História Beautiful Liar ( taegi) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Red Velvet
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Irene, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé, Sehun, Seulgi, Wendy, Youngjae, Yugyeom
Tags Taegi
Visualizações 99
Palavras 966
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA LEITURA!!!

Capítulo 5 - Passado sombrio


Fanfic / Fanfiction Beautiful Liar ( taegi) - Capítulo 5 - Passado sombrio

P.O.V  Taehyung

Depois que o sinal do intervalo bateu fui embora,mais não pra casa e sim para um cemitério, não que eu seja gótico, apenas gosto porque é calmo e me trás lembranças.Agora você vai ler a história da minha vida, então se acomode, pegue algo pra beber porque vai demorar.

HISTORIA ON 

Quando eu era pequeno minha família me amava era tudo um mar de rosas, até meu appa descobrir que eu não era filho dele e sim de um amante de minha omma, quando ele descobriu ele esperou minha omma chegar do trabalho. uns minutos depois ela chegou ela viu ele com minha certidão de nascimento nas mãos,ela tentou explicar mais ele não quis ouvir, então ele começou a espanca-la, o mesmo deu diversos chutes em sua barriga e garganta, ele continuou até a empurra-la pela escada que tinha quarenta degraus, quando ela chegou no andar de baixo a mesma se rastejou até a saída, mais antes dela conseguir sair meu ''appa'' pegou uma faca e cortou o pescoço dela e eu vi tudo com penas cinco anos de idade, quando o mesmo olhou para cima me viu chorando, então ele limpou do o sangue que a havia na sala e em suas mãos e subiu para meu quarto, quando ele entrou pensei que seria o próximo, então comecei a andar pra trás até bater na parede, ele me puxou pelo braco e começou a tirar minha roupa, ai vocês já sabem.

Depois de um ano me abusando, meu appa se casou novamente, com  uma mulher que tinha um filho da minha idade, ele era filho do meu ''appa''.O nome dele era Jung Hoseok ou como eu o chama Hobi.

Eu pensei que se meu pai casasse ele iria parar com os abusos, mais não parou.Minha madrasta me batia, ela já chegou a me torturar, a mesma também já torturou Hoseok.

até que um dia eles tentaram nos matar, meu appa tentou me matar afogado. Eu ainda lembro da sensação de estar debaixo d'água e não conseguir sair,era sufocante. Foi ai que eu lembrei que tinha um canivete no meu bolso, Hobi que me deu de aniversario, então peguei o mesmo e fiz um corte na horizontal no appa, o mesmo caiu, levantei da banheira e comecei a esfaqueá-lo, comecei a ouvir gritos vindos do porão, fui correndo até o mesmo, foi quando eu vi aquela vadia com uma arma apontada para o próprio filho. E foi ai que eu me tornei frio. Peguei o canivete e cortei o pescoço daquela vaca, Hobi me olhava com medo então peguei sua  mão e sai correndo com ele para a porta, eu  e ele continuamos correndo até parar em um beco para descansar, ficamos ali por cinco minutos, quando iríamos sair um carro parou em nossa frente e de repente BOOOM tudo ficou escuro. Acordei minha visão estava um pouco embasada por conta da claridade que vinha da janela, quando minha visão ficou boa de novo eu vejo que estava em um quarto de paredes azul bebe, ao lado tinha um escrivaninha com desenhos e lápis de cor, do outro lado do quarto tinha um closet bem espaçoso com roupas etc,tinha um bainheiro dentro do quarto. Saio dos meus pensamentos quando alguém bate na porta, hesito um pouco antes de abrir, mais logo abro, quem batia era um homem ele não era tão alto,ele tinha cara de ter quinze anos ,o mesmo tinha cabelos castanhos, da cor dos olhos só um  pouco mais escuro e mais uma vez sou tirado dos meus pensamentos pela voz um pouco grosa do garoto.

??: oi, como se sente? está melhor?

tae:o-oi, sim estou melhor

??: deixa eu cuidar dos seus ferimentos- ele diz se aproximando mais eu recuo-relaxa eu não mordo- abriu um sorriso extremamente fofo, deixei ele fazer um curativo, estava ardendo mais eu não queria mostra que era fraco

??:esta doendo?-diz com um tom de preocupação 

Tae: n-não , afinal qual é seu nome?

??: me chamo Jaebum mais me chame de JB- diz abrindo novamente um sorriso 

Tae: me chamo Tae e cade meu irmão?

JB: que irmão? eu só encontrei você no beco

No mesmo instante que ele falou aquilo,meus olhos se encheram de lagrimas, porque eu sabia que aquela foi a ultima vez que vi Jung Hoseok 

SEIS ANOS DFEPOIS

Eu descobri que tenho dupla personalidade, isso já faz cinco anos, logo depois daquele dia no quarto JB me contou que era mafioso,mais não era apenas mafioso ele era o maior mafioso da Coreia do Sul, no começo me assustei mais agora faço parte da mafia. Em um dia qualquer eu fui pra escola como sempre, aliais eu tinha apenas treze anos. Mais tarde naquele mesmo dia, eu estava voltando pra casa ai passou um cara de bicicleta não dava para ver o rosto do mesmo,apenas consegui ouvir uma melodia um tanto quanto estranho, mais apena ignorei ,quando cheguei em casa todos estavam mortos a omma Jennie estava morta,o appa jackson,com muito medo eu subi as escadas chorando eu ja sabia o que ia ver, fui até meu quarto e JB estava lá morto eu comecei a chorar muito mais do que já estava,liguei pra policia , eles vieram  rapido, depois fui considerado culpado, passei cinco anos dentro de um reformatorio, quando sai eu estava muito pior , eu estava mais frio que o normal, não tinha sentimentos e foi ai que minha outra personalidade se despertou novamente só que agora mais cruel, hoje sou um mentiroso que finge estar feliz.

HISTORIA OFF

Quando toco nesse assunto eu realmente me perco nos pensamentos. Eu estava de frente para o tumulo da minha omma (verdadeira)

começa a chover eu vou embora para casa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não existe pessoas frias.Existe pessoas que aprenderam a bloquear seus sentimentos

 

 

 

 

CONTINUA??

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


me desculpem os erros
bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...