História Be Together - Capítulo 20


Escrita por: ~

Visualizações 133
Palavras 2.000
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bebês eu volteeeeeeeeei.
NOTAS FINAIS
NOTAS FINAIS
NOTAS FINAIS
Boa leitura!

Na capa, Mia.

Capítulo 20 - Loki e Eva - Be Together.


Fanfic / Fanfiction Be Together - Capítulo 20 - Loki e Eva - Be Together.

P.O.V LOKI.

 

   Eva permanecia dormindo no dia seguinte e eu estava ao lado dela. Helga ia e vinha, me olhava de lado e ia embora. Não entendo o porque de Odin ter deixado o segredo do anel nas mãos de uma serva, mas confiava nela, tens se mostrado muito confiável e cuidadosa em relação a Eva.

 Mais uma vez Helga entrou na sala de cura e checou Eva.

 

  - Por que ela não acorda? - perguntei - Eu sei que você muito sobre os poderes em envolvem esse anel. - ela me analisou por um momento e depois sorriu.

  - Meu rei, o anel de Yggdrasil é muito misterioso, poucas pessoas nos nove reinos sabe de sua existência e menos pessoas ainda sabem da dimensão de seus poderes. - eu prestava atenção em suas palavras - Não sabemos como ele escolhe seu guardião, mas ele escolhe aquele com mais sabedoria para usá-lo e também aquele que não pode exercer de todo o seu poder.

  - Como não pode usar todo o poder que contem nele? - olhei de relance para o anel.

  - Entenda que ele é muito poderoso e se cair em mãos erradas, pode destruir os Nove Reinos. Seu guardião deve aprender a controlá-lo, coisa que a senhorita Eva tens se saído excelente, aprende rápido. - ela pois a mão na testa de Eva - O anel limita seu poder a seu guardião, mas também há a possibilidade de ele liberar todo seu poder. Não sabemos se ele fará isso, mas ele dá seus sinais e o primeiro foi dado ontem. - olhei curioso para ela.

   - Quando ela matou Thrym.

  - Exato. Um ser muito forte e poderoso. É o sinal de que ela pode usufruir de todo o seu poder.

  - Preciso saber mais Helga. - ela me olhou co certa desconfiança. Era óbvio que eu usaria o anel a meu favor, mas também precisava saber como ajudar Eva com tal poder.

  - O anel esta ligado a ela agora. Toda vez que for separado de seu guardião, ele voltará para o mesmo. São como uma coia só agora e quando Eva estiver em perigo, ele se ativar. Já sabe que ele alerta o perigo e muito deles é alertado pois são pessoas e coisas importantes para Eva, ele esta conectado a alma dela.

  Era intrigante como ela sabia de tudo aquilo, mais intrigante ainda era saber como aquele anel pode ser tão magnífico e impressionante, a mesma medida que é perigoso. Tinha que saber como proteger a ambos, o anel já faria isso por Eva, mas se vierem atrás dela por conta do anel, eu tinha que estar preparado.

  - Mais alguém pode usar este anel? 

  - Não,meu rei. Somente sua guardiã atual. Se quiserem o anel, terão que levar ela junto.

 Sem dizer mais nada, ela deixou a sala. Fiquei mais um tempo com Eva e depois fui para a sala de reunião. Precisava armar uma estratégia caso Jotunheim resolvesse atacar Asgard. Para minha surpresa Thor havia voltado de Midgard mais cedo do que eu imaginava.

  - Thor, ainda bem que voltou, precisamos nos preparar. - falei assim que entrei e parei entre todos na sala.

  - O que acontecerá agora? - Sif perguntou.

  - Não sabemos. - falou Thor - Thrym envolveu a todos em sua loucura e acabou fracassando. Os Jotuns não deixaram barato a morte se sue líder.

  - Por isso pensei a noite toda em um novo sistema de segurança para Asgard e para Eva.

  - Para Eva? - Sif parecia confusa.

  - Sim. 

  - Mas ela é a única pessoa que pode nos ajudar mais que um exército inteiro.

  - Por isso mesmo, ela pode nos ajudar, mas precisa ficar em segurança. Ela matou o líder deles, não a deixaram impune por tal ato. - expliquei.

  - Loki tem razão. - Thor concordou - E o que pensou irmão?

  - Primeiro precisamos de alianças com os outros reinos para que eles entrem nesta guerra com nós. Desenvolveremos também uma nova barreira em volta de Asgard. Heimdall terá que ficar atento com os campos de proteção das naves e observar Jotunheim a todo o momento.

  - E para Eva? - perguntou Volstagg,

  - Para ela já temos uma grande vantagem, que é o anel. Ele a protege, mas isso não é o suficiente, então a tiraremos de Asgard quando necessário.

  - E como pretende fazer ela desaparecer? - Fandral quis saber.

  - O primeiro ue estiver perto dela terá que tirá-la da zona de guerra e levá-la para Heimdall, ele a enviará para a Midgard, para a torre dos Avengers.

  - Eles não pensaram que ela estrá por lá. - pensou Thor em voz alta.

  - É um bom plano, mas sabe que ela não via querer deixar Asgard no meio da guerra.

  - Não vou mesmo. 

 A voz de Eva ecoo pela sala e olhei para trás, vendo que ela estava vindo nossas direções, já trocada e muito bem recomposta, como se não tivesse participado de uma guerra um dia antes.

  - Não vou querer deixar vocês no meio de uma guerra. Mas entendo que não pode me por em risco, pois isso significa colocar os Nove Reinos me risco.

  - Eva, como se sente? - perguntei, segurança de leve sua cintura.

  - Estou bem.

  - Deves descansar, usou muito de sua energia ontem. 

  - Eu sei, mas acordei renovada, sem cansaço. Acho que é o anel. - ela sorriu gentilmente - Helga também ajudou muito.

  - Ficamos feliz que já esteja recuperada. - Thor falou sorrindo - Nos deu um susto quando desmaio.

  - Mas nosso objetivo foi cumprido e agora podemos ficar em paz, pelo menos por um tempo.

  - Espero que fiquemos muito tempo em paz. - falou Hogun.

  - Seria melhor que não precisássemos passar por outra guerra contra Jotunheim. - complementou Volstagg.

  - Queria que pudéssemos ter essa escolha meus amigos. - Thor tinha lamento na voz.

  - Temos muito trabalho a fazer. - falei.

 

P.O.V EVA.

 Loki já estava a dias trabalhando arduamente para que Asgard não sofresse muitos danos caso os Jotun resolvessem revidar. EU sabia que tinha que cooperar com ele, não podia teimar e ficar no meio da guerra quando não me coubesse mais estar ali, mas também partiria com o coração na mão, deixando ele aqui e Asgard, meu lar.

 Parei para pensar em tudo que vivi nestes últimos meses e me vi mais abençoada do que eu imaginava. Tinha Loki em minha vida, o que já era o suficiente para me fazer feliz, ganhe amigos aqui, uma família e ganhei um lar maravilhoso para morar, com pessoas maravilhosas. Me vi em uma vida que nunca pude imaginar e que se eu contasse a alguém, me chamariam de louca. Para também para me analisar e ver as mudanças que ocorreram em mim. Eu mudei e muito, continuava com minha essência, mas me tornei mais forte, me desprendi de muitos medos e hoje tenho uma coragem que nunca imaginei ter. Também me permiti amar o desconhecido.

 Hoje eu arrumava os últimos preparativos para meu casamento. Eu e Loki iriamos misturar nossas culturas, fazendo um casamento misto. Teria minhas tradições e as dele, assim nenhum ficava de fora. A lista de convidados não agradou muito a ele, mas eram meus amigos e família, então ele se limitou apensar a uma careta quando mencionei que chamaria todos os Avengers. Torcia para que Tony viesse, queria que ele ali naquele momento importante para mim. Loki também convidou pessoas importante dos Nove Reinos no qual eu não conhecia, na verdade eu não conhecia ninguém, então ter meus amigos seria um conforte em ter rostos conhecidos em meu casamento.

 O casamento era amanhã, então ei ficaria separada de Loki hoje, por todo o dia e o só o veria amanhã, quando entrasse no salão do trono, onde a cerimonia será realizada.

 - Minha filha. - a voz da minha mãe fez com que eu despertasse de meus devaneios.

  - Mãe. - a abracei forte.

- Eva!

  - Mia! - corri para os braços da minha melhor amiga.

 - Deveria te bater por ter sumido e não ter me contado como sua estava agora.

  - Ela quase caiu dura quando contei tudo a ela. - falou mamãe.

- Perdão Mia, eu quis lhe contar, mas as coisas não estavam nenhum pouco tranquilas.

- Esta perdoada somente porque amanhã é sue casamento.

- Nem me fale, eu estou uma pilha de nervos. - me abanei com minhas mãos.

- Querida, mantenha a calma, vai dar tudo certo.

- Espero que sim mãe. - sorri - Onde esta papai?

 - Foi ver Loki.

 - Vocês já o viram? - perguntei, pois não havia apresentado Mia a ele.

 - Sim. - mamãe respondeu.

- O que achou dele? - perguntei para Mia.

- Bom...ele é um pouco intimidador. Não foi de falar muito, mas parecia nervoso e parecia feliz quando viu seus pais.

- Loki não é muito bom de conversa, ele é um tanto quanto reservado.

- Mas você o conquistou mesmo assim. - ela riu.

- Isso me impressiona até hoje.

- Alias. - Mia deu um tapa me meu braço - Eu nem participei da organização de seu casamento, sua louca. Que tipo de melhor amiga é você? 

- Ai. - falei primeiro - Nem minha mãe me ajudou.

- Ainda não te perdoei por isso. - mamãe me lembrou.

- A gente resolve isso depois, vamos ver seus quartos, roupas, tudo.

 As levei para os quartos onde elas ficariam hospedadas e mostrei os vestidos que foram feitos para elas, com o estilo asgardiano. Pelo final da tarde chegaram mais convidados vindo da Terra, o que deixou o palácio uma loucura. A cada pessoa que chegava eu ficava mais ansiosa.

Natasha, Jane, Mia,Wanda, minha mãe e Sif estavam se dando bem. Papai simpatizou com Hogun, Volstagg, Fandral, Thor, Loki, Steve, Bruce, Clint, Sam e Visão ficaram em outro canto do palácio, pelo que as servas me disseram, eles estavam muito conversativos e alegres, inclusive Loki, o que me deixou surpresa.

  Saí do quarto das meninas e fui para o meu, onde eu iria descansar para amanhã. Já era tarde e eu precisava ter uma boa noite de sono e para isso tomaria algumas ervas para me ajudar a dormir, ou passaria a noite me claro com minha ansiedade a mil. 

 Passos forma ouvido atrás de mim e eu me virei para ver quem era. A imagem que surgiu em minha frente era a que eu menos esperava, afinal, já havia perdido todas as esperanças.

 - Espero que não seja tarde para o irmão da noive se juntar ao demais. - Tony falava quando se aproximava - Também espero que não seja tarde para pedir perdão a minha irmã.

  - Nunca é tarde. - corri a o abracei, deixando que algumas lágrimas caíssem - Eu achei que não viria.

- Eu nunca perderia o seu casamento. Me perdoe. - ele me afastou um pouco.

- Perdoo, mas não faça mais isso Tony, me magoou.

  - Eu sei, fui um cretino com você.

- Passou, o que importa é que você esta aqui agora.

- E como funciona isso? Te vejo só amanhã.

-Sim, só na hora da cerimônia.

  - Tudo bem. Boa sorte, vai da tudo certo, rainha das renas. - eu ri, mesmo chorando.

- Até amanhã.

Fui para o meu quarto. Helga já me esperava lá dentro e me impressionei ao vê-la ali. Ela me deu a mistura de ervas para dormir e assim eu me deitei.

 Amanhã seria o dia, o meu grande dia, o nosso grande dia. O que nos unirá para a eternidade e uma eternidade ao lado dele era pouco para desfrutar do seu amor e para amá-lo, então jurei para eu mesma que o amaria intensamente todos os dias, para que nenhum dia seja sem amor e solitário. Porque estávamos destinados a ficar juntos, o universo me jogou contra ele. 


Notas Finais


https://spiritfanfics.com/historia/the-real-life-10867200 meu amores fica o link do espaço que eu abri somente para nós, de reflexões. Espero que se permitam partilhar de seus pensamentos comigo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...