1. Spirit Fanfics >
  2. Beast Tamers >
  3. Spencer Vs. Luke (Final)

História Beast Tamers - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Fato: A única desvantagem desta técnica, é que o Beast Tamer não é capaz de usar o poder de seu animal espiritual enquanto estiver personificado.

Capítulo 20 - Spencer Vs. Luke (Final)


Enquanto Spencer olhava com pavor para o enorme incêndio causado pela explosão, Luke saiu do meio daquelas chamas com sua aparência completamente alterada, além de seus olhos estarem completamente negros e possuir duas asas enormes em suas costas semelhantes a de um morcego, assim como sua irmã, haviam na testa do vilão dois grandes chifres vermelhos escuros que saíam de sua cabeça, indo pra cima e fazendo uma curva para trás, como os chifres de um bode, todas as veias que ficariam abaixo de sua pele estavam visíveis e todas estavam pretas, assim como seus olhos, além de possuir mais músculos em seu corpo do que antes, semelhante a um corpo de nadador olímpico, o que só era possível reparar pois sua camisa havia sido queimada na transformação, sendo que só suas calças e sapatos não foram afetados. Quando Luke olhou para uma de suas mãos, que assim como a outra, estava com as unhas relativamente grandes e afiadas, lembrando as garras de um monstro vindo da imaginação e do medo de uma criança, o vilão abriu um enorme sorriso em seu rosto, revelando que sua boca era capaz de alcançar suas orelhas, e consequentemente, pôs a mostra dentes que lembravam os de um tubarão.

Luke: "Interessssssante..."

Disse o vilão, puxando o "s" e colocando a mostra duas línguas semelhantes as de uma cobra, porém proporcionais ao tamanho de uma língua humana. Nesse momento, uma equipe da SWAT chegou, os carros vieram pelo lado direito de Luke, e os agentes saíram formando uma barreira a uma longa distância do vilão e apontando suas armas na direção deste, enquanto um dos membros da equipe posicionou um megafone em frente de sua boca.

Agente: "Aqui é a SWAT! Renda-se e coloque as mão onde eu possa ver! Ou seremos obrigados a usar a força!"

Nisso, Luke olhou para os agentes, e pôs um sorriso em seu rosto, e começou a caminhar calmamente em direção a barreira formada.

Agente: "Pare onde esta! Ou seremos forçados a atirar!"

Luke: "Então o que estão esperando? Atirem."

Agente: "Você não nos deixa escolha! MUITO BEM HOMENS! ABRIR FOGO!"

Disse o agente abaixando o megafone, e com o comando dado, a equipe começou a disparar em Luke, que chegou a perder grandes pedaços de seu corpo com os tiros, enquanto seu sangue voava para trás, e quando a munição das armas havia acabado, o vilão que estava com seu corpo completamente deformado devido aos ferimentos, começou a rir em deboche dos agentes e demonstrando que não sentia dor alguma, e então olhou para eles com uma feição psicótica em seu rosto, com a ausência de um grande pedaço da cabeça em que seu olho direito costumava ficar.

Luke: "TOLOS! Mesmo que sobrasse uma única célula do meu corpo, ainda assim eu seria capaz de voltar ao meu estado original!"

Enquanto Luke falava, seu corpo começou a preencher os pedaços faltando com ossos, carne e pele vindos das partes que ainda estavam intactas, até que o vilão voltasse a ter seu corpo inteiro, sem nenhum traço de que havia sido completamente destroçado.

Luke: "Agora, vão pagar por ter me interrompido em meu momento de glória! E servirão como meus bonecos de teste!"

Nisso, o vilão ergueu sua mão direita e a cruzou para o lado esquerdo de seu corpo, e antes que se pudesse ter algum pensamento diante daquela situação, Luke aparentou ter se teletransportado para trás da barreira de agentes com sua mão atravessada pelo lado direito de seu corpo, fazendo um gesto de corte, mas Spencer percebeu que não era uma questão de teletransporte, e sim de velocidade, pois quando Luke apareceu do outro lado, os corpos dos agentes abriram cortes profundos e alguns chegaram a perder seus membros e suas cabeças, formando fontes de sangue vindos dos ferimentos.

Luke: "Uh? Mas já acabou? Hmmm... Pelo visto me tornei mais poderoso do que previa."

Disse Luke enquanto olhava pra sua mão, até que seu olhar se direcionou para Spencer, que ainda estava ajoelhado no chão e com uma expressão de pavor no rosto, o vilão então sorriu e se colocou de frente ao garoto.

Luke: "Hollister! O que me diz de tentarmos fazer as apresentações de novo?"

De repente, a aranha surgiu e correu em direção a Spencer, que dessa vez se assustou tanto com o artrópode que de caiu ao chão e se virou para não encará-la, devido a sua aracnofobia, o animal então voltou ao lado de seu Beast Tamer, que estavam rindo com a cena.

Luke: "HAHAHA! AGORA VOCÊ ENTENDE A GRAVIDADE DO PERIGO HOLLISTER?! AGORA QUE ATINGI MEU PODER MÁXIMO, NÃO EXISTE MAIS NADA NESSE MUNDO QUE PODE ME DETER! EU ME TORNEI INVENCÍVEL!!!"

A aranha então desapareceu, e Luke começou a andar na direção de Spencer, que estava com as mãos na cabeça, como uma vítima temendo por sua vida.

Luke: "Agora você finalmente esta com medo! Mas também, quem não estaria diante dessa situação? Seu corpo e mente agora entendem que não podem fazer nada contra mim, e mesmo que tente algo, irá morrer! E assim como qualquer ser vivo, você não quer isso!"

Dito isso, Luke já estava bem atrás de Spencer, o vilão então se agachou e se inclinou em direção ao garoto para falar em seu ouvido.

Luke: "Me diga, como é essa sensação? Como é sentir esse frio na espinha? Como é ter a impressão de que seu estomago esta se embrulhando? Me diga Hollister... Como é sentir medo?"

Spencer: "...Você acha mesmo que estou com medo?"

O vilão então se surpreendeu com o inesperado tom de voz do garoto, e antes que pudesse ter mais alguma reação, Spencer se virou tão rápido que conseguiu golpear a cabeça de Luke, e tamanho foi o impacto do golpe que foi capaz de quebrar o local acertado de seu crânio, o vilão então foi disparado para longe do garoto, mas conseguiu recuperar o controle de seu corpo no ar e conseguiu aterrissar de pé, e então viu Spencer se levantando do chão e com um olhar furioso em seu rosto.

Spencer: "A princípio, eu até fiquei com medo, mas esse momento logo desapareceu por um simples motivo... Você me fez explodir de raiva! Já não bastasse tudo que você havia feito, ainda por cima mostrou que é cruel o bastante pra matar sua própria irmã! Você tirou muitas vidas inocentes, fez tanta gente sofrer, tudo isso pra que? Por esse poder doentio e demoníaco? Você abriu os meus olhos, e me fez perceber que você é a maldade encarnada! MorningStar! Mas eu não vou mais permitir que você continue vivo por mais um único segundo nesse mundo!"

Nisso, Spencer pôs as mãos no bolso de sua calça e tirou os óculos escuros que Greg havia dado a ele momentos antes de partir.

Spencer: "Eu Spencer Hollister, em nome de todos aqueles que sofreram e foram mortos por suas mãos, juro em nome de cada uma dessas pessoas..."

Enquanto falava, Spencer abriu as hastes dos óculos e os colocou em seu rosto.

Spencer: "QUE EU IREI POR UM FIM A SUA EXISTÊNCIA! LUKE MORNINGSTAR!"

Luke: "...He! Nesse caso... não poupe seu esforços, Hollister!"

Nisso, ambos personificaram, e Spencer saiu correndo em direção a Luke, enquanto este abriu suas asas para voar em direção ao seu oponente, e quando estavam próximos um do outro, o garoto ergueu seu punho para golpear o vilão, que abriu suas mãos se preparando pra cravar suas garras no peito de seu oponente. Quando Luke estava pra desferir seu golpe, Spencer abriu seu punho e segurou o braço do adversário, impedindo-o de executar seu golpe, e quando o vilão olhou surpreso para aquela atitude, o garoto usou sua outra mão para golpear o queixo de Luke por baixo, fazendo com que este fosse arremessado ao ar.

Luke: 'O QUE?!!!'

Quando o vilão aterrissou de pé ao chão, só teve tempo de perceber que Spencer já estava acima dele, pronto para esmurrá-lo, forçando Luke a cruzar seus braços para bloquear os golpes do garoto.

Luke: 'Como ele consegue manter a mesma velocidade que a minha?! Devo estar pegando leve demais com esse moleque! Já que quer brigar a sério, então irei brigar a sério!'

Terminando seu pensamento, Luke deu uma ajoelhada no estômago de Spencer, forçando o garoto a encerrar seus golpes e abrindo a boca de dor, e com essa brecha, o vilão desferiu um soco no rosto de seu oponente, e quando Spencer notou uma brecha na defesa do monstro a sua frente, usou sua perna para dar um chute nas costelas de Luke, que baixou sua guarda devido ao golpe de seu oponente, dando a este a oportunidade de aplicar dois socos no rosto do vilão com cada uma de suas mãos, até o terceiro soco, que foi tão forte que cruzou o rosto de Luke, fazendo que seu nariz sangrasse, e quando Spencer tentou dar um quarto soco com a outra mão, o vilão segurou o punho de Spencer, que tentou usar o outro pra efetuar o golpe, mas também foi segurado.

Spencer: "LIGHTSPEED!"

Nisso, o guepardo surgiu a frente de Spencer e desferiu sua série de golpes no vilão, terminando com o animal arremessando-o na parede de um prédio, porém Luke acabou atravessando-a e consequentemente, várias outras em seguida, até se chocar contra um carro que o parou, consequentemente destruindo completamente o veículo, quando Luke estava de joelhos ao chão e se recuperando de seus ferimentos, Spencer apareceu pela abertura da última parede que o vilão havia atravessado.

Spencer: "Engraçado, você se diz tão poderoso. Mas até eu consegui aguentar atravessar uma série de paredes, enquanto você esta ajoelhado chorando de dor."

Nisso, Luke rangeu seus dentes de raiva com as palavras de seu adversário, o vilão então se levantou e segurou o carro atrás dele, e o arremessou na direção de Spencer, que conseguiu ter velocidade o bastante para desviar do veículo, o garoto então olhou para cima e viu Luke com os pés apontando para sua direção, porém conseguiu recuar antes que o vilão esmagasse completamente o chão em que aterrissou.

Luke: "COMO OUSA ME INSULTAR SEU VERME?! FRIGHT WEBS!"

Nisso, a aranha apareceu atrás de Luke e abriu sua boca para disparar suas teias em Spencer, no entanto, este conseguiu invocar o guepardo bem a tempo do animal poder usar suas garras para fatiar a rede de luz, a aranha então correu em alta velocidade na direção de seu adversário para atacá-lo, porém, quando o artrópode tentou usar uma de suas patas para acertar o guepardo, que desapareceu de repente e reapareceu ao lado do artrópode, quando este enterrou sua pata ao chão, e após arrancá-la com força, utilizou o resto das patas para tentar acertar seu adversário, que não fazia nada além de sumir e reaparecer para desviar dos golpes, enquanto somente observava a aranha, olhando-a com uma expressão de deboche.

Spencer: "Se você só vai ficar brincando com meu animal espiritual, então vou terminar logo com essa disputa. LIGHTSPEED!"

O guepardo então saltou e aplicou uma série de patadas no rosto da aranha, terminando com uma tão forte que fez com que o artrópode recuasse um pouco.

Spencer: "Era esse o seu poder máximo Luke? Parece que não mudou muita coisa comparado a antes. Você continua um fracote.

Luke: "Grrrrrrr!!! AAAAAAAAAAAGHHH!!!"

Com o grito de Luke, o vilão disparou em alta velocidade na direção de Spencer, começando a executar uma série de socos em alta velocidade, que foram todos bloqueados por Spencer. Luke então deu um salto e tentou usar uma de suas pernas para acertar a cabeça do de Spencer, que usou as duas mãos para segurá-la, nisso, o vilão começou a voar bem alto, até que estivesse relativamente acima dos prédios, nisso, ele esticou a perna que o garoto segurava e usou a outra para dar um forte chute no estomago do adversário, que acabou sendo arremessado em direção ao chão, no entanto, Spencer conseguiu recuperar o equilíbrio e foi em direção ao prédio mais próximo a ele, conseguindo se por em pé na parede em saltando de um em um, até que aterrissasse com segurança ao chão, o garoto então ouviu o som do vento produzido por Luke, que estava voando a toda velocidade em sua direção, nisso, Spencer deu um salto pra frente antes que o vilão desse um soco tão poderoso no chão, que acabou formando várias rachaduras, o garoto então se virou rapidamente e avançou na direção de Luke, dando um soco direto no nariz do vilão, fazendo com que este recuasse.

Luke: 'Não vou mentir, essa doeu, mas não dói tanto quanto ter que aturar esse maldito me tratando como se eu fosse um vagabundo qualquer! Eu sei que eu poderia deixar isso pra lá e começar a destruir esse mundo. Mas a essa altura do campeonato, é inaceitável permitir que este humano continue vivo depois de seus insultos! Enquanto eu não matar esse inseto, minha mente não descansará!'

Pensou Luke enquanto seu nariz se regenerava, o vilão então se levantou e sorriu para o garoto, e começou a aplaudir para Spencer, que olhou para seu adversário com confusão.

Luke: "Bravo! Meus parabéns Spencer! Devo admitir que você aguentou bem esse combate até agora!... Para um humano."

Spencer: "...O que?"

Luke: "Apesar de ter lutado bem, nem todo seu esforço será capaz de se comparar a mim! Enquanto você já esta próximo de se cansar, eu ainda tenho energia pra continuar combatendo por semanas, ou até meses! Você pode até ter me deixado furioso a princípio, mas agora veio a minha mente que você é só um humano, por tanto tem limites, como qualquer outro. Eu por outro lado, sou um ser mil vezes superior! Mesmo que esteja me incomodando agora, você não iria durar para sempre! Então por que estender essa briguinha sem sentido?... Irei acabar com isso de uma vez!"

De repente, Luke avançou em alta velocidade para cima de Spencer, que não conseguiu acompanhar aos movimentos do vilão, tamanha sua velocidade, fazendo com que Luke golpeasse Spencer e o arremessasse a uma parede, o garoto então quicou após bater suas costas, e enquanto seu corpo ainda estava no ar, seu oponente surgiu em sua frente e o segurou pelo pescoço, levando-o até o alto e aplicando uma série de golpes em Spencer, sem que o garoto tivesse a oportunidade de efetuar qualquer movimento, e para encerrar sua série de golpes, Luke agarrou o rosto de seu adversário e o jogou ao chão, fazendo com que o corpo de Spencer se enterrasse em uma cratera formada pelo impacto de sua queda, nisso, o vilão aterrissou ao chão a uma certa distância do garoto.

Luke: "Entende o que eu digo Hollister? Enquanto eu preciso de poucos segundos pra me recuperar de meus ferimentos, independente do quão graves eles foram, você como um humano precisa de um certo tempo até que consiga se recuperar! Essa é a diferença entre mim e você! É por isso que não importa o quanto tente, eu sairei vitorioso no fim!"

Disse Luke, dando tempo para que Spencer saísse da cratera onde estava, nisso, o guepardo foi invocado com um grito de raiva de seu Beast Tamer, e avançou em direção ao vilão.

Luke: "Ora me poupe! Como se isso fosse te ajudar!"

Nisso, a aranha foi invocada em frente a Luke, e esta avançou em direção ao guepardo, os dois animais espirituais então começaram uma disputa de quem acertaria quem, até que em certo momento, o artrópode desapareceu, deixando seu oponente golpeando o ar durante pouco tempo, e quando o animal espiritual de Spencer tomou conta do desaparecimento de seu adversário, Luke estava acima do guepardo, e o golpeou no estômago, seguindo de um golpe no rosto, fazendo com que o animal desaparecesse e Spencer sentisse a dor dos golpes, Luke então voou em direção ao garoto e tentou mais um soco em seu oponente, no entanto, dessa vez, Spencer conseguiu notar o movimento do vilão e conseguiu cruzar seus braços em frente ao corpo para se defender, mas não foi o suficiente para segurar todo o impacto do golpe, fazendo com que Spencer fosse mais uma vez arremessado acima dos prédios, no entanto o garoto conseguiu mais uma vez recuperar o equilíbrio enquanto estava no ar e conseguiu aterrissar no teto de uma das construções, e quando olhou para frente, viu Luke levantando voo até estar muito acima do nível de Spencer, se mantendo no ar com o bater de suas asas.

Luke: "Por que não admite de uma vez que não pode vencer e desiste de uma vez?"

Spencer: "Até parece! Essa luta só vai acabar quando eu tiver acabado com você!"

Luke: "He! Engraçado, você diz isso com tanta confiança, mas dá pra ver claramente que esta com dificuldade até mesmo para conseguir respirar normalmente! Esta claro que não tem forças para continuar estendendo este confronto!"

Por mais que Spencer não quisesse admitir, Luke estava certo, o garoto estava ofegando demais devido as dores que sentia em seu corpo, no entanto, por mais que estivesse cansado, a visão escurecida a sua frente, por conta dos óculos escuros que usava, fazia-o lembrar de sua promessa, a promessa de que iria fazer justiça para todas as vidas que Luke tirou e para todos que sofreram em suas mãos, essa promessa fazia com que Spencer se motivasse a continuar de pé para continuar batalhando, Spencer então parou de ofegar e tomou uma posição mais determinada, e invocou o guepardo, que deu um salto enorme para aterrissar no prédio a frente, que era mais baixo em comparação ao que Spencer estava.

Luke: "Se batalhar usando seu animal espiritual te deixa mais confiante, então que seja!"

A aranha então foi invocada com um salto a frente de Luke, e aterrissou no mesmo prédio onde estava o guepardo.

Spencer: "LIGHTSPEED!"

Luke: "FRIGHT WEBS!"

Nisso, a aranha abriu sua boca e atirou suas teias no guepardo, que conseguiu desviar usando sua velocidade, fazendo com que as teias acertassem somente ao chão, no entanto, o artrópode não terminou por aí, animal espiritual de Luke continuou atirando suas teias tentando acertar seu adversário, que continua desviando, até que em certo momento, o guepardo saltou em direção a aranha e tentou aplicar suas inúmeras patadas, que foram bloqueadas pelas patas dianteiras da aranha, no entanto, para a surpresa de Luke, o animal espiritual de Spencer desceu ao chão e deu uma rasteira nas patas traseiras da aranha, que foi virada de ponta cabeça no ar, e com isso, o guepardo saltou e deu uma patada na parte baixa da aranha com toda sua força, fazendo com que o artrópode fosse enterrado ao chão com o impacto do golpe, o que fez com que Luke abrisse a boca de dor, e quando o vilão foi tomar conta da situação, Spencer estava personificado e havia dado um salto em sua direção, pronto para dar um soco no rosto de Luke.

Spencer: "AGORA VOU CALAR SUA BOCA DE VEZ!"

Luke: 'DESGRAÇADO!!!'

Spencer então deu um soco tão forte em Luke que acabou o disparando dali, o vilão então saiu quicando de prédio em prédio até desacelerar, e só parou quando quebrou um muro de um dos teto de com a cabeça, ficando a beira de cair, e após isso, Spencer chegou no teto onde o vilão havia parado, pois deu saltos enormes enquanto estava personificado até que conseguisse alcançar seu adversário.

Spencer: "Você fala demais MorningStar! Fico feliz que tenha conseguido fazer você fechar o bico! Não sei se iria suportar ouvir mais uma palavra que viesse da sua boca. A propósito, apesar de ser um ser humano e ter limites, ainda posso causar um estrago em você! Não pense que só porque eu me canso, irei parar de quebrar sua cara uma hora!"

Disse Spencer, porém o vilão não dava nenhuma resposta, pelo contrário, ele continuava deitado de costas a beirada do prédio, e nem sequer se movia.

Spencer: "Ei! Não adianta se fingir de morto! Não vou cair nesse velho tru-"

Antes que o garoto terminasse de falar, Luke se levantou com uma velocidade sobrenatural, a tal ponto de que conseguiu desferir um soco abaixo do queixo de Spencer, fazendo com que este voasse para o alto, o vilão então voou em direção a seu adversário, e quando o corpo de Spencer já não conseguia mais subir e já estava na altura máxima que conseguiu alcançar, Luke apareceu atrás do garoto, e com um grito de raiva, deu um soco em suas costas tão forte, que disparou Spencer com tudo em direção ao chão, o garoto então atingiu um ônibus que estava passando por uma rua, o que acabou ferindo e até matando muitos dos passageiros que lá estavam, quando Luke foi até o veículo agora destruído, encontrou Spencer deitado em alguns assentos destruídos com o impacto de seu corpo, e o garoto estava agonizando de tanta dor.

Luke: "Já basta! Você conseguiu tirar toda a paciência que eu tinha Hollister! Não irei mais desperdiçar meu tempo com essa briguinha sem sentido! Agora eu irei te matar da forma mais brutal possível! Pra ter certeza de que você esteja morto de uma vez!"

Enquanto Luke falava, havia um bebê que estava chorando e gritando com todo aquele caos causado dentro do ônibus, e que aparentemente havia tido sua mãe morta, a criança estava no chão ao lado do vilão, que não conseguia mais suportar os gritos do pobre pequeno.

Luke: "CALE A BOCA INSETO IRRITANTE!!!"

Disse Luke levantando seu pé.

Spencer: "NÃO!!!"

Quando Spencer estendeu a mão na direção de seu adversário, Luke havia pisado com força sobre o corpo do bebê, consequentemente matando a pobre criança.

Luke: "Finalmente! Não estava mais aguentando!"

Nisso, Luke voltou a olhar para Spencer, que agora estava segurando um assento destruído em cada mão, e estava apertando-os de raiva, nisso, uma enorme aura de luz amarela se formou ao redor do garoto, que em menos de um piscar de olhos, se jogou com tudo para cima do vilão, e mais uma vez, os dois foram disparados em uma velocidade sobrenatural para o céu, e durante a trajetória, Spencer aplicava incontáveis socos por todo o corpo de Luke.

Luke: 'Q-Que?!!! E-Esse golpe... É o Lightspeed?! Mas como?! Não é possível usar o poder de um animal espiritual enquanto esta personificado! Isso é impossível!'

Pensava Luke enquanto sofria os golpes de seu adversário, e quando Spencer estava para dar um último soco no vilão com toda a sua força, este segurou o punho do garoto e mudou sua trajetória para o chão, segurando Spencer pelo braço e pelo pescoço e mirando-o no chão em alta velocidade, para que o garoto recebesse todo o impacto da queda.

Luke: "AGORA IREI ME CERTIFICAR DE QUE VOCÊ MORRA DE UMA VEZ POR TODAS!!!"

No entanto, enquanto ainda estavam no ar, Spencer usou sua mão livre para cravar seus dedos dentro da cabeça de Luke por baixo do queixo, segurando o vilão.

Luke: "QUEEE???!!!"

Spencer: "SE EU FOR, VOCÊ VEM COMIGO!"

Os dois então começaram a girar no ar, devido a Luke estar tentando tirar as mãos de seu oponente de dentro da sua cabeça, até que quando estavam próximos de atingir o chão, os dois conseguiram se separar em aterrissaram em direções opostas. No chão, os dois estavam tentando se recuperar da queda, principalmente Luke, que ainda por cima estava tentando se recuperar da ferida em seu pescoço, Spencer então conseguiu voltar em suas condições para batalhar, e se levantou para correr em direção ao seu adversário, para dar continuidade ao combate.

Luke: "FRIGHT WEBS!!!"

Com o grito de Luke, a aranha foi invocada atrás do vilão e abriu sua boca para lançar suas teias, e quando Spencer tomou conta da situação e tentou frear para dar a volta, já era tarde demais, pois o garoto havia sido pego pela rede de luz e havia sido paralisado.

Luke: "Hahahaha! Finalmente! Consegui prendê-lo em minhas Fright Webs!"

Nisso, Luke se levantou e caminhou em direção a Spencer, e quando já estava em direção a seu oponente, começou a analisar a situação.

Luke: "Agora é a oportunidade perfeita para acabar com sua raça! Mas dados os eventos desta noite, creio que será impossível encontrar uma maneira apropriada de te matar, visto que aparentemente, assim como eu, nada neste mundo é capaz de te matar..."

Nisso, quando Luke disse essa frase, surgiu em sua mente um pensamento que fez com que o vilão abrisse um sorriso em seu rosto.

Luke: "Não saia daí! Eu já volto!"

Nisso, Luke mais uma vez levantou voo, se antes já era difícil para Spencer prever os movimentos do vilão, agora que estava paralisado, não conseguia nem sequer mover os próprios olhos, mas mesmo assim, aquela situação não foi o suficiente para intimidar o rapaz, que continuava dedicado a fazer justiça, independente de seu estado.

Spencer: 'Apareça MorningStar! Não sei o que esta planejando, mas seja lá o que for, não será o suficiente para me derrubar! Independente do que faça comigo, jamais irei desistir de honrar o nome das pessoas que sofreram e morreram por sua causa!'

Após terminar seu pensamento, Spencer começou a ouvir um enorme barulho vindo exatamente de cima dele, se tratava de um enorme meteoro vindo de fora da orbita da terra, que chegava a estar com sua parte da frente em chamas, tamanha a velocidade com que aterrissava, a enorme rocha vinda do espaço estava sendo empurrada do outro por Luke, e estava para cair exatamente acima de Spencer.

Luke: "MORRA HOLLISTER!!!"

Apesar de Spencer não conseguir ver, ele era capaz de sentir que algo enorme iria esmagá-lo se algo não fosse feito, e por instinto, o garoto invocou o guepardo, que no momento em que surgiu, usou o Lightspeed no meteoro com a intenção de destruí-lo antes que atingisse seu Beast Tamer.

Luke: "TARDE DEMAIS! VOCÊ NÃO VAI ESCAPAR!"

Nisso, Luke invocou a aranha acima dele, e enquanto o vilão usava seus punhos para golpear em alta velocidade o meteoro, seu animal espiritual fazia o mesmo usando suas quatro patas dianteiras, provocando um confronto entre Spencer e Luke para ver quem teria domínio sobre a enorme rocha espacial. Luke então deu um enorme grito com toda sua emoção, e golpeou o meteoro com toda a força que tinha em seu corpo, fazendo com que o objeto avançasse para Spencer, que já não conseguia fazer com que o guepardo o salvasse ou sequer adiasse mais um pouco o seu destino, e por fim, a rocha aterrissou ao chão, esmagando Spencer e explodindo no processo, causando um enorme incêndio, e enquanto isso, Luke se mantinha no ar batendo suas enormes asas, até que o vilão decidiu aterrissar para analisar a situação.

Luke: 'Hmmmm... Que estranho, mesmo estando paralisado, ele conseguiu invocar o guepardo pra resistir mais um pouco. Meu poder é tão eficaz que não permite ao adversário sequer a chance de conseguir invocar seu animal espiritual. Então... Como ele fez isso?'

Pensava o vilão, mas em certo momento, ele tirou esses pensamentos de sua cabeça e começou a rir estéricamente.

Luke: "MAS DE QUE ISSO IMPORTA?! HAHAHAHA! Eu consegui! Eu finalmente derrotei o meu maior adversário! Eu consegui provar que não existe ninguém ao meu nível! E que somente Luke MorningStar é superior a todas as formas de vida! HAHAHAHAHA! Ai ai... Sabe Hollister, eu sei que o mais apropriado nessa situação seria respeitar sua morte por ter sido um oponente digno e tudo mais. No entanto, para mim, você foi e sempre será um inseto! Um inseto que foi esmagado pelo ser maior que tudo e todos!"

Nisso, um longo silêncio predominou o local, sendo possível ouvir apenas o som das chamas.

Luke: 'Pois bem, pelas minhas contas, o único que falta morrer é o Collins, mas ele esta paralisado mesmo, cedo ou tarde, morrerá de fome ou de sede. Agora, é melhor eu começar a destruir este mundo, por mais poderoso que eu seja, ainda assim irá demorar para finalizar completamente esse objetivo... Mas fico feliz com isso! Pois irei degustar cada segundo disso!'

Pensou Luke, dando a volta e andando pra longe dali. Porém, quando o vilão deu poucos passos, algo em sua mente o incomodou, e para aliviar esse incomodo, ele fez o que seu instinto o pedia para fazer, ele se virou e olhou mais uma vez para o incêndio,  e quando fez isso, Luke arregalou os olhos de espanto com a cena que vira. De dentro daquele incêndio, que possuía chamas que fariam qualquer um nem se atrever a chegar perto, pois se o fizesse, teria a impressão de que seria morto de imediato, Spencer se ergueu do fogo e caminhou na direção de Luke, porém, apesar do corpo do garoto estar visivelmente em chamas, nem sua pele e muito menos suas roupas se queimavam com o fogo espalhado em seu corpo, e além disso, Spencer não demonstrava nenhum sinal de dor ou agonia, pelo contrário, demonstrava um olhar determinado. Aquela cena, deixou Luke MorningStar, o filho do próprio diabo, aterrorizado, pela primeira vez em sua existência, o vilão estava sentindo medo.

Luke: "NÃO! COMO?! VOCÊ É SÓ UM HUMANO! COMO?! ISSO É IMPOSSÍVEL!"

Spencer: "Você tem razão, isso é impossível, no entanto, existe uma coisa que me mantém vivo, existe uma coisa mais poderosa que sua forma True Devil, que todos os demônios temem e que me impede de morrer... Essa coisa é a Fé! Qualquer um que visse seu poder máximo, não se atreveria a te enfrentar com medo de morrer no processo, mas eu tenho Fé! Fé de que irei te derrotar! Fé de que independentemente do que você faça, eu continuarei de pé! Fé de que irei salvar todas as pessoas boas desse mundo, e todas as pessoas que eu amo! Mas não é só isso, todas as pessoas que sofreram por sua causa, e até mesmo todos aqueles que morreram em suas mãos, todas essas pessoas depositam sua Fé em mim! E é toda essa Fé que me da forças para continuar até te derrotar. É essa Fé que me transforma... Em um Herói Abençoado!"

Nisso, Luke rangeu os dentes com as frases do garoto, e com um grito de raiva, disparou na direção de Spencer tentando golpeá-lo, porém, o garoto foi ainda mais rápido para conseguir segurar o punho do vilão.

Luke: "O QUE?!!! O QUE É ISSO?!"

Spencer: "Me diga, qual a sensação de não conseguir se mexer?"

Apesar de estar usando todas as suas forças, Luke não conseguia mover o próprio corpo, e quando o vilão foi se dar conta, o guepardo e aranha estavam acima dos dois, no entanto, o animal espiritual de Spencer estava segurando com sua boca as costas do animal espiritual de Luke, fazendo com que nem o artrópode nem seu Beast Tamer conseguissem se mever.

Spencer: "Sabe Luke, uma vez um sábio me ensinou uma lição valiosa pra me ajudar com minha aracnofobia..."

Nisso, as palavras de Greg ecoaram pela mente de Spencer.

Greg: "O ponto fraco de uma aranha são suas costas, se ela for ferida nesse lugar, ela corre um grande risco de morte!"

Spencer: "Me pergunto o que acontece se eu arrancar as costas do seu animal espiritual."

Luke: "Não! Eu não posso ser derrotado! NÃO POSSO! EU SOU LUKE MORNINGSTAR!!!"

Nisso, o guepardo mordeu as costas da aranha com ainda mais força, e com um poderoso puxão, o animal arrancou por completo toda a costa do artrópode, fazendo com que a aranha imediatamente desaparecesse, consequentemente, por seu animal espiritual ter sido morto, todos os órgãos vitais de Luke explodiram dentro de seu corpo, fazendo com que o cadáver do vilão se ajoelhasse antes de cair, significando a morte de Luke MorningStar, e com isso, o guepardo desapareceu, e Spencer ficou ali observando o cadáver de seu falecido oponente, enquanto as chamas de seu corpo se apagavam por completo.

Depois de um tempo, Spencer voltou ao centro da cidade, onde conseguiu avistar Christian de longe, que já não estava mais paralisado.

Spencer: "CHRISTIAN!!!"

Christian: "SPENCER!!!"

Nisso, os dois saíram correndo na direção um do outro, até que já estavam ambos próximos o suficiente para ter um diálogo mais apropriado.

Christian: "O que aconteceu? O efeito das Fright Webs acabaram já faz um tempo!"

Spencer: "Christian, eu consegui!"

Christian: "O que?"

Spencer: "Eu derrotei Luke!"

Christian: "...Sério?!"

Quando Spencer acenou com a cabeça, para confirmar a pergunta do garoto, Christian o abraçou fortemente, e estava próximo de chorar.

Christian: "Obrigado Spencer! Você salvou a nós! A todos nós! Obrigado!"

Nisso, Spencer retribuiu o abraço para consolar seu amigo, e após um tempo, os dois se separaram.

Christian: "E então? Cadê a Lily?"

Spencer: "...Oh meu Deus! Lily!"

Spencer então saiu correndo na direção onde a garota estaria, e Christian seguiu atrás dele. Quando os dois chegaram ao local onde o corpo da garota estava, viram que ela ainda estava caída morta no chão.

Christian: "Meu Deus!"

Spencer então se aproximou da garota e se ajoelhou em frente a ela, e segurou-a em seus braços.

Spencer: "Lily... Eu consegui! Eu venci Luke! Eu espero que onde quer que esteja, você esteja feliz por tudo isso ter acabado!... Me desculpe, você não merecia o que aconteceu, você tentou abrir seu coração pra mim... E eu recusei, pensando que você era como qualquer outro demônio... Mas agora eu percebo que isso não é verdade! Eu nem sei se você sequer pode ser considerada uma! Você era só uma garota que cresceu entre seres ruins... No fim das contas, tudo que você queria era alguém que a amasse!... Eu sei que já é tarde demais pra dizer isso... Mas saiba que você conseguiu! Por que a verdade... É que eu também te amo! Do começo eu não amava, por que te achava uma criatura cruel... Mas depois eu percebi que você não era nada do que eu pensava! Você é uma garota bondosa e doce... Uma garota que eu acabei amando!... Me perdoe Lily... Me perdoe por não ter sido sincero com você em vida..."

Nisso, quando o garoto abaixou sua cabeça e soltou suas lágrimas, ambos Spencer e Christian começaram a ouvir risos, e perceberam que vinham do corpo de Lily, que estava se segurando para não rir.

Spencer: "Lily?!"

Christian: "Não é possível!"

Lily: "Hahaha! Desculpe! Eu não consegui me manter a sério fingindo estar morta! Hahaha!"

Spencer: "Espera, você tá viva?!

Lily: "Bem, duuh! Bobinho! Quando você matou Luke, a vida que ele tirou de mim voltou para meu corpo, ou seja... Estou saudável mais uma vez!"

Spencer: "E VOCÊ FICOU FINGINDO SE FINGINDO DE MORTA?!!! Isso não tem graça Lily! Eu fiquei preocupado!"

Lily: "Eu já pedi desculpa! Eu não queria te interromper, só isso! Você estava tão fofo!"

Christian: "Mas do que isso importa agora?! Vocês não percebem?! Finalmente acabou! Estamos salvos!"

Lily: "Parabéns Spencer! Você conseguiu!"

Disse Lily, abraçando com força o garoto.

Spencer: "Corrigindo: Nós conseguimos!"

Nisso, Lily beijou os lábios de Spencer, surpreendendo o garoto, porém ele acabou cedendo ao calor e a tranquilidade transmitidos pela garota e retribuiu o beijo, enquanto o sol nascia e iluminava Londres, representando o fim de uma dolorosa noite, e o fim de uma longa história.


Notas Finais


Beast Tamer: Spencer Hollister.

Animal Espiritual: Guepardo.

Virtudes:
Força: Média.
Resistência: Média.
Velocidade: Alta.

Poder: Lightspeed.
Aplicando sua velocidade aos seus ataques, o guepardo consegue executar uma série de golpes brutais, capazes de retalhar seus adversários a ponto de nocauteá-los.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...