História Beautiful Desaster - Emison - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Emily Fields, Hanna Marin, Spencer Hastings
Tags Emison
Visualizações 176
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá!
O cap hoje está bem curtinho, porém é só pra não deixar de postar mesmo hahaha
espero que gostem!

Capítulo 7 - Você tem que ignorar os demônios dela.


 

- Isso... - falei, deitando a cabeça em seu peito e esticando o braço sobre sua cintura, me aninhando tão perto quanto podia.
Emily ficou tensa e ergueu suas mãos, como se não soubesse como reagir.

- Você está bêbada. - ela disse.

- Eu sei. - falei, embriagada demais pra ficar constrangida.
Ela relaxou uma das mãos nas minhas costas e pôs a outra nos meus cabelos molhados, depois me beijou na testa.

- Você é a mulher mais complicada que já conheci. - Emily disse.

- É o minimo que você pode fazer depois de espantar o único cara que veio falar comigo hoje.

- Você quer dizer Ian, o estuprador? É eu te devo uma por essa.

- Deixa pra lá - falei.
Ela agarrou meu braço e o manteve em cima de sua barriga, para me impedir de sair dali.

- Não, eu estou falando sério. Você precisa tomar cuidado. Se eu não estivesse la... nem quero pensar nessa possibilidade. E agora você espera que eu peça desculpas por espantar o cara? - ela falou.

- Não quero que você peça desculpas. Nem se trata disso...

- Então do que se trata? - ela quis saber, procurando algo em meus olhos.
Seu rosto estava poucos centimetros do meu, e eu podia sentir sua respiração em meus lábios. Franzi a testa.

- Estou bêbada, Emily. Essa é a única desculpa que tenho.

- Você só quer que eu te abrace até você dormir? - ela perguntou.
Não respondi. Ela se mexeu para me olhar direto nos olhos.

- Eu devia dizer não, para provar meu argumento - ela me disse juntando as sobrancelhas. - Mas eu me odiaria se fizesse isso e você nunca mais me pedisse de novo.
Aninhei o rosto em seu peito e ela me abraçou mais forte, soltando um suspiro.

- Você não precisa de nenhuma desculpa, Ali. Tudo que tem que fazer é me pedir.
Eu me encolhi ao me deparar com a luz do sol entrando pela janela e o alarme quase estourando meus tímpanos. Emily ainda dormia, me cercando com seus braços e pernas. Em uma manobra, consegui soltar um dos braços e apertar o botão da soneca - Esfreguei o rosto e fiquei olhando pra ela, que dormia profundamente, a cinco centímetros de distância.

- Meu Deus... - sussurrei, perguntando-me como havíamos conseguido ficar tão enganchadas uma na outra. Inspirei fundo e prendi o fôlego, tentando me soltar completamente.

- Para com isso, Ali, estou dormindo - ela murmurou, me apertando junto de si. 
Depois de várias tentativas, finalmente consegui me soltar. Sentei na beirada da cama, olhando para trás, para o seu corpo seminua envolta nas cobertas. Os limites estavam começando a ficar finos, e a culpa era minha.
Ela deslizou a mão pelos lençóis e encostou nos meus dedos.

- Qual o problema, Ali? - perguntou, mal abrindo os olhos.

- Vou pegar um copo de água, você quer alguma coisa?

- Emily balançou a cabeça e fechou os olhos, com o rosto encostado no colchão.

- Bom dia Ali - disse Spencer sentada na cadeira reclinável, quando entrei na sala.

- Cade a Aria?

- Ainda esta dormindo. O que está fazendo de pé tão cedo? - ela perguntou, olhando para o relógio.

- O despertador tocou, mas eu sempre acabo acordando cedo depois de beber. É uma maldição.

- Eu também - ela disse.

- É melhor a gente acordar a Aria. Temos aula daqui à uma hora - falei, abrindo a torneira e me inclinando para beber um gole de água.

- Deixa que vou ir acordá-la. - ela disse e se virou pra mim de novo. - Ei, Ali.

- O quê?

- Eu não sei o que ta rolando entre você e a Em, mas sei que ela vai fazer algo idiota que vai te deixar irada. É uma mania que ela tem. Ela não fica muito chegada a ninguém por tanto tempo e, sei la por quê, abriu espaço na vida dela pra você. Mas você tem que ignorar os demônios dela. É a unica forma que ela tem de saber.

- De saber o quê? - perguntei, erguendo uma sobrancelha em resposta ao seu discurso melodramático.

- Se você vai sair de cima do muro - ela respondeu simplesmente.
Balancei a cabeça e dei um risinho.

- Você é quem manda, Spen.
Ela deu de ombros e voltou para o quarto.
Espalhei aveia na minha tigela e despejei calda de chocolate, enquanto misturava tudo.

- Que coisa nojenta, Ali - disse Emily, vestindo somente uma blusa larga e calcinha. Ela esfregou os olhos e pegou uma caixa de cereal no armário.

- Bom dia pra você também - respondi, fechando a tampa da calda.

- Ouvi dizer que seu aniversário está perto. Ta virando adulta... - disse ela, abrindo um largo sorriso, com os olhos inchados e vermelhos.

- É... Não sou muito ligada em aniversários. Acho que a Aria vai me levar para jantar ou algo assim. Pode vir também, se quiser.

- Tudo bem - ela deu de ombros - É no domingo da semana que vem?

- Isso. Quando é o seu aniversário?
Ela despejou o leite na tigela.

- Só em abril. Primeiro de abril.

- Ah, fala sério!

- É sério - disse ela, mastigando.

- Você faz aniversário no Dia da Mentira? - perguntei, erguendo uma sobrancelha.

- Faço! Você vai se atrasar. É melhor eu me vestir. - ela disse.

- Vou de carona com as meninas.
Pude perceber que ela se esforçou para agir com naturalidade quando deu de ombros.

- Tudo bem - ela disse e virou as costas para mim, para terminar de comer seu cereal.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...