História Beautiful but dangerous - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias CNCO, Little Mix
Personagens Erick Brian Colón, Jade Thirlwall, Joel Pimentel, Perrie Edwards
Tags Cnco, Jael, Little Mix, Perick
Visualizações 20
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gentiiiii n aguentei hehehe, eu e minha amiga resolvemos q iríamos postar hj kkkkkkkk na foto está o restaurante, a jade com a roupa q ela está e a máscara q os garotos usam, bom o título é o nome do grupo deles kkk só pra deixar avisado.

Capítulo 3 - Scorpions


Fanfic / Fanfiction Beautiful but dangerous - Capítulo 3 - Scorpions

POV JADE 

–Caralho! – Reviro meus olhos.  

To aqui nessa espelunca, amarrada, por causa desses filhos da puta.

 FLASHBACK 

Eu combinei com as meninas de nos encontrarmos em um dos nossos galpões secretos,mas, estou aqui com minha " família", tendo que me fazer de boa moça na frente da família desse retardado do Charlie, ele nada mais é que filho de um dos caras mais poderosos do EUA, que o meu pai insiste em querer que eu tenha algo com ele, tudo isso, só porque quer aumentar os bens e o nome da nossa família. 

–JADEE!! – meu pai dá um grito tão alto, que todos da mesa ficam o encarando. 

–Perdão papai, eu estava perdida em meus pensamentos. –falo me desculpando.  

–Eu já estava lhe chamando a uns 10 minutos. –fala irritado. 

–Ok, você pode repetir por favor. –peço-lhe. 

–Eu estava falando ao Charles que você queria muito sair com o filho dele. E ter perguntei se você não queria que fosse hoje á tarde, o Charlie já falou que adoraria que fosse hoje. –fala ele, querendo me empurrar para o Charlie. 

 Eu só o olhei com os olhos arregalados, ficando vermelha de raiva e constrangimento. Quando fui falar algo, a porta do restaurante é chutada, e aparece cinco caras mascarados, segurando uma metralhadora stok cada um. Eles se dividiram para ver se não tinha ninguém na cozinha escondido, e pegaram todos os telefones destruindo-os, para ninguém ter contato com a polícia. Eles olham para todos os lados do restaurante, parecem estar procurando alguém.

Até que um deles olhou para a mesa que estou sentada, cochichou algo com os outros e todos vieram em minha direção.

–Levanta AGORAA!! –ordena um deles.

Eu fico sem reação, olhando-os como se fossem loucos.

Charlie levanta da cadeira com tudo e fala.

–Vocês pensam que estão falando com quem ?

–Cala boca moleque, que o negócio não é da sua conta. –Fala o mesmo cara que me mandou levantar.

–Se vocês tocarem nela podem se considerar pessoas mortas! –Charlie os enfrenta.

Assim que ele fala isso o cara de cabelos encaracolados vai em sua direção e lhe da um soco que o faz até desmaiar.

Eu segurei a minha extrema vontade de rir, de tão patético que o Charlie é.

–Leopardo, por que você fez isso? –Diz o cara que gritou comigo primeiro. Ele parece ser o líder.

–Ele estava me irritando. –Diz "Leopardo".

–Ok, Ok, vamos pegar logo a garota, estamos sem tempo para aturar briguinhas de casal. –fala o moreno ironicamente.

Só aí eu percebo que ele estava falando de mim, depois disso um dos caras pega meu braço violentamente me puxando, e eu não posso reagir para não dar bandeira que sei me defender. O cara chamado "Leopardo" pega um pano e coloca em meu rosto, eu só senti meu corpo e olhos desabando.

Fim do FLASHBACK

E assim eu acordei amarrada em uma cadeira em um quarto cheio de mofo.

Ouço passos se aproximando da porta e de repente ela é aberta. 

–É parece que a vadiazinha acordou –fala o cara de olhos verdes. 

Fico surpresa por ele estar sem máscara, e ainda mais por ele ser tão bonito. Depois dele falar isso os outros quatro caras entram também sem máscaras, e todos eles são incrivelmente belos. 

–Me solta seu idiota. –falo irritada. 

–O que você disse vadia ? –Diz o homem de olhos verdes me pegando pelo pescoço. 

–Calma escorpião, se você machuca-la ou mata-la, não vai valer de nada o nosso esforço. –Fala o mais alto deles. 

Ele me solta e eu digo ironicamente. 

–Atá, grande esforço de vocês- reviro meus olhos. 

–Só invadiram o restaurante e colocaram um paninho no meu rosto, criativo vocês hein- falo debochando e dando risadinhas. 

–Vagabundaaa !!!! –o escorpião fala e me acerta um tapa tão forte na cara que até meu rosto é virado.

–Agora bate como HOMEM!! –digo rindo mas com meu rosto ardendo. 

–O QUÊ?? –Grita. 

O "Leopardo" entra em minha frente e lhe fala. 

–Vai se acalmar, que eu me resolvo com ela. –Escorpião sai socando a porta.

–Tubarão, Urso e Cobra vão tentar acalmar ele, por favor. –fala Leopardo para os outros três que estavam observando tudo. Logo eles saem ..... 

POV ERICK 

–Merdaa, essa vadia desgraçada- grito, jogando tudo que encontro no chão. 

Bom pelo menos conseguimos executar o plano com sucesso. Obviamente tudo graças a mim. Olho para trás e vejo Rick, Zab e Chris vindo em minha direção .....

CONTINUA


Notas Finais


Esses são os codinomes deles, se vcs quiserem saber mais sobre algo, é só perguntar meus doces. E n tem data prevista para o outro cap, mas acho q vai ser segunda. Bjs amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...