História Be My Girl (Imagine) - Capítulo 118


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BtoB, EXO, Girls' Generation, Got7, Harry Styles, Jay Park, Monsta X, One Direction, Seventeen, SHINee, Super Junior
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, Cho Kyuhyun, Choi Siwon, D.O, Hansol "Vernon" Chwe, Harry Styles, Heechul, Henry Lau, Hyoyeon, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jonghyun Kim, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Heechul, Kim Mingyu, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lee Donghae, Liam Payne, Lisa, Louis Tomlinson, Lu Han, Mark, Min Yoongi (Suga), Minho Choi, Niall Horan, Park Jimin (Jimin), Rosé, Sehun, Seohyun, Shindong, Show Nu, Sooyoung, Suho, Sungjae, Sunny, Taemin Lee, Taeyeon, Tiffany, Xiumin, Youngjae, Yugyeom, Yuri, Zayn Malik
Tags Bambam, Blackpink, Btob, Bts, Exo, Got7, Hoseok, Jackson, Jaebum, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Sungjae, Super Junior, Taehyung, Yoongi, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 1.099
Palavras 958
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie meus amores! Estou feliz por conseguir postar hoje 😆
Boa leitura 🙏
Chu~💋

Capítulo 118 - Não Vá Angel


Fanfic / Fanfiction Be My Girl (Imagine) - Capítulo 118 - Não Vá Angel

Amassaei a carta e a joguei no lixo, palavras bonitas não fariam eu apagar a traição e perdoá-lo como se nada tivesse acontecido, eu não seria tão idiota assim. Seria mentira se eu dissesse que não sentia nada pelo Kai, apesar de tudo eu ainda o amo, da mesma forma como eu ainda amo o JB. Eles agora seriam páginas viradas em minha vida e nada mudaria isso. Kai está vivendo perfeitamente nos Estados Unidos e JB eu nem sei se ainda está vivo, ninguém mais teve notícias dele e, eu preferia assim. Após limpar as lágrimas resolvi ligar para minha omma para saber o porque ela fez isso comigo. 

📱*Chamada Ativa*

Eu: Por que fez isso comigo?!

Omma: Fiz o que com você? Por que está chorando? 

Eu: Você sabe muito bem do que eu estou falando e porque estou assim.

Omma: Se eu soubesse não estaria perguntando, não sou vidente para adivinhar. 

Eu: Como você pode falar assim comigo numa situação dessas?! Aish!

Omma: Angel se você não dizer logo o que está acontecendo eu vou pegar o primeiro avião para Londres e vou te dar uma coça garota!

Eu: POR QUE VOCÊ MANDOU ESSA CARTA DO KAI?! QUERIA ACABAR COM A MINHA VIDA?! PARABÉNS! VOCÊ CONSEGUIU. 

Omma: Aaaah é disso que você está falando...

Revirei os olhos.

Omma: Eu mandei porque a carta era pra você e Yoongi estava louco para abrir. Eu sabia de quem era e por mais que eu queria matar ele por ter feito o que fez com você, achei que você gostaria de ler o que ele tinha a dizer, sabia que no fundo você ainda nutria algum sentimento e sua reação só me comprovou a verdade. 

Eu: Eu não quero saber o que ele tem a dizer, eu não quero saber dele nunca mais!

Omma: Então era só jogar fora ué! Ninguém te obrigou a ler.

Eu: Aish!

Omma: Já que a senhora está toda estressadinha eu vou desligar e ir fazer um bolo que o Michael tá me pertubando o dia inteiro. Espero que melhore esse seu humor ou eu apareço ai. O recado foi dado. Tchau!

📱*Chamada Encerrada*

Minha omma estava certa, eu não devia dar chiliques pela minha curiosidade, ela não merecia ser tratada assim por mim. Deitei sobre meu travesseiro e fechei os olhos tentando relaxar a mente e acalmar o coração. 

...

29 de Julho de 2018

- Harry se você tirar mais uma vez as coisas que eu estou colocando na mala eu vou matar você! - Ameacei. 

- Eu não quero que você vá embora Angel! Com quem eu vou brincar de madrugada?! - Ele respondeu fazendo bico. 

- Com as vadias que você vivia pegando ué - Dei de ombros jogando mais um pouco de roupas em minha mala.

- Mas eu quero você e não elas - Harry se jogou em minha cama.

- Você pode ir me visitar quando quiser. Não vou morrer, apenas vou mudar de casa.

- Não será a mesma coisa, eu vou acordar todos os dias e não vou ter minha prima chata para encher o saco - Ele disse.

- Você viveu sua vida inteira sem saber da minha existência, vai saber viver em casas diferentes.

- Angel, eu amo você...

- Ama nada. Me ajuda a fechar a mala.

- Estou falando sério. 

- Eu também estou. Me ajuda porra!

Me sentei sobre a mala e Harry a fechou para mim. 

- Obrigada! - Sorri descendo da bagagem.

Meu primo me agarrou pela cintura e me puxou me fazendo cair sobre ele na cama.

- Hey! O que está fazendo?! - Arregalei os olhos.

- Eu quero você. 

- Me solta antes que alguém veja - Tentei sair de cima dele mas o mesmo me puxou de volta. 

- Só se você me der um beijo - Ele fez um bico grande e fofo. 

Revirei os olhos e o beijei. 

Toc! Toc!

Meu coração quase pulou do peito, sai rapidamente de cima do Harry. 

- P-Pode entrar - Guaguejei. 

- Você já está pronta Angel? - Perguntou vovó. 

- E-estou sim - Respondi assustada, olhei para Harry que parecia imóvel na cama.

- Que ótimo! Vamos querida, sua casa nova te espera - Miranda estendeu sua mão para mim e eu a peguei. 

- Harry, traga as malas da Angel - Pediu vovó enquanto me conduzia para fora do quarto.

Jay estava nos esperando do lado de fora. Minhyuk estava ao seu lado.

- Bom, eu não sei nem por onde começar a dizer... - Falei sem jeito.

- Eu queria lhe agradecer pela oportunidade que me deu em poder trabalhar para você. Foi uma honra e sempre será poder cozinhar para a senhorita - Disse Minhyuk. 

Devido ao fato de eu ir morar sozinha e tentar levar uma vida normal e simples para não levantar suspeitas, o trabalho de Minhyuk foi dispensado pois eu passaria a fazer a minha própria comida. Antes de lhe dar a notícia sobre sua demissão, sentei com minha avó e discutimos muito a respeito do talento que Minhyuk tinha para a culinária, ao meu pedido, minha avó decidiu abrir um pequeno restaurante perto de onde eu iria morar agora, em que ele passaria a ser o chefe e eu a dona.

- Eu é que tenho que lhe agradecer por preparar os melhores pratos e por me fazer matar um pouquinho da saudades de casa - Abri meus braços para o abraçar. 

- Espero te ver com frequência no restaurante - Ele disse. 

- Eu irei sim, pode deixar - Dei uma piscadela. 

- As malas já estão no carro, podemos partir assim que vocês quiserem - Murmurou Jay. 

- Vamos Angel - Minha vó sorriu. 

- Vamos - Concordei entrando no carro. 

Pude ver a cara emburrada de Harry enquanto partíamos, de certa forma eu também estava triste por não dividir mais o mesmo teto com ele.






Notas Finais


E quem não ficaria triste por não morar com ele né?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...