1. Spirit Fanfics >
  2. Barriga de Aluguel >
  3. Cap 9

História Barriga de Aluguel - Capítulo 9


Escrita por: Dgila

Capítulo 9 - Cap 9


Eva

Depois da cena toda ,e constrangimento que o Sr Potter me fez passar, fico aliviada quando dona Nina vem buscar-lo,foi a única pessoa que conseguir chamar ,pois Dimas não me atendeu,e não tenho o número da Cleó...agora tenho que encarar o olhar da Susy me encarando...

- Você é amante do Sr Potter ?

- Não!! - exclamo - não é o que está pensando Susy...ah meu Deus, como vou te explicar isso se ...

- Mas ele falou que é o pai do seus bebês..

- Sim,mas ...eu e ele nunca tivemos nada ,eu nem o conhecia a meses atrás...olha tem que prometer não falar isso para ninguém...

- Mas... Eva não estou entendendo nada ,por favor me explica melhor .

Percebo que não adianta eu tentar somente pedir pra não falar...preciso explicar assim ela vai entender o motivo ...

- Ok vou te explicar ,mas isso morre aqui Susy ,até porque não vai desejar problemas com gente poderosa ..

Explico a ela somente o que acho necessário ela saber ,ela ouve atentamente ,pensativa..

- Uau ,estou pasma com tudo amiga...mas você está bem em relação a tudo isso?

Suspiro.

- Sinceramente Susy,eu não sei...as vezes é muito pesado para mim...outras vezes me convenço que estou fazendo meu melhor..

Ela me abraça. Depois de uma conversa sincera e amiga... no dia seguinte recebo uma ligação do Sr.Potter. 

- Desculpe por ontem ,coloquei você numa situação complicada com a sua amiga ,mas vou resolver tudo.

- Eu já resolvi tudo com ela,tive que explicar sobre a barriga de Aluguel não tive saída depois da cena que fez ...

- Ok...não vai se repetir ,vou ser mais cauteloso.

Ele desliga. Como é sábado e estou de folga ,aproveito e vou passear com Susy e minhas amigas do antigo trabalho...elas ficam fazendo perguntas ,mas as deixo pensar que o Dimas é o pai do bebê, afinal é o mais provável, vamos ao karaoke ,nos divertimos bastante toda a tarde... e volto para casa ,e ligo pra minha família, conversamos bastante sobre o tratamento e como meu pai é teimoso e deixam todos malucos de preocupação...meu irmão entrou pro time do colégio,e o outro é o melhor aluno da classe, os mais pequenos estão indo bem também... eu queria está do lado da minha mãe nesse momento deve está sendo difícil ,exaustivo ...mas minha barriga já está aparente ...e sempre invento desculpas para não ir visitar-los ...

Tomo um banho,e coloco um babydool, Susy tinha saído com o namorado e não vai dormir em casa ,então vou colocar minhas séries em dias comendo muita pipoca...as vezes eu e Dimas fazíamos isso juntos ,era divertido..mas as coisas sempre mudam... 

***

Nero

Ainda não acredito o que fiz ontem, foi o calor da emoção, a bebida ,tudo misturado fizeram-me se ajoelhar e beijar a barriga da Eva, e a constrangedora cena ainda fez sua amiga ouvir o que não devia...agora me sinto um idiota,imaturo.... não comentei isso com a Cleó, afinal ela não tem interesse em relação a gravidez...mando um buque de flores e um pedido de desculpas a Eva... vou caminhar com meu cão por o bairro,Lorenzo me faz companhia...ele ri quando digo o que fiz.

- Eu deveria ter te acompanhado ,assim não pagava esse mico,mas uma emoção é bom para sair da rotina - diz rindo - a garota deve ter ficado muito brava. 

- Concerteza ficou , e dessa vez com toda razão admito..mas se bem que de certa maneira sou o pai e as vezes quero está perto.

- Sempre o dono da razão, distorceu até você está certo Nero.

Dou um sorrisso.

- E a Cleó oque disse em relação a cena ?

- Não falei para ela,as vezes ela parece não desejar esses bebês, ou ficar por dentro de todo a processo.

- Nero não seja insensível, talvez ela apenas não se sinta bem ,afinal poderia ser ela ,mas tem problemas para engravidar,e você meio que forçou a barra para a inseminação acontecer,  pois também quer realizar o sonho de sua mãe antes dela partir...

- Ouvindo suas palavras eu pareço um péssimo marido,mesquinho Lorenzo.

- Essa não é a guestão aqui...mas com tudo isso você está pensando de uma maneira equivocada da Cleó. 

Fico em silêncio, talvez Lorenzo esteja certo...com tudo isso estou cada dia mais me afastando da Cleó, não vejo que pode está sofrendo afinal era pra ela está grávida.... fico pensando o quanto estou sendo um igoista e insensível com sua dor de vê outra grávida em seu lugar....Ao voltar para casa ligo para ela,a festa foi adiada pro próximo sábado então vou convidar -lá pra jantar fora.

-Vamos sair para jantar naquele restaurante que adora - digo

- Ah Nero, como desejava ir,mas esqueceu que hoje vamos jantar com meus pais? Pergunta ela.

- Ah claro...então ok.

Desligo e vou visitar minha mãe,ante de ir para a residência dos meus sogros e digo tudo que fiz,ela ri muito de toda situação.

- Queria vê você fazendo isso filho...coitadinha da Eva....a convidei para ir ao cinema hoje mas não aceitou,amanhã vamos almoçar juntas aqui em casa.

- Ah legal ... tenho que ir agora.

Eu a abraço. Depois do jantar,voltamos para casa,ela aperta minha perna carinhosamente...

- Nem o vi chegar ontem...

- Não guis a encomodar então dormir no outro quarto.

- Ah...- ela beija meu pescoço,ultimamente nossas conversas se resumem em sexo,sempre que vamos dialogar acabamos na cama.

-Quer conversar sobre você?

- Hum...estou muito atarefada ,e tem a festa sábado,tudo sob controle amor...

- Hum...Lorenzo acha que estou sendo igoista com você sobre a maternidade.

- Verdade afinal sempre está me julgando...Nero não quero ligação com aquela estranha ,e deve fazer o mesmo ,ouviu nas seções de terapia..

- Mas meu contato é apenas nas consultas..- digo apesar de esta omitindo alguns fatos ,realmente as vezes tenho contato com Eva constantemente, só quero que tudo dê certo ,não é pecado fazer isso,mas não quero me estressar com isso agora...

- Não vamos falar disso Nero ..

- Nunca quer falar sobre isso... não estou aqui falando da gravidez mas sobre você Cleó, reclama que estou negligênciando nosso casamento ,porém olha o que está fazendo...só nos entendemos na cama ,fora dela é um fardo.

- Me acha um fardo? Pergunta ela com lágrimas nos olhos se fazendo de vítima,odeio mi-mi-mi não tenho paciência..

- Não é isso que guis dizer,estou falando que parece um fardo para ambos ,nem diálogo existe.

- Mas ...eu o amo Nero,é tudo que desejo ,sabe que sem você eu morreria - diz ela chorando- vou mudar ,vamos fazer tudo certinho meu amor.

- Cleó não chore , não estou pedindo o divórcio, apenas quero ...

- Não fale essa palavra divórcio por favor ,sabe que eu sou louca por você, e vamos ser papais embreve ,tudo vai ficar ótimo.

-Ok , não chore mais ...vamos superar ..

Sei que nossa noite vai terminar na cama ,mas ultimamente isso tem deixado um certo vazio..





Notas Finais


Boa leitura.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...