1. Spirit Fanfics >
  2. Battle wings (Hawks!Keigo X Sn) >
  3. Início do treino, parte 1

História Battle wings (Hawks!Keigo X Sn) - Capítulo 2


Escrita por: Bill_conney

Notas do Autor


Oi pessoal tudo bem? Obrigada pelo apoio no ultimo cap <3.. Pessoal, então, não era para sair cap essa semana, porém queria postar logo.. Então em vez de postar na minha outra fic, to postando nessa.. Espero que gostem, um beijão e obrigada <3 <3

Capítulo 2 - Início do treino, parte 1


Fanfic / Fanfiction Battle wings (Hawks!Keigo X Sn) - Capítulo 2 - Início do treino, parte 1


S/n


Hawks - vamos passar onde era seu apartamento, quem sabe encontramos alguma coisa intacta.



Ele me pega nos braços e bate suas longas asas, que nos tira do chão rapidamente.

S/n - n-não!.. Vamos andando...

Hawks - está um pouco longe, assim é mais rápido!



Sem mais um "a" ele voa até onde estávamos..

(...)

Hawks - eita!

S/n - está totalmente destruído...

Hawks - acho dificil encontrarmos alguma coisa aqui! Certo vamos embora! Podemos comprar coisas novas para você!



Estou quase indo até ele para irmos embora, até que coloco a mão no meu peito e sinto falta de algo.

S/n - espera..

Hawks - já disse, podemos comprar coisas novas!

S/n - meu colar sumiu!

Hawks - qual colar?

S/n - o que tinha a pena que você me deu!

Hawks - te dou uma nova.

S/n - não quero te despenar hunfhunf

Hawks - engraçadinha.

S/n - preciso encontrar aquela!



Corro até o desmoronamento, e começo a mexer nos entulhos.

S/n - cadê... Cadê..

Hawks - te arrumo outra s/n

S/n - aquela era especial.

Hawks - (suspiro)



Ele fecha os olhos se concentrando, e então algo começa a se mexer no meio das coisas, vejo algo vermelho e corro até lá, pegando a pena.

S/n - c-como fez isso?

Hawks - tenho controle das minhas penas, se bem que essa foi mais dificil de controlar, deve ser por que fiquei muito tempo longe dela!

S/n - uau, isso foi incrivel!

Hawks - ainda não acredito que você guarda essa pena.

S/n - a, vê se não enche, afinal, você que pediu para mim tomar conta!



Keigo revira os olhos dando um sorriso.

Hawks - meu apartamento não é muito longe daqui, vamos a pé! Você esta pesadinha..

S/n - HAWKS!!



encaro ele e o mesmo me da uma piscadela.

Hawks - hunfhunf.. É tãoo bom voltar a encher o seu saco. Só estou brincando, vem vamos..



Eu o acompanho ficando do seu lado

Hawks - você se importa de usar uma roupa minha emprestada? Amanhã pela noite podemos resolver isso.

S/n - unnnnhhh, cheirinho vai estar bom?

Hawks - hanfhanf.. Vai a merda s/n, tenho cheirinho de bebê!

(...)



Chegando no apartamento dele, o mesmo me mostra tudo e o guarto que vou ficar..

S/n - uau.. É enorme! Keigo, me sinto tão mal, sinto como se eu fosse um encomodo!

Hawks - para com isso, é bom ter uma companhia! Bom, fica a vontade, vou pegar uma roupa para você, e fazer uma ligação.



Ele sai fechando a porta, e eu aguardo até ele voltar deixando uma roupa para mim. Tomo um banho rapido e coloco a roupa indo para a sala. Onde keigo estava conversando no celular.

Hawks - uhum.. Entendi, ta.. ta

Ele me vê e da um sorriso, colocando um dedo nos labios

Hawks - de manhã não dá?.. E de tarde, você da aula?

Hawks - não tem como sair mais cedo?

Hawks - te garanto, ela tem talento! Só precisa de uma ajudinha!

Hawks - ok, as 14:00?

Hawks - ok, ok.. Obrigado, te vejo amanhã!



Ele desliga o celular e olha para mim de baixo para cima com um sorriso.

Hawks - ficou bem em você. A proposito, estava falando com o Eraser Head, ele virá amanhã de tarte para te ajudar também.

S/n - o E-Eraser Head??

Hawks - por que o susto? Teve algo com ele? Quer que eu desmarque?

S/n - que? Não! Eu só o adimiro muito, acho quele um puta herói! Já não queria incomodar um herói, e agora são dois grandes heróis!

Hawks - antes de um herói, eu sou seu amigo, já esta decidido, amanhã vamos começar.

S/n - obrigada Keigo..

Hawks - não precisa me agradecer, mas eai? Fome?

S/n - um pouco para falar a verdade!

Hawks - espero que você assalte a jeladeira de madrugada se tiver fome.

S/n - você que disse, depois não reclama!

Hawks - hunf, vem vamos ver algo para comermos.



Depois que terminamos fomos para a frente da porta de nossos quatos.

Hawks - muito obrigado por estar bem s/n..



Ele me pega um pouco deprevinida e vou até o mesmo, envolvendo meus braços nele, Hawks corresponde ao meu abraço, seus braços são firmes e quentes, juntos ele nos envovel em suas asas.

S/n - seu abraço sempre foi o melhor, desde quando eramos pequenos!

Hawks - é bom saber que ainda é o seu preferido..



Ele da um leve beijo na minha cabeça.

Hawks - boa noite, se precisar de mim estarei aqui, só me chamar.

S/n - obrigada, boa noite Keigo.



Vamos cada um para seus quartos, e logo adormeço.

(...)



Acordo muito cedo e o lugar esta em cilencio. Saio do meu quarto dando uma volta pelo apartamento, e termino sentada na cadeira da cozinha. Um tempo depois o sol já ilumina a área, a porta do quarto de Keigo se abre, ele sai usando apenas uma calça e estica suas asas.

Hawks - você acondando cedo? Ou você nem dormiu? Se for o caso, você poderia ter me chamado.

S/n - a não, eu dormi sim, só acabei acordando muito cedo. E não tinha necessidade de te acordar.

Hawks - se não dormiu o suficiente, melhor voltar para a cama, hoje vamos começar o treino, ver o que você pode ou não fazer.

S/n - vou estar pronta, não estou com sono.

Hawks - se esta dizendo, vou ver algo para comermos então. O que acha de omelete e suco, até onde eu me lembre você gostava muito de omelete.

S/n - hunfhuf, é eu ainda gosto.

Hawks - isso me faz lembrar de quando éramos pequenos, até nas brincadeiras, quando fazia comida de barro falava que era omelete hunfhunfhuf..



Keigo da uma risada calorosa, e depois olha para mim.

S/n - hunfhunf, queria voltar para essa época.

O sorriso de keigo se apaga um pouco.

Hawks - para falar a verdade, eu agradeço por ter te conhecido naquela época, mas não sei se eu gostaria de voltar.

S/n - você ainda tem a cicatriz que seu pai deixou?

Hawks - sim, esta aqui infelizmente.



Ele afasta um pouco as asas para me mostra. E eu coloco minha mão levemente nela, só ai que percebo ele e suas asas se arrepiando.

S/n - desculpa.

Hawks - não, tudo bem.



O mesmo relaxa as asas novamente e me olha sorrindo.

Hawks - bom, vou fazer nosso café da manhã.

S/n - quer que eu faça o suco?

Hawks - pode deixar que eu faço.

S/n - quero ajudar de alguma forma, é o mínino.

Hawks - a teimosia não muda não?



Mostro a lingua para ele, e vou fazer o suco, quando fica pronto, nos sentamos para comer.

Hawks - estava pensando. O que acha de irmos agora de manhã comprar algumas coisas?

S/n - acho melhor, e keigo, vou arrumar um trabalho para te pagar por isso.

Hawks - eu não vou aceitar, fica tranquila até você se tornar heroína! Depois conversamos!



Depois do café da manhã andamos pela cidade, Hawks sempre cercado mais de mulheres do que de homens, crianças e alguns gatos tentando pega-lo. Voltamos para casa com varias sacolas de roupas, sapatos, coisas pessoais.

S/n - acho que você gastou de mais..

Hawks - só o necessário..

S/n - desde quando Brincos e posseiras são nessessarios?

Hawks - aa vai, ficaram encriveis em você, como não iria levar?

Dou um sorriso revirando os olhos, e ele sorri de volta

S/n - de qualquer forma, obrigada Keigo.

Hawks - não precisa agradecer, vai lá se arrumar, que daqui a pouco vamos para a minha agência, coloca a roupa de treino. Enquando isso vou comprar o almoço para levar na agência.



Me arrumo rapidamente, quando Hawks chega ele faz o mesmo, e vamos para a sua agência. Almoçamos lá e esperamos um pouco, quando vêmos já são 12:40.

Hawks - o que acha de começarmos alguns testes?

S/n - não devíamos esperar o Eraser Head?

Hawks - que nada, temos que fazer cada segundo valer a pena, vem vamos para a área de treinamento.



Chegamos em um lugar totalmente fechado e bem espaçoso.

Hawks - preparada?

S/n - acho que sim..

Hawks - muito bem, pode ativar sua individualidade..



Não faço nada e fico parada ali um pouco apreenciva.

Hawks - qual o problema?

S/n - vou me afastar um pouco, ok?

Hawks - hunfhumf, já disse que nada irá acontecer, mas se isso te conforta, tudo bem!




Hawks


Me afasto e ela ativa sua individualidade, se transformando.

Hawks - uma gata? Você virou uma gata??? Hahahnf.. Ok é fofo, não sei como machucaria alguém.



Percebo que ela começa a me encarar.

Hawks - você pode entender o que eu falo?



A mesma acena que sim com a cabeça.

Hawks - isso é bom, pelo menos você me entende.. Consegue falar?

S/n - miuh

Hawks - a cara, isso é muito fofo, certo você não consegue falar.. E desativar sua individualidade?



Ela espera um pouco mas então nega com a cabeça.

Hawks - é.. Acho que vamos ter que esperar até o Eraser Head chegar.. Tenta mudar de forma, virar um outro animal


Um minuto se passa e nada.

Hawks - será que você só consegue virar uma gata?.. Vem aqui.. Pchi pchi pchi



Ela revira os olhos porém vem. Faço um carinho em seus pelos, e a mesma ronrona. um tempo se passa e esta quase na hora do Eraser Head chegar.. Mas S/n começa a reclamar, parece ser dor, e então deita no chão.

Hawks - ei o que foi?.. Ei.. Mas que droga!



A mesma aperta seus dentes.

Hawks - calma.. Fica firme ai, Eraser já deve estar vindo, vou ligar para ele..

S/n - ....



Mas então antes que eu faça qualquer coisa ela parece bem e se levanta..

Hawks - o que aconteceu? está bem? Já passou?



S/n acena quer sim com a cabeça

Hawks - unhh ótimo.. Consegue desativar sua individualidade agora?


Ela nega 

Hawks - não temos muito o que fazer então.. Unhhh pera ai..



Faço uma bola com papel e jogo para lá.

Hawks - vai.. Pega..

S/n - ...

Hawks - a vai.. Não tem mais nada para fazer.


Ela fica ali sentada sem mecher um músculo.. levanto e vou pegar mais papel, quando volto me sento no chão um pouco afastado dela e começo a fazer várias bolinhas de papel.

Hawks - vai pega.. 

Hawks - pega.. 

Hawks - pega 


Jogo uma atrás da outro, e ela só fica me observando, para encher o saco dela começo a jogar na mesma, porém jogo de vagar, percebo que s/n começava a se irritar, em um piscar de olhos ela vem correndo até mim, no ultimo momento quando ela já esta bem perto, a mesma se transforma de uma gata para um lobo enorme maior do que o normal. Sem tempo de me esquivar ela consegue me prender no chão enquanto rosna me encarando. Consigo manter uma distancia usando meus braços, apesar de parecer que ela não pretende me atacar, estou prestes a fazer algumas perguntas mas ela volta a sua forma humana, me olhando fracamente e então desaba.

aizawa - ela quase te pegou de jeito..

Hawks - Eraser?.. ela não ia me atacar! Mas obrigado.

Aizawa - não foi o que me pareceu! E enquanto estivermos aqui pode me chamar apenas de Aizawa, já disse! Então.. Essa é a garota?

Hawks - ela mesma.


A pego no colo e levo até uma sala ao lado da área de treinamento. 

Aizawa - e você acha que ela pode ser uma heroína apenas por se transformar em um lobo enorme? 

Hawks - mesmo que fosse só isso eu acharia que sim, porém não é só isso, antes disso ela havia de transformado em um gato, uma gata na verdade. 

Aizawa - você acha que ela pode se transformar em todos os tipos de animais? 

Hawks - não, eu acho que não.. Quando eu perguntava as coisas para ela, ela me entendia, então pergunte se ela poderia se transformar em outra coisa, ela tentou porém nada aconteceu. 

Aizawa - você acha então que são animais específicos?

Hawks - não sei, talvez!.. Teve uma hora que ela sentiu uma dor muito forte e logo melhorou, mas só depois ela se transformou na quele lobo!

Aizawa - e se for algo relacionado aos sentimentos?  Pelo fato dela ter sentido dor ela se transformou.

Hawks - faz sentido mas não na questão da dor.

Aizawa - e por quê?

Hawks - depois que essa dor passou ela não se transformou na hora, porém ela se transformou quando ela se irritou comigo por ter tacado bolinhas de papel nela hunfhunfhunf..

Aizawa - você é pior que criança! 

Hawks - pelo menos avançamos um paço, eu acho!

Aizawa - falando em avançar, ela vai ficar ai dormindo? perdi meu tempo para ficar vendo ela dormir?

Hawks - espero que ela acorde logo...


Em menos de 20 minutos ela finalmente acorda.

Aizawa -  Hawks, ela acordou.. 

Hawks - s/n, está bem? Você se lembra do que aconteceu?

S/n - sim e não.. Só me lembro de ativar minha individualidade. E-Eraser.. É um grande prazer te conhecer..

Aizawa - o prazer é meu, e enquanto estivermos aqui pode me chamar de Aizawa.

Hawks - certo certo, deixa eu apresentar ela melhor, o nome dela é s/n, ela é uma amiga de infância.

Aizawa - Hawks, não acho correto você envolver amizades em trabalho de herói. Pode te afetar e afetar ela também se algo acontecer, e colocar todos em perigo.


Antes que eu possa responder, ela fala.

S/n - Aizawa, não acho que você precise se preocupar com isso, realmente eramos muito amigos guando crianças, mas ficamos anos sem se ver, não acho que algo possa afeta-lo agora.


Tive que concordar, porém eu sabia que na verdade, eu não suportaria se algo acontecesse com ela, já errei uma vez em me afastar por tanto tempo, não quero mais errar com ela. Se preciso colocaria tudo em jogo. 

Hawks - ela está certa!

Aizawa - O mesmo tem que valer para você s/n.

S/n - sim, o mesmo vale para mim 

Aizawa - muito bem, então vamos conversar sobre o que aconteceu, e o que podemos fazer para descobrir mais sobre sua individualidade.

S/n - ok

Aizawa - só uma coisa s/n, você precisa se controlar logo se não quiser atacar o Hawks de novo!






Notas Finais


Novamente, obrigada pelo apoio e espero que tenham gostado, desculpa qualquer erro, e um beijão <3<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...