História BEAUTIFUL EYES (Camren) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camilacabello, Camren, Laurenjauregui
Visualizações 113
Palavras 1.751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoal, me desculpem o atraso. Precisei cuidar de uns assuntos, e acabei atrasando o capítulo, mas, como prometido, aqui está ele.
Divirtam-se!!.
Boa leitura!.

Capítulo 5 - Capítulo cinco: Preste atenção nos sinais.


Pov's Lauren

Eram 20:00 quando o celular tocou. Olhei para o visor, e o número era desconhecido. Decidi atender, vai que é a Camila.

- Alô...

- (silêncio...)

- Alô,... Tem alguém aí?

- Olá, Lauren... - uma voz meio robótica falou do outro lado da linha. -

- Quem é? - perguntei assustada - Ty, se for você, não tem graça!.

- Não, não é o Tyler... Eu só quero te ajudar!. Seu namorado Tyler está te traindo, e é com uma pessoa próxima a você!. Fique de olhos bem abertos, desconfie de todos. Espero ter te ajudado!.

- EI, QUEM É? - me desesperei, então comecei a chorar. - Por favor, me diga quem é você?

*Ligação encerrada*

Eu não sabia o que fazer. Fiquei um bom tempo sentada no sofá, com minhas mãos em meu rosto, tentando não acreditar no que eu havia ouvido.

Eu estava tão triste, mas não havia ninguém em casa, e Lucy estava viajando com seus pais, o que me restou, foi recorrer a pessoa que mais me fez bem nos últimos dias, Camila!.

...

Liguei para o seu número... Chamou... Ela atendeu.

- Alô... Lauren?

- Sim!. - falei com a voz embargada segurando o choro. -

- Lauren, você está bem?

- Eu tô sim, - minha voz começou a falhar - não se preocupa!.

- Sim, eu me preocupo, espera um pouquinho, já tô chegando aí!.

*Ligação encerrada*

Eu não estava acreditando, Camila estava tão preocupada comigo, e iria vir aqui me ver. É tão bom ter alguém com quem contar. Agora, tenho que ao menos tomar um banho, a casa dela é um pouco longe, então, tenho tempo pra me arrumar, não é porque estou triste, que tenho que causar uma má impressão.

Fui para meu quarto, separei um shot brim cor de vinho, e uma camisa sem mangas branca. Voltei do banho e me vesti, calcei um tênis bem confortável preto. Passei um pouco de perfume, e desci as escadas para esperar Camila. Alguns minutos depois, ouço uma buzina, então, quando abri a porta, era ela. A convidei para entrar, e ela assim fez. Estava vestida com uma calça jeans preta rasgada, e usava uma camisa grande e vermelha do Red Hot Chili Peppers, e um All-star azul. Me deu um longo abraço ao entrar, e então, nos sentamos no sofá. A contei o que havia acontecido, e em alguns momentos, lágrimas vieram a escorrer em minha face, então, ela com seu jeito meigo, se aproximava cada vez mais, então, limpava minhas lágrimas, e repetia a mesma frase: "Lauren, você é linda, é inteligente, e não precisa de homem algum pra te fazer feliz!. Se precisar se separar dele, assim faça, sua vida pode ser melhor sem ele!". Então, acariciava meu rosto.

Após um bom tempo conversando, nós começamos a brincar. Parecíamos duas crianças fazendo cócegas uma na outra. Chegou um momento, em que me peguei olhando para Camila, enquanto ela estava em cima de mim, me olhando, com um sorriso bobo no rosto...

- Bom, Camila, você deve estar com fome, - falei isso sai de baixo dela -, quer comer alguma coisa? Eu preparo!.

- Não, não, eu tô sem fome!. - sua voz ficou meio triste de uma hora pra outra. -

- Então, se não tá com fome, VAI RECEBER UMA VISITA DO DOUTOR CÓCEGAS!!! AHAAAA!!! - falei isso correndo ao seu encontro, e já fazendo cócegas em sua barriga. -

- Não, não, não faz isso Lauren!!! - ela começou a correr de mim, e então, em questão de segundos, a vi desmoronar em minha frente, ela caiu do nada, acho que tropeçou no próprio pé. -

- CAMILA, você tá bem?

- Ai, acho que sim... - falou isso se virando para mim. Parecia estar com dor. - Deixa só eu me levantar, e...

- Não, não, deixa que eu te levo até o sofá!. - a peguei no colo, e a deitei no sofá. - Você não pode ficar se movendo, não sei se quebrou alguma coisa!.

- Não seja boba, Lauren. Eu só cai! - ela disse isso em meio a uma sorriso e uma risada muito fofa. -

Mais uma vez, me peguei olhando para Camila que também estava me olhando, com um leve sorriso. Estávamos próximas, afinal, eu estava acariciando seu rosto, e ainda conferindo se ela não havia quebrado nada!. Aos poucos, nós fomos chegando cada vez mais perto...

*Your beautiful eyes, stare right into my eyes*

O MALDITO CELULAR DA CAMILA COMEÇOU A TOCAR, NOVAMENTE NOS INTERROMPENDO. Ela precisou atender, afinal, era o Mattew. Ela então colocou no viva-voz.

- Oi, Camila, a gente pode se encontrar hoje? Eu quero me desculpar...!.

Camila olhou para mim, e eu confirmei com a cabeça, mesmo que meu coração estivesse negando.

- Okay, passa lá em casa daqui há 30 min, pode ser? - ela disse com uma expressão de quem não está nem aí. -

- Pode sim... Amor, te amo!.

- Eu também te amo, Mattew.

Ela desligou a chamada, e então, se levantou. Ela estava com dificuldade para andar, pois acho que a queda pode não ter quebrado algum osso, mas machucou sua perna esquerda.

- Deixa que eu te ajudo. - falei isso enquanto segurava ela. -

- Obrigado Lauren!.

- De nada, Camila.

Nos despedimos, e ela foi embora!.

Eu estava simplesmente desolada, agora eu estava confusa quanto aos meus sentimentos, e não sabia o que fazer quanto a isso... Eu queria a Camila, mas eu não sabia exatamente o porquê.

...

Pov's Camila

Fui até a casa de Lauren no final da noite, pois ela me ligou visivelmente abatida. Ao chegar lá, tentei a animar, e consegui!. Porém, no meio de uma brincadeira, acabei por cair, e machuquei minha perna. Lauren acabou por me pegar no colo, e me levar até o sofá.

Até ai estava tudo bem, mas, o problema, é que eu realmente não sabia que o clima estava ficando tão intenso... Então, acabamos por ficar novamente cara a cara, e quase ia rolando um beijo, se não fosse meu celular... Olhei, e era o Matt. Marcamos de sair ainda hoje, mas, eu não queria ir, eu queria ficar com a Lauren. Mas, tive que ir, e ela me ajudou a ir até meu carro!.

No caminho para casa, não parei de pensar um segundo em Lauren, em como ela sorria, e em como ela simplesmente falava, ela era tão especial.

Cheguei em minha casa, e entrei. Esperei Mattew, que apareceu em minutos, e então, me levou até um mirante. Ficamos lá por horas, e ele não parava de falar de esportes, e de como eu deveria ter ciúmes dele, já que ele era um astro do time. Eu simplesmente o ignorei todo o tempo, pois meus pensamentos estavam somente em Lauren.

Pov's Lauren

Ainda era somente quinta, e Tyler havia sumido. Então, eu resolvi viajar com meus pais. Iria ser somente uma viagem de 15 dias, e não iria ter nada de interessante na faculdade, então, eu fui.

Pov's Camila

Passei 10 dias sem ver a Lauren, ela estava viajando com seus pais, mas eu simplesmente não conseguia parar de pensar nela.

Ela chegou num domingo de noite, e eu só queria vê-la. Eu já não me entendia. Porquê eu estava daquele jeito? Eu não sabia o que estava sentindo. Era uma confusão enorme!.

Pov's Lauren

Passei dez dias fora com meus pais, eu precisava pensar, mas, em meus pensamentos, só me vinha a Camila, tudo nela me deixava feliz, me fazia sorrir, e eu acabei por me arrepender de ter viajado, então, voltei para Miami antes deles. Cheguei em um domingo de noite, e mandei mensagem para ela, dizendo que havia chegado bem.

WhatsApp: Camila Online

Camila: Quando chegar, me avisar!. (18:00)

Você: Pode deixar!. (18:01)

...

Você: Cheguei bem!. ( 20:00)

Camila: Graças!!! (20:05)

...

Passamos um bom tempo conversando, até que começou a chover, e ela disse que ia jantar, então fiz o mesmo.

...

Passaram-se alguns minutos, e ela havia sumido. Achei que tivesse dormido, ou mesmo saído com Mattew.

...

Já eram 21:30, quando ouvi batidas na porta.

- Quem será nessa chuva? TYLER... É VOCÊ?

Fui até a porta, e quando abri, vi Camila, embaixo da chuva, ensopada. A coloquei para dentro de casa sem entender absolutamente nada, foi quando ela me disse as seguintes palavras:

- Eu não ia conseguir ficar nem mais um minuto sem te ver... Eu falo sério!. E dessa vez, eu não trouxe celular!.

Então, ela segurou em minha nuca, e me puxou para um beijo...

Então, eu segurei em sua cintura, e a fiz ficar bem mais colada em mim. Mesmo molhada, isso foi tão bom...

MY GOD, QUE BEIJO!

Foi o melhor beijo que eu já havia dado em anos, e, eu não sabia identificar ao certo o porquê d'eu estar me sentindo como se estivesse voando!.

Após alguns minutos, nos largamos, e ela disse que tinha que ir para casa. Eu concordei, e disse que a levaria até a porta!.

No momento em que abri, me deparei com Tyler, parado na frente da minha porta se preparando para bater!.

- Tyler?

-Loren? Camila?

- Oi, Tyler! - Camila disse isso sorrindo - Eu já estava de saída!. Tchau Lauren, até amanhã!.

- Até!. - falei sorrindo, mas logo meu olhar encontrou o de Tyler, que já entrou em minha casa me beijando. -

- Eu tava morrendo de saudade Lolo!. - disse isso, já tirando a camisa. -

- Que bom!. - retribuí os beijos, mas, eu não estava sentindo nada. -

Começamos a nos beijar, e o clima foi esquentando, então subimos para meu quarto, e lá, eu tive que satisfazer as vontades de Ty... Mas infelizmente eu não estava pensando nele, e sim, na Camila!.

Pov's Camila

Fui até a casa de Lauren em meio a chuva, só para a ver, mas ao chegar, e ver ela ali, eu não quis saber de abraço... Agora, a boca dela estava ali, e ela não iria fugir.

Nos beijamos por um bom tempo, até que, tive que ir embora. Mas, na porta, Tyler estava se preparando para entrar. Tive que ir embora e os deixar, ainda esperei um pouco para ver se ele ia embora, mas vi a luz do quarto que possivelmente era o da Lauren se acender, então, liguei meu carro, e sai em disparada para minha casa.

- O QUE DIABOS EU FIZ? - eu estava falando comigo mesma, aos prantos. A chuva estava forte - ELA O QUER! POR QUÊ EU FIZ ISSO? QUE DIABOS EU FIZ? O QUE EU ESTAVA PENSANDO? QUE ELA IRIA ME...

Só o que me lembro a partir daí são flashs...

> Me lembro de ouvir sirenes;

> De ouvir pessoas tentando me acordar;

> De me levarem para o hospital;

> Ouvir o médico dizendo que eu deveria ir para a sala de cirurgia.

Depois disso, tudo simplesmente escureceu.


Notas Finais


E aí pessoal, o que acharam????
Hahaha
Bom, deixem nos comentários suas opiniões, porque acreditem, elas influenciam muito na história!!!.
Beijinhos! S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...