História Be My King! - Fanfic Taekook - ABO - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Park Bo-gum
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Bo-gum, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Abo, Namjin, Taekook, Vkook, Yoonmin
Visualizações 190
Palavras 1.987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal!
Tudo bom?
Espero que sim.
Trouxe mais um capítulo pra vocês.
Espero que gostem!
Boa leitura!
❤❤❤❤❤❤

Capítulo 3 - Capítulo 3 - Seu ômega?


Fanfic / Fanfiction Be My King! - Fanfic Taekook - ABO - Capítulo 3 - Capítulo 3 - Seu ômega?

Anteriormente


Tae: Então, eu posso?


Ele assentiu com um sorriso no rosto. Foi a minha vez de cheirá-lo. Quando cheguei perto o suficiente e senti o cheiro amadeirado do alfa, senti meu lobo começar a ficar inquieto. Eu queria mais. Deixei um rosnado escapar fazendo meu lobo ficar presente. 


Kookie: Tae, está tudo bem? 


Agora


Ele segurou meus braços tentando me afastar, porém, não conseguiu, já que eu coloquei uma das minhas mãos em sua nuca. 


Tae: Não faça isso! –Ordenei em meio a um rosnado–


Kookie: Tae, se controle! 


Tae: Alfa, relaxe! Taetae, está adormecido. Não lembrará disso. O seu cheiro é bom. Tinha que saber como era mais de perto. 


Kookie: Como consegue assumir o comando fora do cio? 


Tae: São poucas às vezes. Primeiro motivo, estou faz um tempo sem aparecer. E, segundo, Taehyung é muito forte, então eu também sou. 


Kookie: Por que você apareceu?


Tae: Seu cheiro me atraiu. Como o nosso cheiro atraiu seu lobo.


Kookie: Por quê?


Tae: Você entenderá, alfa. Eu preciso ir, infelizmente! Nos vemos logo, logo!


[...]


Acordei em meu quarto sem entender o que estava acontecendo. Olhei para o lado e vi Jungkook em uma cadeira lendo um livro. Ao ver que eu estava acordado ele deixou o livro de lado e se aproximou. 


Kookie: Você acordou! Que bom! Deveria comer alguma coisa. Eu vou pedir para fazerem algo.


Tae: Tudo bem!


Ele saiu do quarto e eu comecei a visualizar o que poderia ter acontecido. 


Pensamento on


Será que eu pergunto a ele o que aconteceu?


Off


Jungkook voltou com um sorriso no rosto e se sentou na beira da cama. 


Tae: Jungkook, o que aconteceu? Eu desmaiei?


Kookie: Não, necessariamente. Seu lobo assumiu e falou comigo, então você adormeceu, enquanto isso acontecia.


Tae: Espera, espera, espera! Está me dizendo que meu lobo assumiu o controle e não te bateu?


Kookie: Não. Ele deveria?


Tae: Não, não. De forma alguma. Só estou surpreso. Meu lobo nunca conversou com ninguém. Toda vez que ele assumiu foi pra bater em um alfa. Meu lobo às vezes é muito cabeça quente. Ele acha que eu sou paciente demais. A única pessoa com quem ele conversou foi Bogum e ainda foi pra ameaçá-lo. O mandou ficar longe de mim. 


◇~Pov's Jungkook~◇


Kookie: Primeiro, me sinto honrado de ser o primeiro a conversar com seu lobo sem ameaças. Segundo, quem é Bogum? –Perguntei confuso–


Tae: Meu ex-noivo. O qual não larga do meu pé até hoje. –Disse ele simples–


Kookie: Deve ser chato!


Tae: Muito. Ele fica dizendo que o seu lobo não aceita carícias de mais ninguém e que me quer desesperadamente. Cada dia fica mais difícil viver sem mim. Que quer me fazer feliz e blá blá blá. 


Ele parecia entediado falando do tal alfa, porém ao mesmo tempo parecia um pouco triste.


Kookie: Ainda sente algo por ele?


Tae: Claro. 


Senti meu lobo ficar agitado mais uma vez com sua resposta. Mas, a minha pergunta era por quê? Por que tão irritado com isso? Será que o Jin está certo?


Tae: Dele eu sinto pena, raiva, ódio e nojo. 


Meu lobo se acalmou com tais palavras vinda do ômega a minha frente. Era oficial. Meu lobo se apaixonou por Kim Taehyung. Parabéns! Você conseguiu se apaixonar pelo rei de Moonlight em um dia.


Kookie: Por um momento, achei que ainda o amava. –Dei um sorriso ladino–


Tae: Não. Eu não o amo mais depois do que ele fez. O pior é ter que vê-lo todo dia no castelo. 


Kookie: E o que ele faz lá?


Tae: Ele é um dos guardas. Faz parte do alistamento militar. 


Kookie: Você pode tirá-lo. Sabe disso. 


Tae: Eu sei, entretanto, não quero que a família dele seja alvo de críticas. São ótimas pessoas.


Escutei batidas na porta e me levantei para atender. Era a Meena. 


Kookie: Obrigado! –Agradeci pegando a bandeja de suas mãos–


Meena: Sr. Jeon, eu faço isso. 


Kookie: Não precisa. Deixe isso comigo! Pode ir! –Ela foi embora e eu fechei a porta–


Fui até a cama de Tae que já bateu palmas igual uma criança quando viu a comida. Coloquei a bandeja em seu colo e ele sorriu. O mais novo começou a comer e eu fiquei prestando atenção em seus movimentos. 


[...]


♤~Pov's Taehyung~♤


Isso já faz quase dois meses. Bom, está tudo indo bem. Eu acho. Meus irmãos estão meio pra baixo e eu também. Estamos todos tristes. Ontem terminamos as visitas aos reinos. Eu estava com um machucado recente, já que em uma das visitas um dos reinos foi atacado por rebeldes e um deles me feriu. Não havia sido um corte grande e nem tão profundo, porém pelo desespero do Yoongi eu achei que iria morrer. O bom de tudo é que até agora não vi o Bogum. Ainda bem! Meu lobo não se manifestou mais. Tipo, literalmente. Eu sentia falta do Jungkook. De conversar com ele. Ele era gentil, fofo, educado. Gostava do seu sorriso. Sentia falta de olhar em suas orbes negras que eram lindas. Eu me sentia vazio. Pra ajudar, Namjoon não estava mais tão alegre como sempre foi. Yoongi está mais fechado que antes. Agora, estou me sentindo solitário. Me sentindo carente. É assim que a gente fica quando não recebe atenção de ninguém? 

Naquela manhã, estava sem fome. Estava apenas brincando com a comida. Estava entediado, carente, solitário e meu cio se aproximava. Namjoon já havia tomado seu café da manhã e estava lá fora. Fui até a janela de vidro que dava vista para os portões e vi Namjoon se aproximar deles. Vi que ele estava dando permissão para entrada de alguém. Quando vi aquela pessoa reconheci no mesmo momento. 


Pensamento on


Guk!


Off


Saí quase correndo em direção a saída do castelo. Depois de quase dois meses o meu lobo havia dado sinal de vida. Estávamos animados. Eu não achei que voltaria a ficar animado com a chegada de um alfa no castelo. 


◇~Pov's Jungkook~◇


Bom, quase dois meses sem ver Taehyung. Eu e meu lobo estamos tristes com isso. A saudade era grande. O meu irmão, Jin disse que Jimin estava com saudades do Yoongi e que queria vê-lo. Já faz dois dias que ele não sai do quarto. Se ele toma banho não sabemos. Entretanto, ele come. 

Estava na mesa de jantar brincando com a comida quando olhei para Jin que também não parecia querer comer.


Kookie: Jin, sei que parece estranho, porém, eu sinto saudade do Tae. 


Jin: Eu sei como é. Está difícil. Aqueles três irmãos são apaixonantes. 


Kookie: O Jimin não vai sair do quarto até irmos para Moonlight.


Jin: Eu sei. Que tal irmos hoje? Tipo, agora.


Kookie: Eu só digo uma coisa. Vamos buscar o Jimin.


Nos levantamos e fomos até o quarto de Jimin. Bati na porta e esperei uma resposta. 


Jimin: Jin, vai embora! Eu não vou sair. –gritou o baixinho–


Jin: Nem pra ir pra Moonlight? 


Na mesma hora vi a porta ser aberta por Jimin que tinha um belo sorriso no rosto.


♤~Pov's Taehyung~♤


Estava com tanta saudade que ao cruzar a saído do castelo taquei o foda-se e comecei a correr em direção aos portões, porém parei ao ver uma silhueta familiar. Me virei para voltar para o castelo que estava longe, mas já era tarde, pois escutei o ser chamar-me. Tentei ignorar, entretanto escutei novamente só que dessa o mesmo segurou meu pulso. Ele segurou meu rosto e quando pisquei eu já estava em seus braços. 


Bogum: Taehyung! Não me ignore!


O empurrei fazendo-o se afastar de mim, mas ele segurou o meu braço. 


Tae: Por que não? Eu gosto e você merece. 


Bogum: Quem chegou? Tenho certeza que é um alfa. Por que está animado com a chegada dele? 


Tae: Não é da sua conta!


Bogum: Claro que é. Sou seu alfa e tenho ciúmes de outros alfas perto de você. 


Tae: Você não é meu alfa e dane-se se você tem ciúmes. Me larga! 


Bogum: Taetae! 


Tae: Não me chame assim! Me solta! 


Tentei me soltar, mas isso só fazia ele apertar mais o meu braço. Eu sabia que o Yoongi não viria, pois ele não chegou até agora. Então, usei a minha estratégia.


◇~Pov's Jungkook~◇


Estávamos conversando com o Namjoon no portão do castelo e eu me senti mal. Até que comecei a sentir um cheiro adocicado familiar. Era o Taetae. 


Kookie: Namjoon, o cheiro do Tae não está muoto forte não?


Nam: Está sim. Espera! Forte? 


Jin: O que foi?


Nam: Tae só faz isso quando está em perigo.


Quando escutei aquelas palavras meus olhos automaticamente procuraram por Tae naquele jardim. Vi duas pessoas não tão longe de nós e logo percebi que era o Tae. Sem ao menos esperar corri em sua direção e não parei até ter minha mão no braço do alfa que o segurava. 


Kookie: Largue-o! –Ordenei–


????: Deixe o meu ômega em paz! Estamos coversando. 


Nam: Porra nenhuma! Largue-o agora, Bogum! 


Pensamento on 


Bogum? O ex do Tae? 


Off


Ele soltou o pulso de Tae que soltou um gemido. 


Kookie: Está tudo bem, Taetae? –O olhei e recebi um rosnado do tal Bogum–


Bogum: Só eu chamo ele assim. 


Kookie: Jura? Não tô nem aí! Sorte sua que eu não te bati. Imbecil!


Toquei no braço de Tae que fez careta e recebi outro rosnado do babaca ao meu lado, só que dessa vez vi seus olhos mudarem de cor e comecei a sentir sua presença. Tae se encolheu e eu não pensei em mais nada. Só me joguei em cima do cara e comecei a socá-lo. Escutei todos me chamarem, mas eu apenas queria mostrar a ele que ninguém mexia com meu Taehyung. NINGUÉM. 


♤~Pov's Taehyung~♤


Me assustei ao ver que Jungkook pulou em cima do Bogum e começou a bater nele. Entrei em desespero e mesmo já chorando coloquei minha mão no ombro de Jungkook que virou instantaneamente para mim com seus avermelhados. Ao me ver de tal forma parece ter o incomodado. O alfa levantou e me abraçou apertado. 


Kookie: Tudo bem, Tae! –Eu me senti seguro no abraço de Jungkook, me senti protegido– 


Bogum se levantou e rosnou ao ver a cena. Jungkook me soltou e me colocou atrás dele. Bogum continuou rosnando o que me fez agarrar a cintura do alfa a minha frente. 


Kookie: Vai embora! 


Bogum: Não até falar com o meu ômega. 


Suga: Que ômega, Bogum? Taehyung, é rei de Moonlight e posso te decapitar a qualquer momento. Já cometestes 3 crimes aqui e só continua no castelo porque meu irmão é muito gentil pra te mandar embora. Saia daqui antes que eu tenha que te decapitar. 


Bogum: Sabe que não desistirei de você, Taehyung.


Ele foi embora e eu continuei a chorar baixinho.


Kookie: Tae, eu quero falar com você. 


Olhei para meus irmãos que assentiram. Eu e Jungkook fomos para dentro do castelo passando por Bogum que estava em seu posto. 


Kookie: Onde é seu quarto, Tae?


Fui dando as instruções a ele até chegarmos em meu quarto. Ao chegar lá nos sentamos lado a lado e eu tentava me acalmar. 


Kookie: Não chegue perto dele! 


Tae: Não tenho muitas escolhas. 


Kookie: Deixe-me ver o seu braço!


Estendi minha mão para ele e delicadamente o mesmo levantou a manga da minha blusa.


Kookie: Está vermelho! Que desgraçado! E ainda diz que você é ômega dele. Idiota!


Jungkook aproximou seus lábios de meu braço e ali deixou beijinhos. Aquele alfa era apaixonante e isso eu tinha que admitir. 


Tae: Por que fez aquilo, Jungkook? 


Kookie: Como assim?


Tae: Por que bateu nele? 


Kookie: Ninguém te machuca. Não na minha presença. Não se eu estiver vivo. 


Senti meu rosto queimar com tamanha revelação. Eu me senti feliz.


Tae: Senti sua falta, Kookie!


Kookie: Eu também senti a sua. 


O alfa se aproximou de meu rosto e eu pude sentir faíscas percorrerem o meu corpo naquele momento. Esutei um rosnado vindo do maior a minha frente me fazendo derreter ali mesmo. Seus olhos mudaram de cor indo para o vermelho e sem mais demora juntei nossos lábios começando um beijo cheio de sentimentos. 





Continua???...


Notas Finais


Hmmm!!!
O que será que acontecerá no próximo capítulo?
Espero que tenham gostado!
Bjuus!
Até a próxima!
Tchauzinho!
Fuiii
❤❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...