1. Spirit Fanfics >
  2. Beauty Sleeps x Vhope >
  3. Capítulo 10

História Beauty Sleeps x Vhope - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Capítulo 10


🐺 Hoseok

Acordo com Taehyung em cima de mim. Ainda estou duro dentro dele, e sentir seu calor ao redor do meu pau é maravilhoso. É a primeira manhã desde que perdi tudo que não acordo com uma dor no peito. Tudo o que me cumprimenta hoje é felicidade, um sentimento que não sentia há muito tempo e é quase estranho. Respirando fundo, inalo o cheiro dele, e meu lobo rola ao redor feliz. Temos nosso companheiro e ele está ligado a nós. Mexo-me, precisando dele novamente.

Não sei quanto tempo dormimos, mas ainda está escuro lá fora. Não posso ajudar, mas passo minhas mãos ao longo de seu corpo, desejando explorar cada polegada. Gentilmente nos rolo, e Taehyung se estende preguiçosamente, em seguida, volta a dormir. Cuidadosamente saio de dentro dele, e ele deixa escapar um pequeno gemido antes de sonhar novamente. Não sei se ele vai gostar de mim olhando para ele, mas quero ver todo o meu companheiro. Preciso conhecer cada polegada de seu corpo e torná-lo meu.

Lentamente, movo-me para baixo de seu corpo, pressionando meu nariz contra sua pele. Não posso estar fora de seu alcance, nem quero estar. Só quero ver como ele se parece entre as pernas. Sei como se sente, mas cheira tão bom que quero olhar.

Suas pernas abrem quando me movo entre elas. Mesmo em seu sono Taehyung está me acolhendo. Seu corpo já está tão em sintonia com meu que ele se sente seguro o suficiente para dormir enquanto acasalo com ele.

Quando movo meus ombros entre suas coxas, vejo se ele ainda está dormindo. Então olho para baixo e vejo seu pênis e sua entrada totalmente em exposição pela primeira vez.

— Não é o suficiente. — Sussurro e se aproximo do seu pênis. Minha boca saliva. Ele é pequeno comparado ao meu, tão fofo. Sua entrada está totalmente exposta, e tenho o desejo de beijá-la. Meu companheiro adora quando tenho a boca sobre seu pênis, então acho que ele vai gostar se fizer isso aqui também. Quero dar-lhe todo o prazer que posso, e sinto que esta é uma maneira de fazê-lo.

Fecho os olhos e inalo seu cheiro. O cheiro dele me chama, e estar tão perto de sua entrada me deixa dolorido. Preciso provar.

Abrindo os olhos, me inclino, colocando um pequeno beijo em sei botão. Assim que meus lábios tocam sua pele molhada, meu lobo rosna. Ele quer mais. Inclinando-me mais perto, seguro suas coxas e abro a boca, lambendo-o lentamente. Sua doçura bate minha língua e estou instantaneamente viciado. Começo a lamber e chupar. Posso sentir meu cheiro com o dele, e o gosto de nós dois misturados. O sabor da minha marca em seu corpo me excita. Começo a chupá-lo, tentando conseguir mais. Quero devorar sua pequena abertura. Sua carne açucarada me alimenta.

Sinto seu corpo começar a se mover, e rapidamente aperto suas coxas, não querendo que ele tente fechá-las. Espero que não esteja fazendo isso errado, porque não quero parar.

Taehyung agarra meu cabelo com força, e rosno contra sua entrada.

— Meu.

— Não pare, amor. — Taehyung geme, e levanta os quadris para eu continuar.

Vendo que ele gosta do que estou fazendo, volto a beijar e chupar. Quero mais dele, então trago meus dedos para cima, empurrando dentro de seu interior. Meu pau tem inveja da minha mão e quer estar em seu corpo novamente. Continuo tentando dizer a meu lobo para ser paciente. Temos nosso companheiro e nunca vamos estar separados dele. Temos toda a vida para acasalar, mas meu lobo não está ouvindo.

Ele começa a queixar-se quando Taehyung fica mais perto da borda. Estou em sintonia com seu corpo, e sua respiração e os batimentos cardíacos me dizem que Tae está perto.

As costas se curvam para fora da cama, e quando dou uma mordidinha, Taehyung solta sua libertação e goza.

— Hoseok! — Ele grita meu nome tão alto que ecoa através da cabana. Meu companheiro está me chamando, e solto sua entrada para morder o interior de sua coxa. A carne cremosa cede aos meus dentes afiados, e o gosto do sangue dele, enquanto ele continua a gozar e chamar meu nome. Minha saliva penetra nele quando selo a ferida, deixando meu cheiro dentro dele. Haverá sempre uma cicatriz lá onde a marquei como minha. Ninguém nunca vai ter coragem de vê-lo, mas vou saber que está lá. Vai ser o símbolo da minha propriedade até o fim dos tempos.

O pensamento faz meu lobo uivar, e me movo para cima de seu corpo num movimento fluido. Estou dentro e empurrando antes que Taehyung possa chegar ao final do seu orgasmo. Sua entrada já está apertando em torno de meu pau e pedindo mais. Bombeio dentro dele apenas duas vezes antes gozar em seu canal apertado. Meu sêmen sai rapidamente, querendo encher seu interior o mais rápido possível.

Marcar seu corpo faz meu calor aumentar, e continuo empurrando através do meu orgasmo, já entrando em outro.

Sento e agarro seus quadris, puxando apenas a metade inferior do seu corpo para cima. A seguro contra mim com cada impulso, indo tão fundo quanto posso. Meus dentes ainda estão doendo para marcá-lo, então puxo seu tornozelo. Jogo a perna por cima do meu ombro, e viro a cabeça, mordendo-o lá.

Taehyung solta um grunhido de desejo enquanto goza novamente. As sensações são demais, e começo a gozar também. Caio na cama e giro para que ele caia em cima de mim enquanto nós dois buscamos ar.

— Não tinha ideia de como seria isto.— Suas palavras são ofegantes e enchem meu peito de orgulho.

— Vou acordá-lo desta forma, todas as manhãs.— Quero darlhe qualquer coisa.

Taehyung enterra o rosto no meu pescoço e começa a rir.

— O que é tão engraçado? — Pergunto, porque quero ter certeza de que o faz rir, eu faço melhor. O som é doce e me enche de calor quando ele faz isso.

— Você precisa de uma tesoura. Sua barba está me fazendo cócegas.

— Por que eu iria cortar se te faz rir? — Pergunto confuso.

Ele passa os dedos pela minha barba, e inclino o pescoço para lhe dar acesso. A sensação é incrível.

— Apenas tire — Taehyung sussurra em meu ouvido, enquanto esfrega-me mais. Ele pode me colocar num vestido rosa se continuar me tocando. Sua voz é hipnótica e não dou a mínima para nada além do que ele quer. Já estou expondo meu pescoço para ele.

— Quero você. — Vou lançá-lo, mas ele me para com as mãos.

— Desacelere. Preciso de um banho.

— Depois. — Rosno e tento girar novamente, mas Taehyung é mais rápido. Ele se lança para o banheiro, sua bunda rebolando por todo o caminho, não ajudando a retardar meu desejo. Pulo da cama atrás dele, mas ele já está no banho quando chego lá.

Agarrando-o pelos quadris, não me importando com a água, o levanto e seguro contra a parede de azulejo.

— Meu. — Rosno ao tomar sua boca num beijo. Preciso dele novamente.

— Ok. Mas é a minha vez. Solte-me. — O olho com desconfiança. E se ele tentar correr novamente? Vou prendê-lo no chão se tentar. Relutantemente, o deixo ir.

— Se se comportar e me deixar nos limpar, prometo que vou cuidar de você. Vou explorar e chupar você, como fez comigo esta manhã. — Apenas aceno com a cabeça, querendo sua boca em meu pau. Talvez ele vá deixar muitas marcas como fiz em seu corpo. Poderia cobrir todo o meu corpo, eu as usaria com orgulho. Vejo a água correr por seu corpo em pequenos riachos, e quero fazer o mesmo com minha língua. Rosno para a água, e Taehyung ri novamente enquanto lava o cabelo e corpo, isso me faz gemer. Era pura inveja.

Quando Taehyung termina, vou até ele, mas ele se afasta, me fazendo rosnar novamente.

— Você sempre usa palavras em vez de grunhidos? — Posso dizer pelo tom de voz e sorriso que ele está me provocando, e simplesmente dou de ombros minha resposta sendo outro grunhido. —Tudo bem grandão. Gosto do som. — Seu tom se tornou rouco agora.

— Curve-se um pouco para mim. Quero lavar seu cabelo, grandão. — Caio de joelhos na frente dele, dando-lhe tudo de mim. Se for para ele me tocar, vou fazer de tudo. Segurando seus quadris, o puxo para mim enquanto ele move as mãos no meu cabelo, massageando.

Lambo uma das trilhas de água, e ele se empurra para trás. Olho para ele e vejo seu corpo. Preciso dele novamente.

— Você não está se comportando.

Descanso minha testa contra sua barriga, tentando agradá-lo, enquanto ele lava meu cabelo. Depois que termina ele se move para o resto do meu corpo. Me limpa até ter tocado cada polegada do meu corpo.

— Agora, seu cabelo. — Ele vira para fora da água e agarra algumas toalhas. Secamos um ao outro. Ele busca através das gavetas do banheiro até que encontra o que quer, e faz um gesto para eu me sentar no vaso sanitário.

— Apenas um pequeno corte. — Ela diz novamente.

— Na noite passada você disse...— Minhas palavras morrem porque não quero dizer isso. Ele disse que gostou de como pareço.

— Sei o que disse. E gosto da maneira como parece. — Taehyung, como se lesse meus pensamentos. — Porém quero ver mais do meu bonito companheiro.

— Faça qualquer coisa que goste. — Porque ele pode. Não há nada que não iria deixá-lo fazer em mim.

Ele sorri para as minhas palavras e começa a cortar.

Leva tudo em mim não tocá-lo. Sei que se começar não vou ser capaz de parar. O calor está subindo de novo, e com cada movimento, seus mamilos próximos na minha cara. Quero tomar um em minha boca e chupar.

— O que quer fazer hoje? — Pergunta ele, rompendo meus pensamentos de seus belos mamilos.

— Acasalar.

— Você vai ter que me alimentar. Precisa ir para a cidade buscar alimentos ou talvez...

— Você fica aqui. — Rosno as palavras, meu lobo empurrando para frente com o pensamento de Taehyung ir para a cidade. A última vez, quando estávamos na cidade, tentaram tirá-lo de mim. Vamos ficar aqui onde possa protegê-lo. Vou caçar nossa comida, quando o que tenho na cozinha acabar.

— Ok, nervosinho. Acalme-se. — Ele deixa cair à tesoura na pia e usa a toalha para afastar o cabelo que cortou. — Não achei que poderia ficar mais bonito. Você é todo homem. Todo meu.

— Agora só falta a barba.


Notas Finais


Até o próximo capítulo 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...