1. Spirit Fanfics >
  2. Be mine just one night please? >
  3. Matando a saudade

História Be mine just one night please? - Capítulo 36


Escrita por:


Notas do Autor


AAAAAAAAAH BORA CANTAR EM ALTO E BOM SOM O ALELUIA POR EU ESTAR APARECENDO EM MENOS DE UMA SEMANA?kkk

Vocês agradeçam a minha mente por ela ter favorecido e criado criatividade pois eu só viria aparecer aqui sábado.

Sana-ah está de volta aos braços de sua mãe,mesmo que seja por apenas um mês...Mas mesmo assim isso me deixou toda sentimental kkk
Espero que um sentimento de carinho e apoio acertem em cheio vocês como me acertou!

Vou parar de enrolar aqui pois vocês vieram pra ler,não pra me verem sendo boba pela minha fanfic :)))

Boa leitura💕🌻

Capítulo 36 - Matando a saudade


       M I N A T O Z A K I   S A N A


A aguá gélida se chocava contra meus pés ao enlaço em que eu os batia contra a água da piscina do hotel.

Minha manhã/tarde havia sido cheia de emoções,emoções que deixaram meu coração quentinho até agora de sentimentos bons e calorosos...


Busan,residência dos Minatozaki's

9:30 am.


Tudo está como antes,antes de eu partir para Nova York assumir a empresa de meu pai.

É o mesmo porteiro,jardineiro e o jardim como sempre impecável,Hyun-ji forá sempre um ótimo jardineiro e um grande amigo,um segundo pai digamos assim.

Após aquele abraço quentinho dado por Hyung-ji,voltei a caminhar pelo caminho de pedras que se conectava com a entrada da casa.

Só de saber o que me esperava lá dentro,meus olhos ardiam,mas a felicidade de ter os vindo visitar não morria.Mesmo que seja um mísero mês,eu iria o aproveitar como se ele fosse acabar amanhã.

Foram só duas batidas,mas se pareceu uma eternidade,até ser acolhida nos braços de minha mãe que me atendeu calorosamente.

E se antes meus olhos apenas ardiam agora eles eram banhados por lágrimas.

–Mamãe? – ela segurou meu rosto entre suas mãos me enchendo de beijos.

–Você está tão bela minha querida – tentei inconscientemente parar de chorar para observar melhor minha mãe,pois minha visão estava embaçada pelas lágrimas,mas foi uma tentativa falha. –Tem se alimentado bem?

–Eu estava com tanta saudade da senhora,você faz falta mamãe – voltei a abraça-lá. –E sim mãe,estou me alimentando bem – sorrio.

–Mamãe? – a voz manhosa ecoou pelo cômodo e pelos meus ouvidos também.

–Jimin-ssi – corri até o menor o enlaçando em meus braços. –Você cresceu,mesmo que seja pouco ainda.

Ri de sua caranca nada feliz,mas isso não durou muito e seu rosto se tornou choroso.

–Eu tinha pensado esses anos todos que você tinha me abandonado,Noona – o choro se fez presente e junto a isso sua manha. –Nunca mais veio nos visitar,me visitar...

–Não fiz por mal pequeno,o papai precisava de alguém para trabalhar em sua empresa em Nova York – segurei seu rosto entre minhas mãos e selei seus fios,agora tingidos em tom loiro,que o deixava radiante. –Você perdoa sua Noona?

–Mas é claro que sim,sabe que não consigo ficar bravo com minha Noona favorita – o elaçei em um abraço curto,que logo foi rombido por um pigarro vindo de minha mãe.

–Estou ficando com ciúmes – rimos.

–Não precisa,mamãe – Jimin lhe lançou um sorriso gengival.

Dá vontade de pegar meu irmão,o guardar num potinho e o proteger de todo o mal do mundo.

Mas mesmo ele sendo pequeno,ainda não cabe num potinho então essa opção nos deletamos.

–E o papai aonde está? – me aconcheguei no sofá da sala sendo acompanhado por Jimin e minha mãe.

–Ele era para estar de folga hoje,mas parece que ocorreu um imprevisto e ele foi chamado a empresa,mas diz que chega antes do almoço. – concordei.

A vida de meu pai consegue ser mais agitada que a minha lá em Nova York.Mas eu e ele amamos essa pressão e o que fazemos,acho que puxei isso dele.

–Ah,Jimin e os namoradinhos? – eu adorava o irritar com essas perguntinhas chatas.Amava ver meu irmão aos nervos,querendo me estrangular por sempre fazer essas perguntas chatas.

Mas desta vez foi diferente.Sua expressão continuava serena.O que aconteceu nestes quatro anos que eu fiquei sem os visitar?Estou muito desatualizada...

–Os namoradinhos não,O namoradinho – um sorriso cínico formou nos lábios carnudos de Jimin.

–Que história é essa Minnie? – minha cabeça estava uma confusão,tentando raciocinar a indireta,que era mais direta,que foi lançada para mim.

Ele estendeu sua mão em minha direção e lá eu pudi analisar a aliança encaixada em seu anelar direito.

A aliança mesmo simples era deveras linda,com seus detalhes em brilho.Alianças assim que são de minha preferência e parece que a de Jimin e de seu namorado também.

–Jimin,você está namorando? – ele assentiu e aí que minha ficha caiu. –Mamãe,como a vida é injusta,o Jimin está namorando e eu ainda não.

–Isso é pra você aprender a nunca mais subestimar meus encantos – senti uma pontada de convencimento em sua voz e ri. –Antes você só me chamava de encalhado agora quem está encalhado aqui é você,Noona.

–Mas,eu não estou encalhada... – sorrio de canto,lembrando de Tzuyu. –Estou em um estado em que me encontro conquistando o coração de Tzuyu,minha secretária.

–Sua secretária? – mamãe falou primeiro e os dois pareciam um tanto surpresos com a notícia. –Seu pai ficará uma fera quando souber disso,ele lhe avisou que não queria compromissoscompromissosalém do de trabalho e profissionalismo.

–Mamãe,mas foi mas forte que minha pessoa quando vi já tinha caído nos encantos da Chou – resmunguei e começamos a caminhar a sala de jantar.

Nós aposentamos em nossos lugares e eu no qual eu já havia nomeado de meu desde pequena.

–Por enquanto deixa isso em segredo,longe dos ouvidos do papai e se vocês começarem a namorar vocês falam para ele. – sugeriu e eu concordei.

–Acho uma ótima idéia – sorrio me servindo. –Irá manter isso em segredo do papai,mãe?

A expressão da mais velha estava um tanto confusa.

–Vai mamãe,por mim e pelo Jimin – dramatizei fazendo um cara fofa,para ver se convencia a mais velha. 

–Tá,isso irá ser nosso segredo – eu e Jimin comemoramos e o café percorreu agradável.

Contei as novidades e tudo que aconteceu comigo esses quatro anos que estive fora e eles me contaram as novidades daqui também.

Eu mesmo ligando algumas vezes para mamãe,ainda não estava informada de tudo.Pois a hora passou e nem percebemos.

. . .

–Jimin a campainha – gritei do andar de baixo e mesmo eu estando na sala próxima a porta eu estava com preguiça de ir abri-lá.

–Noona,abre pra mim por favor?Estou terminando de ajudar a Noona Hye a fazer o almoço e por isso não podemos abrir. – resmunguei em reprovação e segui preguiçosamente até a porta.

Só poderia ser papai que havia esquecido de levar as chaves de casa pro trabalho,isso era habitual de meu pai fazer.

–Papai como sempre v... – levantei meu olhar para a pessoa a minha frente e quis me enfiar num buraco fundo,pois ali não era meu pai e sim alguém desconhecido por mim.

–Ah olá o Jimin,está? – abaixei meu olhar para suas mãos e ele segurava flores e uma sacola de marca. 

–O que você quer com o,Jimin? – foi inevitável não deixar um tom enciumado pairar na minha frase.

–Me desculpe pela falta de educação –um sorriso tímido se fez presente nos lábios do garoto. –Sou Jeon Jungkook,namorado de Jimin!

–Aah sim... – concordei e abri espaço para o mais alto entrar e assim ele fez. –Jimin meu cunhado vulgo seu namorado chegou! – gritei em alto e bom som para o menor escutar.

Não demorou menos de segundos para a cabeleira loira de meu irmão aparecer na sala e pular no colo do tal Jungkook.

–Não se agarrem agora,não quero ficar de vela – acho que falei com as paredes dessa casa,pois Jimin deu de ombros e beijou Jungkook.

Já que não queria presenciar a cena e ser nomeada depois de vela sai as pressas da sala,indo a cozinha ajudar Lee Hye no almoço,mesmo que ela recusasse.




Notas Finais


SIM EU FIZ O JIMIN COMO IRMÃO MAIS NOVO DA SANA,por que eu amo muito o Jimin e a Sana...E nada melhor de os transformar em irmãos kkk e eu precisava de um irmão pra Sana pra compor essa cena e ninguém melhor que o Jiminnie^^

Ele aparecerá aqui e...NÃO DAREI SPOILER!!!

Eu consegui atingir vocês com algum sentimento bom,esse acolhimento de família?Espero que sim:)
Me contem aqui nos comentários se consegui kkk

Espero que tenham gostado meus amores,e se vocês morreram de amores neste capítulo no próximo morreram mais ainda...Tentarei trazer att esse final de semana!
Mas não prometo na okay? :3

Lee Hye:A moça que trabalha na casa para a família da Sana.

Até :)💕🌻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...