadeira.  _'O que eu vou fazer com você?'

_'Faça-me o café da manhã?' Eu respondi, esperançosa.

Ele riu, e se voltou para o fogão, jogando mais um pouco de bacon na panela.

_'As coisas que eu faço por você.'


Notas Finais


<3<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...