1. Spirit Fanfics >
  2. Beauty Sleeps x Vhope >
  3. Capítulo 03

História Beauty Sleeps x Vhope - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Capítulo 03


🐺 Hoseok

Desço do telhado e solto algumas das ferramentas. A maioria está no alpendre para o clima não as estragar. Estive arrumando a casa nas últimas semanas, e está indo muito bem.

Desde que Namjoon veio à floresta e teve uma conversa comigo, estive trabalhando na casa. Fiquei tanto tempo selvagem que esqueci como a vida era. Apenas sobrevivi nos últimos anos e não cuidei de mim desde.... Desde o dia que perdi minha mãe e minha irmã.

Elas foram caçar juntas numa tarde ensolarada e foram para longe da propriedade protegida. Estavam além de nossas fronteiras e numa área onde humanos entravam às vezes. Elas devem ter se perdido e não prestado atenção. Normalmente, não teria sido um problema, porque eu geralmente estava junto. Gostava de vigiá-las e garantir que não saíssem da zona de segurança. Mas naquele dia estava distraído. Não cheguei em casa a tempo de ir com elas, então saíram sem mim. Dois caçadores as viram e pensaram ver lobos selvagens. Os caçadores invadiram a propriedade, e quando se depararam com dois lobos caçando um veado, atiraram.

Jungkook encontrou os corpos e monitorou os caçadores, cuidando deles. Nunca tive minha vingança, e depois de ouvir a notícia, enlouqueci. Fugi para a floresta, incapaz de estar na minha pele por muito tempo. Não achei que eu iria mudar totalmente, mas com o tempo lentamente aconteceu. Ainda era parte-lobo até meses atrás, e alguns dos meus recursos nunca voltariam a ser como antes.

Eu deveria ter estado lá naquele dia. Poderia tê-las protegido.

Paro o pensamento e foco na tarefa de limpar. Não posso seguir esse caminho.

O sol está se pondo, e acabei por hoje. Shifters são criaturas incríveis com muita força, mas percebo que tenho negligenciado meu corpo por um longo tempo, apenas comendo quando doía de fome.

Sempre construí casas, então sabia o que fazer quando voltei. O primeiro dia em que tentei fazer o trabalho de base, me quebrou fisicamente. Depois de boas caças, estava melhor. E uma semana depois, meu corpo estava de volta. Podia sentir a força em meus braços e pernas crescer quando meu gene shifter ajudou a reparar os anos de danos que fiz a mim mesmo. Estou maior do que já estive.

Temos toda a floresta circundando Sokcho, mas alguns acres são especificamente meus. Fiz uma casa no terreno antes da minha mãe e irmã morrerem, mas não voltei desde o acidente. A construí para um dia viver com meu companheiro, e não teria espaço para todos. Não poderia voltar depois que morreram, mas pelo que Namjoon disse, ele e Jungkook cuidaram das coisas. Acho que Jungkook sabia que em algum momento eu voltaria, e ele fez certo em mantê-la.

Uma vez por semana Namjoon vem me verificar e trazer suprimentos. Às vezes, ainda oferece uma mão para me ajudar com o lugar. Quando ele encontrou seu companheiro, me fez perceber o que me faltava. Deixei-me ir e meu lobo solto por tanto tempo que esqueci sobre as coisas que quero na vida. Quero um companheiro, e um dia espero encontrá-lo. Namjoon me fez ver que não estava fazendo o que precisava. Preciso fornecer um lar seguro para ele ou ela, e ser capaz de protegê-lo. O poder de suas palavras me bateu, quando perguntou se teria permitido que outro shifter vivesse com minha irmã do jeito que eu vivia. Suas palavras doeram, mas ele estava certo. Eu não era um homem digno, e preciso ser. Um companheiro merece o melhor, e pretendo fazer a melhor casa que já existiu para que quando o encontrar, quero que seja feliz.

Levanto e viro vendo Namjoon.

— Deve ser sexta-feira, e é estranho que sempre cheira a biscoitos agora.

— Meu Jin gosta de como cheiro, muito obrigado. — Ele coloca a grande cesta de alimentos na mesa de piquenique e olha para o progresso que fiz desde a semana passada.

Namjoon tem se preocupado comigo ultimamente, mas não consigo descobrir o porquê. É como se ele quisesse ter certeza que estou fazendo progresso. Como se algo fosse acontecer e ele quisesse ter certeza que estarei preparado.

— Você percorreu um longo caminho, amigo. A casa parece ótima.

— Não tenho além de tempo em minhas mãos. — Digo enquanto eu agarro a cesta, retirando os cookies. Eles são meus favoritos e cheiram melhores.

Não muito tempo atrás, estava ruim e andei muito perto da cidade. Acho que estava atordoado e senti um perfume. Tropecei para trás da padaria da cidade, e parei quando vi um humano saindo. Estava cheirando algo tão bom vindo da loja, e acho que isso é o que me levou lá. Quando o vi, pensei que era meu companheiro, embora ficasse surpreso que o cheiro não fosse mais forte. Era apenas uma sugestão de ser meu companheiro. Descobri que o humano era Jin e pertencia a Namjoon . Ele não era meu, mas os biscoitos que tinham em suas mãos cheiravam como meus. Então, agora a cada semana ele me traz uma cesta, e os biscoitos são o que mais espero. Eles me fazem lembrar algo que tenho enterrado no fundo do coração, e me recuso a pensar.

— Sei que já percorreu um longo caminho, Hoseok, e só queria dizer que estou muito orgulhoso de você. Está fazendo um bom lar para seu futuro companheiro ou companheira.

Viro-me para Nam com a boca cheia de biscoitos e dou de ombros.

— Não é bom, é o melhor lar. — Ele ri, e não sei porquê. Não é uma piada. Sou um bom construtor, e esta é a melhor coisa que já fiz.

— Ok, Hoseok. É o melhor.

A casa é uma grande cabana de um andar. Tem uma sala extragrande que se abre na cozinha. Construí uma grande lareira na sala e coloquei pedras do rio em torno. Tem um quarto principal grande com um grande banheiro, e outros quatro quartos. Construí beliches nos quartos das crianças, porque espero ter pelo menos cinco filhotes.

— Tudo está muito bem feito. Obrigado por ter vindo e manter o lugar para mim nos últimos anos, só precisei limpar algumas coisas e fazer algumas mudanças. Agradeça a Jin por me mandar coisas também. — Jin é um bom companheiro, e Namjoon é um homem de sorte.

Namjoon acena em compreensão, olhando-me. Tenho certeza de que ainda pareço um pouco selvagem, com o cabelo nos olhos e barba por fazer. Não acho que ele pode ver muito meus olhos, quando falamos.

— Jin enviou-lhe mais roupas, embora pela forma que está trabalhando, não acho que vá caber.

Eu aceno, realmente não me importo se alguma coisa vai caber. São apenas roupas.

— Uma vez que seu companheiro tiver os filhotes, ele vai estar ocupado por algum tempo.— Sinto uma pontada de culpa dizendo isso. Quero dizer que ele deveria cuidar de si, só que vou perder os cookies.

— Sim, temos pensado nisso. Acho que nós teremos que descobrir. — Ele olha em volta para a casa e acena quando parece tomar uma decisão. — Quais são seus planos para esta noite, Hoseok?

— Vou matar um veado e assar a carne. Por quê? — Namjoon está fazendo perguntas estúpidas.

— Há uma festa acontecendo na cidade esta noite. Acho que deve ir.

— Tem muitas pessoas. — Resmungo, virando para terminar de arrumar minhas ferramentas. Não tenho tempo para suas ideias estúpidas. Gosto de solidão e tranquilidade. A cidade é barulhenta e cheia.

— Hoseok, acho que deveria vir. Não quer ver se encontra seu companheiro, agora que a casa está terminada?

Com suas palavras, paro o que estou fazendo. Ele tem razão. Quero encontrar meu companheiro, e, a menos que eu o traga para esta cabana na floresta, provavelmente nunca vou encontrá-lo aqui. Aceno com a cabeça. Tenho que fazer um esforço, se quiser encontrá-lo.

— Vejo você em breve, amigo. — O ouço virar e caminhar de volta para a cidade, deixando-me com minha solidão novamente.

Quando sei que ele se foi, me viro e volto para a mesa de piquenique e olho as roupas que Jin mandou. É um grande saco de papel cheio de coisas que são desnecessárias, como sapatos e cintos. Mas me lembro de que ele não é shifter para que ele saiba disso. Pego um par de jeans e uma camisa de botão e levo para dentro de casa com os alimentos.

Levo a caixa de biscoitos para o banheiro e sento na borda da banheira enquanto preparo um banho. Talhei uma banheira extragrande de uma árvore, antes do acidente, porquê desse tamanho. E por mais estranho que pareça, gosto muito de banhos. Acho que é uma coisa shifter.

Quando mergulho na banheira e como os biscoitos, penso nele. Não me deixo pensar muito, porque é doloroso e não faz nenhum bem. Ele provavelmente está acoplado e teve filhotes, mas nas minhas memórias estamos juntos. Fecho os olhos e o vejo dormindo. Lembro-me dos olhos fechados, o cabelo loiro espalhado sobre o travesseiro, e os lábios rosados suaves. Ele parecia algo saído de um conto de fadas, e jovem demais para eu estar o observando assim.

Afasto a lembrança, pensando que agora ele está bem além da idade de acasalamento, e, como o irmão do alfa seria juntado com um shifter  campeão.

Termino os biscoitos e saio do banho, decidindo que preciso abandonar as memórias e tentar seguir em frente. Preciso me concentrar em encontrar meu companheiro e ter uma família.

Pego as roupas que escolhi e as coloco. Os jeans são muito curtos, subindo acima dos meus tornozelos, mas não me importo. São apenas roupas. A camisa não é melhor, curta nos braços e muito apertada no peito. Não coloco o cinto ou sapatos porque se precisar mudar, quero estar pronto. Olhando no espelho, vejo meu cabelo selvagem e apenas dou de ombros. Fiz uma boa casa, o que mais poderia um companheiro querer?

Respiro fundo e tomo a decisão. Acho que vou ver o que está acontecendo na cidade.

  


Notas Finais


Ate o próximo capítulo 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...