1. Spirit Fanfics >
  2. Bastard Imagine Jeon Jungkook >
  3. Idiot

História Bastard Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Entãoooooo como quem não quer nada cheguei com uma história do Jungkook kkkkkkk
Espero que gostem ♥️

Capítulo 1 - Idiot


Fanfic / Fanfiction Bastard Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 1 - Idiot

             — Vamos filha já está na hora de acorda  fala me chacoalhando na cama.

— Tá bom mãe já tô acordando — me levanto ainda de olhos fechados indo em direção ao banheiro eu acho.

Ao entrar logo começo a me despi, entro no box do banheiro tomando uma ducha gelada.

E assim começa o meu primeiro dia do último no colegial, sim eu sei que muitas pessoas querem ficar na escola mas a única coisa que eu quero é sair logo dessa escola maldita, tenho muitas lembranças ruins dos anos passado, isso por coisa de um desgraçado, idiota, filh* d* Pu**, chamado Jeon Jungkook, esse menino transformou minha vida em um inferno naquela escola, desde que eu botei os pés lá ele não me deixa em paz, e ele é um dos motivos da minha depressão, e sim eu tenho depressão por causa das humilhações, que ele me fez passa, mas também a outro motivo. A alguns minha mãe tinha se divorciado do papai, mas ela conseguiu arrumar um namorado, ele era muito legal comigo me dava brinquedos, me dava comida, me dava doces e outras coisas.

Naquela época eu tinha uns 13 anos estava no 8° ano, tinha acabado de chegar da escola, gritei avisando que tinha chegado, então ele mandou eu subir, eu como era muito inocente foi pensando que era mais algum brinquedo ou até mesmo um celular novo, claro ele me deu uma coisa mas não era o que eu pensava. Cheguei no quarto ele me puxou para dentro e trancou a porta, ele foi e se deitou na cama. Me chamou para ir e deita com ele mas eu não fui e fiquei parada sem mecher nenhum músculo, então ele veio e me puxou com brutalidade pra se, e aí começou a pior coisa da minha vida , aquele desgraçado começou a passar a mão dele pelo meu corpo, tentei sai mas não tinha dado, então tentei denovo e consegui fui e corri até a porta mas estava trancado então ele veio e me puxou de novo. Ele já estava pegando na minha parte íntima eu está odiando aquilo não estava gostando de jeito nenhum, aquilo era nojento, eu já estava chorando quando ele começou a rasgar minha roupa me deixando pelada e daí eu não precisa mais nem contar o que aconteceu né.

Mas aí vocês devem tar se perguntando se minha mãe sabe daquilo, e sim ela sabe depois que aquele maldito fez aquilo comigo eu falei pra minha mãe e ela ligou para a polícia e eles prenderam ele, mas de uma coisa eu não esqueço ele falou que no dia que ele saísse iria me pegar, mas de uma coisa eu tenho certeza é que ele não iria sair tão cedo daquele lugar.

Então voltando né, já havia tomado meu banho e já colocado meu uniforme e sem esquecer meu moletom, já havia descido a escada e vejo minha mãe e a Laura a empregada.

— Bom dia filha ~ sorri colocando um prato na mesa.

— Bom dia mãe, bom dia Laura — me sento e fico fitando as duas fazendo o café da manhã, ovos, pão, e algumas panqueca na mesa.

— Bom dia menininha — coloca uma panqueca e uns ovos no meu prato.

Termino o café da manhã e vou atrás da minha mochila que havia esquecido de pegar lá no quarto, aproveito e também pego o celular, desço as escadas apressada, não é porque eu não goste daquela escola que eu tenho que me atrasar, na verdade eu sou uma das melhores alunas da sala, ou , seja me chamam de nerd.

— Tchau mãe, tchau Laura — já estava abrindo a porta quando minha mãe me chama.

Pera aí filha eu levo você no carro ~ estava ofengando por causa da carreira que veio kkkkk.

— Tá bom então, estou esperando lá fora e rápido por favor, não que me atrasar — saio de casa fico esperando lá fora na calçada.

Um tempo depois minha mãe chega já no carro, logo entra. Ao desce do carro já sou recebida por olhares uns de nojo, outros de inveja, e assim se vai .

— Tchau mãe — me abaixo ficando da altura do vidro do carro pra fala com ela.

— Tchau filha — e assim ela vai me deixando naquele lugar.

Então vamos lá né aguentar mais um ano nesse lugar entro e vou logo em direção a minha sala não queria encontrar aqui desgraçado do Jungkook agora, por sorte não encontrei ele, então fui para o meu lugar, e logo bateu o sinal e graças a Deus o idiota não apareceu eu estava sorrindo de felicidade, quando o professor então e logo da início a aula, mas logo ele é atrapalhado, poisé quando falam que alegria de pobre dura pouco não é mentira, era o desgraçado do Jungkook que entra na sala com o cabelo todo bagunçado e a blusa toda amarrotada com batom, todos da sala já sabem o que ele estava fazendo pra está daquele jeito, ahh e eu já ia me esquecendo de falar de que além dele ter a fama de idiota ele também tem a fama de ser o pegador da escola, ele já pegou toda a escola até alguma professoras.

— Desculpa professor eu me atrasei um pouco  — sorri desajeitado se sentando na cadeira que consequentemente era do lado da minha, que azar o meu não é.

O professor o desculpa e logo continua a aula, depois de um tempo fazendo atividades tivemos um pouco de paz, pois havia tocado a hora do recreio, bem eu não ia comer na verdade raramente eu como aqui nessa escola, então ou vou para o estádio o de eu fico sozinha escutando música mas nem isso vou pode faz quieta.

— Olha quem tá aqui se não é a nossa nerd da sala — ele levanta as mão e fica balançando de jeito debochado.

— Me deixa em paz garoto — sem paciência eu me levanto e saio, mas sou puxanda de volta e imprensada na parede.

— Calma aí nerdezinha eu nem cheguei e você já tá querendo ir embora ~ coloca a outra mão na parede agora me prendendo totalmente.

— Me deixa Jungkook — empurro o mesmo mas parece que pra ele aquilo foi um vento não fez nada, eu odeio ser fraca assim.

— O que foi nerdezinha — se aproxima mais ainda — tá com medo deu fazer alguma coisa kkkkkk.

E foi nesse momento que eu dei um chute bem no seu membro que fez ele me solta e rolar no chão das arquibancadas, então eu saí o sinal já tinha tocado, voltei pra sala e ele ainda não tinha voltado e assim eu espero que ele não volte, já estávamos a última aula, quando Jungkook entra na sala se desculpando para o professor.

— Desculpa, e que eu tive um pequeno problema — olha diretamente pra mim com uma olhar mortal, e eu é claro finjo que não sei de nada e assim continua a aula.

O sinal já havia tocado estava todo mundo saindo e eu estava arrumando minha coisa quando percebi que havia entrado alguém na sala olho diretamente e vejo o idiota do Jungkook vendo em minha direção.

FUDEU

 — Olha nerdezinha você vai me pagar a for que eu tô sentindo agora tá, só me espere que você vai pagar muito caro — e aí meus amigos eu já estava totalmente fudiada eu tinha congelado dos pés a cabeça, graças a Deus ele saio da sala aí eu pude respira.

Sai da escola e vejo minha mãe me esperando no carro, vou logo ao encontro dela.

— Então vamos filha? — sorri abrindo a porta do carro.

— Vamos kkkk — sorrio entrando no carro e loga a mesma da partida e fomos para casa.

Chegando lá fui para o meu quarto queria tomar um banho, entrei no banheiro me despi e tomei uma ducha gelada estava com muito calor. Desci as escadas e fui para a cozinha e encontro Laura terminando o almoço que estava uma delicia. Passei a tarde toda assistindo Netflix e a noite tomei um banho e fui fazer minha atividade, tinha acabado de terminar minhas atividades e fui para a cama e fiquei mechendo no celular alguns minutos e depois fui dormi a manhã eu vou me lascar e me fudeu por causa do Jeon, na verdade estava pensando no que ele faria amanhã, mas estava na hora de dormi amanhã será um dia logo.




Notas Finais


Espero que tenham gostado bjs até o próximo capítulo 😘
Enfim a hipocrisia não kkkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...