História Be Strong! -Yoonmin- - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Chimchim, Dor, Drama, Jimin, Minnie, Morte, Suga, Tragedia, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 39
Palavras 1.255
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Segunda parte quentinha para vocês meus anjos.
Espero que gostem.
Desculpem os erros e blá blá blá

Capítulo 39 - Sem mentiras! X Pt 2 X


Fanfic / Fanfiction Be Strong! -Yoonmin- - Capítulo 39 - Sem mentiras! X Pt 2 X

Trocaram apenas um olhar e foi suficiente para Jimin levantar da cadeira, mesmo depois tendo que apoiar na mesa para não ir de encontro ao chão.

- Jimin ...
- Você me traiu, Yoongi! Com a Hyuna. E postou o meu vídeo! - disse baixo, porém audível. Seu corpo formigava e o peito saltava querendo liberdade.
- Eu nunca te traí. - disse dando um passo a frente, recebendo de volta uma passo para trás do Park - Por favor, me ouça
- Te ouvir ? Yoongi, eu vi com os meus próprios olhos.
- O que você viu foi um Yoongi totalmente dopado com uma vagabunda que praticamente me estuprou!
- Por que eu deveria acreditar em você? Todos vocês mentiram para mim, mas agora tudo é claro! Vocês pensaram que eu nunca ia lembrar ? - aumentou um pouco e tom e mais lágrimas começaram a rolar pelo seu rosto.
- Fui eu quem pediu para que ninguém dissessem

Um silêncio reinou no local. Jimin sentou novamente e ficou olhando para a parede. Yoongi suspirou baixo e cansado. Ele ensaiou diversas vezes o que iria dizer para o pequeno quando a hora chegasse, mas ele não contava com a ideia de que estaria tão nervoso como estava naquele momento.

- A Hyuna invadiu meu quarto e me fez ingerir uma espécie de droga. As fotos que você viu eram ângulo! Eu acordei totalmente marcado por ela, mas eu nunca iria me deitar com ela, Jimin.
- Como você quer que eu tenha certeza disso? Como vou ter certeza que não está mentindo de novo ?

Yoongi tirou um bocado de papel de dentro de sua bolsa estilo carteiro e colocou na mesa em frente a Jimin.

- Aí tem toda a papelada do processo de prisão da Hyuna. Fiz questão de tirar cópias de tudo.
- Para poder dar uma satisfação a mim ?
- Não fale assim...
- Assim como ? A verdade ? - mais uma vez os olhares se cruzaram e dessa vez, foram os olhos de Yoongi que lacrimejaram. Ele já sabia o que Jimin tinha em mente.
- Se pensa que vou desistir de você assim tão fácil, está totalmente enganado. - disse baixo, ficando sem forças.
- Eu estou muito feliz com o Taemin! - levantou novamente e deu as costas para o moreno
- Não é o que parece!
- Mas é a verdade. Ele me ama e sei que seria incapaz de mentir para mim
- Mas você ama ele ?

Jimin virou lentamente e olhou nos olhos do Min.

- Isso não importa!
- Você não o ama.
- Yoongi ...
- E ele não te ama como eu amo!

Segurou a ponta dos dedos do menor, que puxou rápido as mãos das dele. O contornou e ficou próximo a escada, cruzou os braços e olhou para o chão.
Sua cabeça ainda latejava e um nó havia se formado em sua garganta.
Esfregou a mão no braço e negou com a cabeça.

- Você diz que me ama mesmo depois de tudo que aconteceu ... chega a ser engraçado - riu sem humor, de um jeito sarcástico.
- E eu amo! Você sabe o que é saber que o seu namorado tentou suicídio por sua culpa ? Sabe o que é ver seu namorado totalmente machucado por sua culpa ? Sabe o que é morar num hospital durante meses porque eu deixei uma garota me drogar ? - ele passa a mão pelo rosto - E quando seu namorado acorda, você está disposto a ver aqueles olhos abertos de novo, ouvir aquela voz que sempre me acalma, a sentir o calor que ele me proporciona.
- Para!
- Mas ele não lembrava de mim. Sabe o que é isso ? Eu amei a distância mesmo estando ao seu alcance, Jimin. Eu te amei a cada segundo, ou até mesmo milésimo. Eu te vi correr para outros braços, porque eu infelizmente falei para você escolher, e era óbvio que eu não era a opção mais clara. Eu não morri pois esperava ansioso por hoje!

Os olhos se encontraram mais uma vez. Não entendiam o porque dos olhos do outro atrair tanto a si mesmo. Yoongi chorava como uma criança, chorava como uma criança que não queria tomar uma vacina extremamente fundamental. As mãos tremiam e parecia que ficava cada vez mais frio, sua febre podia estar voltando, sua imunidade continuava fraca.
Jimin fechou os olhos e respirou fundo, para conseguir ter forças para pronunciar ao menos algumas palavras.

- Tá doendo ... - pronunciou rouco.
- Sua cabeça ? - O moreno perguntou da mesma maneira.
- Meu coração. Ainda me dói lembrar daquele dia ... Ainda sinto a dor dos cortes, do capotamento, do meu acordar ...
- Eu queria ter sentido tudo isso no seu lugar. - se aproximou novamente.

Num movimento rápido, Jimin levantou a mão, na intenção de depositar um tapa na face. Yoongi, por sua vez, continuou imóvel. Olhando bem para o rosto do pequeno, com o nariz avermelhado e os olhos irritados.
O mais velho sabia que merecia aquilo, sabia que merecia mil daqueles, mas Jimin continuava em estátua.

- Vá em frente. Eu mereço isso. Me bata! - Encarou as órbitas castanhas escuras do mais baixo.

Yoongi esperava por aquilo, precisava daquilo. Precisava sentir a pele da sua bochecha queimar pelo tapa, precisava de alguma reação dele. Precisava da reação dele.

- Faça isso. - segurou o pulso de Jimin e fez com que batesse em seu peito, repetidas vezes, até que este travasse a mão e finalmente fizesse um ato de fato seu.
- Você se machucou tanto quanto eu ... você, chorou tanto quanto eu. E eu te amo tanto quanto você, Yoongi - acariciou o rosto do pálido e sorriu com lágrimas nos olhos - Eu sempre vou te amar ... Mas você precisa entender que eu ainda estou com medo.
- Deixa eu tirar esse medo de você. - acariciou os fios do outro e sorriu com a sensação macia dos fios. - Por favor ...
- O que vou dizer para o Taemin ? - os olhos, a essa altura, já intercalavam nos lábios e olhos do moreno, que se aproximava cada vez mais. - Desculpa, eu não te amo, e sim o meu ... namorado de verdade?
- É uma boa alternativa se o que diz é verdade. - sorriu de lábios de fechados e viu seu Jimin ali, seu pequeno e lindo Park Jimin. O homem que é totalmente apaixonado.
- É...

Yoongi avançou o que faltava e selou os lábios juntos aos de Jimin. Sem pressa mas também sem muita cerimônia, visto que tudo que um deveria saber de um já era notável pelo outro.
As mãos de Jimin faziam um carinho leve na nuca de Yoongi e este abraçava cada vez mais o corpo do loiro, juntando cada vez mais os corpos saudosos.
Era um beijo que tinha saudade mesclada com paixão que queima em constante fogo.
Por que eles se igualavam tanto a um imã? Por que por mais que quisessem estavam entrelaçados, laçados, amarrados um ao outro ?
Talvez, nem mesmo os anjos saibam. Mas aqueles dois iam além daquela vida, além da Terra, além da sensação calorosa do amor e da morte.

Ao separarem o ósculo, sorriam como adolescentes que acabaram de quebrar algumas dezenas de regras.
Os olhos sorriam juntos ao lábio e o coração palpitava de maneira calorosa

- Bem vindo de volta, Jiminnie 


Notas Finais


O que acharam ? Comentem. É de grande importância para mim.
Beijoks ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...