História Beauty and the Beast - Harry Styles - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Mendes, Harry Styles, One Direction, Riverdale
Personagens Harry Styles, Veronica "Ronnie" Lodge
Tags A Fera, Beauty And The Beast, Bela, Camila Mendes, Harry Styles, Hazza, Nova York, One Direction, Romance, Rosa, Veronica Lodge
Visualizações 31
Palavras 4.641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo novinho pra vocês!!
Espero que aproveitem!!
Boa leitura e desculpem qualquer erro.

Capítulo 3 - Quem disse que eu era um Anjo?


Fanfic / Fanfiction Beauty and the Beast - Harry Styles - Capítulo 3 - Quem disse que eu era um Anjo?

Enfiei minhas mãos dentro do bolso da jaqueta jeans,apertando ela contra meu corpo,tentando deter o tremores causados pelo vento gelado. Encarei a porta da casa de Jaymes,esperando que ele abrisse. Não demorou muito,logo ele abriu a porta.

- Eai cara. - Comprimentou. - Entra,já estamos saindo. - Ele me deu espaço na porta.

Passei por ele,me deparando com vários garotos sentados no sofá. Alguns eu já conhecia,eram do time de futebol. Já outros não me eram familiares, provavelmente eram os novos jogadores,assim como eu.

- Pensei que a festa seria aqui. - Falei.
Jaymes soltou uma risada.

- Claro que não! - Falou. - Vamos em um lugar bem melhor. - E, então,abriu um sorriso malicioso.
Repri um suspiro.

- Pode fazer o que eu estou mandando? - Ouvi a voz de Harry.

Eu me virei,procurando por ele. Entrando-o andando de um lado para o outro na entrada da cozinha. Ele falava ao telefone e parecia bem irritado

- Ei,Hazza. - Jaymes o chamou.

Harry levantou o rosto para olhar para o amigo.

- Vamos,cara. Ja está na hora! Deixa o trabalho de lado por um minuto. - Ele falou em um tom brincalhão.

Os garotos riram.

- Só um minuto. - Pediu Harry ,e voltou a falar ao telefone.

Eu me virei para Jaymes.

- Onde vamos? - Perguntei ansiosa.
Jaymes se aproximando, envolvendo um braço por meu pescoço. Fiquei irritada com aquela aproximidade toda.

- É uma surpresa. - Ele respondeu. - Mas eu lhe garanto,Isak. Você vai adorar! - Falou animado.

 

⚜⚜ 

 

Me mantive calada o caminho todo. Observando os predios altos de Nova York. Os garotos estavam falando de mulheres,então achei melhor ficar fora da conversa.

Por fim o carro parou em frente ao um prédio de dois andares. TinhaTuma placa logo na entrada, escrito "Bar Stripper"

Ótimo!

- Uma boate de Stripers? - sussurrei alarmada.

- É. - Ouvi a voz de Jaymes. - Tem lugar melhor pra comemorar? - Ele perguntou saindo de dentro da limosine,junto com os outros garotos e Harry.

Sem alternativa,fui atrás deles. Entramos no local. E eu me deparei com inúmeras mulheres nuas. Eu já tinha visto mulheres sem roupas. Em Amisterdã,onde eu tinha participado de um protesto e algumas mulheres estavam sem blusa. Mas aquilo não importava agora. Eu não podia ficar em uma boate com aqueles caras! 

Mas antes que eu pudesse dar meia volta. Jaymes envolveu o braço em volta do meu pescoço e me puxou em direção ao palco. Onde uma mulher dançava completamente sem roupa.

Jaymes escolheu uma mesa na frente do palco. Os gatos se sentaram nas outras cadeiras e Harry do meu lado. Ele não parecia enterresado na mulher que dançava na nossa frente, diferente dos outros caras.

De repente uma mulher surgiu.

- O que vão querer,rapazes? - Ela perguntou,retirando uma caneta rosa de dentro do sutiã roxo. Ela me olhou rapidamente e abriu um sorriso malicioso.

Engoli em seco,desviando o olhar para o chão.

- Um conhaque,gatinha! - Jaymes respondeu,lhe entregando algumas notas de dinheiro.Ela aceitou de bom grado.

- Tudo bem? - Harry sussurou baixo.

Eu olhei para ele.

- Você parece um pouco assustado. - Comentou.

Engoli em seco.

- Não. Eu não estou... - Começei.

- Você é virgem,Isak? - Jaymes perguntou. - Se é por isso que está com essa cara,podemos resolver agora mesmo!

- Não eu...

- Ei,Megan. - Jayme me interrompeu,olhando para uma mulher que estava do lado do palco. A mulher alta de cabelos castanhos longos se aproximou.

- Meu amigo aqui. - Jaymes apontou pra mim. - Ele precisa do seus serviços.

- O quê? - Exclamei.

A mulher se aproximou e tentou se sentar na minha coxa. Eu me remexi  na cadeira,cruzando as pernas,para impedir que isso acontecesse. A mulher não se deu por vencida e se acomodou no tampo da mesa,espremendo-se entre está e minhas pernas.

- E-eu tô b-bem. - Falei nervosa. - Sério! - Afastei as mãos ansiosas da mulher,que partiram em direção aos meus seios. - Agradeço a preocupação,mas não tô afim. Na verdade,deve fingir que não estou aqui.

- Ooooh! Um garotinho tímido! Os meus favoritos!

Harry analisava a cena com divertimento.

Antes que eu pudesse impedir. A mulher se sentou no meu colo e começou a tentar beijar meus lábios,tentei fugir,mas ela segurou meu rosto e grudou nossos lábios.Fiquei paralisada. Minhas mãos foram até os ombros da mulher para afastar-la. Aquilo a incentivou ainda mais.

- Vamos sair daqui. - Ela falou.

Então pegou meu braço e me puxou,para que eu me levanta-se da cadeira. Ela me arastou pelo salão. Tentei me soltar,mas ela era forte.

Será que ela malhava os braços?

- Moça. - Falei. - Eu não quero! - Falei desesperada. Ela me puxou para um canto vazio e me emprestou contra a parede

- O que houve,fofinho? Não me achou atraente? - Ela disse fazendo biquinho.

- Não! Quer dizer sim! Você é linda! Mas eu realmente... - Minha voz falhou. Ela se afastou para me olhar. E então ela me olhou espantada.

- Você é gay? - Perguntou.

- O quê? - Minha voz saiu alta demais. Pigarreei.  - É... - Coceira a nuca. - É eu sou...gay. - Menti. -  Mas não conte prós meus amigos,por favor! - Falei um tanto ofegante.

Ela sorriu.

- Seu segredo está guardado comigo. - Ela deu uma piscadela e se afastou.

Suspirei aliviada,tentando acalmar minha respiração.

Ia ser uma longa noite...

 

⚜⚜

 

- Como foi a noite de ontem? - Perguntou Abigail, enquanto eu ajudava ela descargar os legumes para o almoço de hoje.

Engoli em seco. Me lembrando de toda a bebida, mulheres nuas e Jaymes me empurrando para uma cada uma delas a cada seis minutos. Eu tentei fugir dele a noite toda. E com algum custo consegui.  Os outros garotos passaram a noite toda bebendo e transado. Já eu e Harry achamos melhor apenas beber.

Mas Abigail não sabia que eu era o Isak, então...

- Foi legal. - Falei. - Eu,Emma e Josh saímos pra comer. - Menti.

- E a faculdade? - Ela perguntou, enquanto cortava a cenoura.

- Estou indo bem. - Respondi.

Logo em seguida Harry entrou na cozinha. Ele estava de terno e estava incrivelmente lindo. O mesmo se aproximou da máquina de café e encheu a xícara.

- Bom dia Abigail,Briana. - Saudou.

- Bom dia. - Eu e Abigail dissemos juntas.
Harry bebeu um pouco do seu cafe e meu olhou,abrindo um sorriso lindo. Eu sorri também,voltando minha atenção para o legumes.

- O que vai fazer hoje, Briana? - Ele perguntou de repente.

Olhei para ele.

- É... Nada. - Respondi.

- Então espero que esteja no almoço de hoje. - Perdiu. - Vou receber alguns amigos e quero apresentar eles pra você.

- Ok.

Ele sorriu.

Ficamos em silêncio por alguns segundos.
Ele colou a xícara na pia e se despediu,saindo da cozinha apressado.

A manhã passou rapidamente. Logo já estava na hora do almoço. Então subi para meu quarto para me arrumar.

 

⚜⚜ 

 

Quando estava pronta. Parei no espelho para analisar o look. Eu estava com um vestido vermelho de manga longa que batia um pouco acima dos meus joelhos,a saia era rosada. E um tenis preto.

Sai para fora do quarto. Caminhando apressada pelo corredor,até chegar na topo da escada. Encontrei Harry e seus amigos sentados no sofá conversando. Harry foi o primeiro a notar minha presença. Ele se levantou apressado,parando na ponta da escada.

- Você está linda. - Sussurrou assim que cheguei no último degrau.

- Obrigada. - Falei corando. Ele me ofereceu seu braço. Eu o aceitei,corando aíndá mais.

- Gente, esse é a Briana. - Harry falou.

Seus amigos pararam o que estavam fazendo para me olhar. Até a garota loira,de pele pálida ao lado de Jaymes.

- Já nos conhecemos. - Jaymes falou,abrindo um sorriso cínico.

Revirei os olhos.

- Sério? - Harry me olhou curioso.

- Longa história. - Murmurei.

Ele pigarreeou.

- Certo. Esse é o Rafa. - Apontou para um garoto loiro sentado no sofá. Ele se aparecia muito com Jaymes. - Ele é irmão do Jaymes. - Explicou Harry.

- Aquele é o Nick. - Continuou Harry,apontou para um garoto ruivo,musculoso e meio pálido.
 

- Eai! - Nick me lançou um aceno de cabeça.

- E essa é a Elisa. - Harry apontou para a garota sentada ao lado de Jaymes.

- É um prazer. - Falei envergonhada.

No minuto seguinte Abigail entrou na sala anunciando que o almoço já estava pronto.

- Onde está o Isak? - Perguntou Nick enquanto entravamos na sala de jantar. Meu coração disparou no mesmo instante.

- Ele disse que ia se atrasar um pouco. - Jaymes explicou.

Harry se aproximou,puxando a cadeira para que eu me sentisse.

- Obrigada. - Respondi.

Ele sorriu educadamente e se sentou no meu lado. Elisa se sentou do meu lado. Nick,Jaymes e Rafa na nossa frente.

O almoço foi até que legal. Conversamos e rimos o tempo todo. Jaymes não se mostrou um completo idiota em momento algum. Pelo contrário,passou o almoço todo relembrando das travessuras que ele,Harry e Rafa faziam na infância e na escola.

- Vocês tinham que ver Harry  na escola!! Nós saímos para festas todos os dias. Uma vez Harry  bêbado,tirou toda a roupa e...

- Chega! - Harry falou se levantado. Ele tentava ficar sério,mas não estava conseguindo.

- O quê? - Exclamou Nick. - Essa história parece ser interessante.

Eu ri.

- Vamos pra sala de jogos? - Harry perguntou,ignorando Nick completamente.

Jaymes bufou.

- Tá bom. - E se levantou.

Eu fiz o mesmo,assim como os outros. Harry me ofereceu o braço novamente e me guiou até a sala de jogos. Mas eu o interrompi no meio do caminho.

- Você se importa se eu deixar vocês? - Perguntei um tanto envergonhada. - Eu preciso sair com a Emma.

Ele sorriu de lado.

- Claro que não me importo.  - Falou educado. - Pode ir.

Sorri.

- Ok. Nos vemos depois - Falei me virando,mas ele segurou minha mão,me impedindo de continuar.
Observei ele um tanto confusa. Ele levou minha mão até seus lábios, depositando um beijo na mesma.

Corei.

- Até depois, Briana. - Sussurou.

Depois se virou e seguiu seus amigos.

Demorei alguns segundos para me recuperar do ocorrido. Meu peito subia e descia rapidamente. Mas eu achei melhor ignorar aquilo e subir para meu quarto. Quando cheguei no mesmo,corri apressada até meu armário e peguei algumas roupas que Josh tinha me emprestado.

Coloquei uma calça jeans branca,uma camisa azul escura com a estampa do Mario e a jaqueta jeans clara. Coloquei a faixa sobre os peitos para esconder-los. Coloquei a peruca e fiz o contorno de rosto que Josh tinha me ensinando,pra deixar meu maxilar mais marcado e o rosto mais fino. Por fim coloquei as lentes e me olhei no espelho. Não me reconhecendo.
Eu nunca ia me acostumar com aquilo. Desci as escadas apressada e sai pelos fundos. Depois dei a volta na casa e toquei um campainha.

Droga! Aquilo era ridículo!

Logo Abigail abriu a porta. Ela sorriu assim que me viu.

- Isak,entre. - Ela me deu espaço na porta.

Passei pelo batente da porta e parei no meio da sala de estar.

- Os garotos estão na sala de jogos. Venha,eu vou lhe mostrar onde fica. Ela se virou e começou a caminhar. No enquanto eu fui do lado dela. Já sabia onde ficava a sala de jogos.bChegamos ao fim do corredor e ela parou em fentre a porta,sorriu para mim e girou a maçaneta.

- Obrigado. - Sussurro,entrando na sala.
Harry,Nick e Jaymes estavam jogados nas proltronas. Pareciam bem concentrados no jogo para me verem chegando. Elisa e Rafa estavam jogando dama,e pareciam descutir sobre o jogo. Mas mesmo assim me viram.

- Isak! - Gritou Rafa, atraindo a atenção de todos.

- Eai,Isak. - Saudou Harry.

- Eai. - Respondi.

- Você perdeu o almoço,cara. - Jaymes falou.

- É...eu tive uma coisa pra resolver. - Falei baixo.

- Quer jogar? - Nick me ofereceu o controle. Eu aceitei de bom grado.

Me sentei na outra proltrona. Me concentrei no jogo. Pelo o que eu tendo. Eu tinha que atirar nas pessoas pra poder encontrar alguma coisa. Harry e Rafa eram meus ajudantes.

- Eai Harry cadê a Briana? - Nick perguntou,olhando em volta.

Olhei para ele pelo canto do olho.

- Ela teve que sair. - Explicou Harry.

- É uma pena,queria conhecer ela melhor... - Percebi um tom malicioso na voz do Nick.

Meu estômago se embrulhou.

Nick era Bonito. Realmente bonito,mas ele parecia ser uma versão mas magrela e ruivo de Jaymes.

- Tá enterrado nela,Nick? - Perguntou Jaymes. - Cuidado,ela é louca! - zombou.

Serei o punho.

- Eu achei ela bem simpática. - Elisa falou sorrindo educadamente. - E linda. - Acrescentou.

- Nick nem pense nisso! - Harry o alertou. - Eu sou responsável por ela. E não vou deixar um idiota como você chegar perto dela. - Ele falou serio.

Os cantos da minha boca se erguiram sem que eu permitisse.

- Ei! - Exclamou Nick,socando o ombro de Harry. - Ela já é grandinha. Pode escolher com quem pode sair.

Harry o ignorou e olhou para Jaymes.

- Por que chamou ela de louca? - Perguntou.

Jaymes riu.

- Nos ficamos em uma festa. Tiramos algumas fotos e depois ela ficou irritada. - Revirou os olhos.

Filho da puta!

- Fotos? - Harry perguntou serio. - Igual a daquela garota? A Emma? - Perguntou.

Jaymes deu de ombros como resposta.

De repente eu vi o rosto de Harry ficar vermelho. Ele se levantou de repente,avançando no amigo. Eu me levantei por impulso,um pouco assustada.

- Sério,Jaymes? - Exclamou Harry, muito irritado. - Olha, você sempre é um complemento idiota. Mas você se superou!

Nick se colocou no meio dos dois,impedindo Harry.

- Qual é cara foi só uma brincadeira. - Jaymes falou irritado. - Ela levou na brincadeira.

Eu o quê? 

- Sempre fizemos isso! - Continuou Jaymes. - Você já fez isso! - Acusou.

Eu parelisei,olhando para Harry. Ele ficou ainda mais irritado. Ele tinha feito isso? Tinha sido um completo idiota assim como Jaymes! Coitada da garota. Seja lá quem ela seja...

- Isso já tem muito tempo. - Explicou Harry. - E eu era um garoto. Eu saí disso,mas pelo visto vocês não.

Ele se virou e saiu da sala irritado.

O clima ficou estranho depois disso. Jaymes,Nick e Rafa voltaram a jogar,como se nada tivesse acontecido. Elisa ficou no canto quieta, e eu fiquei  perto da janela.

Eu não conseguia acreditar que Harry tinha feito isso com uma garota. Mesmo ele falando que era jovem e tinha deixado isso pra trás. Mesmo assim ele tinha feito. Tinha acabado com a reputação de uma garota assim como Jaymes fez comigo e com a Emma,e sabe quantas garotas mais...

- Você não fala muito,não é? - Perguntou Elisa,me tirando dos meus devaneios.

Pigarreei.

- Er... - Respondi. - E depois disso o clima ficou meio estranho...

Ela riu.

- Não esquenta. Eles sempre brigam,logo já estão bem de novo.

- É mas o assunto é sério. - Falei baixo. - Fazer isso com as garotas é patético.  - Falei irritada.

Ela me olhou de um jeito estranho.

- Você é o primeiro amigo de Jaymes que o crítica. - Confessou. - Jaymes é um idiota.

Revirou os olhos.

- Vocês já ficaram também? - Perguntei.

Ela fez uma careta.

- Nem se eu fosse louca! Ele já tentou,mas eu já deixei claro que não tô afim. Eu sou bem melhor que isso.

Eu sorri.

Lá estava. A garota que eu deveria ter sido naquela festa. Mas eu estava mais preocupada em beijar Jaymes.

- Pode me dar licença? - Pedi a Emma.

Ela assentiu

Sai da sala apressada,andando pela casa calmamente,procurando por Harry. Minha primeira opção foi a biblioteca,e o escritório. Mas ele não estava em lugar algum. Cogitei em ir no andar de cima,onde ficava seu quarto,mas me lembrei que ele havia me proibido de ir lá. E aquilo fez minha curiosidade voltar. Eu me aproximei da escada no final do corredor,olhando para cima. Para os degraus e as paredes escutar que levavam para o andar de cima.
De repente meu coração começou a bater rapidamente,me deixando ofegante. Me aproximei da escada,pronta para subir. Porém algo me interrompeu.

Ouvi um barulho e um grito. Olhei para a enorme janela do corredor que ia do chão até o teto,e me aproximei dela. Avistei Harry do lado de fora. Ele segurava uma bola de basquete. Lançou ela na sexta e acertou em cheio.

Ele vibrou.

Me afastei da janela. Descendo as escadas apressada. Me esquecendo completamente do tão mistérioso terceiro andar.

Sai para fora bem a tempo de ver Harry lançar a bola na sexta e acertar-la novamente. Eu me aproximei dele.

- Bela jogada. - Elogiei.

Ele se virou,assim que percebeu que era eu pareceu ficar mais calmo.

Ele sorriu.

- Foi mal pelo showzinho que eu dei. - Falo,jogando a bola.

- Sem problema. Eu também acho o Jaymes um complemento idiota. - Falei. - Mas ele é seu amigo e é do time de futebol, então...

Dei de ombros.

- Passa a bola. - Pedi,me posicionando.

Ele riu

- Sabe jogar basquete? - Perguntou,me jogando a bola.

Dei de ombros.

- Vamos descobrir.

Bati na bola,ela quicou. Harry correu na minha direção, tentando me tirar a bola. Mas eu fui mais rápida e desviei dele,com um movimento rápido me aproximei da sexta e lancei a bola. Ela entrou na mesma.

Harry riu me analisando.

- Tem alguma coisa que você não sabe fazer? - Perguntou com divertimento.

- Eu sou ruim em vídeo game. - Falei.

Ele gargalhou.

- Ok, Me dê a bola. - Pediu.

Lancei a bola pra ele e avancei. Ele se esquivou. Mas eu fui mais rápida e corri atrás dele tentando pegar a bola. Ele me bloqueou com o braço e lançou a bola. Tentei pegar-la,mas Harry me segurou. Com isso,tropecei nos meus próprio pés e cai no chão.

- Caralho! - Eu disse.

Harry gargalhou,indo pegar a bola. Depois parou na minha frente.

- Tudo bem? - Perguntou,se inclinando para frente.

Eu abri os olhos,me deparando com aquele rosto lindo.

- Eu tô? - Minha voz saiu baixa. 

Ele franziu o cenho. Pisquei,tentamos voltar para a realidade.

- Certo. - Pigarreei. - Eu estou nem

Harry assentiu,estendendo a mão para mim.

Aceitei o apoio e me pus de pé. Minhas costas doíam.

Fiz uma careta.

- Tudo bem mesmo? - Harry perguntou.

Olhei para cima,percebendo que estávamos muito perto um do outro. Ele me olhava preocupado. Seus olhos encontraram os meus,me causando calafrios. Observei ele como uma idiota,incapaz de desviar o olhar. Senti que ele também não conseguia desviar,porque seus olhos não deixaram os meus nem por um minuto. Ele me observou de uma maneira estranha. Como se tentasse ver por trás da peruca, maquiagem e das lentes de contato.

- Senhor? - Disse uma voz em algum lugar. Mas eu estava muito ocupada olhando para aquele rosto perfeito. - Harry? - Chamou a voz novamente.

Harry piscou,se afastou e olhou para o lado. Ainda confusa eu segui seu olhar. Encontrando Abigail parada um pouco afastada de nós. Ela nos olhou de uma maneira estranha.

Não entendi o motivo.

Tudo bem que eu morava na casa do Harry,mas qual o problema se acontecesse algo entre... Olhei para baixo,para as roupas de Josh. Roupas masculinas. Então entendi tudo.

Isak!

Certo,eu sou o Isak agora! Um garoto!

Meio envergonhada,eu me afastei de Harry.

- Sim, Abigail? - Perguntou Harry.

- Seus amigos já estão indo. - Ela disse.
Harry piscou,parecendo sair de um transe. 

- Certo. - Falou com a voz rouca. - Eu já estou indo. - Ele jogou a bola no chão e entrou na casa,um tanto apressado. Abigail o seguiu,mas antes me lançou aquele olhar estranho novamente. Meu rosto queimou.

Inferno!


 

⚜⚜

 

Eu corria ofegante atrás da bola,tentando chegar ao gol. Mãos fortes tentavam me empurrar para trás,mas eu era boa em me esquivar delas e escapar. Eu estava me saindo bem,como sempre. Mas desta vez não tive sorte. Eu estava chegando no gol quando uma montanha de músculos se colocou na minha frente.

Eu trombei com ela e fui empurrada para trás. Observei o rosto angelical de Harry. Um sorriso cínico se abriu no seu rosto. Ele me tomou a bola e correu para o outro lado do campo.  Observei encanrada ele correr pelo campo.

- Isak! - Ouvi a voz de Jaymes. - Ele vai marcar,Isak! - A voz gritou.

Mas eu estava mais preocupada em observar Harry. Ele chegou na frente do gol e chutou. A bola entrou na rede e todos vibraram. Todos menos o meu time.

- Qual seu problema,cara? - Perguntou Jaymes,parando da minha frente.

Eu pisquei,olhando para ele.

- Por que ficou parado? - Perguntou.

Ele não esperou uma resposta. Saiu do campo pisando duro.

 

 

- Você jogou bem. - Elogiou Harry,quando todos já tinham ido pro vestiário.

- Não é o que Jaymes acha. - Resmunguei.

Ele riu.

- Ele ainda está bravo pelo o que aconteceu ontem. - Explicou.

Ergui uma sobrancelha.

- Sério? - Eu ri.

- Na verdade eu que estou ignorando ele. - Confessou. - Eu passei a escola toda vendo Jaymes tratando as garotas como lixos. E teve uma vez que eu fiz isso. Mas... Eu me arrependo. E saber que ele fez isso com a Briana...

Ele fechou os olhos com força e trincou o maxilar.

Ofeguei.

- Você gosta dela? - Perguntei sem pensar.
Ele me olhou com o cenho franzido.

- Da Briana? - Perguntou.

Assenti.

- Ela é minha amiga.

Amiga. Essa palavra ecoou na minha cabeça.

- Eu me preocupo com ela. Como eu já disse,sou responsável por ela.

- Entendi. - Eu disse seca.

Ele só estava se certificando de que  eu voltaria inteira para casa. Nada além disso!

 

⚜⚜

 

Sai para fora do chuveiro. Grata por não ter ninguém no vestiário. Caminhei até o armário e peguei minhas roupas,colocando a mesmas.

Quando terminei de me arrumar,peguei minha mochila e me virei para sair. Porém,algo me impediu.
Paralisei onde estava. Meus olhos se arregalara.

Harry está completamente nu!

- Eai,Isak. - Ele comprimentou,sencando seus cabelos com a toalha.

O grito escapou antes que eu pudesse engoli-lo.

Observei seus ombros,seus braços fortes e as várias tattos espalhadas por seus braços e peito. O que chamou minha atenção foi a borboleta no seu abdômen. Caramba! Ele era muito lindo! Olhei mais para baixo. Para o seu...

Caramba!!!

Pisquei.

Para com isso,Briana! Enterrei o rosto entre as mãos.

- O quê? - Murmurou Harry,um tanto irritado. - Até parece que nunca viu um homem sem roupa.

Engoli com dificuldade.

Com certeza eu já tinha visto. Eu já tinha me relacionado com muitos homens. Mas Harry me pegou de surpresa. E ele era tão... Bom,ele tinha um bom pacote!

- Er... Eu tenho que ir. - Foi a única coisa que fui capaz de dizer.

Caminhei para fora do vestiário, completamente atorduada. Meus joelhos pareciam ser feitos de areia. Temi que fosse cair de cara no chão. Achei melhor me sentar um pouco e tentar me acalmar.

 

⚜⚜

 

Parei do lado de fora da faculdade. Olhando para um lado e para o outra,tentando precurar um táxi.Isso me lembrou de que eu precisava comprar um carro.

 

- Isak? - Ouvi a voz de Harry. Eu me virei para poder ver-lo. Ele estava perto do seu carro. - Quer uma carona? - Perguntou. - Demora algum tempo para um táxi passar aqui.

- Er... - Engoli com dificuldade. Ficar perto dele depois do que aconteceu ia dar certo?  Observei a rua. O dia já estava anoitecendo. Se eu ficasse andando sozinha por aí seria perigoso. - Ok. - acabei aceitando.

Me aproximei do carro,esperando que ele abrisse a porta pra mim. Mas invés disso. Ele deu a volta e entrou. Observei confusa,percebendo com certo atraso que eu não era a Briana. Não naquele momento.

Meio envergonhada entrei no carro,sentindo o clima ficar estranho no mesmo instante.

- Pra onde você vai? - Harry perguntou.

- Pra casa do Josh. - Respondi baixo.

Ele deu a partida.

Ficamos em silêncio por um tempo. Até Harry resolver falar alguma coisa.

- Então,tá nervoso pro jogo da semana que vem? - Perguntou. - É o primeiro.

Suspirei pesadamente.

- É... Um prouco... - Fingi desinteresse.

Ele pigarreeou,parecendo um tanto ansioso.
Eu estranhei aquilo. Nunca tinha visto ele...ansioso.

- O que foi? - Perguntei curiosa.

Ele apertou o volante.

- Nada. - Falou sério. Depois me olhou rapidamente. Um arrepio estranho percorreu todo meu corpo.

- E a Briana? - Perguntou de repente,sua voz parecia mais calma agora.

Meu coração disparou com a pergunta.

- Você são amigos? - Perguntou novamente.

- Somos. - Falei. - Ela é bem... legal?

- É ela é sim. - Ele falou sorrindo,os olhos brilhavam. Aquilo fez meu coração disparar ainda mais. Não entendi o porquê de eu ter ficado tão contente.

 

Por fim,chegamos na casa de Josh.

- Valeu pela carona.  - Falei e então sai do carro. Mas para minha surpresa Harry fez o mesmo.

- Será que a Briana está aí? - Perguntou. - Vou perguntar se ela quer uma carona.

Droga!

- Er...

- Isak? - Josh me interrompeu.

Eu me virei. Emma e Josh estavam saindo da casa. Os dois me olharam rapidamente,depois para o Harry.

- O Harry me deu uma carona. - Respondi.

- Eu vim ver se a Briana está. E se quer uma carona. - Harry falou.

- Ela não está. Ela saiu... - Emma respondeu,um tanto nervosa.

- Sério? - Disse Harry.

- É,ela saiu com um cara e... - Ela se interrompeu quando olhou para mim.

Eu a fuzilei. Emma engoliu em seco. Harry coçou a nuca.

- Entendi... - Respondeu com a voz baixa.

- Na verdade ela saiu com um cara,mas ele é gay. - Josh disse apressado. Ele fechou os olhos com força. - Ela saiu com o meu namorado. Eles foram no shopping,fazer compras.

Harry assentiu lentamente.

O clima ficou aínda mais estranho.

- Então,eu vou indo. - Ele falou depois de algum tempo.
Me lançou um aceno de cabeça e se afastou.

Quando ele já estava longe, finalmente pude surtar.

 

- Sério,Emma? - Exclamei irritada.

Ela se encolheu.

- Foi a única coisa que consegui pensar. - Se defendeu.

- Tantas coisas e vovo pensou nisso? - Exclamou Josh. - Você está estragando meu shipper!

Revirou os olhos.

Bufei.

- Josh,eu já mandei você parar com isso! Harry e eu somos apenas amigos!

Ele revirou os olhos novamente.

- Você não engana ninguém,Briana. Vem,vamos dar uma volta!

 

⚜⚜

 

Entrei sorrateiramente pela porta dos fundos. Abigail já deveria estar dormindo aquela hora. Harry provavelmente estaria no escritório. Então eu teria que tomar cuidado. Emma e Josh tinham me levado para um bar depois que fui para a casa dele. E eu nem tive tempo de me trocar.

Subi as escadas lentamente,encontrando o enorme corredor escuro. Caminhei lentamente até meu quarto e me joguei para dentro assim que abri a porta e tranquei com a chave.

Percebendo que estava segura. Deixei um suspiro escapar entre meus lábios. Fechei os olhos com força,encostando a cabeça na madeira gelada da porta. Eu me afastei dela,arrancando a peruca. Meus cabelos caíram sobre meus ombros.

- Santa mãe de Deus! - Alguém disse.

Eu me virei assustada.  Encontrei Abigail parada atrás de mim. O espanto tomando conta do seu rosto.

Paralisei onde estava.

As roupas que ela segurava escorregaram da suas mãos.

- Briana,o que você está aprontando dessa vez? - Ela perguntou irritada.

Droga! Mil vezes droga!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...