História Beautiful love - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Black Pink
Personagens Jennie
Tags Amor, Black Pink, Cute, Fluffy, Fofo, Homossexualidade, Jennie, Jisoo, Lauramenezes, Lisa, Romance, Rose
Visualizações 1
Palavras 1.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu vi o vídeo em que a Laurinha queria uma fanfic com ela, e desde então venho pensando em escrever uma. Quando ela postou um video lendo uma fic sobre ela eu berrei, será um sonho realizado caso leia essa fic, socorroo♡

Essa história será um romance entre ela e a Jennie do black pink, eu não sei se ela achará ruím por ser com uma garota, mas como ela é um amorzinho, creio que irá adorar, caso ela leia ^-^

AINDA MAIS PORQUE É JENNIE KIM NÉ AMORES.

Espero que apreciem ♡

Capítulo 1 - 1


Fanfic / Fanfiction Beautiful love - Capítulo 1 - 1

Lá estava a garota pequena de cabelos e olhos escuros, segurava três livros em seu braço e procurava por mais um.

- Garota.- A senhora de óculos e rabugenta chama.- Tem como você acelerar? Iremos fechar.

- Claro, desculpe.- Menezes se sente envergonhada, colocando uma mecha de seus cabelos atrás da orelha.

Decide por levar apenas os três em suas mãos, ela se pôs em frente ao balcão e tirou os dois livros de sua bolsa que já havia lido semana passada.

- Depois do almoço abriremos novamente.- A senhora disse, anotando o nome da morena no caderno.

Laura saiu do local e o ar frio de Seul atingiu seu rosto, a fazendo fechar os olhos e respirar fundo. Adorava quando o tempo estava assim, pois poderia colocar suas blusas de frio coloridas sem ser encarada.

Na verdade, ela era sempre encarada, pois era estrangeira, e estrangeiros chamavam atenção.

A mesma caminhou em direcão a uma lanchonete com cores escuras e bem chamativa, amanhã seria seu primeiro dia de aula na escola nova e a mesma estava ansiosa. Percebeu que o local estava lotado e tinha muitas conversas paralelas.

- Pois não?.- Uma voz desconhecida a chamou, a garota atrás do balcão parecia ser poucos anos mais velha que si, tinha olhos puxados assim como todos ali e cabelos castanhos. Rodava uma caneta verde em mãos e parecia estar entediada com uma mão apoiando o queixo.

Era bem bonita aos olhos de Laura.

- Dormiu?.- A castanha ergueu uma sobrancelha, vendo a outra desviar o olhar meio desconcertada, isso a fez rir um pouco.

- N-não... eu... um capuccino e dois brownies, porfavor.- Pediu, batendo a mão na testa ao que a outra concordou, se virando.

Laura tinha esses problemas de sem querer encarar as pessoas em um longo período de tempo, era como se precisasse analisar tudo a sua volta, muitas das vezes já aconteceu de serem grossos consigo.

- Aqui está, gringa.- A castanha voltou com um copo e uma cesta.- Aproveite seu lanche.

Gringa. Menezes não pôde deixar de notar a palavra dita, quanta ousadia.

Mas ao contrário da moça, Laura não tinha coragem para retrucar.

Ela se virou a procura de uma mesa para se sentar, porém a sorte não disse olá quando viu um casal acabar de se sentar na última que faltava.

Ótimo.- Pensou

- Tem um banco bem ao seu lado.- Ouviu a voz da atendente novamente.

Laura olhou para o banco alto encostando em sua cintura. Assentiu, apoiando seu lanche no balcão e pegando impulso para se sentar.

- Você veio de onde?.- A castanha apoiou uma mão no queixo.

- Brasil.- Respondeu, um silêncio constrangedor veio em seguida, Laura nunca conseguia desenvolver uma conversa agradável, isso a abalava.

- Ouvi dizer que é um ótimo lugar.- Estendeu um braço para a morena.- Eu sou Jennie, Jennie Kim.

- Laura Menezes.- Apertou a mão alheia, sentindo-se timida, sempre sentia-se de tal forma a conhecer alguém novo.- E sim, o Brasil em certas questões é ótimo, mas como em todo país, tem seus perigos.

- Não deve ser tão cruel.- Jennie comentou, ela viu um novo cliente passar pela porta.- Com licença.

Enquanto isso, Laura tomou mais um gole de seu capuccino e observou os inúmeros quadros pela lanchonete, era a primeira vez que visitava aquele local.

- A quanto tempo mora aqui?.- Kim voltou a perguntar, se aproximando, Laura conseguiu sentir o aroma de seu perfume, era doce e bom.

- Eu me mudei no final do ano passado, no natal.- Disse.

- Sério?.- Sorriu, fazendo seus olhos quase sumirem, extremamente fofo.- Você fala coreano muito bem.

- Obrigada.- Laura curvou-se, sentindo suas bochechas esquentarem.- Eu estudo coreano desde de pequena.

- Parabéns.- A garota falou.- Eu também falo outros idiomas.

- Quais?.- Laura se interessou no assunto, vendo a outra a olhar um pouco surpresa.

- Inglês e Japonês.

- Também falo inglês.

- Congratulations girl!.- Jennie viu um sorriso timido em Laura, não podia negar que achou a garota muito adorável desde que entrou.- Então quer dizer que fala coreano, inglês e brasileiro?

- Português.

- Uh?

- O idioma do Brasil, é português.- Viu Kim erguer as sobrancelhas compreensiva.

- Deve ser um idioma difícil.

- Bastante, as vezes me considero sortuda por saber português.- Contou.

Jennie pediu licença ao que mais clientes entraram e outros saíram, voltando depois de alguns minutos.

- Finalmente está esvaziando.- Passou a mão na testa.- Ainda bem que amanhã só trabalharei pela manhã.

- Posso perguntar porque?.- Olhou para os olhos puxados da outra, que a encarou fixamente por longos segundos, Laura teve que desviar o olhar por vergonha.

- Irei estudar, reprovei um ano.- Riu, revirando os olhos.- Você ainda estuda?

- Sim, estou no segundo ano.- Contou.- E você?

- Segundo também, era para eu já ter terminado, mas além de reprovar, fiquei um ano sem estudar.- Abriu os braços.- E cá estou eu, tendo que trabalhar quando devia estar na faculdade.

- Mas você teria que trabalhar para pagar a faculdade.- Menezes disse pensativa.

- Porém estou trabalhando apenas para pagar contas.- Disse.

- Você mora sozinha?.- Laura era bem curiosa as vezes.

- Sim.- Cruzou os braços.- E você?

- Com meus pais.- Explicou.- Meu pai é coreano.

- Você não puxou nem um pouco os olhos.- Jennie a analisou, a deixando mais timida ainda.

- Infelizmente.

- Você gostaria de ter olhos puxados?.- A olhou surpresa.- Metade das pessoas aqui não queriam.

- Eu acho bonito.- Deu de ombros.

- Então você acha meus olhos bonito?.- Kim soltou uma risadinha baixa, aproximando seu rosto da menor, que arregalou os olhos e sentiu o coração acelerar em nervosismo com o quão próxima a castanha estava de si.

- E-eu...- Laura revezou entre olhar para Jennie e a parede atrás de si.- S-sim...

- Obrigada, Menezes.- Seus olhos diminuiram mais uma vez, Laura queria bater uma foto.

Seu celular apitou, era um alarme.

- Eu preciso ir, já está bem tarde.- Laura se levantou, percebeu que capuccino ainda estava pela metade, assim como os brownies.

Era engraçado quando uma conversa se tornava tão boa ao ponto de esquecer tudo a volta.

- Até mais.- Jennie sorriu para si, ela ficava linda sorrindo.

Laura acenou, se virando para sair, porém uma mão segurou seu pulso, o local esquentando em segundos, a assustando.

- Espero te ver novamente, Laura.- Kim sorriu de lado, deixando a menor um tanto perplexa com o quão ela parecia sedutora de tal forma.

- Eu também, Jennie.- E assim Menezes se virou para sair do local.

Se perguntando o porque de não ter conhecido Jennie Kim antes.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...