História Barraca do beijo - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Romance, Sasusaku, Tragedia
Visualizações 230
Palavras 1.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishounen, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


mais um capitulo :)
muito contente com os comentários de vcs

Capítulo 5 - Causando na escola


Fanfic / Fanfiction Barraca do beijo - Capítulo 5 - Causando na escola

_'Estou realmente muito surpresa Sasuke cuidou de mim', eu admiti para Naruto. Ele riu.

_'Eu teria cuidado de você, se eu tivesse lá. Mas eu fiquei meio ocupado. . .'

_'Sim, você me contou sobre a Hinata, cuidado para não acabar igual o seu irmão.

Naruto revirou os olhos para mim. Cheguei em casa por volta das cinco da tarde: eu tinha uns trabalhos de casa para terminar. Eu tinha feito Naruto me levar em casa.

_'Ei!'

_'O que?' Eu gritei, voltando-se para ele.

_'Vejo você pela manhã!'

_'Bye, Naruto!'

Eu fechei a porta da frente e ouvi, "Sakura, é você?

_'Sim! Oi pai!'

_'Vem na cozinha um segundo.'

Eu suspirei, me perguntando se eu estava encrencada agora ou não. Eu temia meu pai ficar com raiva de mim. Ele estava trabalhando em seu laptop na mesa da cozinha.

_'A festa estava boa?'

Eu balancei a cabeça. _'Sim.'

_'Você não ficou bêbada? Ou fez qualquer coisa estúpida? Ele me lançou um olhar severo sobre o aro dos óculos: ele estava falando de rapazes. Não era confidencial que eu nunca tinha tido um namorado ou beijado um cara.

_'Eu, hum. . . Eu me diverti, estava apenas um pouco bêbada.'

Papai suspirou e tirou os óculos e esfregou sua bochecha. _'Sakura. . . você sabe o que eu disse sobre você beber.'

_'Eu estava bem, honestamente. Naruto e Sasuke tomaram conta de mim'

_' O Sasuke?'

Meu pai foi surpreendido suficiente para esquecer que eu havia bebido por um momento.

_'Sim. Eu achei bem estranho também.'

_'De qualquer forma, não muda de assunto, mocinha. Você sabe o que eu disse sobre você beber.'

_'Eu sei. Eu sinto Muito.'

_Da próxima vez que isso acontece, você vai ficar de castigo por um mês, você me ouviu? E não pense que eu não vou descobrir.'

_'Mensagem recebida papai.'

_'Então você e Naruto tiveram alguma ideia para o carnaval? Será agora em duas

Semanas.

_'Sim. Estamos fazendo uma barraca do beijo.'

_'Isso é . . . incomum,' Pai riu. 'Você tem certeza que você vai ser permitido?

Dei de ombros

_'Eu não vejo por que não.'

_'De qualquer forma, escute, eu vou precisar de você para assistir Sasori no futebol amanhã, ok? Eu estou trabalhando até tarde.'

_'Sim claro, eu vou tomar um banho e fazer os deveres de casa.'

_'OK. Jantar às sete. Temos bolo.'

_'Legal.'

Eu odiava segundas-feiras. Nossa escola foi construída no início de 1900 ou algo assim, e por algum motivo estúpido eles mantiveram a tradição de uniforme. Não era o pior uniforme no mundo, mas eu desejava que houve-se nenhum.

Como se segunda-feira de manhã já não estivesse ruim o suficiente, tudo estava prestes a virar um inferno muito pior.

Riiiiiiiip!

Eu congelei, metade da minha calça rasgou no meio. Apressadamente me contorci no espelho tentando ver os danos.

_'Oh, porcaria ', murmurei, retirando a calça, não havia mais salvação para ela teria que comprar uma nova on-line - eles devem chegar aqui em casa na quinta-feira, calculei. Mas até lá, ele teria que usar minha velha saia, eu odiava aquela saia. Mas eu não tinha escolha. E, pior, era que agora estava um pouco curta demais para mim. Suspirei novamente. Eu fiz uma careta para mim mesmo no espelho antes de sair para o pequeno almoço. Sasori engasgou com o cereal quando eu entrei na cozinha. Ele riu tanto.

_ 'Que diabo é isso?'

_'Sasori olha a língua,' papai repreendeu-o. Então ele se virou para olhar para mim e ergueu as sobrancelhas.

_'Não é um pouco. . . inapropriado para a escola, Sakura?

Eu bufei, carrancudo. _'Minhas calças estão rasgadas.

_"Como você conseguiu isso?

_Eu não sei, simplesmente rasgou. Papai suspirou.

_'Você vai ter que pedir uma nova, eu não tenho tempo para te levar ao shopping

_'Sim, eu sei.'

Eu mal tinha terminado o meu cereal quando ouvi Naruto apitar a buzina com impaciência. Eu coloquei minha tigela na pia e disse adeus. Entrei saltando no carro antes que alguém pudesse ver minha saia.

_'Você está usando uma saia,' Naruto comentou.

_'Não brinca, Sherlock', murmurei. _''Minhas calças estão rasgadas.

_'Voce está linda Sakura, não se preocupe. Você realmente deveria usar saias mais vezes.'

Eu golpeei ele, e ele sorriu e ligou o rádio. Não demorou muito e estávamos na escola, estávamos um pouco atrasados mais do que o habitual, e a maioria das pessoas já tinham chegado. Bati a porta do carro e dei a volta, sentando sobre o capô com Naruto, quando um bando de caras passou nos cumprimentando.

_'Ei, gatinha', disse Neji, acenando para mim com uma piscadela. Fiz uma careta,

cruzando os braços.

_'Cale-se.'

_'O que?' Protestou ele inocentemente.

Eu sabia que ele só estava brincando, mas eu não estava com disposição para isso. Eu decidi ir falar com algumas meninas, quando alguém bateu na minha bunda enquanto eu passava. Ele foi um dos jogadores de futebol o Gaara, sorrindo para mim.

_'Você acabou de bater minha bunda?' Eu perguntei, apertando meu queixo.

_'Talvez.'

_'Ver se cresce, idiota.'

Gaara agarrou meu pulso e me puxou para trás sobre ele, eu puxei meu braço e olhei para ele.

_'Hey, vai embora,' Naruto rebateu, aproximando-se.

_'Vem me tirar,' Gaara disparou de volta, jogando os braços para fora e desafiando-o. Então eu dei um soco. Bem, eu tentei, alguém pegou meu punho antes que colidir-se com sua mandíbula. Era Sasuke que tinha interferido.

_' Luta! Luta! Luta! '

De repente, houve uma enorme gritaria no meio do estacionamento, todo mundo começou a gritar, ' Luta! Luta!

Corri para a frente deles, tentando arrastar Sasuke para longe do Gaara, cujo lábio estava sangrando.

_'Sasuke!' Eu gritei várias vezes, mas ele não estava escutando.

Os meninos estavam todos gritando e discutindo, e agora havia um professor tentando controlar e avaliar a situação, mas meu cérebro não registrou nada disso.

_'Naruto!!! _'Faça alguma coisa!'

_'O que você acha que estou fazendo?' Ele respondeu bruscamente. _'Ninguém trata a minha melhor amiga assim. Naruto tentava separar a briga, entrando no meio dos dois.

_'Naruto. . .' Eu suspirei

_'Cara, se você gosta dela, tudo bem,' Neji zombou de Sasuke.

_'Uchiha!' Gritou o professor, intrometendo no meio da multidão rapidamente dispersando. _'O que é tudo isso?' Exigiu o professor - Reconheci a voz do vice-diretor Kakashi Hatake

_'É apenas um grande mal-entendido', eu disse a ele.

_'Todos vocês', disse ele, _'Para a detenção de uma semana. Sasuke Uchira e Gaara, no meu escritório agora. Você também Sakura.

Eu fiquei boquiaberta. _'O que eu fiz?' Exclamei.

_'Nada, mas eu gostaria de falar com você.'


Notas Finais


boa leitura


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...