1. Spirit Fanfics >
  2. Bastidores Retrato de Uma Jovem em Chamas >
  3. Um novo capítulo

História Bastidores Retrato de Uma Jovem em Chamas - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Um novo capítulo


Fanfic / Fanfiction Bastidores Retrato de Uma Jovem em Chamas - Capítulo 3 - Um novo capítulo

-CORTA! - disse Celine para as duas atrizes.

O susto que elas levaram não era algo esperando por Celine que resolveu apenas observar, admirada, aquela total entrega. 

Era a última cena externa que Adele e Noemie fariam com suas personagens: Heloise e Marianne. 

Depois disso, somente cenas internas no castelo que Celine alugara para a locação do filme. 

Mas esta última cena externa era de um grau mental intenso, mexendo com emoções a flor da pele, o que exigia que as duas atrizes se abraçassem e chorassem copiosamente uma de frente para a outra. 

O que Celine não contava era que com o susto Adele e Noemie iriam chorar ainda mais se abraçando por demorados minutos com os rostos nos ombros uma da outra. 

"Bravo, meninas. Bravo" . - disse Celine surpresa e orgulhosa. 

Olhou para trás onde estava a sua produtora e perguntou:

"Não foram belas, Marcelle?" 

"Belíssimas. Explêndido". - disse a produtora aplaudindo emocionada.

Celine voltou-se para Adele e Noemie mas percebeu que elas ainda estavam abraçadas chorando agora em silêncio. 

"Que estranho..." - pensou por um segundo. 

"Marcelle! Consiga copos d'água para elas... E toalhas de rosto também... Por hoje encerramos".- disse Celine andando na direção delas.

"Vocês estão bem?" 

Adele afastou-se de Noemie ao ouvir a voz de Celine tão perto e soltou seus ombros. 

"Claro. - disse rapidamente e limpando. uma lágrima. - Estamos bem. Não estamos? - deu um leve riso nervoso limpando outra lágrima". 

Noemie sorriu de volta com o nariz vermelho e fungando.

"Sim, estamos". - sorriu tímida sem jeito e enxugando o rosto.

"Parabéns. Vocês foram ótimas. - disse Celine olhando para as duas. - Eu fico pasma com a entrega de vocês. Eu quase penso que isto tudo é real. Parece que eu sou uma testemunha ocular e tudo isso é verdade". 

"Que bom que pensa assim. Pelo menos não vamos ser demitidas".- disse Adele retomando a sua verve piadista. 

"Não venha com suas piadas agora. - disse Celine rindo. - A sua cara ainda está vermelha como um pimentão" 

Adele voltou-se para Noemie que riu também e Celine, ainda olhando para Adele, desfez o sorriso. 

 

... 

 

Meses depois... 

O filme Retrato de uma Jovem em Chamas estava pronto. 

A sua pré-estreia estava marcada para o festival de Cannes, equivalente ao Oscar na França. 

"Vai mesmo estrear lá?!" - disse Adele quase pulando ao celular. 

Celine sabia que Adele ia adorar saber disso. O festival de Cannes havia sido a estreia das duas 15 anos atrás e também havia sido ali que tinham dado o primeiro beijo. 

Era um local especial para Celine e certamente também para Adele. 

"Vai. - disse Celine feliz. - Vamos retomar ao nincho. O reconhecimento do nosso cinema anos depois".

"A confirmação de que somos boas em nossa arte! Porra! Estamos de volta!" - disse Adele eufórica. 

"Sim!" - gargalhou Celine. 

"E você já contou pra Noemie? Quer que eu fale com ela?" 

"Eu vou falar. Vou ligar". - disse Celine já com o tom de voz mais sério. 

"Mas eu ligo se você quiser! Posso avisar agora mesmo". 

"Não precisa. Eu mesma ligo". - disse Celine. 

"Certeza? Tem certeza?" 

Celine sentiu que ia explodir ali e desligou rápido o celular. 

"Merda!" - disse alto largando o celular na escrivaninha. 

Levantou-se rápido da cadeira e começou a andar de um lado para o outro em seu quarto-escritório

Com uma mão no queixo Celine não conseguia parar de pensar:

"Mas que droga está acontecendo?" 

"Adele está apaixonada?" 

"Noemie também?" 

"Será que estão juntas e não me contaram?"

Do outro lado da cidade parisiense Adele olhava o WhatsApp para o nome de Noemie. 

Estava louca para contar a novidade. Noemie sem dúvida não tinha ideia da repercussão que a sua carreira teria após o filme. Adele mal via a hora do dia do evento chegar. Já fazia algum tempo que não falava com Noemie e também nem tinha assunto. Não sabia o que dizer. 

"Preciso logo arranjar um horário para adiantar minhas unhas" - disse para si pegando a sua pochete e colocando no ombro. Pegou suas chaves de casa e da trava da bicicleta e abriu a ponta.

"Aí, Porra!" - gritou estremecendo o corpo ao dar de cara com Julie Lanoi na porta. 

"Olá" - disse Julie sorrindo e parada a olhando. 

Julie vestia um terno preto com uma camiseta branca de seda por dentro. 

-Oi... - disse Adele com os olhos bem abertos e surpresa. 

-Posso entrar? Vai me convidar? 

-Eu não... Eu vou... Claro... Entre. - disse sem jeito. 

Antes que Adele pudesse piscar, Julie entrou rápido e fechou a porta por trás dela dando um beijo faminto empurrando Adele para trás. 

*BAM*

-Ai! 

-Doeu a cabeça? - perguntou Julie segurando o cabelo de Adele por trás e passando o dedo indicador com a mão direita em seus lábios. 

Adele estava ofegante vendo o rosto de Julie chegar bem perto. 

"Você finge que não me quer mais. Finge que não liga e não me liga. Não é?" 

Seus dedos desceram para os botões da blusa de Adele ao que ela segurou com uma mão impedindo que Julie desabotoasse a blusa. 

"Você se drogou de novo? É isso?" - perguntou com raiva. 

Julie sorriu tirando a mão do cabelo de Adele e segurando com força a outra mão dela:

"E daí? Que importa? Na cama você gosta de mim de qualquer maneira, não gosta? Hein?" 

Julie segurou o pescoço de Adele e a empurrou de novo contra a porta. 

"Idiota!" - disse a largando e saindo do apartamento. 

"Julie! Julie!" - gritou Adele da porta vendo-a descer rápido as escadas caracol do antigo prédio. 

"Que merda! Porra Adele!" - exclamou arrependida. 

"Para que tinha de ter indagado sobre as drogas?" - perguntava-se auto torturando. 

Teve vontade de chorar. Afinal, apesar de não ter se apaixonado por Julie na rápida época em que estiveram juntas, queria de fato ter ajudado a cantora a sair daquele problema. 

Só não sabia como. 

O vídeoclip De mon Âme a ton âme iria sair para o público naquela semana e era óbvio que Julie deveria ter ido vê-la para falar disso. 

-Que merda, Adele... - repetia para si o tempo todo. 

Trim Trim

O cel de Adele tocava novamente. 

"Noemie?" - disse atendendo depressa. "Quanto tempo!" 

"Oi... Precisamos conversar" - disse Noemie apreensiva. 

"Sim. Diga. Pode falar. 

"Celine me ligou agora. Disse que iremos a Cannes... Para a pré-estreia... 

"Sim! Iremos! Maravilha não? 

" Sim... Exceto que ela me perguntou se estamos juntas... "

" O quê?!?! "

"É até embaraçoso dizer isso... Mas Celine acha que estamos tendo um caso... "

" Quê???! " - Adele riu nervosa no outro lado da linha. "Ela está insana? Um caso?" 

"Sim. Um caso..." 

"Mas ela sabe que você é casada. Não teria porque achar isso. ". 

"Na verdade... - disse Noemie sem jeito procurando as palavras para falar:

" Eu me separei um mês atras... E ela é uma das poucas pessoas que sabe..."

Adele ficou em silêncio por uns segundos. Noemie também. 

" Você quer... - Adele buscou um sr para continuar a falar, seu coração tinha disparado." Quer sair para um café? "- perguntou coçando rápido a nuca. 

Seu tom de voz estava mais baixo, nitidamente nervosa. 

"Pode s ser. - gaguejou Noemie. 


Notas Finais


Trailer do filme Retrato de uma jovem em chamas:

https://youtu.be/EwFE6FMY1tQ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...